Return to Video

A performande portátil de Shana Moulton | "New York Close Up" | Art21

  • 0:02 - 0:05
    [Distrito financeiro - Manhattan]
  • 0:08 - 0:13
    [New York Close Up ]
  • 0:15 - 0:20
    [Estúdios de trabalho do Conselho Cultural da baixa Manhattan]
  • 0:25 - 0:32
    [''A performance portátil de Shana Moulton'']
  • 0:35 - 0:38
    O que parece? Bom?
  • 0:39 - 0:41
    Parecia que eu estava cursando o meu iPad ou iPhone?
  • 0:41 - 0:43
    [Shana Moulton - Artista]
  • 0:45 - 0:50
    Esse é o tipo de parte que eu preciso coordenar antes de ir, acertando o ritmo.
  • 0:51 - 0:54
    Obviamente não com os seus dedos, mas com o seu corpo todo? Sim, isso mesmo.
  • 0:56 - 1:01
    Esse é o meu saco de perucas. São só perucas. E alguns sacos.
  • 1:06 - 1:15
    Certo, peruca, lanterna para leitura, eu acho que é isso. Ah, eu tenho uma lista
  • 1:19 - 1:20
    Aqui está.
  • 1:22 - 1:27
    Eu não me apresentava com tanta frequência antes de vir para Nova Iorque.
  • 1:29 - 1:38
    E também não tinha um estúdio. Eu estava tão dura na época que me mudei para cá, que decidi tentar construir o conjunto com coisas que eu poderia animar no meu computador.
  • 1:40 - 1:47
    E foi então a primeira vez que tomei a decisão de diminuir a escala e fazer essa performance portátil.
  • 1:52 - 1:59
    Normalmente é como se eu tivesse correndo na estação de metrô, ou talvez alugando um carro, se me sentir glamurosa.
  • 2:01 - 2:09
    Com todos os meus aparatos em meus braços, configurando tudo meia hora antes da performance começar.
  • 2:09 - 2:12
    [Centro de Arte do Rio Bronx - Mott haven, Bronx]
  • 2:23 - 2:27
    [A abertura será hoje à noite]
  • 2:29 - 2:35
    Com essas performances, eu não sei exatamente quão grande essa projeção será em relação ao meu corpo.
  • 2:36 - 2:40
    Sabe, se eu for mais alta do que essa projeção a coisa não vai funcionar direito.
  • 2:43 - 2:50
    A pior coisa é chegar lá e não poder testar o DVD e a projeção.
  • 2:52 - 2:56
    Eu odeio essa sensação de não estar totalmente preparada.
  • 3:05 - 3:17
    Você sabe, durante a abertura o nível de atenção está num certo grau, e qualquer coisa a mais do que dez minutos é muito longa...
  • 3:17 - 3:22
    Especialmente para o meu trabalho, que não envolve esse tipo de desafio.
  • 3:23 - 3:25
    O que acha da maquiagem?
  • 3:25 - 3:26
    Está quase lá.
  • 3:26 - 3:28
    Certo. [Risadas]
  • 3:31 - 3:40
    As vezes as pessoas não percebem que eu estou fantasiada. Eles pensam que eu sou apenas uma mulher maluca escondida atrás deles.
  • 3:41 - 3:42
    Você está começando?
  • 3:42 - 3:44
    [Erin Riley Lopez - Curador]
  • 3:44 - 3:47
    Sim... Eu queria... Eu não percebi que vocês estavam lá fora.
  • 3:47 - 3:49
    Estarei atrás de você.
  • 4:17 - 4:24
    Liderar a performance é totalmente estressante, mas assim que eu começo, amo. Eu tenho ótimo momentos.
  • 4:41 - 4:43
    Eu como rosa.
  • 4:48 - 4:55
    [Aplausos]
  • 5:00 - 5:08
    Sim, foi uma ótima reação, não foi? Sim, eu estava feliz.
  • 5:08 - 5:22
    As pessoas normalmente reagem positivamente durante a maior parte da apresentação, mas não sei se posso pensar que isso seja uma medida de sua popularidade mas...
  • 5:22 - 5:25
    Eu me senti... Me senti bem.
  • 5:28 - 5:31
    É um trabalho.
  • 5:33 - 5:37
    Enquanto eu estiver preparada, ele vai funcionar bem.
Title:
A performande portátil de Shana Moulton | "New York Close Up" | Art21
Description:

Ser um artista performático é apenas mais um trabalho? Nesse vídeo, a artista Shana Moulton ensaia e apresenta “Whispering Pines 7” na exibição “Acting Out”, no Centro de Arte do Rio Bronx. No seu estúdio, no décimo quarto andar do espacço de trabalho do Conselho Cultural da Baixa Manhattan, uma residência para artistas localizada no coração da Wall Street, Moulton junta as principais ferramentas do seu trabalho – fantasias, perucas, maquiagem e um DVD – e faz uma longa viagem de metrô até a seção Mott Haven, no Bronx. Logo que chega, Moulton usa seu limitado tempo de ensaio para ajustar a projeção de vídeo e adaptar seus movimentos às limitações do espaço. A apresentação demonstra, numa condensada e portátil forma, as marcas do recente trabalho de Moulton: Interação com fanstásticas animações digitais, inesperadas mudanças do tom emocional, e performance de personagens como Cynthia – a principal protagonista da atual série “Whispering Pines”. Refletindo sobre a performance da noite, Moulton leva em conta suas ambições estéticas, a reação dos espectadores, e o pragmatismo de ser uma artista em Nova Iorque.

Shana Moulton (Nascida em 1976, Oakhurst, California, E.U.A)vive e trabalha no Brooklin, Nova Iorque.

Créditos | "New York Close Up" Criado & Produzido por: Wesley Miller & Nick Ravich. Editor: Mary Ann Toman. Câmera: Andrew David Watson. Som: Nicholas Lindner & Nick Ravich. Produtor associado: Ian Forster. Assitente de Produção: Paulina V. Ahlstrom, Don Edler & Maren Miller. Design: Open. Arte: Shana Moulton. Agradecimentos: Bronx River Art Center, Sean Carroll, Lower Manhattan Cultural Council, Marisa Olsen, Erin Riley-Lopez & Chad Stayrook. Uma produção da Art21. © Art21, Inc. 2011. Todos os direitos reservados.

"New York Close Up" é apoiado, em parte, pelo dinheiro público do Departmento de Cultura de Nova Iorque, em parceria com a Câmara Municipal. Suporte adicional provido pelo The 1986 Studios & Stages.

Para mais informações acesse: art21.org/​newyorkcloseup

more » « less
Video Language:
English
Team:
Art21
Project:
"New York Close Up" series
Duration:
05:56

Portuguese, Brazilian subtitles

Revisions Compare revisions