YouTube

Got a YouTube account?

New: enable viewer-created translations and captions on your YouTube channel!

Portuguese, Brazilian subtitles

← Hangout com Scientific American no Festival de Ciência & Engenharia dos EUA em Washington, DC!

Get Embed Code
12 Languages

Showing Revision 25 created 05/22/2019 by Yan Amaral.

  1. Olá, eu sou Maria D'Christina,
    editora chefe da Scientific American

  2. e estamos ao vivo
    no andar de apresentações
  3. da exposição e festival de
    Ciência e Engenharia dos EUA
  4. que estão acontecendo sábado
    26 de abril e domingo 27 de abril
  5. no centro de convenção Walter E.
    Washington
  6. aqui em Washington D.C.
  7. Nessa meia-hora conversaremos
    com convidados empolgantes
  8. Conheceremos os fundadores do festival,
  9. Larry Bock e Ray O. Johnson.
  10. Aprenderemos sobre a incrível cabine
    em Lockheed Martin,
  11. o fundador e anfitrião do festival,
  12. e visitaremos com a
    Sociedade dos Mágicos Americanos.
  13. Por último, vamos falar de umas
    coisas legais
  14. aqui na Scientific American, que também
    é um patrocinador do festival.
  15. Na cabine da Scientific American,
  16. você pode experimentar nossas
    atividades de ciência cerebral,
  17. o paleontologista com
    o programa SharkFinder,
  18. cientista Paleo Quest e
    microscópios Zeiss.
  19. Confira novas ofertas empolgantes
  20. em STEM educacional da
    Macmillan Ciência e Educação,
  21. E participe da edição
  22. de um periódico científico para crianças
    chamado "Fronteiras para Mentes Jovens"
  23. Agora vamos conhecer Larry Bach
    e Ray O. Johnson,
  24. os incríveis fundadores
  25. do Festival de Ciência e Engenharia
    dos EUA.
  26. Ray também é vice-presidente
    sênior da Lockheed Martin
  27. e oficial chefe de tecnologia.
  28. Obrigado por se juntarem
    a mim.

  29. O prazer é nosso, obrigado.
  30. O prazer é meu, realmente.
  31. Digam, por que criaram o festival?
  32. e o que acontece aqui nesse fim de semana?
  33. Nossa premissa é que a sociedade
    ganha o que celebra
  34. então celebramos atletas, pop stars,
  35. atores e atrizes de Hollywood.
  36. E geramos vários aspirantes
  37. mas não celebramos ciência e engenharia.
  38. Então nosso objetivo é fazer
  39. a maior celebração do mundo
    de ciência e engenharia.
  40. É incrível, uma meta incrível.
  41. Quais são as atrações aqui
  42. e quantas pessoas estão esperando
    nesse fim de semana?
  43. Temos literalmente mil
    organizações aqui
  44. fazendo mais de 3000
    exibições interativas
  45. e 150 shows em palcos.
  46. Então verá de tudo aqui
  47. da cápsula espacial Orion,
    o Robô Cirúrgico,
  48. o ambiente de realidade virtual
    de um lado,
  49. e fazer estruturas com marshmallows
    e palitos de dente
  50. do outro lado.
  51. Eu quero tentar os marshmallows
    e palitos de dente.
  52. Tenho que dizer,
    estou com um pouco de fome.
  53. Então, obrigado.
  54. Ray, estamos aqui
    na cabine Lockheed Martin.
  55. Tenho de dizer,
    é incrível, é imensa.
  56. Tem várias atividades impressionantes.
  57. Acho que contei mais de 350.
  58. E crianças podem ir (falha de áudio)
  59. que eu estava vendo ontem
  60. (falha de áudio)
  61. Conte-me sobre isso.
    Há apenas alguns deles.
  62. Conte-me um pouco sobre sobre eles
    Quais são algumas das coisas?
  63. Temos mais de 40 exibições aqui,
  64. mas somos parte de centenas delas
    e milhares de demonstrações
  65. que acontecem nos próximos
    dois dias aqui.
  66. Permitimos que os visitantes
    explorem as novas áreas.
  67. Trabalhar com robótica, alguns
    simuladores de voo,
  68. que sabemos que eles adoram,
    saber como é pilotar o F-22 e F-35
  69. e também energia renovável,
    e alguns problemas do futuro.
  70. Acho que é o que está em foco aqui.
  71. Quando as crianças pensam
    em carreiras científicas,
  72. como ciências, tecnologia, engenharia e matemática,
  73. eles pensam em matérias difíceis.
  74. Fazer cálculo, entender física
  75. então parece muito difícil e trabalhoso.
  76. Portanto, muitas crianças não estão
    entrando nessas áreas.
  77. O que fazemos nesse festival,
    como você disse, o maior
  78. desse tipo no mundo,
    o que fazemos é
  79. através de experiências práticas,
    empolgar as crianças.
  80. E fazê-las entender que
    elas podem ter,
  81. a mesma emoção de vitória
    que se tem em esportes
  82. se envolvendo em resolução
    de problemas em engenharia.
  83. Nós até teremos líderes de torcida
    de ciências aqui
  84. mais tarde.
  85. Temos jogadores de basquete,
    e o que as líderes de torcida,
  86. os jogadores de basquete
    e figuras esportivas ajudam a fazer
  87. é provar que ciência é legal.
  88. Sim, acho incrível.
  89. - Mais combustível para mentes curiosas.
    - Exato.
  90. E como Lockheed e outros nos mostraram,
  91. se você se esforçar, vai longe.
  92. Muito obrigado,
    foi ótimo falar com vocês
  93. Larry e Ray, muito obrigada.
  94. Tem algo que querem deixar com o pessoal
    enquanto esperamos?
  95. - Eu diria chegue cedo
    - Número um.
  96. E esse evento vai levar
    mais de dois dias para ver,
  97. então planejem para ir
    sábado e domingo.
  98. Sim, acho que teremos
    centenas de milhares de visitantes hoje,
  99. e o melhor de se
    fazer isso em Washington
  100. é ter um público diverso.
    Isso expõe a ciência e tecnologia
  101. [falha de audio] não representados
    hoje na ciência em geral
  102. e nós precisamos que essas pessoas
    entrem nos campos científicos
  103. É por isso que Washington é
    um ótimo lugar para fazer isso.
  104. Não podeira concordar mais.
    Acho que a ciência é um motor
  105. para prosperidade e bem-estar humano
    então estou empolgada que estão aqui.
  106. - Obrigado.
    - Muito obrigado.
  107. - Obrigado.
  108. Foi ótimo recebê-los, sei que
    estão ocupados, obrigado por estarem aqui.
  109. - Obrigada.
    - O prazer é meu.
  110. Obrigada.
  111. Agora se juntará a nós
    Christopher Bodges,
  112. da Sociedade dos Mágicos
    Americanos
  113. e vai falar um pouco sobre ciência.
  114. Nos diga o que
    está acontecendo hoje, Chris.
  115. Vou começar lhe dizendo
    o motivo de estarmos aqui
  116. porque muitas pessoas podem querer saber
    porque os mágicos estariam
  117. no festival de Ciência e Engenharia.
  118. E a resposta é que mágica é simplesmente
    ciência misturada com criatividade.
  119. As ilusões que criamos são baseadas
    nos princípios da ciência,
  120. engenharia tecnológica e matemática
  121. e nós fazemos apresentações criativas
    para torna-los interessantes,
  122. mas muitos ciêntistas e engenheiros
    são mágicos por hobby
  123. por causa do aspecto criativo e do
    contexto que a mágica tem nos assuntos.
  124. Eu já fui em uma conferencia sobre
    isso. Mostravam umas ilusões
  125. São coisas fascinantes que
    amamos fazer e compartilhar.
  126. No nosso estande nós temos
    muitas atividades práticas,
  127. algumas ilusões mágicas,
    algumas ilusões óticas
  128. que crianças e adultos podem tentar
  129. e ver o que acontece.
  130. Essa é uma delas.
    - Que bom que trouxe uma.
  131. Vamos botar a mão na massa.
  132. É só uma garrafa de dois litros
    com água.
  133. Tem um pacote de ketchup flutuando dentro,
    que é o que ele fazem,
  134. mas com um pouco de mágica
  135. o pacote de ketchup
  136. afunda!
  137. Viu como afundou tudo, que legal.
  138. Mais um pouquinho de mágica
    e ele volta.
  139. Sei que os mágicos são notoriamente
    cuidadosos
  140. sobre compartilhar seus segredos,
    mas se as pessoas forem no estande
  141. talvez aprendam um pouco sobre a ciência
    - Eles podem aprender
  142. -por trás
    - um pouco sobre o que fazemos,
  143. nunca revelamos segredos
    para ninguém que não é mágico,
  144. mas se demostrar interesse em
    aprender mágica,
  145. compartilharemos uns segredos
    com vocês.
  146. E por isso temos um livro para
    quem estiver interessado.
  147. É um ebook, mas eu imprimi um
    para vocês olharem.
  148. Diz "Magia STEM"
  149. O livro é cheio de truques de mágica
    baseados nos princípios de
  150. ciência, engenharia, tecnologia e
    matemática. Você pode fazer em casa
  151. Algumas são coisas que você pode imprimir
    tem algumas ilusões óticas
  152. aqui que você pode imprimir e cortar e etc
  153. Isso é demais.
  154. Você também pode ler as instruções
    e aprender a fazer mágica.
  155. E então você poderá fazer sozinho
  156. Também temos uma ilusão
    de tamanho real, você pode entrar.
  157. Podemos tirar sua cabeça de seu corpo.
  158. Não de verdade, mas vai parecer que sim
    e isso é uma ótima apresentação.
  159. Vou tentar!
    Não é exatamente assim
  160. mas nós não vemos o corpo,
    só vemos a cabeça.
  161. E você pode tirar uma foto
    com uma espada na sua cabeça.
  162. Então você está convidada a vir
    e ter sua cabeça removida.
  163. O processo de religação é
    um pouco doloroso e envolve fita adesiva.
  164. Mas é muito divertido e é uma ótima foto
    para mostras aos amigos.
  165. E nós temos mágicos lá que estão fazendo
    truques por diversão.
  166. Sensacional.
  167. Muito obrigada
    Tem outra coisa para nos mostrar?
  168. Vou lhe mostrar mais uma coisa.
    - Mais uma surpresa
  169. Mágicos não pensam como as outras pessoas,
    eu descobri isso recentemente.
  170. Um cara veio até mim e me perguntou
    se eu tinha troco para 1 dólar
  171. Eu disse: claro, eu sou um mágico.
  172. Ele disse que queria quatro de 0.25
    então eu peguei seu dólar
  173. e o dobrei, uma, duas, três,
    quatro vezes e o apertei.
  174. Está ficando bem pequeno
  175. E eu abri e o mostrei
  176. como eu... troco...1 dólar.
    - Cara!
  177. Eu fiquei olhando mas não
    sei como ele fez isso.
  178. Veja, é 1 dólar, são quarto quartos.
    Entendeu?
  179. Sim, são quatro quartos, eu entendi.
    Maravilha!
  180. Ele não gostou da piada.
    Ou do truque.
  181. Era o dólar dele?
    Deve ter sido por isso.
  182. Então o que eu poderia
    fazer era dobrar de novo
  183. Apertar novamente.
  184. e devolver do jeito que estava,
    para ele trocar em outro lugar.
  185. Chris, foi ótimo, muito obrigada
    por se juntar a nós
  186. aqui no Festival de Ciência e Engenharia.
    Espero que venham
  187. aprender mais sobre
    a ciência por trás da ilusão.
  188. Eu também. Será bom vê-los. Obrigado
    - Muito obrigado.
  189. Agora vamos conhecer Jason Osbourne e
    Aaron Alfred da Helioquest.
  190. Jason e Aaron estão se juntando a nós,
    não se assustem, eu não mordo.
  191. Estão se juntando a nós no estande
    Scientific American, às 13:11
  192. Diga o que estão fazendo com as crianças,
  193. vocês já estão as conhecendo e
    fazendo coisas incríveis, vamos ver.
  194. Incrível. Temos muitas práticas para
    crianças no estande Scientific American.
  195. Temos "Shark Finder", um projeto
    prático de ciências,
  196. onde crianças podem achar e descobrir
    novas ocorrências ou até
  197. novas espécies de tubarôes.
  198. Com certeza. Estamos muito animados.
    Temos quase um quarto de tonelada
  199. de fósseis que damos para
    o pessoal que faz boas perguntas.
  200. E esses fósseis são como este.
    - Posso segurar?
  201. - Com certeza.
    - Olha só isso. É um pouco pesado.
  202. O que eu estou segurando?
  203. Isso é uma vértebra de baleia.
    Uma baleia pequena. Estamos dando
  204. centenas de quilos de fósseis para
    as crianças.
  205. -Eu poderia ganharuma baleia?
    -Com certeza.
  206. Na verdade, você pode ficar com essa.
  207. Que legal.
  208. E temos práticas para crianças também.
    - O que é isso?
  209. Um grande osso de uma baleia
    que recuperamos de um pântano na Virgínia.
  210. As crianças podem sentar e
    segurar essas coisas,
  211. diferente de um museu.
    - Veja como é pesado
  212. - Tá bem, espere. Meu Deus.
  213. É até bom, porque não pude
    malhar de manhã, então estou gostando.
  214. Mas eu vou te devolver agora.
  215. Tivemos umas coisas bem interessantes
    acontecendo ontem no estande.
  216. Uma criança de 7 anos com a mãe,
    o garoto estava tão envolvido,
  217. ele adorava fósseis. Nós o
    colocamos com o professor
  218. da universidade de [?] , dr [?] e
    ele o fez assistente de laboratório
  219. no estande da Scientific American.
    - Isso é incrível
  220. O pesquisador de 7 anos de idade.
    - Então, se tratando de ciência,
  221. ele realmente será um
    assistente no laboratório agora.
  222. - Sim
    - Eu acho que deixamos claro que
  223. quando as pessoas vêm aqui,
    as crianças podem realmente
  224. procurar nos materiais e
    mexer nos fósseis sozinhos,
  225. não só segurar e passar adiante.
  226. Nós temos, é claro, essa
    incrível peça do megalodon
  227. que queremos mostrar às crianças
    e despertar seu interesse
  228. mas o que realmente nos interessa é
    mostrar às crianças o verdadeiro
  229. trabalho da ciência, os que entram
    no desconhecido que toda ciência entra,
  230. que os cientistas entram diariamente.
    Nós pedimos que elas ajudem
  231. em nossas pesquisas e, se eles
    fizerem um descoberta científica
  232. que seja relevante, ela será publicada
    e o nome deles aparece como descobridor
  233. de uma nova espécie ou qualquer coisa
    com relevância científica.
  234. Sabemos que temos pelo menos
    uma publicação saída desse evento
  235. até agora. E isso é porque
    temos que ver o fóssil antes
  236. que eles o coloquem em
    nosso recipiente,
  237. onde temos centenas de fósseis
    que as crianças acharam.
  238. Parece bem promissor que teremos
    várias descobertas.
  239. Obrigada. E tudo isso é parte
    de algo chamado "Citizen Science"?
  240. Podem explicar para as pessoas
    o que isso significa?
  241. Claro, "Citizen Sciences" é a ideia
    de que podemos introduzir à pessoa
  242. comum o real trabalho da ciência,
    então essa pessoa é um cidadão
  243. na ciência.
    - Isso é demais.
  244. Então, esse é o tempo que
    tínhamos hoje, pessoal.
  245. Eu sou Maria D'Christina,
    editora chefe da Scientific American
  246. falando ao vivo do andar
    de apresentações
  247. do Festival de
    Ciência e Engenharia dos EUA.
  248. Estamos aqui nos dias
    26 e 27 de abril,
  249. sábado e domingo, no Centro
    de Convenções Walter E. Washington
  250. aqui em Washington D.C.
  251. Espero que possa se juntar à nós
    hoje e amanhã
  252. para se inspirar com a ciência.