Portuguese subtitles

← Como o Rei Macaco escapou ao mundo subterrâneo — Shunan Teng

Get Embed Code
28 Languages

Showing Revision 5 created 05/31/2020 by Margarida Ferreira.

  1. Nas profundezas do seu reino submarino,
  2. os poderosos Lordes Dragões
    tremiam de medo.
  3. À sua frente empinava-se Sun Wukong,
    o Rei Macaco.
  4. O lendário desordeiro,
  5. tinha nascido de uma pedra
    e fora educado na magia divina,
  6. e brandia a arma mais valiosa
    dos Lordes Dragões.
  7. Aquele bastão mágico,

  8. inicialmente tão grande que podia medir
    a profundidade de uma grande cheia,
  9. obedecia agora à vontade do Rei Macaco
    e encolhia sob o seu toque.
  10. Aterrorizados por aquele poder espantoso,
  11. os dragões permitiram amavelmente
    que Sun Wukong ficasse com o bastão.
  12. O Rei Macaco guardou a arma
  13. e, satisfeito, voltou para o seu reino
    para mostrar o seu tesouro
  14. à sua tribo de macacos guerreiros.
  15. Depois de festejos exuberantes,
    Sun Wukong caiu num sono profundo.

  16. Mas quando começou a sonhar,
  17. o Rei Macaco cedo percebeu duas coisas.
  18. A primeira era que não era um sono vulgar.
  19. A segunda era que não estava sozinho.
  20. Subitamente, encontrou-se preso
    nas garras de duas figuras terríveis.
  21. A princípio, o Rei Macaco não sabia
    quem eram os seus captores.
  22. Mas, quando o arrastaram
    para os portões da sua cidade,
  23. Sun Wukong apercebeu-se
    da sua situação mortal.
  24. Eram captores de almas
    encarregados de transportar mortais
  25. para o Reino dos Mortos.
  26. Era o domínio dos Senhores da Morte,
  27. que, impiedosamente,
    classificavam as almas
  28. e concebiam punições tenebrosas.
  29. O Reino da Morte estendia-se
    em frente dos seus olhos.

  30. Podia ver os palácios do Senhor da Morte,
  31. e a famosa ponte sobre o rio Nai He.
  32. A controlar a ponte estava uma anciã
  33. que oferecia uma tigela de sopa
    às almas dignas.
  34. Depois de a beberem, os espíritos
    esqueciam a sua vida anterior
  35. e voltavam ao mundo dos vivos
    sob uma nova forma.
  36. Mais abaixo estavam as almas
    que não eram dignas da reincarnação.
  37. Naquele labirinto retorcido de câmaras,
  38. os espíritos desventurados sofriam
    punições em salas infindáveis
  39. — de montanhas eriçadas de lâminas afiadas
  40. a lagos de sangue
    e tanques de azeite a ferver.
  41. Mas Sun Wukong não estava a fim
    de aceitar torturas nem reincarnação.

  42. Quando os captores de almas
    tentaram arrastá-lo pelos portões,
  43. o Rei Macaco empunhou o seu bastão
    e libertou-se das garras deles.
  44. Os seus gritos de guerra
    e o retinir das armas
  45. ecoaram por todo o mundo subterrâneo.
  46. Apercebendo-se do alvoroço,
  47. os dez Senhores da Morte
    lançaram-se sobre ele.
  48. Mas nunca tinham enfrentado
    tão grande resistência duma alma mortal.
  49. Quem era aquela criatura invulgar?
  50. Era um mortal, um deus...
    ou outra coisa?
  51. Os Senhores consultaram
    o Livro da Morte e da Vida

  52. — um volume que mostrava a hora
    da morte de cada alma viva.
  53. Sem saber em que categoria
    se encaixava aquele estranho ser,
  54. os Senhores da Morte não conseguiam
    encontrar Sun Wukong,
  55. mas o Rei Macaco sabia bem
    onde procurar.
  56. Infelizmente, os registos confirmaram
    a razão dos Senhores da Morte:
  57. a morte de Sum Wukong
    estava marcada para essa noite.
  58. Mas o Rei Macaco não tinha medo.
  59. Não era a primeira vez
    que ele desafiava o destino
  60. na sua busca de sabedoria e poder.
  61. As suas rebeliões do passado
  62. tinham-lhe dado o poder
    de transfigurar o seu corpo,
  63. cavalgar nuvens
    a velocidades estonteantes,
  64. e governar a sua tribo
    com artes mágicas e marciais.
  65. Nesta crise, viu mais uma oportunidade.
  66. Com um relâmpago dos seus dedos ágeis

  67. o Rei Macaco apagou o seu nome do Livro.
  68. Antes de os Senhores da Morte
    poderem reagir,
  69. encontrou os nomes dos macacos
    da sua tribo e também os apagou.
  70. Libertado dos laços da morte,
  71. Sun Wukong começou a lutar
    para sair do mundo subterrâneo.
  72. Derrotou habilmente intermináveis
    enxames de espíritos furiosos
  73. antes de tropeçar a caminho
    da saída daquele reino.
  74. Mas, antes de embater no chão,

  75. Sun Wukong acordou
    subitamente na sua cama.
  76. A princípio, pensou que aquela viagem
    tinha sido um sonho
  77. mas o Rei Macaco sentiu
    a sua nova imortalidade a surgir
  78. do alto da cabeça até à ponta da cauda.
  79. Com um grito de triunfo,
    acordou os seus guerreiros
  80. para partilhar a sua última aventura
  81. e começar mais uma sessão de festejos.