Portuguese, Brazilian 字幕

← Sete maneiras de puxar conversa com qualquer pessoa | Malavika Varadan | TEDxBITSPilaniDubai

埋め込みコードを取得する
17言語

Showing Revision 14 created 01/22/2018 by Claudia Sander.

  1. Olá a todos.
  2. Vou começar com uma pergunta.
  3. Quantos de vocês já conheciam
    a pessoa sentada ao seu lado?
  4. Interessante.
  5. Então, você se lembra da sua
    primeira conversa com essa pessoa?
  6. Sabe, conversas são elos.
  7. Vamos imaginar cada conversa
    como sendo um pequeno elo de metal.
  8. E cada vez que você
    conversa com um estranho,
  9. um elo de metal é formado.
  10. E a cada conversa que você tem
    depois desse momento,
  11. o elo se fortalece mais e mais.
  12. E todo dia cada um de nós
    encontra tantos estranhos:
  13. o cara da mercearia, do táxi,
  14. talvez o recepcionista em um escritório
    novo que você visitou.
  15. E com cada conversa
    nós construímos elos novos.
  16. Até que, finalmente,
  17. criamos um tipo de Rede Mundial
    gigante de conversas.
  18. Rede Mundial, "World Wide Web".
  19. É uma palavra fácil de lembrar.
    Eu acho que já ouvi em algum lugar.
  20. Então é isso, certo?
    Uma conversa. É algo fascinante.
  21. Uma conversa é uma aventura.
  22. Uma conversa te dá uma perspectiva
    completamente nova.
  23. Uma conversa abre uma porta.
  24. Conversas podem provocar guerras
    e podem gerar paz.
  25. E conversas definem
    quem nós somos como raça humana.
  26. Pense nisto:
  27. cada uma das pessoas na sua vida
    um dia foi um estranho pra você.
  28. E você não sabia nada sobre ela
    até ter aquela primeira conversa.
  29. Então estou aqui hoje para te dizer
    para conversar com estranhos,
  30. ter uma conversa.
  31. E estou aqui para te dizer como.
  32. Sete maneiras para ter
    uma conversa com qualquer um.
  33. Eu sou apresentadora de rádio
  34. e adoro conversar com as pessoas.
  35. Eu amo.
  36. E sou tão feliz por fazer
    disso meu trabalho.
  37. O meu dia é assim:
  38. toda manhã, eu entro numa sala vazia,
  39. coloco um microfone,
  40. e converso com 1,6 milhão de pessoas...
  41. que eu não consigo ver.
  42. Sim.
  43. Mas você sabe qual é a parte mais difícil?
  44. É o tempo.
  45. Em um programa de 4 horas,
    eu tenho 20 minutos.
  46. Essa é toda a conversa que eu vou ter.
  47. E, em 20 minutos, tenho que te convencer
    de que eu sou sua melhor amiga.
  48. Como eu faço isso?
  49. Como eu estabeleço uma conexão?
  50. Eu tenho 20 minutos para te informar,
    te animar, interagir com você,
  51. mas, mais o importante,
  52. 20 em cada 20 vezes
    que eu ligo aquele microfone,
  53. eu tenho que deixar
    um sorriso no seu rosto.
  54. Só que eu não consigo te ver,
    eu não sei nada sobre você,
  55. e não tenho nenhuma forma
    de medir suas reações.
  56. Como fazer isso?
    Como conversar com um estranho?
  57. Bem, meus nove anos no rádio
    me ensinaram estes pequenos truques.
  58. Estranhos,
  59. eles estão em todo lugar.
  60. E sempre nos disseram:
    "Não fale com estranhos!"
  61. Mas eu ouso discordar.
  62. Todo estranho vem com uma oportunidade.
  63. Uma oportunidade de aprender algo novo,
  64. uma oportunidade de viver
    uma experiência inédita
  65. ou ouvir uma história
    que você nunca ouviu antes.
  66. E você já viveu isso, certo?
  67. Você está em uma sala com um desconhecido
  68. você olha em volta,
    vê um estranho e pensa:
  69. "Eu quero conversar com essa pessoa".
  70. E você quase consegue ouvir a primeira
    palavra, mas ela simplesmente não sai,
  71. ela meio que fica presa por aqui,
  72. sobe e desce,
  73. e você não sabe...
  74. Sabe de uma coisa?
  75. Aqui está meu conselho: apenas fale.
  76. Qual é a pior coisa que pode acontecer?
  77. Ela não conversar com você. Bem,
    ela não está conversando com você agora.
  78. A primeira palavra sai.
  79. Eu acredito que a primeira palavra
    age como uma comporta.
  80. Sabe, depois que você diz
    a primeira palavra, o resto só flui.
  81. Então simplifique.
  82. Um "oi", um "olá".
  83. E faça o que todo
    bom jogador de boliche faz.
  84. Só acumule o entusiasmo,
    a positividade, a energia,
  85. dê um grande sorriso e diga: "Oi!"
  86. Eu sei. Vai ter aquele
    momento estranho agora.
  87. Vire-se para alguém sentado
    perto de você, estique o braço e diga olá.
  88. Vá em frente.
  89. (Risos)
  90. Eu adoro as risadas da estranheza.
  91. "Por que ela está nos fazendo fazer isso?"
  92. A primeira palavra abre as comportas.
  93. Sabe, aqui está um desafio
    que enfrentamos todos os dias: tempo.
  94. Temos 90 segundos no rádio,
  95. e temos que fazer aquela conversa
    com um estranho ser memorável.
  96. Então como fazer isso?
  97. Qual o maior desafio?
  98. Sinceramente,
  99. se ficarmos presos na vala comum:
  100. "Oi!", "Olá!",
  101. "Como você está?", "Estou bem",
  102. "O que se passa?", "Nada",
  103. "O de sempre", "Me conte as novidades".
  104. Aí está, 45 segundos desperdiçados.
  105. Certo?
  106. Então, meu conselho é:
  107. pule o papo-furado e pergunte
    alguma coisa realmente pessoal.
  108. E não tenha medo.
  109. Confie em mim.
  110. Você ficaria surpreso com o quanto
    pessoas querem a compartilhar
  111. se você só perguntar.
  112. Então faça qualquer pergunta pessoal.
  113. Talvez: "Nome interessante.
  114. Como seus pais pensaram nele?
    Tem alguma história por trás?"
  115. Ou...
  116. "Há quanto tempo você mora na cidade?
  117. Você se lembra do primeiro dia
    em que chegou aqui?"
  118. Sabe, respostas a essas perguntas
    são sempre algo único,
  119. sempre algo pessoal.
  120. Minha pergunta favorita é:
  121. "De onde você vem?
    E onde sua família mora?"
  122. Sem exceção, toda vez que entro
    em um táxi, eu faço isso.
  123. Eu faço essa pergunta.
  124. "De onde você vem?"
    e "Onde sua família mora?"
  125. Deixe-me contar uma história.
  126. Eu estava indo para casa uma noite...
  127. eu entro no táxi,
    abro a porta, sento e digo:
  128. "De onde você é? Onde sua família mora?"
  129. E o motorista paquistanês
    de 60 anos começa a me contar
  130. tudo sobre sua vida em Peshawar.
  131. A gente conversou sobre política,
  132. sobre música, família,
    sua esposa, sua fazenda.
  133. E 20 minutos depois ele está convencido
    de que eu sou a noiva perfeita
  134. para seu filho de 26 anos de Peshawar
    formado na universidade.
  135. (Risos)
  136. E enquanto eu saio do táxi,
  137. ele está pegando uma foto de passaporte
    com cara de entusiasmo.
  138. Eu tenho que dizer,
    foi um adeus muito difícil.
  139. Mas a moral da história, realmente, é:
  140. o que começa com um "olá" pode terminar
    com um pedido de casamento.
  141. E isso é um aviso.
  142. (Risos)
  143. Terceiro passo.
  144. Encontre os "eu também".
  145. Você já conheceu alguém
  146. que começa uma conversa
    como se estivesse começando um debate?
  147. "Eu sou de Deli."
    "Eu odeio Deli."
  148. (Risos)
  149. Nada mata uma conversa como uma negativa.
  150. Quando encontrar alguém pela primeira vez,
  151. tente encontrar aquela coisa
  152. que você e essa outra pessoa
    possam ter em comum.
  153. Quando você começa nesse ponto
    em comum e segue daí pra frente,
  154. vai perceber que instantaneamente
    a conversa se torna bem mais fácil.
  155. Isso porque nesse momento ambos estão
    no mesmo lado de alguma coisa.
  156. E esse é um sentimento realmente poderoso.
  157. Agora você pergunta: o que você poderia
    ter em comum com uma pessoa estranha?
  158. Pode ser qualquer coisa, né?
  159. Ambos estão no mesmo lugar,
    ao mesmo tempo,
  160. talvez vocês sejam do mesmo país,
  161. talvez os dois gostem do inverno
  162. ou vocês estejam torcendo para que chova.
  163. Não sei, você vai encontrar alguma coisa.
  164. Quando você encontra
    o "eu também",
  165. automaticamente você estabelece
    uma conexão com a outra pessoa.
  166. Acredite, isso ajuda.
  167. Faça um elogio que seja único.
  168. Eu já li que as pessoas vão esquecer
    o que você faz e o que você fala,
  169. mas nunca vão esquecer
    como você as faz se sentirem.
  170. Então, seja generoso.
  171. Saia e faça um ótimo elogio a alguém.
  172. Eu acredito que exista
    um "medidor de imunidade a elogios".
  173. Isso veio de uma experiência que eu tive
  174. quando eu conheci uma linda supermodelo.
  175. Eu olhei pra ela e disse:
  176. "Uau! Você é muito bonita!"
  177. E a face dela não teve nenhuma reação.
  178. Aí eu pensei comigo mesma: "Como?"
  179. Foi então que eu percebi,
  180. ela é imune à palavra "bonita".
  181. Ela provavelmente já ouviu
    isso 100 mil vezes hoje.
  182. E se ela estiver em qualquer rede social,
  183. ela já ouviu isso 1 milhão de vezes hoje.
  184. Tem algumas palavras a que nós
    desenvolvemos uma imunidade
  185. pode ser "bom", pode ser "incrível",
    pode ser "legal"...
  186. Fique longe dessas palavras.
  187. Tente montar um elogio
    que seja único e genuíno,
  188. e você não tem que mentir.
  189. Sério.
  190. Quando você olha pra alguém e diz:
  191. "Eu amo quando você sorri,
  192. é como se o seu nariz sorrisse,
    e então os seu olhos sorriem,
  193. e as suas orelhas sorriem,
    até a sua testa sorri,
  194. de repente, a pessoa toda está sorrindo".
  195. Veja,
  196. eu espero que esse seja um elogio
    que você não esqueça tão cedo.
  197. Faça um elogio único e genuíno.
  198. Peça uma opinião.
  199. Todos nós temos opiniões, acredite.
  200. Todos nós queremos ser ouvidos
  201. e todos procuram por confirmação.
  202. Então vá e peça uma opinião.
  203. É então que você constrói
    uma via de mão dupla.
  204. É aí que a comunicação realmente começa,
  205. e você vai ficar surpreso o quanto
    se pode descobrir sobre uma pessoa
  206. simplesmente perguntando qual a sua
    opinião sobre algo bem genérico.
  207. Eis um erro que algumas pessoas cometem.
  208. Elas perguntam sua opinião sobre
    um assunto realmente complicado.
  209. Parece quase intimidador.
  210. Em algum lugar, numa sala,
    cheia de pessoas bem informadas,
  211. e alguém vem até mim e diz:
  212. "Então, o que você pensa sobre a maneira
  213. que os valores do petróleo afetaram
    o mercado imobiliário em Dubai?"
  214. Me sinto encurralada.
  215. Sinto que posso ser reprovada,
    que isso é uma prova,
  216. e esta é a lição.
  217. Ninguém precisa reprovar
    em uma primeira conversa.
  218. Só pergunte algo simples, genérico.
  219. Como você gosta do seu café?
  220. Quando assistiu o seu último filme?
    O que você achou?
  221. E quando alguém der a sua opinião,
  222. realmente ouça.
  223. Não ouça para responder. Ouça para ouvir.
  224. Tem uma diferença.
  225. E isso me leva ao próximo ponto.
  226. Esteja presente.
  227. Sei que você já passou por isso.
  228. Eu sei que eu já.
  229. Você está se abrindo com alguém,
  230. e ela está assim:
    "Sim, sim, pode ir, vai falando.
  231. Posso fazer mais de uma coisa
    ao mesmo tempo.
  232. Qual é a senha do wi-fi?"
  233. (Risos)
  234. Sabe, quando alguém está tentando
    se comunicar com você
  235. o mínimo que você pode
    fazer é estar na conversa.
  236. Esteja completamente presente,
  237. simplesmente esteja lá.
  238. E minha parte favorita:
    faça contato visual.
  239. Acredite, contato visual
    é o que faz a mágica acontecer.
  240. Você pode sentir a conversa.
  241. E acredite, quando você olha
    para alguém nos olhos
  242. nove de dez vezes, eles não vão
    ousar desviar o olhar, certo?
  243. (Risos)
  244. Agora, se eu pudesse olhar no olho
    de 1,6 milhão de pessoas,
  245. eu não teria que me preocupar com vocês
    mudando de estação durante os comerciais.
  246. Isso me leva a isto, o meu ponto favorito,
    porque eu acho que tem um nome cativante.
  247. Nome, lugar, animal, objeto.
  248. Você lembra desse jogo?
  249. Lembre dos pequenos detalhes
    sobre uma pessoa.
  250. Lembre do seu nome.
    Isso é muito importante.
  251. É horrível quando você encontra alguém
    pela décima vez e você diz:
  252. "Você deve ser o Paul, não, Peter.
    Alguma coisa com P e termina com..."
  253. É terrível. Lembre o nome
    da pessoa e repita para ela.
  254. Você não imagina de como está
    fazendo ela se sentir importante,
  255. e esse não é o único detalhe.
  256. Lembre-se dos outros detalhes também.
  257. Os lugares a que elas gostam de ir,
    os lugares em que já estiveram,
  258. os lugares que elas querem ir,
    os nomes de seus animais de estimação.
  259. Como seus animais têm se sentido?
    As coisas que elas gostam.
  260. Lembre o nome de seus filhos,
    essa não tem falha.
  261. Lembre o nome de suas esposas,
    de suas namoradas.
  262. Só não misture esses dois últimos
    porque pode ser desastroso.
  263. (Risos)
  264. Lembre desses pequenos detalhes
    sobre as pessoas e repita-os para elas,
  265. pergunte, esteja genuinamente interessado,
  266. e automaticamente você se torna
    um tipo de investidor no bem-estar delas,
  267. e elas vão se sentir responsáveis
    por manter a conversa.
  268. Aí está.
  269. Sete maneiras incríveis de você
    puxar conversa com qualquer um,
  270. e sete motivos para você
    aproveitar as oportunidades
  271. que aparecerão para conversar
    com desconhecidos.
  272. Eu vou terminar com uma analogia.
  273. Uma conversa é como ler um livro.
  274. Você pode pular para qualquer página.
  275. Você pode ir para o seu capítulo favorito.
  276. Você pode ler por quanto tempo quiser,
    e pode ler o que quiser,
  277. e qualquer pessoa,
    acredite, é um ótimo livro.
  278. E me entristece muito
  279. que vidas humanas inteiras
    estejam sendo resumidas
  280. a 140 caracteres e manchetes cativantes.
  281. Porque isso não é o que somos.
  282. Não somos versões resumidas.
  283. Somos histórias humanas por inteiro.
  284. Merecemos mais uns dos outros.
  285. Então, o que você vai fazer nesse grande
    mundo que chamamos de biblioteca?
  286. Você vai ficar vagando,
  287. vai olhar os livros
    de capa dura e ler os títulos?
  288. Ou você vai de fato pegar um livro,
  289. abrir em uma página
    e começar a ler a história?
  290. Você decide.
  291. Obrigada.
  292. (Aplausos)