YouTube

Got a YouTube account?

New: enable viewer-created translations and captions on your YouTube channel!

Portuguese subtitles

← O que é o vórtex polar? | Best of the Blogs 12

Vejam os posts mais fixes de janeiro de 2014, da rede de blogues do Scientific American. Carin Bondar. bióloga, é a nossa anfitriã.

Get Embed Code
20 Languages

Showing Revision 3 created 10/18/2015 by Margarida Ferreira.

  1. Olá. Bem-vindos à rede de blogues

  2. do Scientific American, de janeiro.
  3. Sou Carin Bondar.
  4. Este mês foi uma época louca para a rede.
  5. Vamos andar a passear por todo o lado,
    desde situações climáticas extremas
  6. a comportamento viral extrema,
  7. até à psicologia evolutiva
    por trás da indústria em expansão
  8. que é a pornografia com monstros.
  9. Vou encaminhar-vos já para John Horgan
    que vos explicará já este primeiro.
  10. A pornografia com monstros
  11. é escrita sobretudo
    por mulheres, para mulheres
  12. e envolve fantasias de mulheres
    a fazer sexo não consensual,
  13. — pelo menos no início —
  14. com o Homem das Neves,
    o Godzilla, o T-Rex,
  15. com extraterrestres robóticos gigantescos,
  16. todos os possíveis seres extravagantes
    que possam imaginar.
  17. O ângulo que eu queria abordar
  18. era que, não apenas
    o espírito humano em geral,
  19. mas em especial o espírito feminino
    e a líbido feminina
  20. são totalmente misteriosos.
  21. Porque quem pode prever
    uma coisa tão louca
  22. como pornografia com monstros?
  23. Este mês, no seu blogue
    "A Amiba Astuta"
  24. Jennifer Frazer dá-nos
    a história sobre um vírus
  25. que conseguiu invadir
    um animal hospedeiro
  26. a partir duma planta hospedeira.
  27. Isto é extraordinário!
  28. O vírus das manchas do tabaco
    normalmente causa problemas
  29. em plantas como a soja,
    a framboesa e, claro, o tabaco.
  30. Portanto, foi um choque
    quando os cientistas descobriram
  31. que o vírus parecia ter invadido abelhas.
  32. As abelhas e as plantas estão separadas
  33. por cerca de 1600 milhões
    de anos de evolução.
  34. Portanto, um salto de hospedeiro
    de tal dimensão é de ficar de boca aberta.
  35. O vírus pode ter sido afetado
    por um alto ritmo de mutação
  36. e também pelo facto de poder ser uma doença
    das plantas sexualmente transmissível.
  37. O que significa que elas podem apanhar
    o vírus, a que chamamos pólen.
  38. Como as abelhas chafurdam no pólen,
    com todo o gosto,
  39. o vírus tem um motivo e uma oportunidade.
  40. Quando os cientistas descobriram
    que o vírus se instalava confortavelmente
  41. nas asas, nas antenas, nos nervos
    e no sangue das abelhas,
  42. ficou claro que,
    por mais improvável que fosse,
  43. o vírus também tinha os meios.
  44. Todos temos consciência
    do maldito tempo frio
  45. que tem feito em muitos locais
    na América do norte este mês.
  46. Mark Fischetti vai explicar-nos
  47. o que é este vórtex polar
    e porque é que estão a ocorrer
  48. estas temperaturas frias
    em tempestades extremas.
  49. Falamos deste vórtex polar
  50. sempre que a temperatura desce,
    como se ele fosse uma fera mística
  51. que desce do Polo Norte
    e nos envolve num abraço gelado.
  52. Afinal, o que é esta coisa?
  53. O meu blogue tem todos os pormenores,
    mas podem pensar nele assim:
  54. O vórtex polar é um padrão
    de vento dominante que rodeia o Ártico,
  55. soprando de ocidente para oriente
    em torno do planeta.
  56. Normalmente, mantém-se
    lá no norte distante
  57. e prende o ar frio junto do Polo Norte,
  58. mas, por vezes, o vórtex enfraquece
  59. e permite que o ar frio percorra o Canadá
    e chegue aos EUA.
  60. Quando isso acontece, o vórtex também
    pode empurrar o fluxo de jato
  61. muito para sul e mantê-lo aí,
  62. pelo que ficamos com dias frios,
    durante dias.
  63. Para começar, o que é
    que faz o vórtex enfraquecer?
  64. Vão ter que ler o blogue para os pormenores,
    mas deixo aqui uma pista:
  65. tem muito a ver com a perda
    do gelo do mar ártico no verão.
  66. Aqui têm, uma pequena amostra
  67. de alguns dos mais destacados
    da rede de blogues de janeiro
  68. do Scientific American.
  69. Vejam todos os vossos blogues preferidos.
  70. Há muitas histórias fixes todas as semanas.
  71. Eu fui buscar estes só entre alguns deles
  72. e voltarei a fazer o mesmo em fevereiro.
  73. Tradução de Margarida Ferreira.