Return to Video

The Internet: Packets, Routing and Reliability

  • 0:00 - 0:03
    [contagem decrescente: 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1]
  • 0:03 - 0:08
    A Internet:
    Pacotes, encaminhamento e fiabilidade
  • 0:08 - 0:10
    Olá, o meu nome é Lynn.
  • 0:10 - 0:12
    Sou engenheira de software aqui no Spotify
  • 0:12 - 0:17
    e serei a primeira a admitir que muitas vezes
    tomo como garantida a fiabilidade da Internet.
  • 0:18 - 0:21
    A enorme quantidade de informação
    a pairar na internet é espantosa.
  • 0:21 - 0:25
    Mas como é possível que cada pedaço de
    dados te sejam entregues de forma fiável?
  • 0:26 - 0:29
    Digamos que queres ouvir
    uma canção no Spotify.
  • 0:29 - 0:32
    Parece que o teu computador se liga
    diretamente aos servidores do Spotify,
  • 0:32 - 0:35
    e que o Spotify te envia uma canção
    numa linha direta, exclusiva.
  • 0:35 - 0:38
    Mas, na verdade,
    não é assim que a Internet funciona.
  • 0:39 - 0:43
    Se a Internet fosse feita de ligações diretas e dedicadas,
    seria impossível manter as coisas a funcionar
  • 0:43 - 0:47
    à medida que milhões de utilizadores fossem entrando,
    especialmente porque não nada nos garante
  • 0:47 - 0:50
    que cada fio e computador
    esteja sempre a funcionar.
  • 0:50 - 0:54
    Em vez disso, os dados viajam
    na Internet de forma muito menos direta.
  • 0:55 - 1:01
    Há muitos anos atrás, no início dos anos 70,
    o meu parceiro Bob Kahn e eu começámos
  • 1:01 - 1:04
    a trabalhar na concepção daquilo
    a que agora chamamos a Internet.
  • 1:04 - 1:13
    O Bob e eu tínhamos a responsabilidade e a oportunidade
    de conceber os protocolos da Internet e a sua arquitectura.
  • 1:13 - 1:18
    Por isso continuámos a participar
    no crescimento da Internet e na sua evolução
  • 1:18 - 1:21
    durante todo este tempo
    e até aos dias de hoje.
  • 1:22 - 1:27
    A forma como a informação é transferida
    de um computador para outro é bastante interessante.
  • 1:27 - 1:31
    Ela não precisa de seguir um caminho fixo.
    Na verdade, o seu caminho pode mudar
  • 1:31 - 1:34
    no meio de uma conversa entre computadores.
  • 1:34 - 1:37
    A informação na Internet vai
    de um computador para outro
  • 1:37 - 1:41
    no que chamamos
    um pacote de informação,
  • 1:41 - 1:44
    sendo que um pacote viaja
    de um lugar para outro na Internet
  • 1:44 - 1:47
    de forma muito parecida a como nós
    vamos de um lugar para outro num carro.
  • 1:47 - 1:50
    Dependendo do congestionamento do tráfego
    ou das condições da estrada,
  • 1:50 - 1:53
    poderás escolher ou ser forçado
    a seguir uma rota diferente
  • 1:53 - 1:56
    para chegar ao mesmo lugar
    a cada vez que viajas. E apenas
  • 1:59 - 2:04
    E assim como se pode transportar todo o tipo de coisas
    dentro de um carro, muitos tipos de informação digital podem
  • 2:04 - 2:07
    também podemos enviar muitos tipos de informação
    digital em pacotes IP, com alguns limites.
  • 2:08 - 2:12
    E se, por exemplo, for preciso mover um
    vaivém espacial do sítio onde foi construído
  • 2:12 - 2:13
    para o local onde será lançado.
  • 2:13 - 2:17
    O vaivém não vai caber só num camião,
    então é preciso desmontá-lo em peças,
  • 2:17 - 2:19
    transportando-o recorrendo a uma frota
    de camiões.
  • 2:19 - 2:24
    Todos os camiões podem seguir diferentes rotas
    e podem chegar ao destino em diferentes momentos,
  • 2:24 - 2:28
    mas uma vez que todas as peças estejam no mesmo sítio,
    podemos montar as peças para ficar com o vaivém inteiro
  • 2:28 - 2:31
    e ele estará pronto para o lançamento.
  • 2:31 - 2:34
    Na Internet os detalhes funcionam
    de forma semelhante.
  • 2:34 - 2:39
    Se tiveres uma imagem muito grande que queres
    enviar a um amigo ou carregar para um website,
  • 2:40 - 2:44
    essa imagem pode ser composta
    por dezenas de milhões de bits de 1s e 0s,
  • 2:44 - 2:46
    demasiados para enviar num só pacote.
  • 2:46 - 2:50
    Uma vez que os dados estão num computador,
    o computador que envia a imagem pode rapidamente
  • 2:50 - 2:53
    dividi-la em centenas ou mesmo milhares de
    partes mais pequenas, chamadas pacotes.
  • 2:55 - 2:59
    Ao contrário dos automóveis ou camiões,
    estes pacotes não têm motoristas e não escolhem o seu percurso.
  • 2:59 - 3:03
    Cada pacote tem o endereço de Internet de onde veio
    e para onde vai.
  • 3:03 - 3:05
    Computadores especiais na internet,
    chamados routers,
  • 3:05 - 3:11
    actuam como gestores de tráfego para manter
    os pacotes em movimento nas redes sem percalços.
  • 3:12 - 3:15
    Se uma rota estiver congestionada,
    pacotes individuais podem percorrer rotas diferentes
  • 3:15 - 3:20
    através da Internet e podem chegar a
    o destino em alturas ligeiramente diferentes
  • 3:20 - 3:22
    ou mesmo fora de ordem.
  • 3:23 - 3:27
    Vamos falar sobre como funciona.
    Como parte do protocolo da Internet,
  • 3:27 - 3:30
    cada router mantém o registo
    de múltiplos caminhos para enviar pacotes,
  • 3:30 - 3:33
    e escolhe o mais "barato" para cada
    pedaço de dados,
  • 3:33 - 3:36
    com base no endereço IP
    de destino do pacote.
  • 3:37 - 3:41
    Mais "barato", neste caso, não tem a ver com custos,
    mas com tempo e factores não técnicos
  • 3:41 - 3:44
    tais como políticas e relações
    entre empresas.
  • 3:44 - 3:48
    Muitas vezes, a melhor rota para os dados
    viajarem não é necessariamente a mais direta.
  • 3:49 - 3:52
    Ter opções de caminhos
    torna a rede tolerante a falhas.
  • 3:52 - 3:57
    Isto significa que a rede pode continuar
    a enviar pacotes mesmo se algo correr muito, muito mal.
  • 3:58 - 4:01
    Esta é a base para um
    princípio-chave da internet: fiabilidade.
  • 4:04 - 4:08
    Agora, e que pedires alguns dados e nem
    todos eles forem entregues?
  • 4:08 - 4:09
    Digamos que queres ouvir uma música.
  • 4:09 - 4:15
    Como podes ter 100% de certeza que todos os dados
    serão entregues para que a canção toque na perfeição?
  • 4:15 - 4:19
    Apresentando o seu novo melhor amigo, TCP!
    O protocolo de controle de transmissão.
  • 4:20 - 4:24
    O TCP gere o envio e recepção de todos
    os teus dados na forma de pacotes.
  • 4:24 - 4:27
    Pensa nisto como um correio registado.
  • 4:27 - 4:32
    Quando pedes uma canção no teu dispositivo,
    o Spotify envia-te a canção dividida em muitos pacotes.
  • 4:33 - 4:39
    Quando os teus pacotes chegam, o TCP faz um inventário completo
    e envia em resposta um recibo por cada pacote recebido.
  • 4:39 - 4:43
    Se todos os pacotes estiverem presentes,
    o TCP "assina" a entrega e está feito!
  • 4:43 - 4:50
    [música]
  • 4:50 - 4:54
    Se o TCP der pela falta de alguns pacotes,
    não assinara a entrega,
  • 4:54 - 4:58
    caso contrário a música não soaria tão bem,
    ou poderiam ficar a faltar partes dela.
  • 4:59 - 5:03
    O Spotify enviará de novo cada um
    dos pacotes em falta ou incompletos.
  • 5:03 - 5:07
    Quando o TCP verificar a entrega dos
    muitos pacotes pedidos para a canção,
  • 5:07 - 5:09
    a tua música começará a tocar.
  • 5:09 - 5:12
    [música]
  • 5:12 - 5:15
    O melhor do TCP e dos sistemas router
    é que são escaláveis,
  • 5:15 - 5:18
    podendo funcionar com 8
    ou com 8 mil milhões de dispositivos.
  • 5:18 - 5:22
    Na verdade, devido a estes princípios
    de tolerância a falhas e redundância,
  • 5:22 - 5:25
    quanto mais routers acrescentarmos,
    mais fiável a Internet se torna.
  • 5:26 - 5:28
    O que é também ótimo é que podemos
    crescer e escalar a Internet
  • 5:28 - 5:31
    sem interromper o serviço para qualquer
    pessoa que a esteja a utilizar.
  • 5:32 - 5:34
    A Internet é feita de
    centenas de milhares de redes
  • 5:34 - 5:38
    e milhares de milhões de computadores
    e dispositivos ligados fisicamente.
  • 5:39 - 5:42
    Estes diferentes sistemas que compõem
    a Internet ligam-se entre si,
  • 5:42 - 5:44
    comunicam uns com os outros,
  • 5:44 - 5:50
    e trabalham em conjunto, usando as normas acordadas
    para a forma como os dados são enviados na Internet.
  • 5:51 - 5:54
    Dispositivos de computação,
    ou routers, espalhados pela Internet,
  • 5:54 - 6:00
    ajudam todos os pacotes a chegar ao destino,
    onde são remontados, se necessário, por ordem.
  • 6:01 - 6:04
    Isto acontece milhares de milhões de vezes por dia,
  • 6:04 - 6:09
    quer tu ou outras pessoas estejam a enviar
    um e-mail, a visitar uma página web,
  • 6:09 - 6:13
    em vídeochamada, a usar uma app móvel,
    ou quando sensores ou dispositivos na Internet
  • 6:13 - 6:15
    falam com um ao outro.
Title:
The Internet: Packets, Routing and Reliability
Description:

more » « less
Video Language:
English
Duration:
06:26

Portuguese subtitles

Revisions Compare revisions