Portuguese subtitles

← O que aconteceu quando os EUA tentaram proibir o álcool — Rod Phillips

Get Embed Code
27 Languages

Showing Revision 3 created 07/27/2020 by Margarida Ferreira.

  1. Em 17 de Janeiro de 1920,
  2. seis homens armados assaltaram
    um comboio de mercadorias em Chicago.
  3. Mas não estavam atrás de dinheiro.
  4. Menos de uma hora após a proibição
    de bebidas alcoólicas
  5. em todos os EUA,
  6. os ladrões fugiram com milhares
    de dólares em whisky.
  7. Foi uma primeira amostra das inesperadas
    consequências da Lei Seca.
  8. A interdição nacional da produção
    e venda do álcool nos EUA

  9. ocorreu na esteira
    de uma proibição similar na Rússia
  10. que começou como uma medida de guerra
    durante a Primeira Guerra Mundial.
  11. Mas a perceção do álcool
    no mundo ocidental
  12. como principal causa de problemas sociais
    era muito mais antiga
  13. e ganhou força durante
    a Revolução Industrial
  14. à medida que levas de trabalhadores
    chegavam às cidades
  15. e os homens se reuniam
    nas tabernas para beber.
  16. No século XIX, grupos anti-álcool,
    chamados "movimentos de temperança",

  17. começaram a aparecer nos EUA
    e em partes da Europa.
  18. Os grupos da temperança acreditavam
    que o álcool era o principal fator
  19. por detrás de problemas como
    a pobreza e a violência doméstica,
  20. e dispuseram-se a convencer
    os governos disso.
  21. Enquanto alguns defendiam
    o consumo moderado,
  22. muitos acreditavam que o álcool
    devia ser totalmente proibido.
  23. Estes movimentos atraíram o apoio
    de amplos setores da sociedade.
  24. Organizações femininas foram participantes
    ativas desde o início,
  25. argumentando que o álcool fazia os homens
    negligentes e violentos com as mulheres.
  26. Autoridades religiosas,
    especialmente as Protestantes,
  27. diziam que o álcool levava
    à tentação e ao pecado.
  28. Ativistas progressistas acreditavam
    que o consumo de álcool
  29. prejudicava a capacidade
    de os trabalhadores se organizarem.
  30. A ideia de proibição também não era
    estranha aos governos.

  31. Nos EUA e no Canadá,
    os colonos brancos introduziram licores
  32. como o rum, nas comunidades nativas,
  33. e depois culpavam o álcool
    pelos distúrbios nessas comunidades,
  34. embora houvesse muitos outros aspetos
    destrutivos nas suas interações.
  35. Os governos americano e canadiano
    proibiram a venda de álcool
  36. para populações nativas e em reservas.
  37. Os movimentos de temperança
    tiveram as suas primeiras vitórias

  38. a nível estatal e local,
  39. em que o Maine e vários outros estados
  40. proibiram a venda e produção
    de bebidas alcoólicas
  41. na década de 1850.
  42. Em 1919, a 18.ª Emenda
    da Constituição americana
  43. proibiu a produção, venda e transporte
  44. de todas as bebidas alcoólicas.
  45. A emenda teve efeito um ano depois
    com a Lei Volstead.

  46. Mas como a lei não proibia
    o consumo pessoal,
  47. os ricos aproveitaram
    a oportunidade para armazenar,
  48. enquanto bares e restaurantes
  49. se apressaram a vender
    o "stock" restante.
  50. O fecho de destilarias, cervejarias
    e adegas cooperativas gerou desemprego.
  51. Entretanto, o crime organizado apressou-se
    a satisfazer a procura de álcool,
  52. criando um lucrativo mercado negro
    de produção, contrabando
  53. e venda de bebidas alcoólicas ilícitas.
  54. Frequentemente, trabalhavam lado a lado
    com polícias corruptos
  55. e funcionários do governo,
  56. e até usaram ataques à bomba
    nas eleições primárias de 1928
  57. para o procurador do Estado de Illinois
  58. em apoio a uma certa fação política.
  59. Dezenas de milhares de bares ilegais,
    conhecidos como "speakeasies",

  60. começaram a servir álcool,
  61. tanto em caves imundas
    como em sofisticados salões de dança.
  62. Podia-se fazer bebidas alcoólicas
    em casa para consumo próprio,
  63. obtê-lo legalmente por prescrição médica
    ou para fins religiosos.
  64. Para evitar o consumo de álcool industrial
  65. o governo exigiu que os fabricantes
    adicionassem químicos tóxicos,
  66. causando milhares de mortes
    por envenenamento.
  67. Não se sabe exatamente que quantidade
    se bebia durante a Lei Seca

  68. porque o álcool ilegal não estava
    regulado nem sujeito a impostos.
  69. Mas, no final dos anos 20,
  70. era claro que a Lei Seca
    não trouxera as melhorias sociais
  71. que prometera.
  72. Pelo contrário, contribuíra
    para a corrupção política
  73. e para o crime organizado
  74. e fora ignorada por milhões de cidadãos.
  75. Numa rusga policial num bar de Detroit,
  76. o xerife local, o "mayor"
    e um congressista foram presos por beber.

  77. Com o início da Grande Depressão em 1929,

  78. o governo precisava desesperadamente
    da receita fiscal das vendas de álcool,
  79. e acreditava que acabar com a Lei Seca
    estimularia a economia.
  80. Em 1933, o Congresso aprovou
    a 21.ª Emenda, revogando a 18.ª
  81. — a única Emenda a ser totalmente anulada.
  82. Membros dos movimentos de temperança

  83. acreditavam que o álcool era
    a raiz dos problemas sociais,
  84. mas a realidade é mais complicada.
  85. Mas, embora a proibição total do álcool
    não tenha funcionado,
  86. os seus impactos sociais e na saúde
    continuam hoje a ser uma preocupação.