Return to Video

Igreja em casa, mas não como você pensa

  • 0:00 - 0:04
    Bem-vindo a este vídeo! Estou muito
    animado para falar aqui sobre igreja.
  • 0:04 - 0:07
    Eu tenho Justin, eu tenho Brooke,
    e tenho o pequeno Zion (Sião) conosco,
  • 0:07 - 0:10
    o mais novo entre quatro filhos.
  • 0:10 - 0:12
    E nós queremos conversar sobre igrejas.
  • 0:12 - 0:16
    Acabei de lançar um novo livro,
    chamado: "O Chamado de Jesus"
  • 0:16 - 0:21
    e estou empolgado com isso. E eu realmente
    acredito que é hora de vermos um novo movimento,
  • 0:21 - 0:27
    quando se trata de vermos novas, orgânicas,
    poderosas comunhões em casas iniciarem.
  • 0:27 - 0:30
    Antes de ouvirmos a história deles,
    sobre o que eles têm visto,
  • 0:30 - 0:35
    eu quero dizer que, há muitos anos,
    quando fui apresentado à igreja doméstica,
  • 0:35 - 0:38
    igreja orgânica ou igreja simples,
    há muitos nomes para isso.
  • 0:38 - 0:42
    Eu fazia parte de uma rede de igreja simples
    na Europa, antes de virmos à América.
  • 0:43 - 0:45
    Havia muitas, muitas coisas
    que eram boas nisso,
  • 0:45 - 0:49
    mas quando eu dei uma olhada
    ao redor, em muito daquilo,
  • 0:49 - 0:51
    eu senti que algo estava em falta
  • 0:51 - 0:55
    e algumas das coisas que vi foi que,
    em alguns desses círculos,
  • 0:55 - 1:01
    falamos muito sobre a importância
    de ter uma estrutura orgânica.
  • 1:01 - 1:03
    E eu acredito nisso.
  • 1:03 - 1:09
    Mas, não conversamos muito sobre o vinho
    que é colocado nos odres (Lucas 5:37-39).
  • 1:09 - 1:14
    Você pode ter um bom odre, mas se
    você colocar um vinho errado nele,
  • 1:14 - 1:16
    isso não muda nada.
  • 1:16 - 1:21
    E o que eu realmente vejo agora, espero
    também que isso fique claro no meu novo livro,
  • 1:22 - 1:26
    é que de verdade primeiramente se trata
    de um avanço com relação à vida.
  • 1:26 - 1:32
    É sobre o evangelho, é sobre discipulado,
    é sobre libertar as pessoas de verdade,
  • 1:32 - 1:35
    curar doentes, expulsar
    demônios e tudo isso;
  • 1:35 - 1:41
    mas quando esse aspecto estiver certo,
    se você colocá-lo no sistema antigo,
  • 1:41 - 1:43
    você irá quebrá-lo.
  • 1:43 - 1:46
    Mas se você colocá-lo em uma boa
    estrutura, você o multiplicará.
  • 1:46 - 1:51
    E é sobre isso que queremos falar aqui.
    Então, espero que você esteja pronto.
  • 1:52 - 1:56
    Vocês tiveram uma história maravilhosa antes disso.
    Vocês experimentaram Deus.
  • 1:56 - 2:02
    Vocês estiveram em uma viagem missionária na
    África e no Nepal. Vocês estiveram por toda parte.
  • 2:02 - 2:07
    Mas 18 meses atrás vocês realmente
    começaram com comunhões em casas.
  • 2:07 - 2:11
    As comunhões em casa não eram o foco.
    O foco era: "Vamos fazer discípulos".
  • 2:11 - 2:15
    Vocês podem contar o que os levou até isso
    e então um pouco sobre o que aconteceu?
  • 2:15 - 2:21
    - Percebemos que havia uma falta nas pessoas,
    no corpo de Cristo, na verdade, em obedecer a Jesus.
  • 2:21 - 2:25
    Que era algo muito baseado em conhecimento.
    Então nós pegamos isso, como que sobre nós mesmos.
  • 2:25 - 2:29
    Sentimos que o Senhor estava nos pedindo para
    levarmos pessoas à nossa casa para discipulado,
  • 2:29 - 2:33
    o que mais tarde acabou se
    tornando em verdadeiras igrejas,
  • 2:33 - 2:37
    o que é ótimo, porque o mandamento
    é fazer discípulos.
  • 2:37 - 2:40
    Então, quando trouxemos as pessoas,
    percebemos que elas tinham uma falta
  • 2:40 - 2:43
    em muitos dos fundamentos da fé.
  • 2:43 - 2:48
    Não só as pessoas não tinham entendido
    como compartilhar a sua própria fé,
  • 2:48 - 2:51
    como também elas mesmas não tinham
    experimentado partes dos evangelho.
  • 2:51 - 2:54
    E então, um dos aspectos mais
    importantes, que eu acho,
  • 2:55 - 2:58
    que precisa ser discutido,
    que precisa ser apresentado,
  • 2:58 - 3:04
    - se você está falando com um indivíduo
    ou um grupo, uma comunidade de fé -
  • 3:04 - 3:05
    é o próprio evangelho.
  • 3:05 - 3:10
    Para garantir que todos tenham passado de forma
    completa pelo arrependimento perante a Deus,
  • 3:10 - 3:12
    que eles tenham recebido o Espírito Santo,
  • 3:12 - 3:17
    que eles cortaram a vida antiga para fora através
    do batismo nas águas, todos esses aspectos;
  • 3:17 - 3:19
    e uma vez que eles tenham experimentado
    essas coisas e se tornado estáveis,
  • 3:19 - 3:23
    então você pode equipá-los e treiná-los
    para saírem ao ministério.
  • 3:23 - 3:28
    - Então, na verdade, vocês se encontravam
    com pessoas de igreja? | - Sim.
  • 3:28 - 3:32
    - E você viu que pessoas de igreja
    receberam o que estava faltando nelas.
  • 3:32 - 3:36
    Poderia ser o arrependimento; para algumas pessoas
    poderia ser o verdadeiro batismo, sepultar a vida antiga;
  • 3:36 - 3:41
    poderia ser com relação ao Espírito Santo, ou então eles
    andavam com falta de perdão e mágoa em suas vidas,
  • 3:41 - 3:43
    e precisavam pôr isso para fora,
    e precisavam de libertação.
  • 3:43 - 3:46
    E então vocês começaram a ver
    pessoas sendo livres. Correto?
  • 3:46 - 3:47
    - Correto.
    - Correto.
  • 3:47 - 3:49
    - E vocês começaram a fazer encontros
    e isso começou a crescer?
  • 3:49 - 3:51
    - Sim, exatamente.
  • 3:51 - 3:55
    - Começamos a nos encontrar com indivíduos.
    Uma vez que eles tivessem esse alicerce colocado,
  • 3:55 - 3:59
    naturalmente algo que toma
    lugar após isso é que
  • 3:59 - 4:01
    eles começam a querer compartilhar
    com outras pessoas o mesmo.
  • 4:01 - 4:03
    E nós incentivamos isso.
  • 4:03 - 4:06
    Tipo: "Agora, você recebeu de graça,
    então, dê de volta gratuitamente".
  • 4:06 - 4:08
    Você não pode guardar
    isso para si mesmo.
  • 4:08 - 4:12
    Então, nós ensinávamos e equipávamos
    de maneiras práticas,
  • 4:12 - 4:15
    de modo que eles poderiam ir e
    compartilhar o que ocorreu na vida deles,
  • 4:15 - 4:18
    e os ajudávamos a entenderem o evangelho,
    ajudávamos a se sentirem seguros
  • 4:18 - 4:20
    em como compartilhar o evangelho com pessoas.
    Então, isso se iniciava com membros familiares
  • 4:20 - 4:24
    e amigos, e pessoas do tipo.
    Em algumas semanas estávamos vendo
  • 4:24 - 4:28
    a multiplicação ocorrer.
    E para a pessoa que era do grupo original,
  • 4:28 - 4:31
    do grupo anterior com o qual iniciamos, falávamos:
    "Agora é a sua vez de levar essas pessoas
  • 4:31 - 4:35
    à sua casa. Não as traga de volta aqui,
    senão nos tornaríamos uma grande igreja
  • 4:35 - 4:39
    em questão de semanas. Vá com elas até a
    casa delas ou até a sua própria casa,
  • 4:39 - 4:44
    estabeleça os fundamentos do evangelho,
    certifique-se que elas realmente nasceram de novo,
  • 4:44 - 4:47
    e então comece a liderá-las. Tudo o que é necessário
    é que você esteja um pouco mais avançado
  • 4:47 - 4:49
    do que as pessoas que estão
    sendo discipuladas por você.
  • 4:49 - 4:51
    E se você não souber responder alguma pergunta que
    elas tiverem, você tem outros a quem pode perguntar.
  • 4:51 - 4:53
    Então, você vai até eles
    e faz as perguntas.
  • 4:56 - 4:59
    - Nos últimos '18 anos', vocês começaram
    nove comunhões e isso está crescendo...
  • 4:59 - 5:00
    - 18 meses.
  • 5:00 - 5:05
    - 18 meses, perdão. Então, em 18 meses, foram
    nove comunhões e isso está crescendo.
  • 5:06 - 5:09
    Um aspecto que realmente precisa estar
    presente lá, é algo que lemos na Bíblia -
  • 5:09 - 5:12
    que quando os primeiros discípulos
    foram proibidos de falar sobre Jesus,
  • 5:12 - 5:16
    eles disseram: "Não podemos deixar de
    falar do que temos visto e ouvido" (At 4:20).
  • 5:16 - 5:20
    E também, a mulher no poço de água,
    correu e disse a todos em Samaria:
  • 5:20 - 5:24
    "Venham, eu conheci um homem que me
    disse tudo o que tenho feito" (João 4:28-29).
  • 5:24 - 5:30
    E lá havia empolgação quando as pessoas
    realmente experimentavam essa vida verdadeira.
  • 5:30 - 5:34
    E é isso que precisa ser o alicerce.
    Este é o vinho: essa vida verdadeira.
  • 5:34 - 5:38
    E se estudarmos o movimento de
    igrejas domésticas na China,
  • 5:38 - 5:43
    90% entre todas elas, quando
    começaram muitos anos atrás,
  • 5:44 - 5:48
    eram como evangelistas, porque as pessoas
    não podiam parar de falar sobre isso.
  • 5:48 - 5:54
    Então, não é assim: Ei, agora tomamos pessoas
    de igreja e precisamos simplesmente
  • 5:54 - 5:56
    açoitá-las e dizer: "Vocês
    têm que falar sobre Jesus".
  • 5:56 - 5:59
    Não, nós pegamos pessoas de igreja, que foram
    profundamente salvas e nasceram de novo
  • 5:59 - 6:04
    e que estejam animadas com a vida, e então, elas crescem;
    de algum modo, o compartilhar acontece automaticamente.
  • 6:04 - 6:06
    Então, como o crescimento começou a acontecer?
  • 6:06 - 6:09
    Passou de pessoa para pessoa,
    por meio de relacionamentos?
  • 6:09 - 6:11
    - Sim. Muitas vezes por
    meio de relacionamentos.
  • 6:11 - 6:15
    Mas um aspecto que quero
    dizer também é que...
  • 6:16 - 6:19
    Todo aquela empolgação do princípio,
    quando as pessoas estão sendo libertas,
  • 6:19 - 6:22
    na comunhão, pessoas de igreja sendo
    livres, sendo cheias com o Espírito Santo,
  • 6:22 - 6:25
    libertas, todas essas coisas,
    é algo muito animador.
  • 6:25 - 6:29
    Mas assim que todos se estabilizam,
    se não compartilham essa mensagem,
  • 6:29 - 6:32
    com a comunidade deles, se não continuam
    vendo o poder de Deus operando através deles,
  • 6:32 - 6:37
    a situação se torna muito tediosa, porque eles
    passam a voltar os olhos para si mesmos.
  • 6:37 - 6:41
    E o que nós percebemos é que, havia um certo
    período de tempo - após alguns meses,
  • 6:41 - 6:44
    em que todos estavam estabilizados,
    em que tivemos certeza que,
  • 6:44 - 6:48
    quando nos reuníssemos, o nosso
    foco estaria em Jesus Cristo.
  • 6:48 - 6:51
    E quando o nosso foco estivesse
    em Jesus Cristo nos encontros,
  • 6:51 - 6:56
    Ele próprio nos lembraria da missão.
    E essa missão não é igreja.
  • 6:56 - 6:59
    Correto? Na verdade, a igreja tem uma missão.
  • 6:59 - 7:02
    Então, o objetivo final não era
    simplesmente ficarmos juntos.
  • 7:02 - 7:05
    Era ficarmos juntos para que pudéssemos
    encorajar, edificar e equipar uns aos outros
  • 7:05 - 7:08
    na presença de Cristo e sair e
    compartilhar o evangelho com o mundo.
  • 7:08 - 7:12
    - No princípio do meu livro, "O Chamado
    de Jesus", eu falo sobre três aspectos.
  • 7:12 - 7:15
    Eu falo sobre a igreja,
    a missão e Cristo.
  • 7:15 - 7:19
    Falo que muitas vezes nós começamos com a
    igreja e com nosso sistema, com nossa cultura,
  • 7:19 - 7:23
    e tradições de homens. E fora
    daquele edifício de igreja,
  • 7:23 - 7:27
    com tudo o que o acompanha, pensamos:
    "Oh, devemos fazer missão",
  • 7:27 - 7:32
    e no meio disso de fazer missão assim...
    porque ela está posta numa caixa agora,
  • 7:32 - 7:33
    nós esquecemos de Cristo.
  • 7:33 - 7:38
    Mas se invertermos isso e
    começarmos com Cristo,
  • 7:38 - 7:43
    nunca poderemos olhar para Cristo
    e dizer: "Oh, eu já vi tudo".
  • 7:43 - 7:47
    Há sempre empolgação.
    Há sempre algo novo.
  • 7:47 - 7:50
    E então, isso é sobre Ele e sobre
    obedecê-Lo e segui-Lo,
  • 7:50 - 7:55
    e então fazemos missão; não do
    nosso jeito, mas do jeito dEle;
  • 7:55 - 7:57
    e automaticamente finalizamos
    isso com a igreja.
  • 7:57 - 7:59
    E também, como você disse,
    não era algo como...
  • 7:59 - 8:03
    Jesus não disse: "Vão, façam igreja.
    E talvez discipule aquelas pessoas".
  • 8:03 - 8:06
    Ele disse: "Vão, façam discípulos,
    e eu edificarei a Minha igreja".
  • 8:06 - 8:11
    E esse foi o seu foco no começo.
    Foi: "Como discipulamos pessoas?"
  • 8:11 - 8:15
    "Como edificamos as pessoas?"; e você
    viu como Jesus estava edificando-as
  • 8:15 - 8:17
    como pedras vivas juntas.
    - Correto.
  • 8:17 - 8:21
    - Como isso ocorreu? Você pode dar
    um exemplo de como uma pessoa
  • 8:21 - 8:24
    conhecia alguém, que então conhecia
    alguém; e o modo como isso é gerado?
  • 8:24 - 8:30
    - Houve uma época que iniciamos
    com um grupo de cinco casais
  • 8:30 - 8:34
    e nós estávamos nos reunindo, e certificamos
    que eles tinham nascido de novo,
  • 8:34 - 8:38
    e como você disse: Cristo era quem vinha
    à frente e o nosso relacionamento com Ele;
  • 8:38 - 8:43
    assim, há uma missão de irmos ao mundo
    e nós mesmos fazermos discípulos;
  • 8:43 - 8:47
    e então, a fé da igreja é formada.
    Assim que tivemos essas três revelações,
  • 8:47 - 8:51
    naturalmente isso ocorreu.
    Então, por exemplo, houve um casal
  • 8:51 - 8:55
    que começou a compartilhar com os seus
    próprios pais. E os pais ficaram como:
  • 8:55 - 8:58
    "Certo, nós queremos saber mais sobre isso".
    Então, eles solicitaram que nós fôssemos lá.
  • 8:58 - 9:00
    E nós compartilhamos com os pais deles o
    que estava acontecendo e, eventualmente,
  • 9:00 - 9:05
    os pais deles foram libertos e nasceram de novo.
    E depois, nesse grupo de pessoas,
  • 9:05 - 9:10
    esses pais se reuniram com seus filhos
    e eles agora estão se multiplicando
  • 9:10 - 9:14
    e aquela pessoa tinha pai e mãe, que
    estavam antes na igreja tradicional,
  • 9:14 - 9:18
    e ela na verdade tinha uma posição
    paga na igreja e deixando o cargo,
  • 9:18 - 9:21
    realmente foi instruída a compartilhar
    a sua fé com o seu próximo,
  • 9:21 - 9:24
    e com outras pessoas na igreja,
    e eles ficam como: "Conte-me mais".
  • 9:24 - 9:28
    E eles se tornam interessados nisso.
    E com isso, uma família natural nasce,
  • 9:28 - 9:31
    naquele lugar. Então, isso
    ocorre repetidamente.
  • 9:31 - 9:34
    Fomos à casa de uma outra família,
    e nós começamos a ministrar e falar
  • 9:34 - 9:38
    para ela sobre o que é igreja.
    Por exemplo, igreja não é um prédio,
  • 9:38 - 9:41
    não é um evento. Você é a igreja.
    Então, por que você vai à "igreja"
  • 9:41 - 9:46
    e faz aqueles rituais e aquelas tradições
    que anulam a Palavra de Deus?
  • 9:46 - 9:49
    Na verdade, você tem que aplicar
    aquilo que está lendo nas Escrituras
  • 9:49 - 9:52
    e conceder isso às vidas de outras pessoas.
    E a família disse: "Temos sete casais
  • 9:52 - 9:55
    que sabemos que querem fazer isso".
    Eu disse: "Encontrem-se com eles,
  • 9:55 - 9:57
    partam o pão com eles, tomem
    a comunhão com eles,
  • 9:57 - 10:01
    falem sobre santidade, sobre o evangelho
    e vejam o que acontecerá.
  • 10:01 - 10:04
    Então, eles os trouxeram e começaram
    a ter relacionamento com aqueles casais.
  • 10:04 - 10:08
    E então a família pediu que nós fôssemos e estabelecêssemos
    um fundamento do evangelho, então fizemos isso.
  • 10:08 - 10:11
    E algumas dessas pessoas eram
    antes como diáconos nas igrejas.
  • 10:11 - 10:13
    E então passaram a se arrepender
    pela primeira vez em suas vidas.
  • 10:13 - 10:16
    Foram batizados.
    Foram libertos.
  • 10:16 - 10:19
    E ali mesmo, passamos a ter um
    grupo de 20 pessoas se reunindo,
  • 10:19 - 10:24
    todas livres, todas cheias com o Espírito Santo, em
    uma só verdade, e agora estão se multiplicando.
  • 10:24 - 10:27
    E nesse grupo, há dois casais
    prontos para fazer discípulos
  • 10:27 - 10:31
    e estão começando seus próprios grupos,
    e nós não temos ligação direta com eles.
  • 10:31 - 10:34
    Pois nós não conhecemos tais pessoas.
    Aquelas pessoas não nos ouviriam.
  • 10:34 - 10:37
    Elas não sabem quem nós somos. Porém,
    as pessoas que estão liderando tal grupo,
  • 10:37 - 10:40
    irão ajudar aqueles discípulos a
    começarem a sua própria comunhão.
  • 10:40 - 10:44
    E é assim que naturalmente se multiplica,
    e isso começa lentamente no princípio,
  • 10:44 - 10:47
    por causa do pequeno número de pessoas,
    mas quando a multiplicação cresce em número,
  • 10:47 - 10:49
    temos um número de pessoas em massa,
    que passam a conhecer a Cristo.
  • 10:49 - 10:51
    E estes não são discípulos
    indiferentes.
  • 10:51 - 10:54
    São pessoas totalmente
    rendidas, que estão prontas
  • 10:54 - 10:56
    para levar a Grande Comissão
    até os confins da terra.
  • 10:56 - 10:59
    E isso começa em apenas um local.
    Então, é animador.
  • 10:59 - 11:05
    Você disse tantas coisas maravilhosas aqui.
    Eu gostaria de dizer, isso começou aqui, com..
  • 11:05 - 11:08
    - Obediência de duas pessoas.
    - Duas pessoas.
  • 11:08 - 11:11
    Aquelas duas pessoas tinham
    algo que vocês não tinham.
  • 11:11 - 11:16
    Elas tinham um relacionamento.
    Um círculo de pessoas ao redor delas.
  • 11:16 - 11:18
    Mas vocês tinham algo que
    aquelas pessoas não tinham.
  • 11:18 - 11:21
    Vocês tinham o conhecimento
    e sabiam como fazer.
  • 11:21 - 11:26
    E isso se tornou um lindo ponto de convergência,
    em que elas tinham os relacionamentos
  • 11:26 - 11:31
    vocês tinham o conhecimento,
    e vocês se juntam e se conectam,
  • 11:31 - 11:36
    e então vocês afetam a rede delas.
    A rede de contatos delas é influenciada
  • 11:36 - 11:40
    e ao mesmo tempo elas são discipuladas,
    porque veem o que vocês estão fazendo;
  • 11:40 - 11:44
    e portanto, elas passam a ter uma rede.
    E está se espalhando por meio disso.
  • 11:44 - 11:46
    Eu falo sobre isso no meu livro.
  • 11:48 - 11:53
    Eu acredito que somos chamados a sair e encontrar
    a pessoa de paz. Jesus disse isso (Lucas 10).
  • 11:53 - 11:57
    Mas Ele também disse: "Quando você encontrar
    a pessoa de paz, permaneça na casa dela.
  • 11:57 - 12:00
    Não vá de casa em casa".
    - Correto.
  • 12:00 - 12:06
    - Porque, quando entramos em uma casa,
    em um "oikos" ou em uma rede de contatos,
  • 12:06 - 12:10
    queremos impactar todos naquela rede.
    - Verdade.
  • 12:11 - 12:15
    E, eu acredito em sair às ruas;
    mas, se você já tem pessoas
  • 12:15 - 12:18
    e está trabalhando na rede delas,
    não as deixe e não saia
  • 12:18 - 12:22
    a tentar construir novos relacionamentos,
    enquanto você tiver aquelas pessoas ali.
  • 12:22 - 12:25
    Porque na rua
    pode ser difícil,
  • 12:25 - 12:29
    porque existe esse ceticismo e você precisa
    construir esse relacionamento primeiro.
  • 12:29 - 12:32
    - E não é algo natural. | - Não.
    - O relacionamento é algo natural.
  • 12:32 - 12:35
    - Então, eu diria, trabalhe com o que
    você tem, trabalhe com o que você tem,
  • 12:35 - 12:39
    mas se de repente isso vier a parar
    e não houver nada mais a edificar
  • 12:39 - 12:44
    com aquele relacionamento, então você precisa sair
    e construir novos relacionamentos.
  • 12:44 - 12:47
    Mas quando você tiver um relacionamento,
    trabalhe com esse relacionamento,
  • 12:47 - 12:49
    de pessoa a pessoa,
    de pessoa a pessoa.
  • 12:49 - 12:53
    - E Jesus até diz, por exemplo:
    "Levantem os olhos, a colheita é abundante,
  • 12:53 - 12:55
    mas os trabalhadores são poucos".
    Então, encontre os trabalhadores.
  • 12:55 - 12:57
    Onde você os encontrará?
    Na colheita.
  • 12:57 - 13:01
    Então você encontra aquele trabalhador,
    na colheita, e dá a ele tudo o que você tem,
  • 13:01 - 13:03
    e aquela pessoa ceifará
    uma colheita de 30
  • 13:03 - 13:06
    e a próxima colheita
    será de 60 e então 100;
  • 13:06 - 13:09
    e todo o crédito voltará
    ao lugar onde começou,
  • 13:09 - 13:11
    mas ninguém sabe
    onde começou.
  • 13:11 - 13:14
    Mas essa é a beleza da multiplicação.
    E é isso que Jesus faria.
  • 13:14 - 13:17
    Se você simplesmente estiver de acordo
    com o que Ele já disse e ordenou,
  • 13:17 - 13:19
    Ele dará vida a isso
  • 13:19 - 13:22
    e isso se tornará um movimento.
  • 13:22 - 13:25
    Mas se nos sentarmos aqui, assim: "Qual é o
    meu chamado? Sou chamado para fazer o quê?"
  • 13:25 - 13:29
    "Certo, recebi esse chamado especial. Deus,
    venha abençoar esse chamado em minha vida,
  • 13:29 - 13:32
    que eu inventei", Ele não abençoará isso.
  • 13:32 - 13:37
    A benção, vem por estar de acordo
    e por fazer algo que Ele já abençoou.
  • 13:37 - 13:40
    E Ele disse: "Vão, façam discípulos".
    Vocês edificam o povo, Ele edifica a igreja.
  • 13:40 - 13:42
    É simples assim.
  • 13:42 - 13:47
    - E eu diria, mantenha isso simples dessa forma,
    como você disse - o evangelho, sempre o evangelho.
  • 13:47 - 13:51
    E então, algo bom que você disse também,
    foi: "Vão, encontrem-se com eles,
  • 13:51 - 13:53
    partam o pão,
    tenham comunhão".
  • 13:53 - 13:57
    Tenham comunhão, de modo que vocês
    se juntam, vocês comem juntos,
  • 13:57 - 14:00
    e há algo nisso que conecta as pessoas.
    Jesus disse: "Quando você for a uma casa,
  • 14:00 - 14:05
    coma e beba o que eles servirem" (Lucas 10:7).
    Mas não é apenas sobre comer e beber.
  • 14:05 - 14:09
    É também um momento em que vocês
    realmente focam em Deus e na missão,
  • 14:09 - 14:13
    na razão de estarem ali, e então
    vocês começam a ministrar.
  • 14:13 - 14:17
    E vocês podem fazer isso.
    Isso passou para...
  • 14:18 - 14:24
    Como vocês fazem isso? Porque às vezes
    há muitos relacionamentos de uma vez só,
  • 14:24 - 14:27
    mas muitas vezes também há apenas um
    relacionamento, e então mais um relacionamento,
  • 14:27 - 14:29
    e mais um, e logo você
    acaba tendo muitos.
  • 14:29 - 14:31
    Como vocês viram isso ocorrer?
  • 14:31 - 14:35
    - Então, muitas vezes isso ocorre
    com uma pessoa ou um casal,
  • 14:35 - 14:38
    e perseveramos em reunir com
    eles um a um, ou em casal,
  • 14:38 - 14:41
    para entendermos onde eles estão,
    e para ajudarmos a colocá-los de pé,
  • 14:41 - 14:44
    dando a eles as ferramentas necessárias
    para conseguirem os fundamentos.
  • 14:44 - 14:49
    Mas muitas vezes, enquanto fazemos
    isso, Deus tem outro casal ali,
  • 14:49 - 14:53
    e outra pessoa aqui e ali, e
    então em cada uma das vezes
  • 14:53 - 14:57
    Ele os juntará. Às vezes
    haverá relacionamentos
  • 14:57 - 15:00
    em que nem saberemos que as pessoas já
    se conhecem há três anos, por exemplo.
  • 15:00 - 15:05
    Então, quando Deus junta esse grupo,
    tipo, quando nós estamos discipulando,
  • 15:05 - 15:09
    e então Ele edifica, e Ele
    faz isso, e Ele ajunta isso.
  • 15:09 - 15:13
    Eu oro todos os dias ao Senhor da colheita,
    as 10:02, "Senhor da colheita,
  • 15:13 - 15:17
    envie trabalhadores", e essa oração
    é respondida porque Ele envia pessoas,
  • 15:17 - 15:20
    nós as discipulamos, nós as apontamos
    para Jesus, e ensinamos a obedecerem,
  • 15:20 - 15:22
    e Ele as une.
  • 15:22 - 15:25
    E tudo o que precisamos fazer
    é dizer: "Sim, está tudo bem".
  • 15:25 - 15:28
    - E a beleza dessa união é que,
    um influencia o outro a fazer
  • 15:28 - 15:32
    um bom trabalho. Porque se você
    se unir apenas para comer pão,
  • 15:32 - 15:35
    você não sairá querendo salvar o mundo.
    Mas há uma garota em nossa comunhão,
  • 15:35 - 15:38
    que fizemos duas noites atrás, ela disse:
    "Quando eu sair daqui,
  • 15:38 - 15:40
    estarei pronta para enfrentar o mundo,
    porque eu sei que estou capacitada,
  • 15:40 - 15:43
    porque isso foi derramado em mim,
    eu fui edificada, eu fui incentivada
  • 15:43 - 15:45
    e agora eu preciso sair e fazer
    um discípulo em minha vida.
  • 15:45 - 15:48
    E meus olhos estão abertos: Quem
    está pronto? Quem está com fome?"
  • 15:48 - 15:52
    E então essa pessoa reproduz
    isso na vida de outro alguém.
  • 15:52 - 15:56
    - Se tivermos um grupo de 100 pessoas em
    uma igreja tradicional e perguntarmos:
  • 15:56 - 16:01
    "Quantos aqui querem ser pastor em
    uma megaigreja? Levantem suas mãos".
  • 16:01 - 16:06
    E tipo: Trabalho, a administração, o dinheiro,
    as responsabilidades, o estresse.
  • 16:06 - 16:11
    95% de todos os pastores estão sofrendo
    de estresse. Quem quer esse emprego?
  • 16:11 - 16:16
    Mas se perguntarmos: "Quem pode
    achar uma pessoa e levá-la a Cristo?
  • 16:16 - 16:20
    (Eu também digo isso muito claramente
    no livro) - Você já as conhece.
  • 16:20 - 16:24
    Isso é muito frequente, quando você pergunta
    isso às pessoas, você já as conhece.
  • 16:24 - 16:27
    Agora elas estão em sua atmosfera.
    Estão na sua rede, agora mesmo.
  • 16:27 - 16:29
    Pergunte a Deus: "Quem é?"
  • 16:29 - 16:34
    Às vezes é levar um pecador total a Cristo. Às vezes
    é um crente que precisa do arrependimento.
  • 16:34 - 16:36
    Às vezes é uma pessoa arrependida
    que precisa do batismo.
  • 16:36 - 16:39
    Às vezes é pessoa batizada,
    que precisa do Espírito Santo.
  • 16:39 - 16:42
    E quando você dá a
    ela a peça que falta,
  • 16:42 - 16:45
    isso se espalha e
    a vida cresce.
  • 16:45 - 16:48
    A pergunta sempre será, e
    eu acho que esse é o desafio,
  • 16:48 - 16:53
    e precisamos manter isso simples, mas muitas
    pessoas sempre querem saber em detalhes
  • 16:53 - 17:00
    tipo: "Como vocês fazem isso?" E eu sei,
    nosso foco não é tanto em como fazemos.
  • 17:01 - 17:06
    Nosso foco não são os detalhes.
    Nosso foco é a pessoa...
  • 17:06 - 17:08
    e o modo como você traz
    essa pessoa para a vida.
  • 17:08 - 17:11
    - Correto. Para a maturidade.
    - Sim, para a maturidade.
  • 17:11 - 17:15
    As pessoas querem saber, falem um
    pouco mais como a vida de vocês é.
  • 17:15 - 17:19
    Como é a semana de vocês?
    Como é isso na prática?
  • 17:19 - 17:23
    E também, quando vocês se reúnem
    e fazem encontros, como ocorre?
  • 17:23 - 17:27
    - A primeira coisa para nós, pessoalmente,
    é que gostamos de ensinar pessoas,
  • 17:27 - 17:30
    quando nos reunimos como
    uma comunidade de fé.
  • 17:30 - 17:33
    A principal diferença entre
    a visão tradicional da igreja
  • 17:33 - 17:36
    e os encontros nas casas são,
    como Paulo disse aos Coríntios,
  • 17:36 - 17:39
    e os instruiu: "Todos têm
    algo a compartilhar".
  • 17:39 - 17:44
    Portanto, nesse caso, se você não estiver
    preparado com seu relacionamento íntimo
  • 17:44 - 17:47
    com Cristo ao longo da semana, então você não
    terá nada para compartilhar ao nosso grupo,
  • 17:47 - 17:50
    e logo todos nós estaremos em falta, porque
    uma peça do quebra-cabeça estará faltando.
  • 17:50 - 17:55
    E assim, nós buscamos cultivar um relacionamento
    íntimo com Cristo durante a semana,
  • 17:55 - 17:58
    temos quatro filhos, fazemos ensino
    domiciliar devido a todas essas coisas;
  • 17:58 - 18:01
    mas também precisamos aprender como estar
    em constante comunhão com o Senhor,
  • 18:01 - 18:03
    ouvindo a Ele, orando
    durante o dia.
  • 18:04 - 18:07
    - Eu preciso dizer algo, porque
    conversamos sobre isso antes.
  • 18:08 - 18:12
    É importante entender que a fala:
    "todos têm algo a compartilhar",
  • 18:12 - 18:15
    agora está no contexto
    dos crentes.
  • 18:15 - 18:19
    Porque o problema é que a igreja tem sido
    um lugar onde vão muitos descrentes,
  • 18:19 - 18:23
    e se for permitido que todos compartilhem
    e eles não têm o Espírito...
  • 18:23 - 18:24
    (acenos e barulho)
  • 18:24 - 18:27
    Pode acontecer algo assim.
    Então, quando falamos sobre igreja,
  • 18:27 - 18:30
    Deus falou muito claramente com
    você sobre o lobo e a ovelha.
  • 18:30 - 18:32
    Você pode compartilhar isso também?
  • 18:32 - 18:36
    - Sim, tínhamos acabado de voltar da
    Noruega. Eu tinha dormido muito pouco.
  • 18:36 - 18:39
    E uma boa amiga me liga e diz: "Eu estou
    tendo meu bebê nove semanas antes".
  • 18:39 - 18:43
    E então, eu fui correndo ao hospital; mas
    às vezes, quando estamos esgotados,
  • 18:43 - 18:47
    ficamos muito sensíveis ao Espírito.
    Não tinha comido havia uns dias,
  • 18:47 - 18:49
    havia uns dias que não dormia,
    e estava indo ao hospital,
  • 18:49 - 18:53
    e eu literalmente ouvi no meu espírito:
    "Os lobos nunca foram feitos para serem
  • 18:53 - 18:56
    convidados a irem entre as ovelhas".
    E eu fiquei como: "Senhor, se és Tu,
  • 18:56 - 18:58
    preciso que me digas
    o que isso significa".
  • 18:58 - 19:01
    E cerca de um dia depois, eu e Justin estávamos
    na mesma cidade, ele em um hotel
  • 19:01 - 19:04
    alguns quilômetros de distância, enquanto
    eu ajudava minha amiga no hospital.
  • 19:04 - 19:07
    E ele disse: "O que você pensa sobre
    descrentes serem convidados à igreja?"
  • 19:07 - 19:10
    E eu: "Ah, esse era o significado".
  • 19:10 - 19:12
    E então eu começo a vasculhar
    as Escrituras e estava:
  • 19:12 - 19:15
    "O que isso representa, Senhor?
    Antes de tudo, o que é igreja?
  • 19:15 - 19:19
    E por que lobos não deveriam
    estar no meio disso?"
  • 19:19 - 19:22
    E Ele começou a me levar
    através de 1Coríntios,
  • 19:22 - 19:27
    onde é dito sobre os descrentes que
    estavam tropeçando na congregação.
  • 19:27 - 19:31
    Ao invés de, por exemplo, falarem
    em línguas e profetizarem,
  • 19:31 - 19:33
    na esperança de que o coração
    do homem fosse revelado,
  • 19:33 - 19:37
    e ele se arrependesse e voltasse ao Senhor.
    E eu disse: "Aqui diz: 'tropeçando',
  • 19:37 - 19:41
    'não sendo convidado a entrar'". E então eu
    olhei em outras escrituras que falam que
  • 19:41 - 19:44
    a igreja é para o crente
    ir e ser edificado,
  • 19:44 - 19:48
    ser incentivado, ser equipado
    a sair para a obra do ministério.
  • 19:48 - 19:50
    Eles compartilham o
    evangelho, evangelizam,
  • 19:50 - 19:54
    e quando a pessoa recebe o Espírito:
    "Tudo bem, é seguro trazê-los aqui,
  • 19:54 - 19:57
    e então equipá-los e edificá-los,
    e incentivá-los, e ensiná-los
  • 19:57 - 20:03
    a como sair e fazer o mesmo". Porque se todos
    aqueles diferentes espíritos forem convidados,
  • 20:03 - 20:05
    haverá um tanto de espíritos
    diferentes entretendo um ao outro,
  • 20:05 - 20:09
    que não são de Cristo. E as pessoas ficam confusas
    sobre o o que é verdadeiramente o Espírito Santo
  • 20:09 - 20:11
    e o que não é.
  • 20:11 - 20:14
    - O que queremos ver, o que
    realmente acreditamos é que
  • 20:14 - 20:17
    igreja é para os crentes se reunirem,
    edificando uns aos outros.
  • 20:17 - 20:20
    E é tão importante ser edificado, de
    modo que você precisa aprender
  • 20:20 - 20:22
    que cada um tem algo a dar.
  • 20:22 - 20:25
    E vocês crescem e
    edificam um ao outro,
  • 20:25 - 20:28
    e o que gera mais crescimento
    é dar, e é fazer.
  • 20:28 - 20:30
    E então, vocês crescem.
  • 20:31 - 20:34
    Vamos dizer que alguém convidou
    umas pessoas descrentes a irem,
  • 20:34 - 20:37
    está tudo bem, mas sendo assim não
    façam o que normalmente fazem.
  • 20:37 - 20:41
    Sentem-se com eles. Compartilhem o evangelho.
    Diga: "Ei, temos duas pessoas aqui.
  • 20:41 - 20:44
    João trouxe dois amigos
    com ele hoje".
  • 20:44 - 20:49
    - Ei, entre! | - Ei, olá! | É isso que
    nós somos. É isso o que fazemos.
  • 20:49 - 20:52
    - Um dia eu fui a um parque e havia
    uma mãe lá, e o Senhor disse:
  • 20:52 - 20:55
    "Vá falar com ela". Então, fui até ela,
    comecei a conversar com ela.
  • 20:55 - 20:58
    Eu disse: "Quem é você? O que você faz?"
    Ela disse: "Acabamos de nos mudar de
  • 20:58 - 21:01
    Delaware para aqui, porque o Senhor
    quer que comecemos igrejas em casas,
  • 21:01 - 21:04
    ou que participemos de uma.
    E eu: "Isto é fácil demais".
  • 21:04 - 21:07
    Ela disse: "O que você e seu marido fazem?"
    Eu disse: "Bem, iniciamos igrejas em casas".
  • 21:07 - 21:10
    E eu disse: "Na verdade, temos uma hoje à noite.
    Você deveria ir". Então ela e o marido foram.
  • 21:10 - 21:13
    E eles sentaram, partimos o pão
    juntos, tomamos comunhão juntos,
  • 21:13 - 21:15
    nós nos sentamos. E falamos:
    "Agora, conte-nos sua história".
  • 21:15 - 21:17
    E todos os irmãos
    estavam lá.
  • 21:17 - 21:20
    E ela compartilhou a história deles.
    "Eu tinha 13 anos, fui batizada aos 14,
  • 21:20 - 21:24
    e eu meio que vivi uma vida legal.
    Eu ajudei um pouco na igreja,
  • 21:24 - 21:26
    aqui e ali, meu marido foi um
    pastor de jovens por alguns anos.
  • 21:26 - 21:28
    E agora ele trabalha
    em construção civil".
  • 21:28 - 21:30
    E eu: "Vocês já receberam
    o Espírito Santo?"
  • 21:30 - 21:32
    E eles: "Do que você
    está falando?"
  • 21:32 - 21:35
    E eu disse: "Vamos compartilhar nossas histórias".
    Então, minha mãe compartilhou a história dela.
  • 21:35 - 21:37
    (porque ela estava
    nessa comunhão)
  • 21:37 - 21:39
    - Você quebra o planejamento
    e foca neles, onde eles estão.
  • 21:39 - 21:42
    - Compartilhamos a nossa história e então
    fomos até o Atos, capítulos 18 e 19,
  • 21:42 - 21:46
    em que as pessoas tinham se arrependido,
    mas nunca tinham recebido o Espírito.
  • 21:46 - 21:48
    E depois disso, eles ficaram:
    "Temos muito a pensar".
  • 21:48 - 21:51
    Eu disse: "Absolutamente".
    Eles: "Podemos ler isso primeiro
  • 21:51 - 21:54
    e voltarmos, e participarmos
    do que vocês estão falando?"
  • 21:54 - 21:55
    Dissemos:
    "Absolutamente".
  • 21:55 - 21:57
    Então, eles não receberam o Espírito
    naquela noite, mas eles souberam
  • 21:57 - 22:00
    que lhes faltava o Espírito.
    E que não poderiam fazer parte
  • 22:00 - 22:02
    até que eles recebessem
    o Espírito de Deus.
  • 22:02 - 22:05
    Portanto, quando voltarem, esta é a
    próxima pergunta: "Estão prontos?"
  • 22:05 - 22:08
    Cabe a nós impormos as mãos em
    vocês, para que recebam o Espírito.
  • 22:08 - 22:14
    - O que costumo fazer, quando é um grupo pequeno, tipo, fico
    em oração: "Deus, o que o Senhor quer que eu compartilhe?
  • 22:14 - 22:17
    Mas então, quando você chega lá e
    às vezes vê pessoas que não creem,
  • 22:17 - 22:21
    "Certo, hoje será outra coisa".
    Porque aquelas pessoas vieram.
  • 22:21 - 22:26
    "Hoje, somos apenas nós. Vamos partir
    o pão. Vamos fazer o que fazemos,
  • 22:26 - 22:30
    porque agora estamos juntos
    para que um equipe o outro".
  • 22:31 - 22:35
    - Agora, vocês já viram muitas comunhões
    iniciarem, então a vida de vocês é como
  • 22:35 - 22:38
    irem de comunhão a
    comunhão e ajudar,
  • 22:38 - 22:41
    e alguns deles estão agora
    rompendo mais para fora,
  • 22:41 - 22:45
    porque cresceram, vindo à maturidade.
    Vocês podem contar um pouco como é isso?
  • 22:47 - 22:51
    - Quando vamos até eles, o nosso objetivo
    não é fazê-los dependentes de nós.
  • 22:51 - 22:55
    Na verdade, é dar a eles preparo
    e tudo que podemos fazer para
  • 22:55 - 22:59
    servi-los - para que eles possam chegar a um
    estado em que estejam completamente
  • 22:59 - 23:02
    dependentes de Cristo, do Espírito Santo
    e dependentes uns dos outros.
  • 23:02 - 23:06
    E, uma vez que eles estejam assim,
    então nós desejamos recuar.
  • 23:06 - 23:09
    É como o relacionamento com filhos,
    ou entre pais e filhos. Correto?
  • 23:09 - 23:12
    Eventualmente, você não quer mais que
    seus filhos sejam dependentes de você.
  • 23:12 - 23:15
    Eles precisam passar a criar e começar
    as suas próprias famílias - mesma coisa.
  • 23:15 - 23:17
    Isso pode levar três meses
    com um grupo, seis meses,
  • 23:17 - 23:21
    pode levar mais de um ano com outro
    grupo. É diferente para cada grupo.
  • 23:21 - 23:25
    Então, semanalmente,
    de domingo a domingo,
  • 23:25 - 23:27
    atualmente nos encontramos
    com cinco grupos.
  • 23:27 - 23:29
    Há dois grupos que estão se
    tornando muito maduros
  • 23:29 - 23:33
    e então nos encontramos uma vez por semana. Ou,
    uma vez por mês, duas vezes por mês, atualmente.
  • 23:33 - 23:36
    E assim, eventualmente, eles realmente
    passam a fazer as suas próprias coisas
  • 23:36 - 23:38
    e realmente estão obedecendo
    a Cristo semanalmente,
  • 23:38 - 23:41
    diariamente, vivendo
    em santidade,
  • 23:41 - 23:43
    e estão se multiplicando
    por conta própria.
  • 23:43 - 23:45
    Então, semanalmente,
    é isso que fazemos.
  • 23:45 - 23:49
    Alguém nos perguntou na outra semana,
    vocês ficam exaustos com o que fazem?
  • 23:49 - 23:51
    Eu disse: "Cortamos
    tudo em nossas vidas
  • 23:51 - 23:53
    que não têm relação
    com o Reino de Deus.
  • 23:53 - 23:56
    Então, tudo o que nos resta
    nesta vida é perseguir o Reino,
  • 23:56 - 23:59
    buscar primeiro o Reino de Deus
    e tudo será adicionado a nós.
  • 23:59 - 24:01
    Então, nossas finanças
    são adicionadas a nós,
  • 24:01 - 24:05
    nossa resistência é adicionada a nós,
    nossa força é adicionada a nós,
  • 24:05 - 24:09
    e a capacidade de realmente fazer
    algo que está gerando frutos,
  • 24:09 - 24:11
    não apenas nesta vida, mas
    na vida que está por vir.
  • 24:11 - 24:13
    Eu não quero ir para lá
    de mãos vazias, sabe?
  • 24:13 - 24:16
    Então, é assim
    que essa vida é.
  • 24:16 - 24:19
    É Jesus quem provê, porque não podemos mais
    trabalhar, porque estamos muito ocupados
  • 24:19 - 24:22
    promovendo o Reino.
    Mas Ele proveu a casa,
  • 24:22 - 24:27
    Ele proveu veículos, Ele proveu uma
    quantia de renda para vivermos,
  • 24:27 - 24:30
    não para que nos tornemos ricos e
    busquemos as coisas deste mundo;
  • 24:30 - 24:33
    essa é a última coisa que eu quero.
    Estou desapegada daquelas coisas.
  • 24:33 - 24:36
    Mas para que eu possa continuar vivendo,
    e para que haja ferramentas e recursos
  • 24:36 - 24:38
    para promover o Reino de Deus.
  • 24:39 - 24:41
    - Quando olhamos para Lucas 10,
    onde Jesus disse:
  • 24:41 - 24:47
    "Não levem uma bolsa extra com vocês",
    "o trabalhador é digno de seu salário", tudo isso,
  • 24:47 - 24:49
    vocês também podem testemunhar isso?
    - Verdade.
  • 24:49 - 24:54
    E realmente não é necessário ter
    um site e um ministério, tudo isso.
  • 24:54 - 24:58
    Mas frequentemente os
    recursos estão na colheita.
  • 24:58 - 25:03
    Quando começamos a levar pessoas a Cristo
    e a ver as pessoas serem edificadas,
  • 25:04 - 25:08
    há provisão, há recursos, há
    realmente o que necessitamos.
  • 25:08 - 25:11
    E também, sobre o que eles disseram,
    eu penso que isso é importante;
  • 25:11 - 25:15
    eu falo muito sobre
    igreja como família...
  • 25:15 - 25:19
    Agora ele é um garotinho, vocês
    têm quatro crianças pequenas.
  • 25:19 - 25:24
    Eu tenho filhas agora com
    15 e 18. E tenho netos.
  • 25:24 - 25:28
    Se olharmos todos os níveis, há
    momentos em que há mais trabalho.
  • 25:28 - 25:33
    Há momentos, é claro, que você
    não consegue dormir muito à noite.
  • 25:33 - 25:37
    Mas, a razão completa de termos filhos,
    não é para que permaneçam pequenos.
  • 25:37 - 25:42
    É para os edificarmos. E então há momentos
    em que você se diverte mais com eles,
  • 25:42 - 25:46
    quando você se diverte com eles
    e fazem coisas engraçadas
  • 25:46 - 25:48
    e então eles passam a ser independentes.
    E isso realmente pode ajudar.
  • 25:48 - 25:50
    Por exemplo, seu filho já está
    ajudando a cuidar dele.
  • 25:50 - 25:55
    E então há momentos, como no que estou agora, em que
    eles são realmente independentes, de muitas formas,
  • 25:55 - 26:00
    e que você precisa deixá-los ir.
    E foi difícil com nosso filho,
  • 26:00 - 26:04
    porque eu quero estar com
    meu filho, mas eu sabia que
  • 26:04 - 26:09
    para ele ser independente de
    mim, eu precisava deixá-lo ir.
  • 26:09 - 26:14
    E a Bíblia diz... nós sabemos que
    não é bom que o homem fique só.
  • 26:14 - 26:17
    Ele precisa deixar a mãe e o pai,
    mas eu posso ir ao outro lado:
  • 26:17 - 26:20
    não é bom estar com a mãe e
    o pai para o resto da sua vida.
  • 26:20 - 26:26
    Então, há aquele momento de "deixar ir",
    e agora nosso filho tem os seus filhos,
  • 26:26 - 26:28
    e eu amo nossos netos. Eu sinto
    falta deles e são tão divertidos.
  • 26:28 - 26:32
    E eu estou no momento divertido com
    meus netos, eles são tão fofinhos,
  • 26:32 - 26:36
    como ele aí, e assim por diante, mas então...
    (cheiro de fezes) "Oh"... (colocando-os de lado)
  • 26:36 - 26:38
    E então, os pais cuidam disso.
  • 26:38 - 26:42
    E acho que, como é naturalmente,
    vemos isso espiritualmente.
  • 26:42 - 26:48
    No natural, há um período de cerca de 18
    anos, às vezes, e então eles saem de casa.
  • 26:48 - 26:51
    Espiritualmente, eu acho,
    que depende das pessoas,
  • 26:51 - 26:57
    depende do contexto do qual vieram, tipo, se as
    pessoas vierem de um contexto muito destruído,
  • 26:57 - 27:00
    elas precisarão de algo, é claro,
    a libertação pode acontecer,
  • 27:00 - 27:03
    mas renovar a mente e se edificar
    pode levar mais tempo,
  • 27:03 - 27:08
    ou elas podem vir de um outro contexto.
    Mas você disse algo como 6 meses, 1 ano,
  • 27:08 - 27:10
    e então elas estão prontas
    para seguirem em frente.
  • 27:10 - 27:14
    - Oh, sim. Se estão demorando
    muito, não existe reprodução.
  • 27:14 - 27:16
    - Então, teríamos que confiar neles.
    [...]
  • 27:16 - 27:17
    - Então, teríamos que confiar neles.
    - Voltamos ao evangelho (risada).
  • 27:17 - 27:21
    - É o mesmo que... Se seus filhos com
    16 anos, ainda viverem no porão,
  • 27:21 - 27:24
    você trataria isso, porque não é o
    que naturalmente deve acontecer.
  • 27:24 - 27:29
    Se você tem uma macieira por aí,
    e ela não deu fruto em 1 ano,
  • 27:29 - 27:32
    ou no segundo ano, você começa a podá-la,
    você precisa trabalhar com isso,
  • 27:32 - 27:36
    algo está errado, se continuar não dando
    frutos, ou não começar a dar frutos,
  • 27:36 - 27:38
    corte-a e plante uma nova.
  • 27:38 - 27:40
    (risadas)
    - Correto. Correto.
  • 27:40 - 27:42
    - Isso é bíblico.
  • 27:42 - 27:47
    É tão bonito ouvir o que Deus está fazendo.
    E eu gostaria de dizer que isso é para todos.
  • 27:47 - 27:51
    Este é o chamado de Jesus.
    Foi para isso que Ele nos chamou,
  • 27:51 - 27:53
    foi para isso que
    Ele te chamou.
  • 27:53 - 27:57
    Se você é um discípulo de Cristo,
    ser um discípulo é negar a si mesmo,
  • 27:57 - 27:59
    pegar a cruz e segui-Lo.
  • 27:59 - 28:02
    É se arrepender, ser batizado,
    receber o Espírito Santo
  • 28:02 - 28:07
    e ser ensinado a obedecer
    a tudo que Ele ordenou.
  • 28:07 - 28:11
    E tudo é tudo. E é
    isso que vemos aqui.
  • 28:11 - 28:15
    E eu realmente quero encorajá-lo
    a ir até isso e a viver essa vida.
  • 28:16 - 28:19
    - Muito obrigado pelo compartilhamento
    de vocês. Nós temos outros vídeos
  • 28:19 - 28:24
    em que falamos mais em
    detalhes sobre...
  • 28:24 - 28:28
    como Deus é o nosso Provedor,
    em que falamos em mais detalhes
  • 28:28 - 28:32
    o porquê que o evangelho é importante,
    falamos em mais detalhes sobre
  • 28:32 - 28:34
    algumas das coisas que
    eles compartilharam
  • 28:34 - 28:36
    e que eu também
    tenho no meu livro.
  • 28:36 - 28:38
    Então, veja os outros
    vídeos. Leia o livro
  • 28:38 - 28:40
    e comece a obedecer a
    Jesus em Seu chamado.
  • 28:40 - 28:41
    Deus te abençoe!
Title:
Igreja em casa, mas não como você pensa
Description:

Um novo tipo de comunhão em casa está começando por todo o mundo.

Neste vídeo, Justin e Brooke compartilham como, nos últimos meses, eles têm visto muitas comunhões iniciando, e agora isso realmente está começando a se multiplicar!

É realmente muito poderoso o que Deus está fazendo! Nós acreditamos que esse é o futuro da igreja - uma comunhão em casa, em que não há apenas encontros em uma casa, mas também um forte foco no Evangelho e na missão que Jesus nos deu!

Se você gostaria de saber mais sobre isso, nós recomendamos os livros "A Última Reforma" ou o novo livro: "O Chamado de Jesus" ("The Call of Jesus"). Você pode encontrar esses livros no nosso site: www.TheLastReformation.com ou na Amazon.

Amazon - O e-book:
https://www.amazon.com/Call-Jesus-finding-person-peace-ebook/dp/B08654LR4C/ref=mp_s_a_1_5?dchild=1&keywords=Torben+sondergaard&qid=1584801151&sr=8-5 https://thelastreformation.com/shop/books/english/the-call-of-jesus/

Você também pode encontrar a nossa nova série de vídeos, "O Chamado de Jesus" aqui em nossa playlist:
"O Chamado de Jesus":
https://www.youtube.com/playlist?list=PL0gVAb8r3Mj8IjeYEtSn7PDA4J2uVg2Mm

more » « less
Video Language:
English
Duration:
28:42

Portuguese, Brazilian subtitles

Revisions Compare revisions