Return to Video

The Invisible Universe Of The Human Microbiome

  • 0:05 - 0:07
    Na próxima vez que você se olhar
    no espelho, pense sobre isto:
  • 0:07 - 0:11
    Em muitos sentidos, somos
    mais micróbios que humanos.
  • 0:11 - 0:15
    Existem dez vezes mais células de
    microorganismos (bactérias, vírus, fungos)
  • 0:15 - 0:19
    que células humanas dentro e
    sobre sobre nossos corpos.
  • 0:19 - 0:24
    Em número de genes, a proporção é de
    cem microbianos para cada um humano.
  • 0:24 - 0:31
    Os cientistas têm um nome para todos estes
    genes microbianos: o microbioma humana.
  • 0:31 - 0:35
    Isto fará com que muita gente corra
    em disparada para lavar as mãos,
  • 0:35 - 0:38
    mas acontece que a maioria destes
    microorganismos não são nocivos
  • 0:38 - 0:42
    (germes que provocam doenças).
    A maioria são benéficos.
  • 0:42 - 0:46
    E, sem estes bons micróbios, nossos
    corpos parecem não funcionar tão bem.
  • 0:46 - 0:52
    Sem eles, nós não parecemos ser tão
    saudáveis, e adoecemos mais frequentemente.
  • 0:52 - 0:56
    A pergunta é: de onde
    vem nossas microbiomas?
  • 0:56 - 1:00
    Bem, como muitas outras coisas,
    tudo começa com nossas mães.
  • 1:00 - 1:05
    Quando o bebê passa pelo canal vaginal,
    é inoculado com os micróbios de sua mãe.
  • 1:05 - 1:09
    Estes micróbios inoculam o bebê com
    a combinação perfeita
  • 1:09 - 1:13
    que, combinada com as bactérias do leite
    materno e outros micróbios que recebemos
  • 1:13 - 1:19
    nesses momentos iniciais, vai tomando
    forma em nossos primeiros anos de vida.
  • 1:19 - 1:22
    Essa combinação dos nossos
    micróbios é muito pessoal,
  • 1:22 - 1:25
    assim como uma impressão
    digital ou o tipo sanguíneo.
  • 1:25 - 1:29
    Nossos micróbios tendem a se assemelharem
    aos dos nossos pais e irmãos.
  • 1:29 - 1:33
    E podem nos acompanhar durante
    grande parte das nossas vidas.
  • 1:36 - 1:38
    Podem fazer todo tipo de coisas,
  • 1:38 - 1:42
    como educar as células do
    sistema imunológico, como esta,
  • 1:42 - 1:45
    ensinando a diferença entre
    as coisas que devem combater
  • 1:45 - 1:47
    –bichos maléficos que causam doenças–
  • 1:47 - 1:51
    e as que não constituem uma ameaça,
    como nossos micróbios benéficos.
  • 1:54 - 1:57
    Na vida adulta, os micróbios são
    nossa primeira linha de defesa,
  • 1:57 - 2:00
    lutando contra os germes que
    tentam invadir nossos corpos,
  • 2:00 - 2:04
    protegendo seu território
    enquanto protegem nossa saúde.
  • 2:05 - 2:11
    Os cientistas descobriram que eles podem até
    mesmo secretar seus próprios antibióticos.
  • 2:16 - 2:20
    Os tipos de micróbios em nosso corpo variam
    dependendo exatamente onde eles vivem,
  • 2:20 - 2:24
    como diferentes ecossistemas na natureza.
  • 2:24 - 2:28
    Há lugares úmidos, como nossas
    bocas, narizes e axilas.
  • 2:28 - 2:31
    Lugares oleosos, como nosso
    couro cabeludo e costas.
  • 2:31 - 2:33
    E lugares secos, como nossos antebraços.
  • 2:33 - 2:40
    Diferentes espécies de micróbios se
    adaptaram a cada um destes habitats.
  • 2:40 - 2:45
    Sendo que o maior e mais importante
    deles se encontra no intestino.
  • 2:45 - 2:48
    É o mais complexo e diverso,
  • 2:48 - 2:51
    e tudo que os micróbios fazem
    em outros lugares do corpo:
  • 2:51 - 2:57
    combater infecções, acelerar ou retardar a resposta
    do sistema imunológico, alertar o organismo...
  • 2:57 - 3:00
    Tudo isto acontece em
    grande escala no intestino.
  • 3:00 - 3:04
    Até mesmo parecem ajudar a
    regular o nosso metabolismo.
  • 3:04 - 3:07
    Quanta energia queimamos,
    quanta gordura acumulamos.
  • 3:07 - 3:13
    Então, se por algum motivo não funciona bem (pelo
    que comemos, ou os antibióticos que tomamos),
  • 3:13 - 3:16
    isso pode dar lugar a todo tipo de doenças.
  • 3:16 - 3:24
    Doenças como câncer de cólon, colite,
    até mesmo diabetes e obesidade.
  • 3:25 - 3:28
    Alguns cientistas pensam que uma das razões
    pelas quais muitas doenças estão aumentando
  • 3:28 - 3:31
    é porque nós perdemos
    micróbios chave no intestino.
  • 3:31 - 3:35
    Nossas microbiotas são muito menos
    diversas em comparação com pessoas
  • 3:35 - 3:39
    que vivem nos países menos desenvolvidos
    ou das gerações anteriores.
  • 3:39 - 3:42
    Lembra de onde procede nossa microbiota?
  • 3:42 - 3:45
    (De nossas mães ao nascermos,
    e do leite materno.)
  • 3:45 - 3:49
    Bem, alguns cientistas acreditam que
    muitos bebês não a estão recebendo,
  • 3:49 - 3:52
    porque se realizam cesáreas demasiadamente,
    e cada vez se amamanta menos aos bebês,
  • 3:52 - 3:58
    além de todos os antibióticos que damos
    aos filhos e nossa obsessão por limpeza.
  • 3:58 - 4:03
    Tudo isto ajuda a explicar por que problemas
    como asma e alergias estão aumentando
  • 4:03 - 4:10
    Talvez seja porque nossa microbiota não ensinou
    ao sistema imunológico como deve funcionar.
  • 4:12 - 4:17
    Talvez ingerir micróbios benéficos (probióticos)
    possa prevenir e tratar algumass doenças.
  • 4:17 - 4:23
    Então nós poderíamos comer prebióticos (basicamente
    alimentos que os micróbios benéficos adoram).
  • 4:29 - 4:31
    Terminamos nossa história com um lembrete.
  • 4:31 - 4:33
    Estes estudos são muito recentes,
  • 4:33 - 4:37
    ainda temos muito a aprender sobre a
    função de muitos dos nossos micróbios.
  • 4:37 - 4:41
    Mas os cientistas dizem que
    cada vez está mais claro
  • 4:41 - 4:49
    que os minúsculos organismos que temos por todo o
    corpo são cruciais para nossa saúde e felicidade.
  • 5:01 - 5:04
    [Legendado por Ruy Fialho para
    www.nossofuturoroubado.com.br/portal]
Title:
The Invisible Universe Of The Human Microbiome
Description:

The next time you look in a mirror, think about this: In many ways you're more microbe than human. There are 10 times more cells from microorganisms like bacteria and fungi in and on our bodies than there are human cells. But these tiny compatriots are invisible to the naked eye. So we asked artist Ben Arthur to give us a guided tour of the rich universe of the human microbiome.

more » « less
Video Language:
English
Duration:
05:29

Portuguese, Brazilian subtitles

Revisions Compare revisions