Return to Video

Apelo de Michelle Obama pela educação

  • 0:00 - 0:02
    Esta é a minha primeira viagem.
  • 0:02 - 0:04
    A minha primeira viagem como Primeira Dama.
  • 0:04 - 0:06
    Vocês acreditam nisso?
  • 0:06 - 0:16
    (Aplausos)
  • 0:16 - 0:19
    E, mesmo esta não sendo a minha primeira visita ao Reino Unido,
  • 0:19 - 0:24
    tenho que dizer que estou feliz por ser esta a minha primeira visita oficial.
  • 0:24 - 0:28
    A relação especial entre os Estados Unidos e o Reino Unido
  • 0:28 - 0:33
    se baseia não apenas na relação entre os governos,
  • 0:33 - 0:36
    mas também na língua comum e nos valores que compartilhamos.
  • 0:36 - 0:40
    E me lembro disso ao vê-las todas hoje.
  • 0:40 - 0:44
    Durante minha visita, senti-me especialmente honrada
  • 0:44 - 0:47
    em conhecer algumas das mulheres mais extraordinárias da Bretanha.
  • 0:47 - 0:50
    Mulheres que estão construindo o caminho para todas vocês.
  • 0:50 - 0:53
    E eu estou honrada em conhecê-las,
  • 0:53 - 0:59
    as futuras líderes da Grã Bretanha e do mundo
  • 0:59 - 1:04
    E, embora as circunstâncias das nossas vidas possam parecer muito distantes,
  • 1:04 - 1:08
    eu,aqui, diante de vocês, como a Primeira Dama dos Estados Unidos da América,
  • 1:08 - 1:12
    e vocês, apenas cursando a escola.
  • 1:12 - 1:16
    Quero que vocês saibam que nós temos muito em comum.
  • 1:16 - 1:20
    Pois nada, ao longo da minha vida,
  • 1:20 - 1:22
    teria previsto que eu estaria aqui diante de vocês
  • 1:22 - 1:25
    como a primeira Primeira Dama afro-descendente
  • 1:25 - 1:27
    dos Estados Unidos da América.
  • 1:27 - 1:32
    Não há nada na minha história que teria me trazido aqui.
  • 1:32 - 1:35
    Não fui criada com riqueza ou recursos
  • 1:35 - 1:39
    ou qualquer status social que importe.
  • 1:39 - 1:43
    Eu fui criada na zona Sul de Chicago.
  • 1:43 - 1:46
    Essa é a verdadeira parte de Chicago.
  • 1:46 - 1:49
    E fui o produto de uma comunidade de classe trabalhadora.
  • 1:49 - 1:53
    Meu pai foi um trabalhador toda sua vida.
  • 1:53 - 1:55
    E, minha mãe era uma dona-de-casa.
  • 1:55 - 2:00
    Ela ficava em casa para cuidar de mim e de meu irmão mais velho.
  • 2:00 - 2:03
    Nenhum deles foi a uma universidade.
  • 2:03 - 2:06
    Meu pai foi diagnosticado com esclerose múltipla
  • 2:06 - 2:08
    no auge da sua vida.
  • 2:08 - 2:11
    Mas, mesmo quando ficou difícil para ele caminhar
  • 2:11 - 2:13
    e vestir-se pela manhã --
  • 2:13 - 2:15
    Eu o vi lutar mais e mais --
  • 2:15 - 2:19
    meu pai nunca reclamou de suas dificuldades.
  • 2:19 - 2:21
    Ela era grato pelo que tinha.
  • 2:21 - 2:26
    Ele apenas acordava um pouco mais cedo e esforçava-se um pouco mais.
  • 2:26 - 2:29
    E meu irmão e eu fomos criados com tudo aquilo que realmente se precisa:
  • 2:29 - 2:32
    amor, valores fortes
  • 2:32 - 2:35
    e a crença de que, com uma boa educação
  • 2:35 - 2:37
    e muito trabalho duro,
  • 2:37 - 2:40
    não haveria nada que não pudéssemos fazer.
  • 2:40 - 2:44
    Eu sou um exemplo do que é possível
  • 2:44 - 2:48
    quando garotas, desde o comecinho das suas vidas,
  • 2:48 - 2:53
    são amadas e incentivadas pelas pessoas ao seu redor.
  • 2:53 - 2:57
    Eu fui rodeada por mulheres extraordinárias na minha vida.
  • 2:57 - 3:02
    Avós, professoras, tias, primas, vizinhas,
  • 3:02 - 3:06
    que me ensinaram força silenciosa e dignidade.
  • 3:06 - 3:11
    E minha mãe, o exemplo mais importante da minha vida,
  • 3:11 - 3:13
    que vive conosco na Casa Branca
  • 3:13 - 3:16
    e nos ajuda a cuidar das nossas duas filhinhas,
  • 3:16 - 3:18
    Malia e Sasha.
  • 3:18 - 3:22
    Ela é uma presença ativa nas suas vidas, bem como na minha,
  • 3:22 - 3:24
    e está imbuindo nelas
  • 3:24 - 3:27
    os mesmo valores que ela ensinou a mim e a meu irmão:
  • 3:27 - 3:30
    coisas como compaixão, e integridade,
  • 3:30 - 3:34
    e confiança, e perseverança.
  • 3:34 - 3:37
    Tudo isso recoberto pelo amor incondicional
  • 3:37 - 3:40
    que apenas uma avó pode dar.
  • 3:40 - 3:44
    Eu também fui afortunada o suficiente por ser apreciada e encorajada
  • 3:44 - 3:49
    por alguns fortes exemplos de homens,
  • 3:49 - 3:52
    incluindo meu pai, meu irmão, tios e avôs.
  • 3:52 - 3:57
    Os homens da minha vida ensinaram-me coisas importantes também.
  • 3:57 - 4:00
    Eles me ensinaram como um relacionamento respeitoso
  • 4:00 - 4:04
    entre homens e mulheres deveria ser.
  • 4:04 - 4:08
    Eles me ensinaram como é um casamento forte.
  • 4:08 - 4:11
    Que é baseado em fé e compromisso
  • 4:11 - 4:15
    e admiração pelos dons únicos de cada um.
  • 4:15 - 4:17
    Eles me ensinaram o que significa
  • 4:17 - 4:19
    ser pai
  • 4:19 - 4:21
    e criar uma família.
  • 4:21 - 4:23
    E não apenas investir no seu próprio lar,
  • 4:23 - 4:28
    mas alcançar e ajudar a criar crianças
  • 4:28 - 4:30
    na sociedade mais ampla.
  • 4:30 - 4:32
    E essas foram as mesmas qualidades
  • 4:32 - 4:35
    que eu procurei no meu próprio marido,
  • 4:35 - 4:37
    Barack Obama.
  • 4:38 - 4:41
    E quando nós nos conhecemos,
  • 4:41 - 4:45
    uma das coisas que eu lembro é que ele me levou para sair.
  • 4:45 - 4:48
    E esse encontro foi ir com ele a uma reunião comunitária.
  • 4:48 - 4:50
    (Risos)
  • 4:50 - 4:52
    Eu sei, que romântico...
  • 4:52 - 4:55
    (Risos)
  • 4:55 - 4:57
    Mas quando nos conhecemos, Barack era um organizador comunitário.
  • 4:57 - 5:01
    Ele trabalhava ajudando pessoas a encontrar empregos
  • 5:01 - 5:05
    e tentando trazer recursos a comunidades com dificuldades.
  • 5:05 - 5:07
    Quando falou aos residentes naquele centro comunitário,
  • 5:07 - 5:09
    ele esclareceu dois conceitos.
  • 5:09 - 5:15
    Explicou "o mundo como ele é" e "o mundo como ele deveria ser".
  • 5:15 - 5:19
    E eu falei disso durante toda a campanha.
  • 5:19 - 5:21
    O que ele disse é que muito frequentemente
  • 5:21 - 5:26
    nós aceitamos a distância entre essas duas ideias.
  • 5:26 - 5:30
    E, às vezes, nos conformamos com o mundo como ele é,
  • 5:30 - 5:34
    mesmo quando ele não reflete os nossos valores e aspirações.
  • 5:34 - 5:37
    Mas Barack lembrou-nos naquele dia,
  • 5:37 - 5:40
    a todos nós naquela sala, que todos sabemos
  • 5:40 - 5:44
    como o nosso mundo deveria ser.
  • 5:44 - 5:47
    Todos sabemos como igualdade e justiça e oportunidade se parecem.
  • 5:47 - 5:49
    Nós todos sabemos.
  • 5:49 - 5:51
    E ele insistiu para que as pessoas naquela reunião,
  • 5:51 - 5:53
    naquela comunidade,
  • 5:53 - 5:56
    se devotassem a eliminar a distância
  • 5:56 - 5:58
    entre essas duas idéias,
  • 5:58 - 6:02
    que trabalhassem juntas para fazer o mundo como ele é
  • 6:02 - 6:06
    e o mundo como ele deveria ser apenas um e o mesmo.
  • 6:06 - 6:09
    E penso naquele dia hoje porque eu
  • 6:09 - 6:13
    me lembro e estou convencida de que todas vocês nesta escola
  • 6:13 - 6:18
    são partes muito importantes para anular essa distância.
  • 6:18 - 6:23
    Vocês são as mulheres que construirão o mundo como ele deveria ser.
  • 6:23 - 6:25
    Vocês escreverão o próximo capítulo da história.
  • 6:25 - 6:29
    Não apenas para vocês, mas para a sua geração
  • 6:29 - 6:32
    e as gerações por vir.
  • 6:32 - 6:34
    E é por isso que adquirir uma boa educação
  • 6:34 - 6:36
    é tão importante.
  • 6:36 - 6:39
    É por isso que todas essas coisas pelas quais vocês estão passando --
  • 6:39 - 6:43
    altos e baixos, professores que vocês amam e professores que não amam --
  • 6:43 - 6:46
    são tão importantes.
  • 6:46 - 6:49
    Porque comunidades e países e, por fim, o mundo
  • 6:49 - 6:54
    são exatamente tão fortes quanto é a saúde de suas mulheres.
  • 6:54 - 6:56
    E é importante que se tenha isso em mente.
  • 6:56 - 7:02
    A parte da saúde que inclui uma educação extraordinária.
  • 7:02 - 7:07
    A diferença entre uma família com dificuldades e uma saudável
  • 7:07 - 7:10
    é, frequentemente, a presença de uma mulher poderosa
  • 7:10 - 7:13
    ou mulheres, no centro dessa família.
  • 7:13 - 7:16
    A diferença entre uma comunidade quebrada e uma próspera
  • 7:16 - 7:20
    é, frequentemente, o respeito saudável entre homens e mulheres
  • 7:20 - 7:25
    que apreciam as contribuições que cada um faz à sociedade.
  • 7:25 - 7:28
    A diferença entre uma nação enfraquecida
  • 7:28 - 7:30
    e uma que florescerá
  • 7:30 - 7:34
    é o reconhecer que precisamos de acesso igual à educação
  • 7:34 - 7:36
    tanto para os meninos quanto para as meninas
  • 7:36 - 7:41
    E esta escola, batizada com o nome da primeira Doutora do Reino Unido,
  • 7:41 - 7:47
    e os edifícios ao redor, batizados como a artista mexicana Frida Kahlo,
  • 7:47 - 7:49
    Mary Seacole,
  • 7:49 - 7:53
    a enfermeira jamaicana conhecida como a "Florence Nightingale negra",
  • 7:53 - 7:56
    e a escritora inglesa Emily Brontë,
  • 7:56 - 8:00
    honram mulheres que lutaram contra sexismo, racismo e ignorância,
  • 8:00 - 8:05
    para seguir suas paixões e alimentar suas almas.
  • 8:05 - 8:08
    Elas não aceitaram obstáculos.
  • 8:08 - 8:12
    Como diz a placa ali atrás: "Sem limitações".
  • 8:12 - 8:14
    Elas não conheciam outra forma de viver
  • 8:14 - 8:17
    que não fosse seguir seus sonhos.
  • 8:17 - 8:22
    E tendo feito assim, essas mulheres
  • 8:22 - 8:24
    moveram muitos obstáculos.
  • 8:24 - 8:26
    E elas abriram muitas portas
  • 8:26 - 8:29
    para milhões de doutoras e enfermeiras
  • 8:29 - 8:32
    e artistas e autoras,
  • 8:32 - 8:34
    todas aquelas que as seguiram.
  • 8:34 - 8:37
    E, conseguindo uma boa educação,
  • 8:37 - 8:41
    vocês também podem controlar os seus próprios destinos.
  • 8:41 - 8:44
    Por favor, lembrem-se disso.
  • 8:44 - 8:48
    Se querem saber o motivo pelo qual estou aqui, diante de vocês,
  • 8:48 - 8:51
    é por causa da educação.
  • 8:51 - 8:55
    Eu nunca matei aula. Desculpem, não sei se alguém está matando aula.
  • 8:55 - 8:57
    Eu nunca.
  • 8:57 - 8:59
    Amava tirar 10.
  • 8:59 - 9:01
    Gostava de ser inteligente.
  • 9:01 - 9:05
    Gostava de ser pontual. Gostava de fazer os meus trabalhos.
  • 9:05 - 9:10
    Achava que ser inteligente era muito mais legal que qualquer outra coisa no mundo.
  • 9:10 - 9:12
    E vocês também, com esses mesmos valores,
  • 9:12 - 9:14
    podem controlar os seus próprios destinos.
  • 9:14 - 9:17
    Vocês também podem construir o caminho.
  • 9:17 - 9:19
    Vocês também podem realizar os seus sonhos,
  • 9:19 - 9:23
    e, então, o seu trabalho será voltar
  • 9:23 - 9:27
    e ajudar alguém como vocês a fazer o mesmo.
  • 9:27 - 9:30
    A história prova que não importa
  • 9:30 - 9:32
    se você vem de uma moradia social
  • 9:32 - 9:34
    ou de uma propriedade abastada.
  • 9:34 - 9:36
    O seu sucesso será determinado
  • 9:36 - 9:39
    pela sua própria fortitude,
  • 9:39 - 9:43
    sua própria confiança, seu esforço individual.
  • 9:43 - 9:47
    Isso é verdade. Essa é a realidade do mundo em que vivemos.
  • 9:47 - 9:50
    Vocês agora têm controle sobre os seus próprios destinos.
  • 9:50 - 9:55
    E não será fácil. Isso é certo.
  • 9:55 - 9:57
    Mas vocês têm tudo o que precisam.
  • 9:57 - 10:00
    Tudo o que vocês precisam para ter sucesso,
  • 10:00 - 10:03
    vocês já têm bem aqui.
  • 10:03 - 10:07
    Meu marido trabalha num escritório enorme.
  • 10:07 - 10:10
    Eles o chamam de Salão Oval.
  • 10:10 - 10:12
    Na Casa Branca, há uma escrivaninha à qual ele senta.
  • 10:12 - 10:15
    Ela é chamada de "Resolute" (Determinado].
  • 10:15 - 10:19
    Foi construída com a madeira do navio "Resolute" de Sua Majestade
  • 10:19 - 10:22
    e dada como presente pela Rainha Vitória.
  • 10:22 - 10:27
    É um símbolo duradouro da amizade entre as nossas duas nações.
  • 10:27 - 10:29
    E seu nome, "Resolute" [Determinado],
  • 10:29 - 10:33
    é um lembrete da força de caráter que é necessária
  • 10:33 - 10:35
    não apenas para liderar um país,
  • 10:35 - 10:40
    mas também para viver uma vida com propósito.
  • 10:40 - 10:44
    E espero que, ao seguirem seus sonhos, todas se mantenham determinadas,
  • 10:44 - 10:47
    que avancem sem limites,
  • 10:47 - 10:52
    e que usem os seus talentos -- porque há muitos. Nós os percebemos.
  • 10:52 - 10:54
    Estão aí.
  • 10:54 - 10:58
    Que vocês os usem para criar o mundo como ele deveria ser.
  • 10:58 - 11:01
    Porque estamos contando com vocês.
  • 11:01 - 11:03
    Estamos contando com cada uma de vocês
  • 11:03 - 11:06
    para que sejam o melhor que vocês podem ser.
  • 11:06 - 11:08
    Porque o mundo é grande.
  • 11:08 - 11:10
    E é cheio de desafios.
  • 11:10 - 11:14
    E nós precisamos que moças fortes, inteligentes e confiantes
  • 11:14 - 11:16
    se levantem e tomem as rédeas.
  • 11:16 - 11:20
    Nós sabemos que vocês conseguem. Nós as amamos. Muito obrigada mesmo.
  • 11:20 - 11:27
    (Aplausos)
Title:
Apelo de Michelle Obama pela educação
Speaker:
Michelle Obama
Description:

Em uma escola para garotas em Londres, Michelle Obama faz um pedido ardente e pessoal para que cada aluna leve a educação a sério. É esta geração nova, brilhante, diz ela, que anulará a distância entre o mundo como ele é e o mundo como ele deveria ser.

more » « less
Video Language:
English
Team:
TED
Project:
TEDTalks
Duration:
11:29
María Luciana Rolón added a translation

Portuguese, Brazilian subtitles

Revisions