Portuguese subtitles

← Krzysztof Wodiczko: Monument for the Living | Art21 "Extended Play"

Get Embed Code
11 Languages

Showing Revision 2 created 04/24/2020 by Eunice Vitório.

  1. Este desenho é minha primeira verificação
    do lugar da projeção.
  2. Esta é a estátua
  3. em cima de um pedestal.
  4. Foi muito importante para mim
  5. imaginar como a estátua pode ser
    animada com projeção.
  6. [Krzysztof Wodiczko: Monumento Para os Vivos]
  7. As pessoas sempre se reúnem em frente
    a monumentos.
  8. Há eventos, protestos.
  9. Às vezes, sentamos em seus ombros,
    sacudimos bandeiras.
  10. Nós as colorimos com novas
    narrativas.
  11. Esses monumentos testemunharam
    eventos anteriormente.
  12. Alguns viram grandes eventos.
  13. Nós queremos que os monumentos
    observem e gravem,
  14. monitorem o que fazemos hoje
  15. de novo.
  16. Por muitos anos, eu tenho
    tentado dar voz
  17. ou amplificar vozes que não
    são ouvidas,
  18. ou mesmo silenciadas.
  19. Foi horrível.
  20. Eles pularam, sem saber que estava
    contaminado, radioativo.
  21. Há mais de setenta milhões de refugiados,
  22. pessoas que são forçadas a
    deixar seus países
  23. porque eles estão tomados
    pela guerra.
  24. Na maioria das vezes, guerras civis.
  25. No Madison Square Park, há
    outros quatro monumentos.
  26. Este é o mais proeminente.
  27. E este definitivamente está
    relacionado à Guerra Civil.
  28. Não temos monumentos
    dedicados aos refugiados.
  29. [VOZ DA PROJEÇÃO]
    Deixei meus pais.
  30. Deixei minha mãe
  31. e meus irmãos
  32. sem nem mesmo dizer adeus.
  33. Eu fui embora do jeito que
    você está vendo.
  34. [OUTRA VOZ DA PROJEÇÃO]
    Ficamos nessa situação por dez anos.
  35. Dormindo em uma barraca,
  36. acordando,
  37. sentindo medo o dia inteiro,
  38. e não sendo capaz de fazer nada.
  39. [OUTRA VOZ DA PROJEÇÃO]
    Foi torturante.
  40. Não havia esperança de uma
    vida melhor.
  41. Dezenove anos da minha juventude,
    da minha vida, foram tirados de mim.
  42. [WODICZKO]
    Ver um refugiando falando
  43. é uma oportunidade muito rara
    para o público.
  44. [VOZ DA PROJEÇÃO]
    Para mim, foi difícil deixar meu filho.
  45. Se alguém puder imaginar o que é
    deixar um filho para trás...
  46. Acho que ninguém imagina deixar seu
    filho nem por um dia ou dois.
  47. Eu tive que deixar o meu por dez anos.
  48. Dez anos!
  49. [WODICZKO] Para conseguir conviver com
    memórias tão traumáticas,
  50. falar, se comunicar com os outros
  51. é muito importante.
  52. Aqueles que lidam com o trauma
  53. sabem muito bem que não
    há nada mais doloroso
  54. do que uma experiência aniquiladora
    que não é comunicada ou compartilhada.
  55. Uma vez compartilhada,
  56. abre caminho para uma convivência mais
    saudável com memórias traumáticas.
  57. Então essa é minha abordagem geral em
    relação a monumentos.
  58. Precisamos ajudá-los a ser úteis
    para os que estão vivos,
  59. tornando-os relevantes para podermos
  60. construir um futuro,
  61. um futuro melhor,
  62. talvez um no qual alguns desses monumentos,
  63. como memoriais de guerra,
  64. nunca precisem ser construídos
  65. porque não haverá guerras
  66. nem refugiados.