Return to Video

O que é APOIO MÚTUO?

  • 0:25 - 0:31
    Nessa seção de "A de Anarquia" nós explicamos o conceito de Apoio Mútuo
  • 0:32 - 0:38
    O apoio mútuo é um elemento condutor da prática anarquista e um marco essencial para entender
  • 0:38 - 0:41
    as visões anarquistas da organização social de forma mais ampla
  • 0:41 - 0:43
    Então... o que é exatamente?
  • 0:43 - 0:48
    Bem, resumidamente, apoio mútuo é a motivação em jogo sempre que duas
  • 0:48 - 0:53
    ou mais pessoas trabalham juntas para resolver um problema para um benefício de todas envolvidas
  • 0:53 - 0:57
    Em outras palavras, significa cooperação em prol do bem comum
  • 0:57 - 1:03
    Compreendido dessa forma, o apoio mútuo não é uma nova ideia, nem exclusiva aos anarquistas
  • 1:03 - 1:07
    Na verdade, as sociedades humanas mais antigas praticavam o apoio mútuo como uma questão de sobrevivência
  • 1:07 - 1:13
    e também hoje encontramos incontáveis exemplos dessa lógica nos reinos vegetal e animal
  • 1:13 - 1:18
    Para entender a forma específica como o anarquismo compreende o apoio mútuo
  • 1:18 - 1:22
    precisamos voltar mais de 100 anos, aos escritos do famoso anarquista russo Pyotr Kropotkin
  • 1:22 - 1:26
    que, além de ter uma das maiores barbas de todos os tempos,
  • 1:26 - 1:30
    também foi um virtuoso zoólogo e biólogo evolucionista
  • 1:32 - 1:36
    Na época de Kropotkin, o campo da biologia evolucionista estava muito dominado pelas ideias
  • 1:36 - 1:40
    do Darwinismo Social, como as de Thomas H. Huxley
  • 1:40 - 1:44
    Ao aplicar implacavelmente a famosa máxima de Charles Darwin "a sobrevivência do melhor adaptado"
  • 1:44 - 1:49
    às sociedades humanas, Huxley e seus pares concluíram que as hierarquias sociais existentes eram
  • 1:49 - 1:53
    o resultado da seleção natural ou da competição entre indivíduos livres e soberanos, e eram
  • 1:53 - 1:58
    portanto, um importante e inevitável fator na evolução humana
  • 1:58 - 2:02
    Não surpreendentemente, essas ideias eram particularmente populares entre homens brancos ricos
  • 2:02 - 2:07
    e politicamente poderosos , na medida em que servia como justificativa pseudo-científica para suas posições privilegiadas
  • 2:07 - 2:12
    na sociedade, além de prover uma racionalização racista da colonização europeia
  • 2:12 - 2:17
    da Ásia, África e das Américas
  • 2:17 - 2:22
    Kropotkin atacou essas ideias convencionais quando, em 1902, publicou um livro chamado "Apoio Mútuo:
  • 2:22 - 2:27
    um fator de evolução", onde demonstra que há algo além da competição cega
  • 2:27 - 2:32
    e individual operando na evolução
  • 2:32 - 2:36
    Kropotkin demonstrou que as espécies que eram capazes de trabalhar juntas, ou formar
  • 2:36 - 2:41
    arranjos simbióticos com outras espécies, baseados no benefício mútuo, podiam adaptar-se melhor ao
  • 2:41 - 2:46
    seu ambiente, e garantiam uma vantagem competitiva sobre as espécies que não faziam ou não podiam
  • 2:46 - 2:50
    Nas sociedades metropolitanas de hoje, as pessoas são socializadas para se verem como independentes,
  • 2:50 - 2:55
    indivíduos autossuficientes, equipados com seus próprios condomínios, contas bancárias, smartphones
  • 2:55 - 2:56
    e perfis de facebook
  • 2:56 - 3:01
    No entanto, essa noção de independência humana é um mito promovido por corporações e Estados
  • 3:01 - 3:06
    que buscam nos tornar fragmentados, e consumidores facilmente controlados, preocupados primariamente
  • 3:06 - 3:09
    com nosso próprio bem-estar a curto prazo
  • 3:09 - 3:12
    A verdade é que seres humanos são incrivelmente interdependentes.
  • 3:12 - 3:15
    Na verdade, essa é a chave de nosso sucesso enquanto espécie.
  • 3:15 - 3:19
    Você já passou algum tempo pensando sobre de onde vem a comida
  • 3:19 - 3:20
    ou as roupas que você usa?
  • 3:20 - 3:24
    E sobre o trabalho e materiais que foram utilizados para construir sua casa ou carro?
  • 3:24 - 3:29
    Se tivéssemos de prover-nos sem os confortos da civilização, poucos entre nós sobreviveriam
  • 3:29 - 3:34
    uma semana, muito menos seríamos capazes de produzir uma fração da diversidade de commodities que
  • 3:34 - 3:35
    consumimos todos os dias.
  • 3:35 - 3:39
    Das grandes pirâmides comissionadas pelos faraós do Antigo Egito até as produções globais
  • 3:39 - 3:43
    e redes de fornecimento de hoje, a função primária da classe dominante sempre tem sido
  • 3:43 - 3:45
    organizar a atividade humana.
  • 3:45 - 3:49
    E em todos os lugares em que ela fez isso, ela se baseou na coerção.
  • 3:49 - 3:53
    Sob o capitalismo, essa atividade é organizada pela violência direta ou pela ameaça internalizada da fome
  • 3:53 - 3:59
    criada por um sistema baseado na posse de riqueza e propriedade.
  • 3:59 - 4:03
    O capitalismo pode inspirar as pessoas a fazerem coisas incríveis, desde que haja a possibilidade de lucro.
  • 4:04 - 4:08
    Mas na ausência da possibilidade de lucro, há várias tarefas importantes que não vão
  • 4:08 - 4:13
    e não podem nunca se realizar: desde erradicar a pobreza global e doenças preveníveis
  • 4:13 - 4:15
    até a remoção de plásticos tóxicos dos oceanos.
  • 4:15 - 4:19
    Para realizar essas tarefas monumentais, precisamos de uma mudança no "ethos" que nos conecta
  • 4:19 - 4:22
    uns aos outros, e ao mundo que nos sustenta.
  • 4:22 - 4:26
    Um deslocamento para longe do capitalismo... em direção ao apoio mútuo.
  • 4:26 - 4:31
    Vislumbres do ideal Anarquista de apoio mútuo podem ser vistos hoje em comunidades
  • 4:31 - 4:35
    de desenvolvedores de software livre, e entre programadores criando com novas formas de criptografia
  • 4:35 - 4:37
    para driblar as agências nacionais de vigilância.
  • 4:37 - 4:41
    Podem ser vistos em vizinhanças se unindo para organizar uma creche comunitária,
  • 4:41 - 4:45
    e nas consequências de desastres como os furacões Katrina e Sandy, quando, na ausência de
  • 4:45 - 4:49
    instituições do Estado, completos desconhecidos correm para socorrerem uns aos outros.
  • 4:49 - 4:53
    Podem ser vistos na bravura dos "Capacetes Brancos" de Aleppo, que arriscam suas vidas
  • 4:53 - 4:57
    para resgatar crianças nas ruínas de construções atingidas pelas bombas de barril de Assad.
  • 4:57 - 5:02
    Imagine um mundo onde a atividade humana não é organizada com base na competição incessante
  • 5:02 - 5:07
    por recursos artificialmente escassos, mas na busca pela satisfação das necessidades humanas...
  • 5:07 - 5:11
    e você entenderá uma forma de mundo que os anarquistas se esforçam para criar.
Title:
O que é APOIO MÚTUO?
Description:

Em um mundo controlado pela competição capitalista incessante, onde as pessoas são instigadas a trabalhar umas contra as outras, anarquistas oferecem uma visão diferente: apoio mútuo

more » « less
Video Language:
English
Duration:
05:27

Portuguese, Brazilian subtitles

Revisions Compare revisions