Return to Video

Racismo | Susana Milanes | TEDxPascoCountySchools

  • 0:10 - 0:12
    A presunção de que todos
    os membros de uma etnia
  • 0:12 - 0:15
    possuem características
    e capacidades próprias
  • 0:15 - 0:17
    denomina-se racismo.
  • 0:17 - 0:19
    Pode-se definir como o ódio
  • 0:19 - 0:22
    ou a crença de que há pessoas inferiores
    por causa da cor da pele.
  • 0:22 - 0:25
    Por exemplo: "Os asiáticos
    são muito inteligentes".
  • 0:25 - 0:29
    ou "Os afro-americanos
    são pouco requintados socialmente".
  • 0:31 - 0:34
    A cor da pele não define uma pessoa,
    por isso ninguém deve ser acusado
  • 0:34 - 0:37
    de se portar de certa forma
    com base no seu aspeto físico.
  • 0:37 - 0:40
    Infelizmente, as pessoas não se apercebem
    de que estão a ser racistas
  • 0:40 - 0:43
    e algumas pessoas até pensam
    que não estão a ser racistas
  • 0:43 - 0:46
    quando têm preconceitos positivos
    com base na cor da pele.
  • 0:46 - 0:48
    Mas, mesmo que os comentários
    não sejam negativos
  • 0:48 - 0:51
    isso não os torna aceitáveis.
  • 0:51 - 0:54
    Segundo a Dra. Naomi Priest,
  • 0:54 - 0:57
    investigadora de saúde pública infantil
  • 0:57 - 0:59
    e líder do Programa Anti-Racismo:
  • 0:59 - 1:02
    "O racismo pode influenciar
    a saúde e o bem-estar
  • 1:02 - 1:04
    "das crianças e dos adolescentes".
  • 1:04 - 1:06
    As crianças e os adolescentes
    expostos ao racismo
  • 1:06 - 1:10
    podem sofrer de má saúde mental,
    ansiedade e depressão, por causa disso.
  • 1:10 - 1:12
    Um estudo da Universidade de Melbourne
  • 1:12 - 1:15
    diz que há 461 ligações
    entre o racismo e os jovens.
  • 1:16 - 1:18
    A saúde mental dos jovens deteriora-se
  • 1:18 - 1:21
    devido aos comentários racistas
  • 1:21 - 1:24
    ou àquilo que a sociedade lhes diz
    que é sem dúvida repugnante.
  • 1:24 - 1:29
    A depressão é a causa
    número um do suicídio.
  • 1:29 - 1:32
    O suicídio é o ato de pôr fim
    à vida voluntariamente.
  • 1:32 - 1:35
    Ocorre com frequência,
    quando a única hipótese de fuga
  • 1:35 - 1:37
    é acabar com a vida.
  • 1:38 - 1:41
    O racismo provoca depressão
    e a depressão leva ao suicídio.
  • 1:41 - 1:45
    Por outras palavras, o racismo
    pode provocar o suicídio.
  • 1:55 - 1:58
    Jade Macklin, um bloguista,
    que combate o racismo, diz:
  • 1:58 - 2:01
    "Devido à discriminação
    entre grupos de pessoas,
  • 2:01 - 2:05
    "todos os anos suicidam-se 1572 pessoas.
  • 2:05 - 2:08
    "Este número pode vir a aumentar".
  • 2:08 - 2:13
    A pergunta que continuamos a fazer
    é: porque é que as pessoas são racistas?
  • 2:13 - 2:17
    Segundo o "site" humanrights. gov,
    as pessoas são racistas principalmente
  • 2:17 - 2:19
    porque são precipitadas a julgar,
  • 2:19 - 2:22
    porque atribuem aos outros
    os seus problemas
  • 2:22 - 2:26
    ou porque são influenciadas
    pelas opiniões das pessoas à sua volta.
  • 2:26 - 2:29
    Gostam dos estereótipos
    e é isso que provoca o racismo.
  • 2:29 - 2:32
    Julgam os outros rapidamente
    porque gostam de rotular as pessoas.
  • 2:32 - 2:35
    Alguns até adotam as opiniões
    das pessoas à volta delas,
  • 2:35 - 2:40
    como as crianças que seguem
    as opiniões racistas dos pais.
  • 2:42 - 2:44
    As crianças não nascem racistas,
    são ensinadas a sê-lo.
  • 2:44 - 2:47
    Os pais deviam permitir que os filhos
    escolham o seu caminho
  • 2:47 - 2:50
    em vez de encherem a cabeça dos filhos
    com ideias negativas.
  • 2:50 - 2:53
    Como reagiriam vocês
    se alguém vos dissesse
  • 2:53 - 2:55
    que não gostava da cor da vossa pele?
  • 2:55 - 2:57
    Como é que vocês se sentiriam?
  • 2:58 - 3:01
    Quando as pessoas têm preconceitos
    com base na cor da pele,
  • 3:01 - 3:05
    dão a entender que, quem não
    pertence ao seu grupo, está errado.
  • 3:07 - 3:11
    Quando são desprezados porque
    não correspondem ao que se espera deles
  • 3:11 - 3:14
    podem sentir-se desvalorizados
    ou sem importância.
  • 3:14 - 3:17
    Não há nada de mal em não corresponder
    àquilo que as pessoas esperam de nós.
  • 3:18 - 3:20
    É o que dizemos quando fazemos
    comentários racistas.
  • 3:22 - 3:26
    Por consequência, precisamos
    de abolir todos os preconceitos racistas,
  • 3:26 - 3:28
    tanto negativos como positivos.
  • 3:28 - 3:32
    Há muitas formas de impedir
    essas sugestões insultuosas
  • 3:32 - 3:35
    e uma das formas óbvias é explicar
    às pessoas o que elas dizem
  • 3:35 - 3:37
    para as ajudar a tomar consciência.
  • 3:37 - 3:39
    Outra forma é organizar
    uma manifestação pacífica
  • 3:39 - 3:43
    para ajudar a fazer ver
    o nosso ponto de vista, sem violência.
  • 3:43 - 3:48
    Tudo o que sugira que uma pessoa
    possui característica específicas
  • 3:48 - 3:49
    é inaceitável.
  • 3:49 - 3:51
    Mas, quanto mais ignorarmos
    esses comentários,
  • 3:51 - 3:54
    menos provável é que alguém
    deixe de os fazer.
  • 3:55 - 3:57
    Quanto mais continuarmos a rir
  • 3:57 - 3:59
    e a permitir que os nossos amigos
    digam essas coisas,
  • 3:59 - 4:01
    mais jovens ficarão feridos.
  • 4:06 - 4:08
    Este problema tem um efeito
    prejudicial nos jovens
  • 4:08 - 4:11
    e é altura de lhe pôr um ponto final.
  • 4:11 - 4:16
    Como já disse, o racismo não afeta
    só os adultos, mas também os jovens.
  • 4:16 - 4:20
    Apesar de algumas pessoas
    não perceberem que estão a ser racistas,
  • 4:20 - 4:21
    isso não faz qualquer diferença.
  • 4:21 - 4:24
    Todos precisamos de aprender
    a respeitar os outros,
  • 4:24 - 4:26
    todos os que nos rodeiam,
    seja qual for a cor da pele.
  • 4:26 - 4:29
    Tal como os jovens de Ferguson,
    no Missouri, disseram:
  • 4:29 - 4:31
    "O racismo não acabou,
    mas estou farto dele".
  • 4:31 - 4:33
    Os jovens não deviam sentir-se mal,
  • 4:33 - 4:35
    porque alguém decidiu ser racista.
  • 4:36 - 4:40
    Os jovens deviam ir à escola,
    praticar desporto e fazer novos amigos,
  • 4:40 - 4:43
    sem pensarem com que comentários racistas
  • 4:43 - 4:44
    vão ser insultados hoje
Title:
Racismo | Susana Milanes | TEDxPascoCountySchools
Description:

O racismo existe, por vezes abertamente, por vezes subtilmente.

Susana Milanes é uma aluna do 8.º ano na R. B. Stewart Middle School em Pasco County, n Flórida.

Esta palestra foi feita num evento TEDx usando o formato de palestras TED, mas organizado independentemente por uma comunidade local. Saiba mais em http://ted.com/tedx

more » « less
Video Language:
English
Team:
TED
Project:
TEDxTalks
Duration:
04:46

Portuguese subtitles

Revisions