YouTube

Got a YouTube account?

New: enable viewer-created translations and captions on your YouTube channel!

Portuguese, Brazilian subtitles

← Get to Know the PDF - Intro to Descriptive Statistics

Get Embed Code
3 Languages

Showing Revision 1 created 08/15/2016 by Udacity Robot.

  1. Podemos fazer o mesmo
    com distribuições normais,
  2. que são modeladas por uma função
    de densidade de probabilidade especial.
  3. Não vamos ver a equação
    para essa função neste curso,
  4. mas se quiser, pode facilmente
    pesquisá-la e ver como é.
  5. Pode ser legal para vocês que querem
    um pouco mais de informação.
  6. Mas basicamente, já que temos
    esta curva teórica,
  7. podemos modelá-la
    com uma equação.
  8. E usando essa equação, podemos usar
    cálculo para achar a área sob a curva.
  9. Mas não precisamos,
    porque alguém já o fez.
  10. E assim, criou uma tabela especial
    para podermos sempre descobrir a área
  11. sob a curva entre quaisquer dois valores.
  12. Vamos usar a tabela depois.
  13. 1º, vamos nos certificar de que entendemos
    a função de densidade de probabilidade
  14. e a área sob ela.
  15. 1º, as extremidades nunca tocam o eixo de X,
    elas se aproximam cada vez mais dele.
  16. O eixo de X é uma assíntota horizontal.
  17. A razão pelas extremidades deste modelo
    não tocarem o eixo de X
  18. é basicamente porque nunca
    podemos ter 100% de certeza de nada.
  19. Ou seja, poderíamos ter um valor bem aqui,
    bem longe da média, a uns 5 desvios padrão.
  20. Mas a probabilidade de achar
    este valor ou menor é muito pequena.
  21. E é igual à área sob a curva.
  22. Então, se pudéssemos dar um zoom,
  23. veríamos esta extremidade se aproximar
    do eixo de X, mas nunca o tocar.
  24. Depois, a área entre a extremidade
    e o eixo de X, até o infinito negativo
  25. é a probabilidade de achar
    este valor ou menor.
  26. Veremos isso mais a fundo em um instante.
  27. De modo similar,
    poderíamos achar um valor bem aqui.
  28. Mas a probabilidade é muito pequena.
  29. Então, basicamente, o que precisa
    lembrar é que se temos um certo valor -
  30. vamos chamá-lo de X -
  31. a área sob a curva do infinito negativo até X
    é igual à probabilidade de selecionar
  32. aleatoriamente um sujeito em nossa amostra
    menor que X.
  33. E é igual à proporção na amostra ou população
    com pontuação menor que X.
  34. Se a probabilidade
    é 80%, dizemos que X é o 80º percentil.
  35. Se a probabilidade é 90%,
    dizemos que X é o 90º percentil, etc.
  36. Se for confuso, não se preocupe.
    É para isso que serve esta lição.
  37. Você ficará confortável em usar
    as funções de densidade de probabilidade
  38. e em analisar
    esta área e achar esta área.