YouTube

Got a YouTube account?

New: enable viewer-created translations and captions on your YouTube channel!

Portuguese, Brazilian subtitles

← O que a natação em águas abertas me ensinou sobre superação

Get Embed Code
28 Languages

Showing Revision 30 created Yesterday by Maricene Crus.

  1. Shah Rukh Khan: Coragem,
    determinação e uma visão obstinada.
  2. Essas são as qualidades que os maiores
    vencedores têm em comum.
  3. São aqueles corações valentes
    para quem o fracasso não é uma opção.
  4. O que nos parece um mar inconquistável,
  5. para a nossa próxima palestrante
    é um palco irresistível,
  6. no qual ela nasceu pra se apresentar.
  7. Vamos mergulhar na história
    da nossa destemida palestrante
  8. Bhakti Sharma, que está revolucionando
    o mundo da natação de longa distância.
  9. Bhakti Sharma.
  10. (Aplausos)

  11. Imaginem, no calor escaldante do Rajastão,

  12. numa tarde quente de verão,
  13. uma criança de dois anos e meio
    num ciclomotor atrás da mãe dela,
  14. sem saber para onde estavam indo.
  15. E 20 minutos depois,
  16. aquela criança está
  17. completamente submersa na água.
  18. Antes que eu percebesse,
  19. estava chutando, espirrando, gritando,
  20. engolindo água,
  21. me agarrando à minha mãe
    por minha querida vida.
  22. Foi assim que aprendi a nadar.
  23. Comecei a nadar com dois anos e meio,

  24. e em águas abertas quando tinha 14 anos.
  25. E assim, tenho dedicado mais de 25 anos
    da minha vida a esse esporte,
  26. durante os quais nadei
    nos 5 oceanos do mundo,
  27. atravessei o Canal da Mancha;
  28. que também é conhecido
    como o Monte Everest da natação;
  29. e estabeleci um recorde mundial
    no gelado Oceano Antártico.
  30. (Aplausos)

  31. Quando você passa
    tanto tempo com um esporte,

  32. deixa de ser só isso
  33. e se torna um espelho.
  34. E ele mostra quem você realmente é.
  35. Você vê que sua coragem como atleta
    não é testada apenas no dia da disputa,
  36. mas todos os dias,
  37. quando o esporte exige que você
    se levante às 4:30 da manhã,
  38. nade por duas horas,
  39. vá para a escola, volte,
    nade por três horas,
  40. vá para casa, coma e durma.
  41. Quando se ganha uma medalha
    ou estabelece um recorde mundial,
  42. esse espelho mostra a felicidade
    que você e seus entes queridos sentem,
  43. mas também reflete
    as lágrimas que você derrama
  44. sozinho na água.
  45. A natação em águas abertas
    é um esporte muito solitário.

  46. Eu passei horas
  47. olhando para o oceano infinito,
    aparentemente sem fundo, debaixo de mim,
  48. sem nada para me fazer companhia,
    exceto meus próprios pensamentos.
  49. Eu não era testada só como nadadora,
  50. mas também como ser humano pensante,
    sensível e imaginativo.
  51. Seja no meu primeiro teste
    como nadadora de maratona,
  52. quando decidi nadar por 12 horas
    sem parar em uma piscina,
  53. ou atravessando o Canal da Mancha
    em 13 horas e 55 minutos.
  54. Quando você nada, não fala,
  55. não ouve muito bem,
  56. e a visão é restrita
    ao que está bem à frente
  57. ou embaixo de você.
  58. Esse isolamento foi o maior presente
    do meu esporte para mim.
  59. Na natação em águas abertas,
  60. me conheci de maneiras
    que nunca poderia imaginar.
  61. Lembro que, aos 14 anos,
  62. quando pulei no oceano
    pela primeira vez para nadar,
  63. e durante esse mergulho,
  64. as ondas me pegaram e me derrubaram,
  65. vi a criança em mim,
    que gosta de tais aventuras.
  66. Ao atravessar o Canal da Mancha,
  67. depois de nadar por dez horas,
  68. quando fiquei presa
    num lugar por uma hora e meia
  69. por causa das correntes,
  70. vi a atleta forte e dedicada em mim,
  71. que não queria decepcionar
    os pais dela ou o país.
  72. Em uma maratona de águas abertas na Suíça,
  73. quando ganhei minha primeira
    medalha de ouro pela Índia,
  74. (Aplausos)

  75. testemunhei uma indiana orgulhosa em mim.

  76. Ao atravessar o Canal da Mancha novamente,
  77. desta vez em um revezamento com minha mãe,
  78. sem saber que estávamos fazendo história,
  79. vi a filha protetora em mim,
  80. que só queria ver a mãe
    realizar os próprios sonhos.
  81. E quatro anos atrás,
  82. quando pulei no Oceano Antártico,
  83. vestindo apenas um maiô,
    touca e óculos de natação,
  84. num espírito inabalável de apenas fazer,
  85. vi uma lutadora em mim.
  86. Quando eu pulei na água
    congelante de 1° Celsius,

  87. percebi que havia preparado
    meu corpo e mente para o frio,
  88. mas não estava preparada
    para a densidade da água.
  89. A cada braçada era como
    se estivesse nadando em óleo.
  90. E nos primeiros cinco minutos,
  91. tive aquele pensamento
    paralisante de desistir.
  92. Como seria bom esquecer tudo isso,
  93. subir no barco,
  94. ficar embaixo da água quente do chuveiro
  95. ou me enrolar em um cobertor.
  96. Mas com esse pensamento,
  97. também veio uma voz
    mais forte e obstinada:
  98. "Você sabe que consegue
    dar mais uma braçada".
  99. Levantei meu braço e dei uma braçada.
  100. "Agora mais uma".
  101. Então dei uma segunda
    e um terceira braçada.
  102. Na quarta,
  103. vi um pinguim nadando
    debaixo da minha barriga.
  104. Ele ficou à minha esquerda
    e começou a nadar comigo.
  105. "Viu? Um pinguim está torcendo por você",
  106. disse aquela voz interior.
  107. (Aplausos) (Vivas)
  108. Olhei para o meu pessoal no barco.
  109. Tinham o mesmo sorriso no rosto que eu.
  110. O mesmo sorriso que todos nós temos
  111. quando estamos numa situação difícil
    e vemos um raio de esperança.
  112. Tomamos isso como um sinal do destino
  113. e continuamos avançando.
  114. Assim fiz eu
  115. e, 41 minutos depois,
  116. estabeleci o recorde mundial
    nadando a maior distância
  117. no Oceano Antártico.
  118. (Aplausos)
  119. Imaginem, sequer neva no Rajastão.
  120. (Risos)
  121. Aquela voz, que me acompanhou
    em todas as situações difíceis
  122. ao longo das minhas braçadas,
  123. nunca teria se manifestado
  124. se não tivesse passado
    tanto tempo sozinha,
  125. se não tivesse prestado atenção
    em todos os pensamentos
  126. que passavam pela minha cabeça.
  127. Quando você está sozinho no oceano,
    com seus pensamentos,
  128. os perigos que você enfrenta
    não são apenas externos,
  129. como baleias, tubarões, águas-vivas
  130. ou até pessoas desmotivantes.
  131. Os demônios mais perigosos que enfrenta
  132. são o medo e a negatividade
    dentro de você, que dizem:
  133. "Você não é boa o suficiente.
  134. Nunca chegará à outra margem.
  135. Você não treinou o suficiente.
  136. E se falhar? O que vão pensar?
  137. Tenho certeza de que todo mundo
    está pensando que você é lenta".
  138. Todos temos nossos próprios
    demônios internos, não temos?
  139. Na vida cotidiana,
    podemos nos esconder deles,
  140. atrás do trabalho
    ou de muitas outras distrações.
  141. Mas como eu disse,
  142. no meio do oceano,
    não há onde se esconder.
  143. Tenho que encarar meus demônios internos,
  144. assim como sentir o gosto da água salgada,
  145. sentir o atrito na minha pele
  146. e admitir as baleias nadando ao meu lado.
  147. Eu odeio e amo isso.
  148. Odeio porque esse esporte
    me mostra um lado meu

  149. que não quero acreditar que existe.
  150. Meu lado humano e imperfeito.
  151. Como a parte de mim
  152. que não consegue sair da cama
    de manhã e ir treinar.
  153. O meu lado que fica tão esgotado e cansado
  154. que só quer parar de nadar.
  155. Mas eu também amo isso,
  156. porque esse esporte me deu
    momentos para me lembrar
  157. quando me sinto desmotivada.
  158. E eles me deixam de joelhos,
  159. porque me sinto muito agradecida.
  160. Muitos de vocês não passam
    horas nadando sem parar.

  161. Mas com quem gastam mais seu tempo?
  162. Vocês podem compartilhar
    o espaço externo com muitas pessoas,
  163. mas há uma companhia constante:
  164. você mesmo.
  165. E, mesmo assim, a maioria de nós pode
    nunca chegar a saber quem realmente somos.
  166. Sou filha, indiana, nadadora, estudante.
  167. Mas eu sou muito mais.
  168. Se não estiver investindo em você mesmo,
  169. se não está definindo um caminho
    que te aproxime de você mesmo,
  170. nenhuma quantidade de "sucesso" na vida
    trará alegria ou satisfação duradouras.
  171. Ainda hoje,
  172. quando não consigo encontrar motivação
    ou alegria no que estou fazendo,
  173. eu me pergunto:
  174. "Isso é o melhor que posso fazer agora?"
  175. E o significado do meu "melhor" muda.
  176. Em alguns dias, significa não desistir,
  177. continuar nadando na água gelada
    e estabelecer um recorde mundial.
  178. Mas em muitos outros dias,
  179. significa superar
    meus pensamentos negativos,
  180. sair de casa
  181. conseguir fazer as tarefas diárias.
  182. O que não muda é essa voz interior.
  183. Essa bússola interna
  184. que me leva a um eu melhor todos os dias.
  185. E eu acredito
  186. que uma vida verdadeiramente bem-sucedida
    é aquela que é passada na busca
  187. por se tornar a melhor versão
    possível de si mesmo,
  188. até nosso último suspiro.
  189. Obrigada.

  190. (Aplausos)

  191. SRK: O único esporte
    que não posso praticar é natação;

  192. afundo como uma pedra.
  193. Então, ao lado da melhor nadadora do mundo
  194. eu me sinto...
  195. me desculpem pelo trocadilho,
  196. "boiando", mas...
  197. BS: Sem trocadilhos, é claro.

  198. SRK: Qual é o seu próximo
    objetivo como nadadora?

  199. BS: Tenho um grande medo de competições,

  200. então, qual melhor objetivo
    do que as Olimpíadas?
  201. A natação em águas abertas
    é um esporte olímpico agora.
  202. (Aplausos)

  203. Só de falar sobre isso já me dá arrepios,

  204. porque é um objetivo tão grande
  205. que não admito que estabeleci essa meta,
    mas essa é a emoção, é parte disso.
  206. E a minha ideia é que,
    indo para as Olimpíadas ou não,
  207. isso não importa,
  208. mas no processo de treinamento,
  209. me tornarei uma nadadora
    e uma pessoa melhor.
  210. SRK: "Inshallah",
    você chegará às Olimpíadas.

  211. E eu quero te dizer
  212. que há muitas pessoas assistindo,
  213. todas torcendo muito por você,
    então quando for para as Olimpíadas,
  214. imagine que todos estaremos vestindo
    roupas de pinguim e nadando com você,
  215. e dizendo: "Continue, continue,
    Bhakti, continue, continue".
  216. BS: Quer ser meu pinguim "personal"?

  217. SRK: Eu sou seu pinguim agora.

  218. Teria sido mais legal se dissesse,
    tipo, um tubarão e tal, mas pinguim...
  219. BS: Orca é meu animal espiritual,
    você pode ser a minha.

  220. (Aplausos)

  221. SRK: Senhoras e senhores, Bhakti.

  222. BS: Obrigada.

  223. (Aplausos)