Portuguese, Brazilian subtitles

← 06-04 More Theory On Cloud Endpoints

Get Embed Code
4 Languages

Showing Revision 3 created 09/29/2014 by Fran Ontanaya.

  1. Okay, vamos entrar em
    mais alguns detalhes sobre
  2. Cloud Endpoints. Você provavelmente
    se lembra desta imagem da Aula 2
  3. onde nós apresentamos
    Cloud Endpoints e onde nós
  4. descrevemos esta competência
    de criar uma API que você
  5. poderia usar para criar aplicativos
    cliente para diferentes
  6. dispositivos. Bem, você deve
    estar se perguntando agora porque
  7. Cloud Endpoints é tão diferente
    de um protocolo HTTP puro?
  8. Por exemplo, uma API REST.
    Vamos dar uma olhada nisto.
  9. Quando usamos Cloud Endpoints,
    ele permite que o ambiente
  10. de desenvolvimento inspecione
    e tenha ciência da sua
  11. API. Isto tem multiplos valores.
    Primeiramente,
  12. design de aplicativo. Quando você estiver
    criando o fundo do seu aplicativo, você
  13. pode focar em um design
    de aplicativo de alto nível
  14. e você não precisa pensar em
    baixo nível de sintaxe e semântica
  15. comunicativa. Cloud Endpoints
    também realiza geração de biblioteca
  16. de cliente nativo para uma
    variedade de diferentes idiomas.
  17. Isto ajuda bastante em muitas coisas.
  18. Por exemplo, comunicação
    e estabelecimento de conectividade
  19. e gerenciamento de erros
    para que você não precise lidar com
  20. erros de comunicação de baixo nível.
    Mas também funções de alto nível
  21. como a autenticação de usuário que
    nós usamos para a Central de Conferência.
  22. E também, como sua API pode ser esperada,
  23. o Google pode fornecer várias
    ferramentas ao redor dela.
  24. O navegador da API é somente
    um exemplo de tais ferramentas,
  25. o que é extremamente útil.
    Assim, Cloud Endpoints é uma
  26. ótima maneira de desenvolver APIs sólidas,
  27. faceis de usar e com portabilidade
    entre dispositivos e idiomas.
  28. E pode ser usado com ferramentas,
    como o navegador API.
  29. Bom negócio, em outras palavras.
  30. Já que ele permite que você se foque
    no seu aplicativo e deixe o Google
  31. tomar conta de todos os
    detalhes menos importantes.
  32. Vamos ver agora Cloud Endpoints
    no seu ambiente de desenvolvimento.