YouTube

Got a YouTube account?

nou: permite crearea traducerilor și subtitrărilor de către spectatori pe canalul tău de YouTube!

Portuguese, Brazilian subtitrări

← Testemunha ocular capta com Polaroid momento que JFK foi morto

Obține codul încorporat
11 Languages

Showing Revision 4 created 08/05/2014 by Claudia Piersanti.

  1. (Mary Ann Moorman Krahmer)
    estar aqui hoje só traz de volta todas as lembranças.
  2. Realmente um misto de emoções - mais ainda do que a última vez
    que estive aqui.
  3. Eu vi um homem ser morto bem em frente aos meus olhos.
  4. (Hari Sreenivasan - narrador)
    Quando Mary Ann Moorman tinha 31 anos de idade,
  5. ela ficou sabendo que a comitiva presidencial
  6. iria desfilar pelo centro de Dallas.
  7. Ela era uma fã da primeira-dama, Jacqueline Kennedy,
  8. Então Mary Ann e um amigo, Jean Hill, foram
  9. Dealey Plaza para assistir o desfile.
  10. (Moorman) Meu filho estava na escola e eu havia dito a ele,
  11. ' você não pode faltar a escola,
    mas eu vou tirar uma foto para você,'
  12. nunca sonhei que aquela foto seria parte da história.
  13. (Narrador) Moorman, mostrado aqui enquadrado
  14. no filme amador feito por Abraham Zapruder –
  15. tirou apenas uma fotografia do Presidente naquele dia —
  16. (obturador da câmera)
  17. uma Polaroid disparou a foto
  18. enquanto a limounisine presidencial estava passando.
  19. (Moorman) Como o carro ficou mais perto de nós,
    eu avancei mais perto do passeio aqui,
  20. e Jean estava gritando ' Sr. Presidente, olhe para cá! "
  21. E quando eu coloquei a câmera perto do meu rosto,
  22. eu queria ter a certeza de que era o mais próximo que
  23. eu poderia chegar até ele, e tirei a foto,
  24. olhando através do visor, claro.
  25. (Narrador)
    Quando a foto foi revelada, tornou-se claro
  26. Moorman tinha pressionado o botão do obturador apenas como o
  27. Presidente de 46 anos de idade foi atingido e fatalmente ferido
    por uma bala de um rifle.
  28. É a única fotografia que se tem conhecimento do momento que o Presidente
  29. estava abatido e que também capta o pequeno monte de grama
  30. uma imagem que foi estudada infinitamente ao longo dos anos para
    determinar se o outro atirador estava lá.
  31. (Alan Govenar)
    Quando a comitiva começou a passar,
  32. ela percebeu que não tinha tirado
  33. a fotografia que prometeu a seu filho.
  34. (Narrador)
    Alan Govenar é o escritor e cineastata de
  35. A silenciosa testemunha fala, em que estão os relatos da
    história de Moorman.
  36. (Govenar) E quando eu perguntei a ela, ' o que você viu
    quando você olhou através do visor?'
  37. Ela disse que achou que era uma rajada de vento,
    Porque o cabelo dele 'levantou.'
  38. Ela não tinha idéia que o que ela estava fotografando foi
  39. o assassinato do Presidente dos Estados Unidos.
  40. Jackie gritou, ' Meu Deus, ele foi atingido. "
  41. nós ouvimos isso claramente.
  42. E segundos depois, ele caiu sobre
  43. Jackie e ela começou a escalar para fora do carro.
  44. -Moorman: Bem, nesta hora...
    -Narrador: Esta entrevista com Moorman foi filmada no início
  45. (Narrador) deste ano no Dealey Plaza onde esta senhora de 81 anos de idade
    originalmente capturou a icônica imagem.
  46. O filme agora está sendo exibido em uma exposição na
    Centro Internacional de Fotografia em Nova York.
  47. Chamada: "JFK:uma visão dos espectadores da história."
  48. (Brian Wallis)
    Para mim, a fotografia era uma maneira de administrar
  49. aquela mágoa e trauma — uma maneira de tentar
  50. entender o que realmente aconteceu.
  51. (Narrador) Brian Wallis, curador-chefe, se debruçou sobre milhares
    de fotografias para a exposição.
  52. (Wallis) Uma das coisas que imediatamente me impressionou.
  53. sobre essas fotografias – foi este tipo de proximidade
  54. e intimidade pessoal destas imagens instantâneas.
  55. Eu fiquei surpreso ao encontrar isto – pessoas que foram autorizadas
  56. a ter acesso ao Presidente.
  57. Na verdade, a comitiva em Dallas de
  58. novembro de 1963 foi apenas para essa finalidade,
  59. para que grandes multidões pudessem chegar perto do Presidente.
  60. O mais extraordinário é a Polaroid
  61. tomada por Mary Ann Moorman– no instante exato
  62. que o Presidente foi atingido pela primeira bala.
  63. E aconteceu tudo - apenas em segundos,
  64. momentos realmente. E tudo estava terminado.
  65. (carros passando)