YouTube

Got a YouTube account?

New: enable viewer-created translations and captions on your YouTube channel!

Portuguese, Brazilian subtitles

← Cocriação da saúde | Leonardo Aguiar | TEDxBlumenau

Get Embed Code
2 Languages

Download

Showing Revision 7 created 01/17/2019 by Claudia Sander.

  1. Meu nome é Leonardo Aguiar

  2. e eu sou cirurgião plástico.
  3. Eu vou contar pra vocês
    a história da Laura.
  4. A Laura
  5. estava infeliz e descontente
    com a sua aparência,
  6. e ela me procurou porque queria
    muito fazer uma cirurgia plástica,
  7. ela queria fazer uma abdominoplastia,
  8. que é uma cirurgia que tem como objetivo
  9. melhorar o contorno corporal das pessoas
  10. através da retirada do excesso de pele
    e de gordura da região abdominal.
  11. E, como cirurgião plástico,
  12. o que vocês acham que eu disse pra ela?
  13. Óbvio.
  14. Eu disse que não.
  15. Como assim não?
  16. Na verdade, a maior parte das pessoas
    acredita que o bisturi traz a felicidade,
  17. mas isso não é verdade.
  18. As distorções no corpo de uma pessoa
  19. são reflexos de um desequilíbrio interno
  20. que se manifesta externamente.
  21. E naquele dia, em vez do bisturi,
  22. eu propus uma nova técnica:
  23. a cocriação.
  24. Mas antes de falarmos de cocriação,
  25. eu quero contar uma história pra vocês
  26. que fez eu pensar
  27. e buscar novos conceitos de saúde.
  28. A história de vida e de morte do meu pai.
  29. Meu pai era diabético, fumante
  30. e nunca havia se preocupado
    com a sua saúde,
  31. até o exato momento
    em que ele teve um ataque cardíaco,
  32. até o exato momento
    em que ele quase morreu.
  33. E, a partir daquele dia,
    ele decidiu cuidar da sua vida,
  34. mas, na verdade, ele estava cuidando
    dos sintomas de sua doença.
  35. E isto é assustador pra mim:
  36. como a maior parte das pessoas
  37. quer controlar
    a sua doença pra viver mais,
  38. mas não se preocupa em cuidar
    da própria vida pra evitar essas doenças.
  39. Infelizmente, meu pai veio a falecer,
  40. ele faleceu precocemente,
    com 60 anos de idade,
  41. por uma doença facilmente evitável.
  42. E isso mexeu muito comigo,
    me deixou muito confuso,
  43. eu fiquei com muita raiva.
  44. Fiquei angustiado.
  45. Eu não sabia o que fazer naquele momento,
  46. eu sentia que eu precisava encontrar
    o culpado pra acalmar o meu coração.
  47. Eu refleti muito
  48. e descobri, sim, o culpado.
  49. Na verdade, não foram as pessoas
    que trataram o meu pai
  50. e a culpa também não era
    minha, que era médico.
  51. Na verdade, a culpa era
    de uma mentalidade antiga,
  52. uma mentalidade na qual nós temos a ideia
    de terceirizar os nossos problemas,
  53. uma mentalidade onde as pessoas
    não participam ativamente
  54. no processo de se manter saudável.
  55. E depois de ter vivido essa experiência,
  56. eu não podia mais praticar
    medicina como antigamente.
  57. Eu tive que buscar
    novos conceitos de saúde,
  58. eu precisava reinventar a minha profissão.
  59. E foi nesse exato momento
    que eu encontrei a cocriação.
  60. "Cocriar" foi um termo
    que surgiu no mundo dos negócios,
  61. que significa a participação ativa
    do cliente na fabricação do processo
  62. de um produto ou de um serviço.
  63. E na área da saúde, o que isso significa?
  64. Significa trazer o paciente
    pra dentro do seu processo de saúde.
  65. Significa fazer com que o paciente
    se comprometa com o que ele está pensando.
  66. Mas como isso funciona na prática?
  67. Lembram da Laura?
  68. Então...
  69. Agora eu vou contar pra vocês
    como a Laura ficou assim,
  70. depois de sete meses sem o uso do bisturi.
  71. Afinal, cocriar é fazer juntos,
  72. e, juntos, nós iniciamos uma conversa.
  73. Ela me disse que gostaria
    de fazer uma cirurgia,
  74. e eu, como médico, naquele momento,
    tive que me posicionar.
  75. Eu falei: "Laura, fazer
    uma cirurgia neste momento
  76. é uma solução de curtíssimo prazo.
  77. É a mesma coisa que tratar o sintoma,
    em vez da origem do problema".
  78. E quando eu disse isso,
  79. eu fiz ela pensar.
  80. E, pensando, ela chegou na compreensão
    do que estava acontecendo na vida dela
  81. e ela teve uma constatação:
  82. ela havia se abandonado.
  83. Ela havia se tornado a origem
    do seu próprio problema.
  84. E no momento em que ela percebeu isso,
  85. a sua postura mudou.
  86. É impressionante
  87. como a tomada de consciência
    promove mudanças instantâneas.
  88. Naquele exato momento,
  89. a Laura chegou pra mim: "Doutor,
    o que nós dois podemos fazer juntos
  90. pra reverter o que aconteceu
    e criar uma solução efetiva e duradoura?"
  91. Então, reiniciamos a nossa conversa.
  92. Porque é assim:
  93. na cocriação, é nessa troca
    que a gente vai construindo o tratamento.
  94. E a Laura começou a falar dos seus medos,
    suas angústias, suas motivações.
  95. E, baseado em tudo
    o que ela havia me contado
  96. e todo o conhecimento que eu tinha,
  97. nós começamos a construir
    um tratamento pra Laura.
  98. Eu fiz uma série de sugestões,
  99. sugestões de algumas mudanças de vida
  100. que ela mesma deveria promover.
  101. Começamos a conversar sobre a adoção
    de hábitos alimentares saudáveis,
  102. a prática de atividades físicas,
  103. conversamos sobre cuidar
    das suas questões emocionais,
  104. porque ela tinha que estar
    muito preparada pra uma série de mudanças
  105. que iriam acontecer.
  106. Ela tinha que aprender
    a assimilar toda essa novidade,
  107. mas, o principal, ela tinha que usar isso
    pra potencializar a sua vida.
  108. E de acordo com todas essas sugestões,
  109. nós começamos a decidir o tratamento.
  110. Escolhemos uma série de profissionais
    de especialidades que se complementam
  111. porque nós precisávamos ter a certeza,
  112. que todos os procedimentos seriam
    feitos de uma forma precisa e correta.
  113. Chamamos uma nutricionista,
    um educador físico, uma esteticista,
  114. uma fisioterapeuta, um enfermeiro;
  115. montamos um time sob medida
    para as reais necessidades da Laura.
  116. E nesse momento,
    a Laura não estava mais sozinha,
  117. ela tinha uma equipe por trás,
    uma equipe engajada e comprometida,
  118. torcendo e vibrando muito
    pelo sucesso da Laura.
  119. E aí a Laura se sentiu a protagonista
    e a comandante desse processo.
  120. E dia após dia, a Laura se reinventou.
  121. Começou a praticar
    atividade física regular,
  122. começou a ter hábitos
    alimentares saudáveis,
  123. e a sua felicidade era tão grande,
  124. que ela começou a impactar
    a vida de outras pessoas
  125. estimulando essas pessoas
    a também se cuidarem.
  126. E quando ela começou efetivamente tratar
    das suas questões emocionais,
  127. ela se transformou numa nova mulher.
  128. E essa transformação
  129. logo começou a ser fisicamente evidente.
  130. E quando essa transformação
    física apareceu,
  131. foi um combustível a mais pra Laura
    continuar no seu processo,
  132. e agora o céu era o limite pra Laura.
  133. E hoje,
  134. esta é a Laura,
  135. e hoje, ela é a Laura.
  136. (Aplausos)
  137. Obrigado.
  138. Então...
  139. Eu quero que vocês prestem
    atenção nestas duas fotos.
  140. A mudança é muito mais profunda
  141. do que simplesmente
    a parte física e a parte estética.
  142. Quando ela me procurou,
    em fevereiro do ano passado,
  143. ela tinha 50 anos de idade, era obesa,
  144. hipertensa, pré-diabética,
    trabalhava excessivamente,
  145. era adepta de dietas milagrosas,
  146. mas ela achava que sabia tudo
    sobre alimentação saudável.
  147. E ela teve uma brilhante ideia:
  148. "Vou fazer uma abdominoplastia
    e vou resolver todos os meus problemas".
  149. E hoje,
  150. depois de eliminar mais de 25kg,
  151. esta é a Laura...
  152. Não é mais hipertensa, nem pré-diabética,
  153. seus dados clínicos melhoraram,
    sua vida se transformou.
  154. Mas, apesar de toda essa revolução,
  155. ainda assim foi necessário a cirurgia,
  156. uma cirurgia necessária
    pra retirar o excesso de pele,
  157. que o seu emagrecimento havia provocado.
  158. Uma cirurgia necessária sim,
  159. mas com um propósito
    completamente diferente
  160. daquele que ela imaginava, quando havia
    me procurado pela primeira vez.
  161. Todos nós aqui somos a Laura,
  162. inclusive eu.
  163. E o exemplo dela mostra, claramente,
  164. como alguém pode reinventar o seu papel
    no processo de se manter saudável,
  165. simplesmente assumindo a responsabilidade
    das decisões da nossa vida.
  166. É esse lindo e poderoso processo
  167. que nós chamamos carinhosamente
    de "cocriação de saúde".
  168. Mas a história não acaba aqui não.
  169. Um belo dia, durante as nossas consultas,
  170. a Laura me disse: "Estou
    praticando corrida de rua".
  171. E eu, com aquela vontade
    de estimular a Laura,
  172. empolgado com o seu treinamento, disse:
  173. "Laura, vamos juntos.
  174. Até o final do ano eu quero completar
    uma corrida de 10km com você.
  175. Eu duvido que você faça isso comigo".
  176. E ela aceitou o desafio!
  177. Ela estava tão motivada, tão comprometida
    com o seu próprio processo,
  178. que até criou uma página no Facebook,
    o "Cocriando Laura".
  179. Só que um belo dia, eu vi uma publicação
    na página do Facebook da Laura.
  180. "Hoje eu estou muito feliz,
    acabei de correr 7km.
  181. E logo vou fazer uma prova
    de 10km com o meu médico".
  182. Quando eu olhei aquele post,
    eu não sabia se ria ou se chorava.
  183. (Risos)
  184. Eu pensei: "Meu Deus!"
  185. O máximo que eu havia corrido
    em toda a minha vida era 6km.
  186. E a Laura já estava nos sete.
  187. Literalmente, eu tive
    que correr atrás da Laura.
  188. Foi um tremendo exercício,
    só que dessa vez foi diferente.
  189. Foi um exercício de humildade.
  190. Eu tive que aprender com a minha paciente;
  191. aprender a cocriar a minha própria saúde;
  192. aprender a cuidar de mim.
  193. E cinco meses depois dessa nossa conversa,
  194. eu e a Laura completamos
    a nossa primeira prova de 10km juntos.
  195. E hoje, eu acredito,
    com todas as minhas forças,
  196. que a cocriação, potencializando e focando
  197. o potencial transformador das pessoas,
  198. sinceramente pode mudar esse mundo.
  199. E essa, é uma ideia
    que merece ser compartilhada.
  200. Obrigado.
  201. (Aplausos) (Vivas)