YouTube

Vous avez un compte YouTube ?

Nouveauté : activer les traductions et les sous-titres créés par les internautes sur votre chaîne YouTube !

Portuguese, Brazilian sous-titres

← Tim Minchin's Storm the Animated Movie

Official animated movie of Tim Minchin's 9-minute beat poem Storm. Written and performed by Tim Minchin. Directed and animated by DC Turner. Produced by Tracy King. www.stormmovie.net www.timminchin.com www.kershoot.com

Obtenir le code d’intégration
12 langues

Afficher la révision 4 créée 11/22/2012 par Laura Mayumi Hashimoto.

  1. Numa cobertura no centro do Norte de Londres,

  2. Paredes brancas, tapete branco, gato branco,
  3. biombos de papel de arroz,
  4. arte moderna e ambição...
  5. O anfitrião é um físico
  6. um cara brilhante, com seus métodos próprios
  7. Sua namorada é atriz
  8. Um casal de amigos antigos,
  9. e com eles a diversão é garantida.
  10. Então viemos para o jantar.
  11. A 5a convidada é desconhecida
  12. Eles nos puseram juntos como um favor, pois
  13. a garota acabou de chegar da Australia
  14. e se mudar para o Norte de Londres
  15. Ela é irmã de alguém
  16. Ou tem alguma conexão do tipo.
  17. Enquanto nos apresentamos
  18. Fico chocado com sua beleza
  19. Indiscutivelmente linda
  20. Olhos e cabelos pretos
  21. Mas quando ela se senta
  22. Admito que fico meio alerta
  23. pois percebo uma asa de de fada
  24. tatuada naquela área popular
  25. bem acima das nádegas
  26. E quando ela diz "sou de Sargitário"
  27. confesso que um buraco de pombos se abre
  28. e fica cheio de pombos
  29. Quando ela diz que seu nome é Storm.
  30. A conversa começa amena e alegre
  31. Mas não demora até que Storm comece:
  32. "Não se pode saber nada ao certo,
  33. conhecimento é mera opinião",
  34. -- ela opina, tomando seu Cabernet Sauvignon
  35. diante de algum
  36. comentário empírico feito por mim
  37. "Não foi um bom começo", penso,
  38. e ainda estamos só nos aperitivos.
  39. Do outro lado da sala, minha mulher
  40. arregala os olhos
  41. como quem implora: pega leve!
  42. Um aviso matrimonial
  43. que não vale a pena ignorar
  44. Então resisto ao impulso de perguntar a Storm
  45. se o conhecimento é algo tão vago
  46. quando de manhã
  47. ela decide se vai sair de casa
  48. pela porta da frente ou então
  49. pela janela do seu segundo andar.
  50. A comida está deliciosa, e Storm,
  51. evitando todas as carnes
  52. alegremente senta e come
  53. Como um bom médico, levemente irritado
  54. Quando Storm insiste
  55. "Mas o corpo humano é um mistério!"
  56. A Ciência cai na escuridão
  57. quando tenta explicar a natureza da alma."
  58. Minha anfitriã me lança um olhar
  59. Ela, como minha mulher, sabe que há uma chance
  60. Mas não devo. Meus lábios estão selados.
  61. Só quero saborear a comida.
  62. "As indústrias farmaceuticas são um perigo,
  63. elas promovem dependência química
  64. pra que drogas
  65. quando ervas podem resolver?
  66. Pra que químicos
  67. quando soluções homeopáticas
  68. podem resolver?
  69. "Por definição", começo
  70. "Medicina altermativa", continuo
  71. é algo que ninguém provou que funciona
  72. Ou que alguém provou que não funciona.
  73. Sabe como chamam "medicina alternativa"
  74. que é comprovadamente eficiente?
  75. Medicina.
  76. "Então você não acredita
  77. em NENHUM remédio natural?"
  78. Pelo contrário, Tempestade,
  79. Na verdade, antes de vir pra cá
  80. tomei um remédio
  81. Tem um nome estranho,
  82. Querida, como é mesmo?
  83. Maspirina?
  84. Baspirina?
  85. Ah, é, Aspirina!
  86. Comprei por um
  87. Pois ao longo de toda a História
  88. cada mistério
  89. resolvido, acabou sendo
  90. não mágico.
  91. Não é suficiente?
  92. Só este mundo?
  93. Só este mundo lindo, complexo e
  94. maravilhosamente imenso?
  95. Se você curte tanto Shakespeare
  96. Ou algo do tipo.
  97. Mas é isso que me dá tesão:
  98. Mas graças aos avanços científicos
  99. Eu posso viver duas vezes mais....
  100. Duas vezes mais pra viver minha vida
  101. Duas vezes mais pra amar minha mulher
  102. O dobro de anos de amigos e vinhos