YouTube

Vous avez un compte YouTube ?

Nouveauté : activer les traductions et les sous-titres créés par les internautes sur votre chaîne YouTube !

Portuguese, Brazilian sous-titres

← Guerra do Paraguai-Documentário History Channel

Obtenir le code d’intégration
1 langue

Afficher la révision 4 créée 02/08/2019 par Julia Yada.

  1. [Música]
  2. A Guerra do Paraguai é uma guerra tola,
  3. sórdida e desnecessária
    como a maioria delas.
  4. [Tiros]
  5. [Música]
  6. Numa guerra, a primeira vítima
    é a verdade.
  7. Porque a historiografia brasileira
  8. a respeito da Guerra do Paraguai
    era muito vagabunda,
  9. praticamente não existia.
  10. [Música]
  11. Aquilo foi um genocídio.
  12. Nós não tivemos o genocídio como intenção,
  13. mas nós tivemos o genocídio como efeito.
  14. [Tiro]
  15. [Música]
  16. história a escolha
  17. [Música]
  18. depois de 40 anos independente de
  19. portugal
  20. o brasil é um gigante rural pobre
  21. analfabeto e escravo
  22. [Música]
  23. um país escravocratas um país selvagem
  24. analfabeto de hábitos toscos que o país
  25. tem e escravos têm muita aristocracia
  26. país com uma dependência uma pobreza
  27. muito forte com condições de saúde
  28. pública e nas estantes e sem escola é
  29. que tem aquela tese de que o brasil tem
  30. uma história mansa e pacífica que o
  31. brasil é a terra do homem cordial em
  32. 1864 o brasil é uma monarquia controlada
  33. por um homem de 38 anos que está no
  34. trono desde os 14 do pedro 2º
  35. apresenta-se dom pedro como um homem
  36. muito culto mas ele é um homem muito
  37. despreparado que você vê que é um homem
  38. a quem falta polimento né
  39. a quem falta todas as normas de
  40. civilidade é um caipirão brasileiro
  41. pedro é um homem que tinha ideais e
  42. projetos mas de fato não tinha vocação
  43. de governo o brasil enfrenta uma grave
  44. crise econômica e o sul do país começa a
  45. trazer notícias preocupantes
  46. o sul do império brasileiro faz
  47. fronteira com três repúblicas uruguai
  48. argentina e paraguai e uruguai está em
  49. guerra civil
  50. brasil e argentina segurei pra colocar o
  51. uruguaio venâncio flores o poder
  52. beneficiando os comerciantes de buenos
  53. aires e os fazem os gaúchos só que
  54. bloqueando a saída do paraguai por
  55. marcos mion de cinco chances ao paraguai
  56. completar no mundo anterior receber
  57. aprovisionamento o tipo de sempre pago
  58. ao ex pote com esse novo cenário o
  59. paraguai para usar a bacia do prata
  60. precisa negociar com as duas maiores
  61. potências da região paraguai com estava
  62. com a argentina contra brasília com
  63. brasil encontra argentina
  64. eu nunca amigo aqui pouco a uma potência
  65. maior revelar aqui ó
  66. o paraguai é governado por um também
  67. jorge
  68. de 32 anos francisco solano lópez há
  69. cerca de um ano o pentacampeão e sei a
  70. opinião dele não foi importante para
  71. quem tem cachorro a salvar a pátria de
  72. lá só quero uma pessoa com na
  73. inteligência com um talento literário
  74. considerável é uma pessoa preparada para
  75. um cargo difícil escalopes eleição vai
  76. responder sem dúvida era um sujeito
  77. inteligente perspicaz ambicioso era um
  78. homem muito controversa e dentre os
  79. mitos da guerra um deles é de que o
  80. soldado lopes era um estadista com uma
  81. visão extraordinária a de um de um
  82. grande para guardar r highly a ele pediu
  83. que ele mente que ele teve alguns metros
  84. mas acima de tudo era um ditador e era
  85. um ditador e eventualmente obcecado vai
  86. ter uma personagem não saía na economia
  87. wii 14 era letal de moto
  88. aí é com silvana contei pra pegar a
  89. cópia de napoleão 3º os 190 grande louco
  90. da américa do sul ele tinha sonhos de
  91. ser um napoleão pessoas além da legenda
  92. paraguai e 6 a 1
  93. estamos avisando estufa mas quero dizer
  94. que o cara é criar um paraíso na terra
  95. falando a uma piada né do fundeb
  96. entulhando colocar o ensaio chorando
  97. lopes havia arregimentado as suas forças
  98. dando lhes a certeza de que lutavam pela
  99. liberdade por uma causa justa pela
  100. pátria
  101. então isso fazer com que eles fossem
  102. cavalo indômitos recandidato to lesão na
  103. teoria tática nos últimos dez anos o
  104. paraguai fez seu exército crescer de 10
  105. mil homens para quase 100 mil
  106. combatentes construir uma linha fé
  107. é a primeira da américa do sul para
  108. ligar a capital há um campo militar e
  109. também a primeira linha de telégrafos
  110. para se comunicar com a sua principal
  111. proteção do rio paraguai
  112. o forte de um baita jogador tomou o
  113. poder em suas mãos e nomeou exatamente
  114. essas limitações antes de atacar solano
  115. lopes tenta conversar com o brasil que
  116. sanz alegre hoff
  117. dom pedro em dom pedrito um ano ruim em
  118. mente mas dom pedro 2º não responde à
  119. carta que solano lópez envia darei um
  120. ano no ar qual o esforço de caixa
  121. pela primeira vez em sua história
  122. independente o brasil tem seu território
  123. invadido
  124. [Aplausos]
  125. através do rio paraguai
  126. os soldados invadem corumbá do mato
  127. grosso
  128. [Aplausos]
  129. aquela paraguai onde cometeram cabuçu em
  130. território brasileiro ou argentino
  131. o exército paraguaio avança deixou um
  132. rastro de destruição por onde passa
  133. [Música]
  134. os generais levam junto às suas esposas
  135. que aproveitam para saquear as casas no
  136. caminho os invasores paraguai em mato
  137. grosso saquearam levaram a população se
  138. viu forçada para assunção
  139. o mato grosso estava em defesa você não
  140. tinha forças mato grosso
  141. [Música]
  142. [Aplausos]
  143. pra frente do exército chega ao rio
  144. grande do sul em toda a cidade de
  145. uruguaiana foge do paraguai em invadir o
  146. brasil mas é só o começo
  147. a partir de agora metade de um
  148. continente vai entrar em guerra
  149. [Música]
  150. [Aplausos]
  151. [Música]
  152. pressionado pelas tensões políticas do
  153. rio da prata solano lópez está em guerra
  154. com o brasil em 12 de novembro de
  155. seqüestrou o governador do mato grosso
  156. que passava pelo rio paraguai e no final
  157. de dezembro invadiu saque ou e dominou
  158. cidades do mato grosso e do rio grande
  159. do sul
  160. há uma série de especulações e teorias
  161. de quais seriam os reais motivos por
  162. trás do conflito econômico felipe góes
  163. não se esforçou e canal axn toy em dólar
  164. na alemanha a cimpor seja vendida para a
  165. chinesa km então resources por exemplo
  166. esta prova é um novo balanço na minha
  167. base para maio em luanda entre a a
  168. história mais maluca de todas a guerra
  169. do paraguai
  170. é esse mito de que o paraguai é uma
  171. potência em crescimento
  172. eu me pergunto como a gente acreditou
  173. por tanto tempo nisso porque a
  174. historiografia brasileira a respeito da
  175. guerra do paraguai era muito vagabunda
  176. praticamente não existia o paraguai não
  177. era o modelo de desenvolvimento para a
  178. região tinha uma população que era o
  179. dobro da do uruguai só que o comércio
  180. exterior ele era seis vezes menor
  181. há uma teoria muito divulgada pela
  182. esquerda no governo militar brasileiro
  183. de que a inglaterra tinha medo do
  184. crescimento paraguaio e por isso
  185. financiou a inglaterra está curtindo
  186. império mundial e nós lugar em um
  187. planeta que se indiferente a essa série
  188. de tecnologia puxaram para cima porque
  189. paraguai
  190. adicionando uma autonomia que ele grande
  191. império britânico não pode aceitar que a
  192. raiva de protagonismo porque por exemplo
  193. o irã faz a todos os habitantes case
  194. stalinismo
  195. ele silas não é a agenda onde ainda há
  196. possibilidade de criar um mercado para
  197. as mercadorias que fabrica o robô
  198. industrial mercado consumidor paraguai
  199. não existia a população tinha poder
  200. aquisitivo não existe um mercado
  201. consumidor
  202. segundo o mesmo que existe escola lógica
  203. de você fazer uma guerra para abrir o
  204. mercado consumidor e destruir esse
  205. mercado não tem loja app oficial no
  206. hotel el da caloi
  207. isso é ridículo porque o paraguai não
  208. estava sendo utilizado no ranking dos
  209. apesar de não ter nem dos a leve queda
  210. não tinha induz a arrecadação anual do
  211. paraguai que era de menos de 1 milhão de
  212. libras esterlinas brasil argentina e
  213. uruguai juntos arrecadaram mais de 50
  214. milhões a gente na economia nem tão
  215. longe
  216. o império brasileiro é planeta ela
  217. república para os ambientalistas olaria
  218. - reclamou no paraguai o porcentual é
  219. menor na ponta também outra versão que
  220. coloca solano lópez como louco napoleão
  221. das américas o solano lópez ele tinha
  222. delírios megalomaníacos ele quer fazer
  223. um grande paraguai pegando parte do
  224. brasil parte da argentina e uruguai
  225. ou seja vai cantar com águas antes de
  226. pronunciar os únicos papéis documentos
  227. que a gente tem da época mostram que a
  228. inglaterra tentou conter as maluquices
  229. do delator solano lópez é um solano
  230. lópez é o ditador mas só o lopes é um
  231. ditador e que acha uma racionalidade a
  232. inglaterra não financiou a guerra
  233. tampouco ditador paraguaio era louco
  234. invadir o brasil é a opção que solano
  235. lopes encontra para negociar com o
  236. gigante vizinho na época você atacava um
  237. país é vitória da conquista capital
  238. inimiga
  239. obviamente é inviável ao paraguai
  240. conquistar porque o chamei solano lópez
  241. manda seu exército tomar o sul do mato
  242. grosso região que quer anexar o
  243. território paraguaio e o rio grande do
  244. sul para chegar até o uruguai
  245. assim ele tem mais força para negociar
  246. com dom pedro 2º e restabelecer a sua
  247. saída para o mar se ele não invadisse o
  248. brasil ele não teria causado a guerra só
  249. que dom pedro 2º não se rende e em vez
  250. de negociar lopes procura bartolomeu
  251. mitre presidente
  252. a argentina e venâncio flores presidente
  253. que colocou no poder no uruguai e forma
  254. em 1º de maio de 1865 a tríplice aliança
  255. entre brasil argentina e uruguai na
  256. tripla aliança não queria saber
  257. absolutamente nada havia que ele quer
  258. acionar no europeu representava agora
  259. oficialmente sozinho
  260. solano lópez tem duas opções negociar
  261. uma trégua e recuar sem derramamento de
  262. sangue ou atacar os navios brasileiros
  263. que bloqueiam a sua saída para o mar 11
  264. de junho de 1865 corrientes argentina
  265. começa a maior batalha naval da história
  266. da américa do sul a formação dos estados
  267. na região da bacia do prata é a grande
  268. causa da guerra do paraguai
  269. a bacia do prata é constituída pelas
  270. águas dos rios paraguai do gigante rio
  271. paraná que vem do brasil e do rio
  272. uruguai
  273. o grande problema de solano lopez neste
  274. momento é que os navios brasileiros
  275. comandados pelo almirante barros
  276. bloqueiam sua saída para o mar o que
  277. causará a morte econômica do paraguai
  278. então paraguai vai ser um prisioneiro
  279. geopolítico do porto vai usar essas
  280. aliás até avançado século 20
  281. a esquadra brasileira protege o rio
  282. paraná com nove navios de guerra
  283. totalizando 58 caminhões e 2 mil homens
  284. o paraguai só tem um navio de guerra mas
  285. sim província e adaptar outros oito
  286. navios mercantes com bocas de fogo lopes
  287. conta ainda com seis balsas chamadas de
  288. chapas
  289. o formato dessas embarcações é uma
  290. vantagem pois os caminhões ficam no
  291. mesmo nível do rio e fora do alcance da
  292. artilharia brasileira é mesmo um jogo de
  293. xadrez a 48 paraguai fez aposta errada e
  294. foi uma guinada nos rumos da guerra
  295. nove navios brasileiros na margem do rio
  296. joelho nove navios paraguaios se
  297. preparam para embuscada o paraguai
  298. prepara canhões na margem do rio ea
  299. ordem de solano lopez é que seus
  300. soldados invadam os navios e capturem a
  301. esquadra brasileira para o paraguai é
  302. para o time aqui acertar 60% em brasília
  303. e washington por cento então só estavam
  304. imobilizados
  305. não tinha como se mover e boa parte da
  306. população estava dormindo
  307. [Música]
  308. [Aplausos]
  309. [Música]
  310. [Música]
  311. [Música]
  312. o ataque surpresa o paraguai leva
  313. vantagem no início da batalha mas uma
  314. decisão do almirante barroso e vira o
  315. jogo para o brasil
  316. inspirado pelo harith uma antiga máquina
  317. de guerra usada para romper muralhas e
  318. fortalezas barroso aproveita as
  319. embarcações brasileiras investidas de
  320. aço para estraçalhar a esquadra inimiga
  321. ele parte para cima dos fatores
  322. paraguaios e mudam o rumo da batalha
  323. [Música]
  324. brasil vence e mantendo o controle da
  325. bacia do prata
  326. [Música]
  327. anos depois dom pedro 2º manda produzir
  328. um quadro épico sobre a batalha embora o
  329. quadro seja maravilhoso ele será morto
  330. fotograficamente falando não foi assim
  331. que as coisas se passaram ali toda a
  332. história fabricada o dom pedro
  333. espertamente tentou fabricar a história
  334. brasileira a sua versão oficial que a
  335. gente continue acreditando até hoje o
  336. saldo da batalha do riachuelo
  337. o paraguai tem quatro navios e sem
  338. chatas há fundadas e cerca de 300 mortos
  339. em combate
  340. o brasil tem um navio afundado e perde
  341. 100 homens
  342. os aliados mantêm o controle na bacia do
  343. prata e solano está acuado em seu
  344. território
  345. [Música]
  346. solano começa a perder o controle da
  347. situação
  348. a tríplice aliança se fortalece o
  349. paraguai invadir e saqueou cidades
  350. brasileiras
  351. o tom eo segundo vai pessoalmente à
  352. uruguaiana na li e muito menos pelo
  353. segundo admite a de que la paz em cera
  354. se uma comissão na frente ao sesi é
  355. lopez solano lópez que ajuda a isso é
  356. claramente ainda vai ser premiado
  357. ficando no poder de positivo
  358. não há mais volta dom pedro 2º quer
  359. vingança
  360. quem vai invadir o paraguai agora é o
  361. brasil
  362. [Música]
  363. para completar o exército brasileiro dom
  364. pedro 2º cria campanha voluntários da
  365. pátria homens que se alistam para lutar
  366. no paraguai
  367. então além de tudo é uma guerra lotada
  368. por escravos escravos libertos indígenas
  369. e voluntários da pátria na época e
  370. voluntários da pátria
  371. piada sazonal né o próprio imperador se
  372. nomeia voluntário da pátria número 1 mas
  373. todos esperavam que fosse uma guerra
  374. como tinha sido sempre né durava alguns
  375. meses e acaba quando a guerra se
  376. estendeu às condições difíceis não tinha
  377. perspectiva de fim
  378. então aí realmente a resistência a ir à
  379. guerra foi muito grande e esses soldados
  380. e um sem nenhuma preparação e um para a
  381. guerra assim como bucha de canhão a
  382. qualquer um muito por morrer
  383. quem queria uma guerra que não significa
  384. nada que nunca puxou o diário observa
  385. paraguai que colocar se na mentalidade e
  386. como naquela época ele seja nova em
  387. cartegena no sul a marcar mecânico no
  388. que muitos desses voluntários da parede
  389. não eram exatamente voluntários vinho
  390. agrilhoados né
  391. venham presos e aí eram apresentados
  392. como voluntário sapatos muitos dos
  393. cativos eram vendidos para substituir o
  394. branco que não queria e lutar e do
  395. momento que você pudesse comprar um
  396. escravo que fosse lutar no seu lugar
  397. estava bem representado se você manda um
  398. escravo para a guerra
  399. não é preciso dizer como é que o escravo
  400. era tratado no brasil qual é a
  401. disposição que esse escravo quem morrer
  402. pelo brasil na argentina em um problema
  403. ainda mais grave os governantes de
  404. buenos aires coordenam a toda a
  405. população pobre que entre na guerra da
  406. resistência do povo argentino a ir à
  407. guerra do paraguai
  408. morreu mais gente aqui alento grande
  409. frente de vantagem a população das
  410. províncias mais afastadas se nega e
  411. lutar em nome do povo argentino e neste
  412. momento histórico não se podia ler
  413. depois o argentino se pode revelar ter
  414. diferentes identidades regionais
  415. sanfoninha em 12 anos em terrenos etc
  416. porque não existe a consciência nacional
  417. deixou muitos riscos de de homens
  418. notáveis e reconhecia sem olhar o nicho
  419. de sarmiento e presentes e provavelmente
  420. urânio morango ocupantes alimento ou
  421. enviava ao pará lo paraguaia josé e tu
  422. expressões terrível como terminar esse
  423. pólo creio que a guerra há diferença
  424. nenhuma e argentina marina cava da
  425. doença
  426. 16 de abril de 1866 com uma grande
  427. maioria de brasileiros
  428. o exército aliado piso em território
  429. paraguaio
  430. [Música]
  431. o brasil sem sofrer resistência monta
  432. seu acampamento militar
  433. [Música]
  434. comerciantes e mulheres acompanham a
  435. tropa oferecendo todo tipo de serviço
  436. [Música]
  437. mas o paraguai não ciente e quer
  438. expulsar os invasores
  439. é fundamental em qualquer operação
  440. militar seja um século 19 hoje você
  441. conhecer o terreno que você vai agir e
  442. não se conhecer o terreno o acampamento
  443. militar fica na entrada do país a 300
  444. quilômetros da capital assunção com uma
  445. imensidão desconhecida e pantanosos pela
  446. frente nós tinha um mapa do tesouro
  447. paraguai dividiu o isolamento paraguaio
  448. ninguém conhecia o que era interno para
  449. agora só se conhecia assunção
  450. e é nesse momento que o paraguai começa
  451. a montar sua emboscada está almoçando a
  452. lei com os chefes o general osório
  453. a tropa que está mais na frente começam
  454. a debandar começa a correr atrás para
  455. conseguir um apoio e aí tem a matança
  456. [Música]
  457. vinte e quatro de maio de 1866 os
  458. paraguaios invadiram o acampamento
  459. brasileiro
  460. e tem início a maior batalha da guerra
  461. do paraguai
  462. a batalha de tuiuty
  463. [Música]
  464. a chuva
  465. com o ataque surpreso paraguai leva
  466. vantagem no início do confronto
  467. [Aplausos]
  468. [Música]
  469. solano lópez manda três tropas atacaram
  470. e simultaneamente uma frontal e duas
  471. pelos flancos e osório tinha essa
  472. capacidade de liderança é muito admirado
  473. pela tropa ele está sobre o cavalo meio
  474. a nuvens de fumaça em meio ao barulho de
  475. explosões a gripe a gente morrendo aí
  476. consegue mobilizar mandar um batalhão
  477. para causa batalham pra lá com a visão
  478. militar ou seja esse batalhão vai vai
  479. ser sacrificado os seus quase todos vão
  480. morrer agora porque esse batalhão vai
  481. porque confia nele confia na liderança
  482. militar
  483. [Música]
  484. então ele consegue distribuir e consegue
  485. reverter a guerra
  486. o centro da resistência aliada vai ser
  487. os caminhões da artilharia estão
  488. colocados um pouco à frente do quartel
  489. general
  490. [Música]
  491. tem que lembrar que agora já é uma coisa
  492. selvagem sujeito vai matar o outro não
  493. está filosofando ele está com ótimo
  494. [Música]
  495. mas ali morrendo no charco morrendo no
  496. pântano chafurdando literalmente
  497. chafurdando estavam povos e etnias não
  498. tinha nada que ver com aquilo
  499. diretamente
  500. [Música]
  501. como resultado da batalha do tuiuti
  502. o paraguai perde 13 mil homens o melhor
  503. de seu exército
  504. [Música]
  505. os aliados juntos perderam 4 mil homens
  506. mas não há motivos para comemorar
  507. [Música]
  508. em setembro de 1866
  509. o brasil continua acampado intuito de
  510. que o paraguai se protegendo no
  511. quadrilátero em volta da fortaleza de
  512. humaitá
  513. o brasil teve que lutar contra uma
  514. fortaleza que ele próprio tinha
  515. construído dos paraguaios né e que se
  516. sabia e inexpugnável a fortaleza de
  517. humaitá é a grande proteção do rio
  518. paraguai para chegar em assunção é
  519. preciso passar por ela construída anos
  520. antes com a ajuda de militares
  521. brasileiros à fortaleza um complexo
  522. defensivo composto do forte da igreja e
  523. o rio era cercado com grossas correntes
  524. de ferro para impedir a passagem de
  525. navios brasileiros
  526. mas a fortaleza de humaitá não é o maior
  527. obstáculo que o exército brasileiro tem
  528. pela frente em todos os casos à parte
  529. das mortes foi causada em combate mas
  530. foi causada por cólera por doenças fome
  531. e frio e as condições dos hospitais
  532. militares em péssimas desumanas sem
  533. nenhuma estrutura e brigas de
  534. indisciplina no acampamento são
  535. freqüentes
  536. não há liderança do pedro 2º já está de
  537. volta ao rio de janeiro olhando um
  538. aspecto importante que as pessoas
  539. costumam esquecer é o início da foto
  540. reportagem os jornais todos vão publicar
  541. fotografias têm fotografias que sofrem
  542. entre aspas photoshop quer dizer parece
  543. que o bom perguntar no campo de batalha
  544. mas não está a fotografia foi tirada no
  545. estudo é bota ele lá no campo de batalha
  546. a guerra parece ter chegado a um impasse
  547. mas dom pedro 2º guarda uma surpresa um
  548. novo aliado que irá redesenhar os rumos
  549. da guerra
  550. [Música]
  551. dois anos de guerra
  552. o brasil continua preso em seu
  553. acampamento e paraguai se fortalecendo
  554. em humaitá as condições do exército
  555. estão lastimáveis vai entrar em cena o
  556. maior militar brasileiro da história é
  557. um homem que se transformou no único do
  558. que o segundo reinaldo produzir do que
  559. de caxias ea ele chega para pôr ordem na
  560. casa ea primeira coisa que tem que fazer
  561. é restabelecer a disciplina por exemplo
  562. os hospitais estão lotados
  563. mas todos estão feridos ainda descobre
  564. que um texto que está lá está simulando
  565. doenças
  566. o duque de caxias se dizia para quem
  567. quisesse ouvir que o exército brasileiro
  568. não tinha armas estava despreparado e
  569. inventar um clima totalmente hostil os
  570. que foram vaga eram civis e contra a
  571. vontade em grande parte e não tinha
  572. esperança militar então caxias teve que
  573. treinar civis para a guerra em plena
  574. guerra com o inimigo na frente
  575. e ele vai montar vai disciplinar o
  576. exército vai reafirmar o excesso vai
  577. inovar para observar as posições
  578. paraguaias caxias manda trazer dos
  579. estados unidos balões de observação
  580. usados na recém acabado a guerra civil
  581. americana
  582. o projeto mais ousado de todos usando
  583. prisioneiros para caio e improviso uma
  584. locomotiva e um trilho de 25 quilômetros
  585. de extensão para auxiliar na logística
  586. da guerra
  587. vai começar a série de batalhas
  588. conhecida no brasil como dezembro nada e
  589. no paraguai como o dezembro negro
  590. o caxias precisa tomar assunção e para
  591. isso conta com 20 mil brasileiros e 5
  592. mil argentinos o paraguai protege a
  593. capital com cinco mil homens
  594. a esquadra brasileira de rumo à
  595. fortaleza de humaitá uma batalha
  596. terrível por uma fortificação quem
  597. engenharia militar brasileira cedeu ao
  598. paraguai anos antes já naquele barril de
  599. pólvora que era aquela bacia do prata
  600. inteiro ali né às margens do rio e toró
  601. a primeira batalha que o paraguai
  602. resiste bravamente e ataca nessa guerra
  603. tão determinado momento leva desvantagem
  604. porque o terreno não era favorável ao
  605. ataque era favorável à defesa
  606. cinco dias depois caxias avança sobre o
  607. avaí em uma batalha épica que tratada
  608. posteriormente por pedro américo
  609. por fim em lomas valentinas caxias
  610. destrói o que resta do exército
  611. paraguaio
  612. depois de um tempo virou guerra do
  613. brasil quanto o paraguai eo brasil
  614. manteve e deliberadamente 1º de janeiro
  615. de 1869 caxias toma capital assunção
  616. mas a cada investida de caxias solano
  617. foge montando acampamento com seus
  618. filhos e sua esposa elisa lente a
  619. irlandesa lisa lente é a primeira dama
  620. do paraguai
  621. ela acompanha solano lópez em quase
  622. todos os momentos da guerra ajuda com
  623. suas habilidades de enfermagem mas não
  624. abre mão do seu luxo nem nos
  625. acampamentos militares se conhecia milar
  626. do âmbiro a frivolidade repressões e te
  627. digo cultural é em separar solano a
  628. conheceu dez anos antes da guerra na
  629. agitada vida noturna de paris
  630. [Música]
  631. só uma pessoa com chopp diplomático mais
  632. rico em paris
  633. era um grande momento das
  634. concessionárias e também das prostitutas
  635. os inimigos apontam ela com prostituta e
  636. ela vivia do que certo então ela é
  637. acusada de prostituição
  638. ela é um símbolo sexual para os xiiitas
  639. femininos
  640. possivelmente ele teve algum contato
  641. muito breve
  642. na segunda parte tudo isso era uma
  643. mulher rúbia e meia
  644. esse é um pecado e na missiva
  645. [Música]
  646. até onde a gente sabe só opção teve uma
  647. relação fidelidade com ela foi uma
  648. relação de uma longa e num primeiro
  649. momento é talvez ela fica interessada
  650. por ele pelo exotismo mas não sei como é
  651. que eu acho que realmente ela se
  652. apaixona por ele e realmente é uma
  653. relação real certo na relação
  654. o teste monetário embora tenha saído
  655. rica dessa relação
  656. anos depois da guerra ele se inscreve um
  657. manifesto onde se defende das acusações
  658. sobre o seu passado durante anos por
  659. certas pessoas que mantenham um
  660. produtivo é a constitución ver cantando
  661. como se fosse noite humana que
  662. compilasse e seleta com ele e termina na
  663. sociedade o mesmo manifesto ela faz uma
  664. lista e reivindica a posse das terras
  665. que comprou enquanto primeira dama só
  666. não explica com que dinheiro conseguiu
  667. comprar quase tudo o paraguai acabou
  668. sendo nossa opinião a proprietária da
  669. terra maior do planeta todo o poder e
  670. terras de lisa lente vem das mãos de seu
  671. marido
  672. a grande maioria delas é adquirida nesse
  673. período em que a guerra já está
  674. praticamente decidida em santiago
  675. daninhas e ir lá era coisa de 1862
  676. entretanto ele não vai ganhar perdeu ele
  677. podia negociar derrota em 1968 a israel
  678. a perder absolutamente tranqüilo na
  679. guerra que obviamente já para essa
  680. pressa toda estava perdida
  681. quando já não havia prazo nem para sair
  682. do fc tendo para trt solano lopes dá
  683. ordens para que as cidades paraguaias
  684. sejam abandonadas à medida em que o
  685. exército domingo avança assim ele
  686. pretende evitar a vingança brasileira eo
  687. massacre ainda maior ele dá ordens da
  688. população civil sair para os aliados não
  689. terem acesso à comida apoio informações
  690. só que essa população civil tem que sair
  691. são basicamente o que mulheres e
  692. crianças têm que sair forçadas em meio
  693. de transportes em comidas resultados têm
  694. uma mortandade da população civil que
  695. não tinha mais sentido militar
  696. a destruição do paraguai é pro feita
  697. pelos aliados
  698. evidentemente é feita pelos aliados que
  699. estão avançando mas porque estão
  700. avançando porque o outro lado que sabe
  701. que não pode ganhar a guerra não quer
  702. vender povo paraguaio apoiava o manual
  703. do eleitor de que a família ou pena
  704. tanto e river está ele a maneira como o
  705. povo paraguaio acompanhou pj último
  706. momento
  707. claro que o conceito patriotismo é muito
  708. relativa a cada e cada sociedade
  709. constrói seus padrões
  710. mas estritamente falando não tinha mais
  711. sentido militar nenhum você manter essa
  712. população fugindo se retirando sendo
  713. vítima da da guerra
  714. não acho não liga muito mais rápido em
  715. solano lópez não podia atender com setor
  716. e ele mittal e claro ela avalia o
  717. chamado roupas estava bebendo demais
  718. vila muito cruel e eu não tô sabendo da
  719. lei faz coisas que gerem para a infância
  720. e mandou por exemplo prender a mãe e as
  721. irmãs matou o irmão sobre tortura ou
  722. outro morreu por exaustão física devido
  723. à percepção dele matou dezenas de
  724. pessoas
  725. helny potência arrogância e desprezo
  726. pela vida das pessoas que estão
  727. subordinados a eles
  728. eu acho que nesse sentido solano lópez é
  729. igual ao estado em que é igual a hitler
  730. [Música]
  731. janeiro de 1869 com a capital tomada
  732. o paraguai não representa mais perigo
  733. aos aliados da região do prata e para
  734. caxias é o fim da guerra
  735. tem uma frase do caxias que disse que
  736. ele não era coveiro para vencer a guerra
  737. do paraguai como se pretendia teria que
  738. matar o último paraguai no ventre de sua
  739. mãe
  740. ele se recusou a fazer esse papel mas
  741. dom pedro 2º está obcecado atrás de
  742. solano lopez fundar com em tom nervoso
  743. ou ouvem jams ganso
  744. scaloppe sem caxias o comando vai para o
  745. seu genro o francês conde d
  746. nesse conflito ficou claro o quão a
  747. violento e eventualmente sanguinário até
  748. o brasil pode ser
  749. enquanto continua sua fuga
  750. solano lopes usa o que sobrou da
  751. população para retardar o avanço
  752. brasileiro
  753. [Música]
  754. cumprindo ordens de solano o general
  755. caballero comanda crianças para lutar
  756. com um exército inimigo tem um grau de
  757. crueldade e violência dólar 0 brasileiro
  758. né a desmedido
  759. [Música]
  760. e por que ele é na udinese andrea marcon
  761. pt para onde iriam cumprir o artigo de
  762. existência paraguai e manda crianças
  763. para lutar com o exército e de como esse
  764. exército aceita ultimato essas crianças
  765. disse que suas linhas de porto alegre
  766. foi o escudo para proteger a solano
  767. lópez só demorou e lance ele exercitou
  768. ali o cavaleiro prestava contas
  769. diretamente à solano nop isso as
  770. crianças 12 13 14 anos no meio do mato
  771. estavam com barbas postiças para
  772. aparecer adultos para amedrontar a tropa
  773. que minha é uma tropa basicamente
  774. brasileiro isso não se encaixam loucura
  775. generalizar atribuiu e guerra
  776. a linha de antes conhecem-se anos
  777. elegendo as montanhas chinesas
  778. circunstâncias são diferentes
  779. certamente há 14 anos muitas linhas e
  780. militava na linha inicial assim somente
  781. a nossa já a maneira natural leão 16 de
  782. agosto de 1869
  783. a última grande batalha da guerra do
  784. paraguai
  785. a batalha de acosta mil a 4 mil homens
  786. do exército brasileiro
  787. massacraram cerca de 200 mulheres e
  788. crianças
  789. então quando a própria chega em cima a
  790. tropa está lutando há quatro anos e meio
  791. chega sobre essas pessoas não dá tempo
  792. de saber se a criança não morre quando
  793. sabe que a criança já está envolvido e
  794. aí a matança
  795. e na guerra se aplicou uma uma crueldade
  796. inútil para mim e indefinições e
  797. alemanha independência absolutamente o
  798. mesmo trio capital inicial
  799. quem via a criança para uma guerra com
  800. soldados profissionais o que pode
  801. ocorrer agora no momento em que ele está
  802. ali ou a tropa de infantaria chega e
  803. olha e vê uma criança que não tem
  804. condições de um rifle também não deveria
  805. tirar isolando colocou crianças na linha
  806. de frente para retardar o avanço
  807. brasileiro o conde d avançou sobre
  808. crianças e matou crianças matou mulheres
  809. matou velhos
  810. ele é novinho não foram na guerra na
  811. guerra na vila toninho
  812. só há culpados não há inocentes nessa
  813. história aí né
  814. [Música]
  815. o brasil queria garantir a sua navegação
  816. nos rios do prata e o paraguai também
  817. que a região sempre foi uma região
  818. conflagrada
  819. o solano lópez desempenhou o papel do
  820. astro aceso no bairro de paulo solano
  821. lopes invadiu e saqueou cidades
  822. brasileiras
  823. dom pedro 2º que se vingar
  824. dom pedro como se dizia na época era uma
  825. luva de veludo escondendo uma mão de
  826. ferro batalhas nos rios
  827. o ponta contra todo tipo de adversário e
  828. agora o paraguai está devastado em uma
  829. mata absolutamente inútil que e ele se
  830. move pelo paraguaio absoluta antes os
  831. números mais fiéis indicam que o
  832. paraguai tinha uma população em torno de
  833. 500 mil pessoas antes da guerra doença e
  834. combates foram responsáveis por mais de
  835. 300 mil mortes 60 por cento da população
  836. do lado brasileiro com uma população de
  837. 9 milhões de pessoas morreram cerca de
  838. 75 mil brasileiros menos de 1% da
  839. população toda a força dos países
  840. aliados destruiu o pouco que esse país a
  841. grade tinha o nosso exército cometeu
  842. aquilo que eu chamei de genocídio
  843. tecnicamente pode até não ser mas na
  844. prática no sentimento que a gente tem e
  845. nos números da mortalidade provocada
  846. aquilo foi um genocídio olha genocídio é
  847. forte demais né embora
  848. se assemelha isso né genocídio é uma
  849. coisa mas aqui é outra foi realmente uma
  850. catástrofe demográficas estamos falando
  851. de 300 mil pessoas para 3 d k 5 para
  852. óleo muriel rolar hoje em san josé o
  853. paraguai é o maior perdedor sem dúvida
  854. nenhuma história escolha chamado
  855. genocídio
  856. dependendo do momento usá-lo com
  857. propriedade nem entender em relação à
  858. guerra do paraguai de onde foi a
  859. intenção jamais onde nós chegamos em dor
  860. é conquista ser completa
  861. dom pedro 2º ainda precisa encontrar
  862. solano lópez mas sua busca está próxima
  863. do fim
  864. 1º de março de 1870 acampamento de cerro
  865. corá norte do paraguai
  866. porque a ordem que o imperador tinha
  867. dado o objetivo da guerra não era matar
  868. colóquio será retirá lo do poder
  869. ainda cabe seneri o condutor do filme
  870. deve se procurar por 1 causa lhe fogo
  871. fumaça gritos é tudo muito rápido ele
  872. tenta fugir a cavar e o chico diabo é o
  873. nosso cabo lançou
  874. o cabo francisco acerta féria virilha de
  875. solano lopez e um tiro brasileiro mata o
  876. seu filho antes de lópez ele saliente se
  877. enrolou em uma bandeira britânica e
  878. consegue sobreviver foi fácil identificá
  879. lo porque ele era o único gordo são os
  880. últimos momentos de sono lopes
  881. e aí segundo a descrição do do general
  882. câmara sua morte está no riacho ele dá
  883. ordem para que ele se renda
  884. joão lopes pega espada e diz que ele não
  885. se entrega e morre com a sua pátria e um
  886. soldado quando ouviu falar observe a
  887. espada e um tiro
  888. ele já estava morto aumente ferido mas o
  889. tiro vai levar à morte
  890. um verdadeiro patriota leva à sua pátria
  891. é o fim
  892. faltava perguntar se a pátria queria
  893. morrer com ele
  894. e chega ao fim a guerra do paraguai
  895. general câmara leva a honra de capturar
  896. o ditador também leva a irmã diz solano
  897. lópez e tem com ela uma filha general
  898. bernardino caballero agora se aliam os
  899. brasileiros passam tempo morando no rio
  900. de janeiro e volta para ser presidente
  901. do paraguai
  902. fundador do partido colorado o mesmo
  903. partido que em 2015 governa o paraguai
  904. eles a lente é bem tratada pelo exército
  905. brasileiro volta a paris e morre anos
  906. depois sem conseguir recuperar suas
  907. terras
  908. hoje eles é madame lente heroína do povo
  909. paraguaio apesar de ganhar a guerra
  910. dom pedro 2º não saiu vitorioso afundou
  911. o brasil em dívidas com bancos europeus
  912. e ainda fortaleceu o exército brasileiro
  913. que na década seguinte hidratado por
  914. ilustres participantes da guerra do
  915. paraguai transformaria o país em uma
  916. república
  917. tomando o poder do imperador francisco
  918. solano lópez odiado pelos paraguaios nos
  919. anos pós guerra passa por um tratamento
  920. de imagem do século 20 e hoje é o grande
  921. herói nacional enterrado em um panteão
  922. dos heróis em assunção
  923. [Música]
  924. eu disse 'não com baroin foi transformar
  925. um país mais pobre 9 truído amam o
  926. guiaram na playboy top 1000 era um final
  927. e total ganharam mais um circuito com
  928. este é um golpe muito sério para a
  929. monarquia brasileira que revelou uma
  930. grande e ineficácia em um único militar
  931. no spam subandrio conhece o access e
  932. presença em camarotes é uma página
  933. sólida da história do exército
  934. brasileiro foi uma guerra em defesa da
  935. liberdade não foi uma guerra para salvar
  936. a honra do brasil os nossos soldados não
  937. foram heróis brasil argentina uruguai e
  938. paraguai
  939. resolveram com ódio e sangue inocente
  940. suas questões econômicas
  941. será que o tempo foi capaz de apagar
  942. todas as marcas
  943. [Música]