YouTube

¿Tienes cuenta de YouTube?

Nuevo: habilita las traducciones y subtítulos creados por los usuarios en tu canal de YouTube

Portuguese, Brazilian subtítulos

← Reflection on NSFNet

Reflexões no NSFNet

Obtener código incrustado.
8 idiomas

Subtítulos traducidos desde el Inglés Mostrar Revisión4 creada 08/23/2012 por wanialdo.

  1. Então, nesse vídeo, a Universidade do Michigan, os azarões na
  2. competição da Fundação Nacional de Ciência ganha. E ganham usando uma espécie
  3. de técnica antiga. Basicamente, alguns podem dizer que foi trapaça, correto?
  4. Eles não seguiram exatamente as regras. Isso tem se tornado uma
  5. técnica comum às vezes, quando uma instituição quer ganhar uma bola.
  6. Eles trarão muito mais dinheiro para dar suporte, mas é
  7. o tipo de coisa óbvia que podem fazer. Eles irão ganhar
  8. bolsa. Então, mas na verdade há algumas escolas que pensaram que era
  9. algo injusto. Mas outra coisa para se pensar a respeito é que os lobistas
  10. cuidadosamente conseguiram os 15 milhões de dólares. Eu diria que eles cuidadosamente conseguiram
  11. os 15 milhões de dólares para que a rede falhasse porque eles sabiam,
  12. se você contratasse as linhas da AT&T, ficaria tão caro que a única coisa
  13. que você conseguiria pagar seriam linhas de 56 kilobits para a rede que estava sendo proposta.
  14. Bom, agora pense em 56 kilobits, tá?
  15. Digamos, por exemplo, seu telefone, tá? Você tem o seu de 3G ou o seu de 4G e o que veio antes
  16. de tudo isso era o EDGE. Você se lembra do EDGE? Bom, é claro que se você for ao lugar errado
  17. você vai acabar em algum porão, ou coisa assim, você fica com um EDGE em seu telefone.
  18. Edge é o que seu telefone faz quando ele está em uma conexão muito muito ruim.
  19. O Edge é 128 kilobits, que é duas vezes a estrutura de sustentação para todos os
  20. cientistas falando para todos os computadores no país. 56 kilobits era a estrutura de sustentação
  21. para a qual os lobistas cuidadosamente autorizaram fundos.
  22. E nesse ponto só podemos chegar a uma conclusão e essa conclusão é de que eles esperavam que desse errado.
  23. Mas, como foi dito no filme Parque dos Dinossauros, a natureza sempre encontra um jeito.
  24. Se você lembrar da história que Doug van Holland contou é como uma tempestade perfeita.
  25. O MCI tinha acabado de ser criado. Sabe, eles estavam no começo da criação, então
  26. eles queria fazer alguma coisa bem interessante, e eles estavam dispostos a correr riscos.
  27. Doug tinha acabado de sair da Carnegie Mellon University, onde ele tinha trabalhado com a IBM antes.
  28. Bom, então quais as chances, aqui uma escola que tem uma história com a rede, mas
  29. não trabalhou com o Arpanet. Conhece a IBM em profundidade. É simplesmente fantástico
  30. que tudo isso tenha acontecido. Então, realmente aconteceu. A natureza achou um jeito
  31. do mesmo modo que no Parque dos Dinossauros, e todos os planos e todas as tentativas para conter e para
  32. traçar uma linha de limite falharam. Então, como Dough disse, a rede da NSF
  33. surgiu numa boa. E, voltando ao que Larry disse, o ponto central era que
  34. cada escola tinha que ser a primeira nisso ou você perderia seu expert em física
  35. então se tornou uma questão de honra. Então as escolas entraram em pânico e
  36. descobriram dinheiro em algum canto para colocar fibras, para instalar redes nos escritórios das pessoas.
  37. E era uma infraestrutura bastante grande que tinha de ser instalada.
  38. Nessa época eu não estava na Universidade de Michigan. Eu estada na Universidade do Estado de Michigan nessa época,
  39. um pouco mais acima na mesma estrada. E eu vi a internet pela primeira vez no
  40. prédio que fica aqui nesse canto superior esquerdo do slide.
  41. E aí fica o que a gente costumava chamar de SI Norte, a escola onde eu estava.
  42. É um prédio não muito importante mas eles tinham monitores e ficavam observando todas essas coisas.
  43. E então o tráfico aumentou, o desempenho cresceu, e todas essas coisas que
  44. tinham que ser resolvidas por meio dessa coisa. Começou em 1988 e se esperava
  45. que continuasse até 1993, por cinco anos e acabou indo até 1995.
  46. Bom, o ponto principal é que se você pensa nessa estrutura de tempo, sabe, no início dos anos 1990,
  47. as coisas eram bem universais, quer dizer, nós começamos com "será que isso vai acontecer? ', sabe, e acabamos
  48. chegando ao "todo mundo que importa tinha que estar na rede".
  49. E a pergunta era qual a largura da banda, com todos esses servidores, como podemos trabalhar com todas essas coisas?
  50. Então, a rede NSF original era voltada para universidades de pesquisa e
  51. e elas criaram um montão de regras sobre isso. E havia algumas universidades,
  52. especialmente a Cleveland, a Case Western Reserve em Cleveland, bom, na região de Cleveland
  53. A Case Western, próximo da Case Western Reserve University, tinha uma coisa chamada
  54. Freenet. E eles eram sistemas de quadro de avisos. E havia muitos sistemas de
  55. quadros de avisos mas todos eles eram muito locais e alguns sistemas de quadro de avisos começaram
  56. a ter um tipo de parceria com universidades e admitir pessoas comuns na internet.
  57. Eu mesmo me lembro, na universidade a internet
  58. era essa coisa super interessante. E era uma coisa que só nós, universidades, podíamos fazer.
  59. E, nós, nós éramos os únicos que podíamos usá-lo e tudo que você quer fazer é dizer
  60. às pessoas a respeito. E então, coisas como Freenets disponibilizaram para
  61. o cidadão comum e isso criou muito mais demanda. E então, você
  62. sabe, no início de 1990, fim de 1980, essa regra acadêmica começou a ficar mais
  63. relaxada e fizeram alguma regras sobre quem poderia fazer o que. E, a partir dessa
  64. hora, inês é morta. A rede tinha 45 megabits
  65. e todas as escolas do planeta. Então, era muito difícil nesse ponto,
  66. para os lobistas acabar com tudo [risos], certo? Eles tinham planejado cuidadosamente,
  67. falharam e aí vamos nós. Ok, e dessa forma temos essa conectividade. E uma coisa eu
  68. lembro sobre a conectividade nos primeiros dias e que nós acostumávamos a ter mensagens
  69. nos post-its de todos os servidores legais onde se podia baixar software ou onde as listas
  70. de email estavam ou, ou grupos de notícia estavam. E você é obrigado a ter os post-it e
  71. buscar todos esses nomes de hospedeiros etc. E assim, uma vez
  72. que a conectividade estava lá, e isso estava acontecendo pelo mundo todo, e em outros estados
  73. também. E a questão era como nós iremos organizar toda essa informação? Como
  74. nós daremos sentido a isso? E começamos em Illinois, na Universidade de Illinois no
  75. centro de supercomputação e nos movemos para a Universidade de Michigan, onde o
  76. primeiro NFS Net apareceu, e cresceu e se expandiu. E, a nossa próxima
  77. parada é o CERN, CERN Lab. de Alta Energia Física. E, provavelmente você saiba que
  78. o CERN é o local de nascimento da WEB mas isso não é tudo o que ele faz. O fato é
  79. que a web não era seu propósito, porque seu propósito era a física, alta
  80. Energia Física. E, uma das coisas sobre física experimental e que,
  81. assim como na supercomputação. Para dar o próximo passo na pesquisa física, você
  82. precisa construir um grande experimento e um experimento ainda maior. Deve
  83. ser assim para que os físicos possam aprender sobre electrons e nêutros por
  84. algo de cerca o tamanho dessa mesa como uma câmara de nuvens. E algo acontecerá
  85. e eles poderão escrever um artigo. E uma vez que você veja
  86. tudo o que pode ver, e coisas, do tamanho dessa mesa, você dirá, bem, eu
  87. farei coisas dez vezes maior que a mesa. E então terá um novo conjunto de artigos
  88. a um novo conjunto de resultados e em algum momento, você terá ganho tanta
  89. Física quanto poderia tirar daquilo. E isso repete-se e aumenta em escala
  90. e aumenta e aumenta. E chega a um ponto onde você literalmente só pode dispor
  91. de uma única instalação no mundo todo. E é a isso que o CERN é
  92. dedicado. É dedicado à noção de que se você vai contruir um experimento
  93. físico, construa ele no CERN. E há toda uma estrutura sobre isso
  94. onde as pessoas vêm de todo o mundo. Ele fisicamente se posisiona na fronteira entre
  95. França e Suíça.