Return to Video

Quarantined Italians record messages to "themselves from 10 days ago" during Coronavirus pandemic

  • 0:00 - 0:02
    Acredita-se que os Estados Unidos,
    a Inglaterra e a França
  • 0:02 - 0:05
    estão entre 9 a 10 dias atrás da Itália
    em termos de progresso do COVID-19.
  • 0:05 - 0:08
    Pedimos a pessoas de toda a Itália
    para gravar uma mensagem
  • 0:08 - 0:11
    para si mesmos de 10 dias atrás.
  • 0:11 - 0:13
    - Olá Anna.
    - Olá Salvatore.
  • 0:13 - 0:13
    Olá Francesca.
  • 0:13 - 0:15
    - Olá Virgi.
    - Olá Daniele de dez dias atrás.
  • 0:15 - 0:17
    Estás com medo?
    Não.
  • 0:17 - 0:18
    Eu sou ti... não te preocupes...
  • 0:18 - 0:19
    Eu serei ti de 10 dias.
  • 0:19 - 0:20
    Estou falando do futuro.
  • 0:20 - 0:22
    Eu sei que estás ocupado,
    mas espere um segundo
  • 0:22 - 0:25
    quero atualizá-lo
    sobre as últimas notícias da Itália.
  • 0:25 - 0:27
    Uma grande confusão
    está prestes a acontecer.
  • 0:27 - 0:30
    Acho que já ouviu falar
    sobre o Coronavírus.
  • 0:30 - 0:34
    E também acho
    que está a achar que não é nada.
  • 0:34 - 0:38
    Eu até mesmo debochei
    das pessoas que usam máscaras.
  • 0:38 - 0:41
    Pare de rir da sua mãe
    por te recomendar que vá comprar máscaras
  • 0:41 - 0:43
    e vá logo comprá-las... idiota.
  • 0:43 - 0:44
    Até dez dias atrás...
  • 0:44 - 0:45
    eu andava nas reuniões de trabalho,
  • 0:45 - 0:47
    Andava a jantares com amigos.
  • 0:47 - 0:50
    Andava na academia,
    ao salão de beleza.
  • 0:50 - 0:52
    Todas as coisas normais
    que nunca machucaram ninguém.
  • 0:52 - 0:56
    Mas em dez dias,
    a vida não seria mais a mesma.
  • 0:56 - 1:00
    No pior dos casos?
    Vai acontecer exatamente isso.
  • 1:00 - 1:03
    Sim, as infeções na Itália
    vão continuar a aumentar
  • 1:03 - 1:06
    provando que não era
    tudo bobagem como imaginavam.
  • 1:06 - 1:09
    Dez dias atrás nós tínhamos
    2,000 pessoas infectadas.
  • 1:09 - 1:11
    Agora estamos na marca dos 18 mil.
  • 1:11 - 1:12
    Já passamos de mil mortes.
  • 1:12 - 1:15
    E agora estamos a trabalhar
    arduamente no hospital.
  • 1:15 - 1:18
    Estamos numa situação surreal.
  • 1:18 - 1:21
    Ninguém pode sair de casa
    a menos que tenha uma razão muito séria.
  • 1:21 - 1:24
    Uma quarentena...
    do tipo que só vemos em filmes.
  • 1:24 - 1:26
    Uma nação inteira presa em casa.
  • 1:26 - 1:27
    Não imaginávamos que chegaria nisso, né?
  • 1:27 - 1:29
    Os hospitais estão superlotados.
  • 1:29 - 1:31
    Muitos infetados, os jovens também.
  • 1:31 - 1:34
    Atualmente temos jovens da nossa idade
  • 1:34 - 1:38
    "É só uma gripe... talvez não seja tão ruim...
    bem, eu não sei."
  • 1:38 - 1:40
    Não levamos a sério.
  • 1:40 - 1:44
    Devemos sempre ser leves com nosso espírito,
    mas não com nossos gestos.
  • 1:44 - 1:51
    Se precisa sair de casa,
    apenas o faça se for indispensável.
  • 1:51 - 1:53
    Porque não estamos arriscando
    uma gripe normal.
  • 1:53 - 1:57
    Já vimos vídeos horríveis
    das pessoas na França e nos Estados Unidos
  • 1:57 - 1:59
    que não estão levando isto a sério.
  • 1:59 - 2:02
    O problema é mais sério
    do que a maior parte do mundo acredita.
  • 2:02 - 2:04
    Não é um pessimismo sem razão.
  • 2:04 - 2:08
    O que está a acontecer é muito pior
    do que se pode imaginar.
  • 2:08 - 2:13
    Vais perceber que só de poder respirar
  • 2:13 - 2:15
    é algo de que deve ser grato.
  • 2:15 - 2:19
    Eu sei que a China é muito longe,
    mas esse vírus é mais rápido do que imagina.
  • 2:19 - 2:22
    Então talvez repense seus planos
  • 2:22 - 2:23
    E quem sabe?
  • 2:23 - 2:26
    Se tivesse ficado em casa naquele dia
    não precisasse ficar em casa agora.
  • 2:26 - 2:29
    No começo vai parecer
    que está a enlouquecer.
  • 2:29 - 2:31
    E não vai ver a luz no fim do túnel.
  • 2:31 - 2:33
    Não está só.
  • 2:33 - 2:36
    Vais começar a ver
    o que há de belo e o que há de feio.
  • 2:36 - 2:40
    Vais viver momentos de união
    como nunca imaginou.
  • 2:40 - 2:43
    Como ontem, quando todos saímos nas sacadas
  • 2:43 - 2:45
    e toda a vizinhança começou a cantar.
  • 2:45 - 2:48
    Todos cantavam sua própria música,
    mas de alguma forma éramos um só.
  • 2:49 - 2:51
    - Então...
    - Comece logo a fazer a sua parte.
  • 2:51 - 2:54
    Tommaso, não estrague tudo.
  • 2:54 - 2:55
    Não estrague tudo.
  • 2:55 - 2:56
    Fique em casa.
  • 2:56 - 2:58
    Não pode ser tão ruim.
  • 2:58 - 2:59
    Não és a única pessoa deste mundo.
  • 2:59 - 3:00
    Fique em casa.
  • 3:00 - 3:03
    Podes descansar, ler,
    ver filmes, programas de televisão.
  • 3:03 - 3:05
    Pode tocar guitarra...
    na verdade, aprender a tocar.
  • 3:05 - 3:07
    Porque ainda pode ser bem ruim nisso.
  • 3:07 - 3:10
    E acalme-se, porque vai acabar logo.
  • 3:11 - 3:12
    Nós subestimamos isso.
  • 3:12 - 3:14
    Não precisa fazer o mesmo.
  • 3:14 - 3:16
    Fique em casa.
Title:
Quarantined Italians record messages to "themselves from 10 days ago" during Coronavirus pandemic
Description:

more » « less
Video Language:
English
Duration:
03:31

Portuguese subtitles

Revízie

  • Revision 1 Edited
    Lucas Bernardes Conceição da Silva