Return to Video

Um jardim em meu apartamento | Britta Riley | TEDxManhattan

  • 0:16 - 0:18
    Eu, como muitos de vocês,
  • 0:18 - 0:24
    sou uma dos 2 bilhões de pessoas
    na Terra que moram em cidades.
  • 0:25 - 0:27
    Eu não sei se vocês também,
  • 0:27 - 0:31
    mas há dias que sinto
    uma sensação palpável
  • 0:31 - 0:34
    de como dependo das outras pessoas
  • 0:34 - 0:36
    em quase tudo na minha vida.
  • 0:36 - 0:38
    E alguns dias, isso torna-se
    até um pouco assustador.
  • 0:39 - 0:41
    Mas o que vim falar pra vocês hoje
  • 0:41 - 0:44
    é de como esta mesma interdependência
  • 0:44 - 0:48
    é realmente uma infraestrutura social
    extremamente poderosa
  • 0:48 - 0:50
    da qual na verdade podemos nos aproveitar
  • 0:50 - 0:54
    para ajudar a curar algumas de nossas
    mais profundas questões sociais,
  • 0:54 - 0:58
    se aplicarmos colaboração de fonte aberta.
  • 0:59 - 1:00
    Há uns dois anos,
  • 1:00 - 1:03
    eu li um artigo do Michael Pollan
    no New York Times,
  • 1:03 - 1:08
    no qual ele argumenta que cultivar
    mesmo que parte de sua própria comida
  • 1:08 - 1:11
    é uma das melhores coisas
    que podemos fazer pelo meio ambiente.
  • 1:12 - 1:15
    E na época em que eu li isso,
    era o meio do inverno
  • 1:15 - 1:19
    e eu definitivamente não tinha espaço
    para um monte de terra
  • 1:19 - 1:21
    em meu apartamento em Nova Iorque.
  • 1:21 - 1:23
    Eu estava basicamente me acomodando
  • 1:23 - 1:27
    e apenas lendo a revista Wired,
    achando que os especialistas iam descobrir
  • 1:27 - 1:30
    como resolver todos esses problemas
    para nós no futuro.
  • 1:30 - 1:35
    Mas este na verdade era exatamente o ponto
    que Michael Pollan discutia neste artigo:
  • 1:35 - 1:37
    é precisamente quando entregamos
  • 1:37 - 1:40
    a responsabilidade de todas
    essas coisas aos especialistas
  • 1:40 - 1:45
    que causamos o tipo de bagunça que
    há no sistema de produção de alimentos.
  • 1:46 - 1:48
    Acontece que conheço um pouco
    devido ao meu trabalho
  • 1:48 - 1:53
    sobre como a NASA tem usado hidroponia
  • 1:53 - 1:56
    na exploração do cultivo
    de alimentos no espaço.
  • 1:56 - 1:57
    E comecei a aprender
  • 1:57 - 2:01
    que você pode obter um excelente
    rendimento nutricional
  • 2:01 - 2:04
    usando um tipo de solo líquido
  • 2:04 - 2:08
    de alta qualidade
    nos sistemas radiculares.
  • 2:08 - 2:09
    Agora, para um vegetal,
  • 2:09 - 2:14
    meu apartamento deve ser tão estranho
    quanto o espaço extraterrestre.
  • 2:14 - 2:16
    Mas posso oferecer alguma luz natural
  • 2:16 - 2:19
    e controle climático durante todo o ano.
  • 2:19 - 2:21
    Adiantando dois anos à frente:
  • 2:21 - 2:23
    agora temos fazendas na janela,
  • 2:23 - 2:27
    que são plataformas hidropônicas verticais
    para cultivo interior de alimentos.
  • 2:28 - 2:30
    E funciona de um jeito
    que há uma bomba na parte inferior,
  • 2:30 - 2:34
    que periodicamente envia esta solução
    nutricional líquida para cima,
  • 2:34 - 2:37
    que então desce
    através das raízes das plantas
  • 2:37 - 2:39
    que estão suspensas em péletes de barro
  • 2:39 - 2:40
    de forma que não há terra.
  • 2:41 - 2:46
    Já a luz e a temperatura variam
    em cada microclima das janelas,
  • 2:46 - 2:49
    de forma que a fazenda na janela
    precisa de uma fazendeira,
  • 2:49 - 2:51
    e ela precisa decidir
  • 2:51 - 2:55
    que tipo de culturas ela vai colocar
    em sua fazenda na janela,
  • 2:55 - 2:59
    e se ela vai adubar
    seus alimentos organicamente.
  • 3:00 - 3:01
    Naquele tempo,
  • 3:01 - 3:04
    a fazenda na janela não era mais
    do que uma ideia tecnicamente complexa
  • 3:05 - 3:07
    que iria requerer muitos testes.
  • 3:07 - 3:10
    E eu realmente queria
    que fosse um projeto aberto,
  • 3:10 - 3:14
    porque hidroponia é uma das áreas
    na qual o sistema de patentes mais cresce
  • 3:14 - 3:16
    nos Estados Unidos no momento,
  • 3:16 - 3:19
    e poderia possivelmente tornar-se
    outra área como a Monsanto,
  • 3:19 - 3:22
    na qual temos muita
    propriedade intelectual corporativa
  • 3:22 - 3:24
    no caminho do alimento das pessoas.
  • 3:24 - 3:29
    Então decidi que ao invés
    de criar um produto,
  • 3:29 - 3:32
    eu iria abrir a ideia para
    um monte de codesenvolvedores.
  • 3:33 - 3:36
    Os primeiros poucos sistemas
    que criamos, meio que funcionaram.
  • 3:36 - 3:38
    Cultivávamos cerca
    de uma salada por semana
  • 3:38 - 3:41
    na janela de um típico
    apartamento em Nova Iorque.
  • 3:41 - 3:43
    E fomos capazes de cultivar tomates cereja
  • 3:43 - 3:45
    e pepinos, todo tipo de coisa.
  • 3:45 - 3:50
    Mas os primeiros sistemas
    vazavam e eram bem barulhentos
  • 3:50 - 3:53
    e a Martha Stewart
    definitivamente nunca aprovaria.
  • 3:53 - 3:54
    (Risos)
  • 3:54 - 3:56
    Então, para conseguir
    mais codesenvolvedores
  • 3:56 - 3:59
    nós criamos um site na mídia social
  • 3:59 - 4:03
    no qual publicamos os desenhos,
    explicamos como eles funcionavam,
  • 4:03 - 4:06
    e até fomos mais longe
  • 4:06 - 4:09
    e apontamos tudo o que estava
    errado com estes sistemas.
  • 4:09 - 4:12
    E então convidamos pessoas do mundo todo
  • 4:12 - 4:14
    para construí-los
    e que experimentassem conosco.
  • 4:14 - 4:19
    Na verdade, neste site na internet,
    nós temos 18 mil pessoas.
  • 4:19 - 4:22
    E temos fazendas na janela no mundo todo.
  • 4:23 - 4:26
    O que estamos fazendo é o que a NASA
    ou uma grande corporação
  • 4:26 - 4:30
    chamaria de P&D,
    ou pesquisa e desenvolvimento.
  • 4:30 - 4:33
    Mas nós chamamos de P&D-V-M,
  • 4:33 - 4:35
    ou "pesquise e desenvolva você mesmo".
  • 4:36 - 4:41
    Por exemplo, Jackson sugeriu o uso
    de bombas de ar ao invés de bombas d'água.
  • 4:41 - 4:44
    Precisamos construir
    vários sistemas para acertar,
  • 4:44 - 4:48
    mas quando conseguimos, pudemos cortar
    a pegada de carbono quase pela metade.
  • 4:48 - 4:51
    Tony em Chicago tem conduzido
    experimentos de crescimento,
  • 4:51 - 4:53
    assim como outros produtores,
  • 4:53 - 4:56
    e ele tem conseguido fazer
    seus morangos frutificarem
  • 4:56 - 4:59
    por nove meses do ano
    em condições de baixa luminosidade
  • 4:59 - 5:02
    simplesmente mudando
    os nutrientes orgânicos.
  • 5:03 - 5:07
    E fazendeiras de janela da Finlândia
    têm customizado suas fazendas na janela
  • 5:07 - 5:09
    para os dias escuros
    dos invernos finlandeses,
  • 5:09 - 5:12
    colocando luzes LED de crescimento
  • 5:12 - 5:15
    que elas estão montando
    em sistema aberto como parte do projeto.
  • 5:15 - 5:17
    Então as fazendas na janela
    têm se desenvolvido
  • 5:17 - 5:21
    através de um processo de versão
    similar ao dos softwares.
  • 5:21 - 5:25
    E com todo projeto de fonte aberta,
    o benefício real é a interação
  • 5:25 - 5:30
    entre as preocupações específicas
    das pessoas customizando seus projetos
  • 5:30 - 5:32
    e as preocupações universais.
  • 5:32 - 5:36
    Então meu time principal e eu
    podemos nos concentrar nas melhorias
  • 5:36 - 5:39
    que realmente beneficiam todos.
  • 5:39 - 5:42
    E somos capazes de buscar
    as necessidades dos novatos.
  • 5:42 - 5:44
    E para quem faz por conta própria,
  • 5:44 - 5:48
    nós providenciamos gratuitamente
    instruções muito bem testadas
  • 5:48 - 5:50
    e assim qualquer um, em qualquer lugar,
  • 5:50 - 5:52
    pode construir um desses
    sistemas gratuitamente.
  • 5:52 - 5:55
    E há uma patente pendente
    para estes sistemas
  • 5:55 - 5:56
    que está em nome da comunidade.
  • 5:57 - 5:58
    E para financiar o projeto,
  • 5:58 - 6:01
    fazemos parcerias para criar produtos
  • 6:01 - 6:04
    que então vendemos
    para escolas e para indivíduos
  • 6:04 - 6:06
    que não tem tempo
    de construir seus próprios sistemas.
  • 6:06 - 6:10
    E em nossa comunidade
    surgiu uma certa cultura.
  • 6:10 - 6:13
    Em nossa cultura,
    é melhor ser quem faz os testes
  • 6:13 - 6:17
    e dá suporte às ideias de outros
    do que ser apenas o cara das ideias.
  • 6:18 - 6:22
    Tiramos deste projeto
    o apoio ao nosso próprio trabalho,
  • 6:23 - 6:26
    assim como a experiência
    de realmente contribuir
  • 6:26 - 6:29
    com o movimento pelo meio ambiente
  • 6:29 - 6:32
    de maneira diferente daquela
    de apenas colocar lâmpadas.
  • 6:32 - 6:35
    Mas penso que Eleen expressa melhor
  • 6:35 - 6:39
    o que realmente tiramos disso,
    que é o real prazer da colaboração.
  • 6:39 - 6:42
    Então ela expressa aqui como é
  • 6:42 - 6:45
    ver alguém do outro lado do mundo
  • 6:45 - 6:47
    pegar sua ideia, implementá-la
  • 6:47 - 6:49
    e depois reconhecer a sua contribuição.
  • 6:50 - 6:54
    Se realmente quisermos ver
    o tipo de mudança de hábito
  • 6:54 - 6:58
    de que estamos falando
    como ecologistas e amantes da boa comida,
  • 6:58 - 7:00
    talvez só precisemos evitar
    o termo "consumidor"
  • 7:00 - 7:03
    e apoiar as pessoas
    que estão fazendo as coisas.
  • 7:04 - 7:07
    Projetos de fonte aberta
    tendem a ter um momentum próprio.
  • 7:07 - 7:13
    Temos visto que o P&D-V-M
    tem ido além das fazendas na janela e LEDs
  • 7:13 - 7:17
    para painéis solares
    e sistemas aquapônicos.
  • 7:17 - 7:21
    E estamos construindo sobre inovações
    de gerações que nos antecederam.
  • 7:21 - 7:23
    E olhamos à frente pelas gerações
  • 7:23 - 7:27
    que precisam de nós para
    reequiparmos nossas vidas hoje.
  • 7:27 - 7:28
    Então pedimos que vocês se unam a nós
  • 7:28 - 7:33
    na redescoberta do valor
    da união dos cidadãos,
  • 7:33 - 7:37
    e declarem que ainda
    somos todos pioneiros.
  • 7:37 - 7:39
    (Aplausos)
Title:
Um jardim em meu apartamento | Britta Riley | TEDxManhattan
Description:

Britta Riley queria cultivar sua própria comida (em seu pequeno apartamento), então ela e suas amigas desenvolveram um sistema para cultivar plantas em garrafas plásticas descartadas – pesquisando, testando e ajustando o sistema usando a rede social, tentando diversas variações ao mesmo tempo e rapidamente chegando a um sistema ideal. Chame-o de FVM (Faça Você Mesmo) distribuído. E os resultados? Deliciosos.

Esta palestra foi dada em um evento TEDx, que usa o formato de conferência TED, mas é organizado de forma independente por uma comunidade local. Para saber mais visite http://ted.com/tedx

more » « less
Video Language:
English
Team:
TED
Project:
TEDxTalks
Duration:
08:02

Portuguese, Brazilian subtitles

Revisions Compare revisions