Return to Video

O que é o vórtex polar? | Best of the Blogs 12

  • 0:10 - 0:12
    Olá. Bem-vindos à rede de blogues
  • 0:12 - 0:14
    do Scientific American, de janeiro.
  • 0:14 - 0:16
    Sou Carin Bondar.
  • 0:16 - 0:19
    Este mês foi uma época louca para a rede.
  • 0:19 - 0:23
    Vamos andar a passear por todo o lado,
    desde situações climáticas extremas
  • 0:23 - 0:27
    a comportamento viral extrema,
  • 0:27 - 0:31
    até à psicologia evolutiva
    por trás da indústria em expansão
  • 0:31 - 0:34
    que é a pornografia com monstros.
  • 0:35 - 0:38
    Vou encaminhar-vos já para John Horgan
    que vos explicará já este primeiro.
  • 0:38 - 0:40
    A pornografia com monstros
  • 0:40 - 0:43
    é escrita sobretudo
    por mulheres, para mulheres
  • 0:43 - 0:47
    e envolve fantasias de mulheres
    a fazer sexo não consensual,
  • 0:47 - 0:51
    — pelo menos no início —
  • 0:51 - 0:56
    com o Homem das Neves,
    o Godzilla, o T-Rex,
  • 0:57 - 0:59
    com extraterrestres robóticos gigantescos,
  • 0:59 - 1:03
    todos os possíveis seres extravagantes
    que possam imaginar.
  • 1:03 - 1:05
    O ângulo que eu queria abordar
  • 1:05 - 1:10
    era que, não apenas
    o espírito humano em geral,
  • 1:10 - 1:15
    mas em especial o espírito feminino
    e a líbido feminina
  • 1:15 - 1:17
    são totalmente misteriosos.
  • 1:18 - 1:23
    Porque quem pode prever
    uma coisa tão louca
  • 1:23 - 1:24
    como pornografia com monstros?
  • 1:25 - 1:27
    Este mês, no seu blogue
    "A Amiba Astuta"
  • 1:27 - 1:30
    Jennifer Frazer dá-nos
    a história sobre um vírus
  • 1:30 - 1:33
    que conseguiu invadir
    um animal hospedeiro
  • 1:33 - 1:35
    a partir duma planta hospedeira.
  • 1:35 - 1:37
    Isto é extraordinário!
  • 1:38 - 1:40
    O vírus das manchas do tabaco
    normalmente causa problemas
  • 1:40 - 1:44
    em plantas como a soja,
    a framboesa e, claro, o tabaco.
  • 1:44 - 1:46
    Portanto, foi um choque
    quando os cientistas descobriram
  • 1:46 - 1:49
    que o vírus parecia ter invadido abelhas.
  • 1:49 - 1:51
    As abelhas e as plantas estão separadas
  • 1:51 - 1:53
    por cerca de 1600 milhões
    de anos de evolução.
  • 1:53 - 1:57
    Portanto, um salto de hospedeiro
    de tal dimensão é de ficar de boca aberta.
  • 1:58 - 2:00
    O vírus pode ter sido afetado
    por um alto ritmo de mutação
  • 2:00 - 2:03
    e também pelo facto de poder ser uma doença
    das plantas sexualmente transmissível.
  • 2:03 - 2:07
    O que significa que elas podem apanhar
    o vírus, a que chamamos pólen.
  • 2:07 - 2:10
    Como as abelhas chafurdam no pólen,
    com todo o gosto,
  • 2:10 - 2:13
    o vírus tem um motivo e uma oportunidade.
  • 2:13 - 2:16
    Quando os cientistas descobriram
    que o vírus se instalava confortavelmente
  • 2:16 - 2:20
    nas asas, nas antenas, nos nervos
    e no sangue das abelhas,
  • 2:20 - 2:23
    ficou claro que,
    por mais improvável que fosse,
  • 2:23 - 2:25
    o vírus também tinha os meios.
  • 2:26 - 2:30
    Todos temos consciência
    do maldito tempo frio
  • 2:30 - 2:34
    que tem feito em muitos locais
    na América do norte este mês.
  • 2:34 - 2:37
    Mark Fischetti vai explicar-nos
  • 2:37 - 2:41
    o que é este vórtex polar
    e porque é que estão a ocorrer
  • 2:41 - 2:44
    estas temperaturas frias
    em tempestades extremas.
  • 2:44 - 2:47
    Falamos deste vórtex polar
  • 2:47 - 2:50
    sempre que a temperatura desce,
    como se ele fosse uma fera mística
  • 2:50 - 2:53
    que desce do Polo Norte
    e nos envolve num abraço gelado.
  • 2:54 - 2:56
    Afinal, o que é esta coisa?
  • 2:57 - 3:00
    O meu blogue tem todos os pormenores,
    mas podem pensar nele assim:
  • 3:00 - 3:04
    O vórtex polar é um padrão
    de vento dominante que rodeia o Ártico,
  • 3:04 - 3:07
    soprando de ocidente para oriente
    em torno do planeta.
  • 3:08 - 3:10
    Normalmente, mantém-se
    lá no norte distante
  • 3:10 - 3:12
    e prende o ar frio junto do Polo Norte,
  • 3:12 - 3:15
    mas, por vezes, o vórtex enfraquece
  • 3:15 - 3:18
    e permite que o ar frio percorra o Canadá
    e chegue aos EUA.
  • 3:19 - 3:22
    Quando isso acontece, o vórtex também
    pode empurrar o fluxo de jato
  • 3:22 - 3:25
    muito para sul e mantê-lo aí,
  • 3:25 - 3:28
    pelo que ficamos com dias frios,
    durante dias.
  • 3:29 - 3:33
    Para começar, o que é
    que faz o vórtex enfraquecer?
  • 3:34 - 3:37
    Vão ter que ler o blogue para os pormenores,
    mas deixo aqui uma pista:
  • 3:37 - 3:41
    tem muito a ver com a perda
    do gelo do mar ártico no verão.
  • 3:42 - 3:44
    Aqui têm, uma pequena amostra
  • 3:44 - 3:46
    de alguns dos mais destacados
    da rede de blogues de janeiro
  • 3:46 - 3:48
    do Scientific American.
  • 3:48 - 3:50
    Vejam todos os vossos blogues preferidos.
  • 3:50 - 3:54
    Há muitas histórias fixes todas as semanas.
  • 3:54 - 3:56
    Eu fui buscar estes só entre alguns deles
  • 3:56 - 3:58
    e voltarei a fazer o mesmo em fevereiro.
  • 3:59 - 4:01
    Tradução de Margarida Ferreira.
Title:
O que é o vórtex polar? | Best of the Blogs 12
Description:

Vejam os posts mais fixes de janeiro de 2014, da rede de blogues do Scientific American. Carin Bondar. bióloga, é a nossa anfitriã.

more » « less
Video Language:
English
Team:
Scientific American
Project:
Best of the Blogs
Duration:
04:11

Portuguese subtitles

Revisions Compare revisions