Return to Video

Que horas são em Marte?

  • 0:01 - 0:05
    Provavelmente, já todos viram
    o filme "Perdido em Marte".
  • 0:05 - 0:10
    Mas, se não viram, é um filme
    sobre um astronauta
  • 0:09 - 0:13
    que fica preso em Marte
    e luta para se manter vivo
  • 0:14 - 0:18
    até a Terra enviar uma missão de resgate
    para o fazer regressar à Terra.
  • 0:19 - 0:21
    Felizmente, a certa altura
  • 0:21 - 0:25
    restabelecem a comunicação
    com o personagem, o astronauta Watney,
  • 0:25 - 0:30
    e ele não se sente tão só em Marte
    até conseguir ser salvo.
  • 0:31 - 0:34
    Quer tenham visto o filme,
    quer não,
  • 0:34 - 0:35
    quando pensam em Marte,
  • 0:35 - 0:40
    provavelmente pensam
    em como está longe e distante.
  • 0:40 - 0:43
    Mas o que talvez não vos tenha ocorrido,
  • 0:43 - 0:47
    é como é realmente a logística
    de trabalhar noutro planeta,
  • 0:47 - 0:49
    de viver em dois planetas
  • 0:49 - 0:55
    quando há pessoas na Terra
    e há veículos ou pessoas em Marte.
  • 0:55 - 0:59
    Pensem quando têm amigos,
    família ou colegas de trabalho
  • 0:59 - 1:02
    na Califórnia, na Costa Ocidental
    ou noutras partes do mundo.
  • 1:02 - 1:04
    Quando tentam comunicar com eles,
  • 1:04 - 1:07
    uma das coisas em que
    pensam primeiro é:
  • 1:07 - 1:09
    "Espera, que horas são na Califórnia?
  • 1:09 - 1:12
    "Vamos acordá-los? Podemos ligar?"
  • 1:12 - 1:15
    Se precisam de trabalhar
    com colegas que estão na Europa,
  • 1:15 - 1:17
    pensam imediatamente:
  • 1:17 - 1:22
    O que é preciso para coordenar
    a comunicação
  • 1:22 - 1:25
    quando as pessoas estão tão longe?
  • 1:25 - 1:31
    Neste momento, não temos pessoas em Marte,
    mas temos veículos.
  • 1:31 - 1:36
    Neste momento, no Curiosity,
    são 6:10 da manhã.
  • 1:36 - 1:39
    São 6:10 da manhã em Marte.
  • 1:39 - 1:41
    Temos quatro veículos em Marte.
  • 1:42 - 1:45
    Os EUA puseram quatro veículos em Marte
    em meados dos anos 90
  • 1:45 - 1:49
    e eu tenho tido o privilégio
    de trabalhar com três deles.
  • 1:49 - 1:54
    Sou engenheira espacial,
    engenheira de operações espaciais
  • 1:54 - 1:59
    no Laboratório de Propulsão a Jato
    da NASA, em Los Angeles, na Califórnia.
  • 1:59 - 2:03
    Estes veículos são
    os nossos emissários robôs.
  • 2:03 - 2:09
    São os nossos olhos e ouvidos,
    veem o planeta por nossa conta
  • 2:09 - 2:12
    enquanto não pudermos enviar pessoas.
  • 2:12 - 2:16
    Aprendemos a funcionar noutros planetas
    por intermédio destes veículos.
  • 2:17 - 2:21
    Antes de enviarmos pessoas,
    enviamos robôs.
  • 2:21 - 2:25
    A razão por que há uma diferença de hora
    em Marte, neste momento,
  • 2:25 - 2:27
    em relação à hora que temos aqui
  • 2:27 - 2:31
    é porque o dia marciano
    é maior do que o dia da Terra.
  • 2:31 - 2:34
    O dia na Terra tem 24 horas
  • 2:34 - 2:37
    porque é esse o tempo
    que demora a rotação da Terra,
  • 2:37 - 2:39
    o tempo que ela leva a fazer uma rotação.
  • 2:39 - 2:41
    Portanto, o nosso dia tem 24 horas.
  • 2:42 - 2:48
    Marte demora 24 horas e cerca
    de 40 minutos na sua rotação.
  • 2:48 - 2:55
    Assim, em Marte, o dia tem mais 40 minutos
    do que o dia na Terra.
  • 2:55 - 3:00
    As equipas de pessoas, que estão
    a funcionar com os veículos, em Marte,
  • 3:00 - 3:06
    estão a viver na Terra,
    mas trabalham em Marte.
  • 3:07 - 3:12
    Temos que pensar como se estivéssemos
    em Marte, com os veículos.
  • 3:12 - 3:15
    O nosso trabalho, o trabalho desta equipa,
    de que eu faço parte,
  • 3:15 - 3:18
    é enviar ordens para o veículo
  • 3:18 - 3:21
    para lhe dizer o que deve fazer
    no dia seguinte.
  • 3:21 - 3:25
    Dizer-lhe para andar ou escavar
    ou o que quer que seja que deve fazer.
  • 3:26 - 3:30
    Enquanto está a dormir
    — e o veículo dorme de noite
  • 3:30 - 3:33
    porque precisa de carregar
    as baterias
  • 3:33 - 3:36
    e precisa de se proteger
    contra a noite fria de Marte.
  • 3:36 - 3:38
    Por isso, dorme.
  • 3:39 - 3:43
    É enquanto está a dormir que trabalhamos
    no programa para o dia seguinte.
  • 3:43 - 3:46
    Portanto, eu trabalho no turno
    da noite marciana.
  • 3:46 - 3:47
    (Risos)
  • 3:48 - 3:54
    A fim de trabalhar na Terra
    à mesma hora, todos os dias, em Marte
  • 3:54 - 3:57
    — digamos que preciso de trabalhar
    às 5:00 da tarde,
  • 3:57 - 4:02
    esta equipa precisa de estar a trabalhar
    às 5:00 da tarde, em Marte, todos os dias —
  • 4:02 - 4:09
    temos que ir trabalhar, na Terra,
    40 minutos mais tarde, todos os dias,
  • 4:10 - 4:12
    para ficarmos sincronizados com Marte.
  • 4:13 - 4:15
    É como mudarmos de fuso horário
    todos os dias.
  • 4:16 - 4:17
    Um dia chegamos às 8:00,
  • 4:18 - 4:21
    no dia seguinte,
    40 minutos depois, às 8:40,
  • 4:21 - 4:24
    no dia seguinte,
    40 minutos depois, às 9:20,
  • 4:24 - 4:26
    no dia seguinte, às 10:00.
  • 4:26 - 4:29
    Avançamos 40 minutos, cada dia,
  • 4:29 - 4:32
    até que começamos a trabalhar
    a meio da noite
  • 4:32 - 4:34
    — a meio da noite, na Terra.
  • 4:34 - 4:38
    Podem imaginar a confusão que isto é.
  • 4:38 - 4:40
    Daí, o relógio Marte.
  • 4:40 - 4:41
    (Risos)
  • 4:41 - 4:45
    Os pesos neste relógio
    foram ajustados mecanicamente
  • 4:45 - 4:47
    para ele funcionar mais devagar.
  • 4:47 - 4:49
    Mas não começámos...
  • 4:49 - 4:51
    Eu arranjei este relógio em 2004,
  • 4:51 - 4:55
    quando o Spirit e o Opportunity
    eram os veículos dessa altura.
  • 4:55 - 4:56
    Não começámos a pensar
  • 4:56 - 4:59
    que íamos precisar de relógios de Marte.
  • 4:59 - 5:03
    Pensámos que íamos ter as horas
    nos computadores
  • 5:03 - 5:07
    e nos ecrãs de controlo da missão,
    e seria o suficiente.
  • 5:07 - 5:08
    Mas nem por isso.
  • 5:08 - 5:11
    Porque não estávamos
    só a trabalhar com a hora de Marte,
  • 5:11 - 5:14
    estávamos a viver na hora de Marte.
  • 5:14 - 5:19
    Ficámos logo confusos
    quanto à hora em que estávamos.
  • 5:19 - 5:22
    Precisávamos duma coisa no pulso
    que nos dissesse:
  • 5:23 - 5:26
    Que horas são na Terra?
    Que horas são em Marte?
  • 5:26 - 5:32
    Não era só a hora em Marte
    que era confuso.
  • 5:32 - 5:37
    Também precisávamos de poder
    falar nas horas uns com os outros.
  • 5:38 - 5:43
    Assim, um "sol" é um dia marciano
    — repito, 24 horas e 40 minutos.
  • 5:43 - 5:46
    Quando falamos de qualquer coisa
    que está a acontecer na Terra,
  • 5:46 - 5:48
    dizemos "hoje".
  • 5:48 - 5:51
    Para Marte, dizemos "tosol".
  • 5:51 - 5:53
    (Risos)
  • 5:54 - 5:59
    Ontem, passa a ser "yestersol",
    para Marte.
  • 5:59 - 6:03
    Mas não começámos por pensar:
    "Oh, vamos inventar uma língua".
  • 6:03 - 6:05
    Só que era tudo muito confuso.
  • 6:05 - 6:07
    Lembro-me de alguém
    me ter dito:
  • 6:07 - 6:10
    "Gostava de fazer esta atividade
    com o veículo, amanhã".
  • 6:10 - 6:16
    E eu: "Amanhã, amanhã,
    ou amanhã em Marte?"
  • 6:16 - 6:18
    Começámos com esta terminologia
  • 6:18 - 6:21
    porque precisávamos de uma forma
    de falarmos uns com os outros.
  • 6:21 - 6:22
    (Risos)
  • 6:23 - 6:27
    Amanhã passou a ser
    "nextersol" ou "solorrow".
  • 6:27 - 6:31
    As pessoas têm preferências diferentes
    para as palavras que usam.
  • 6:31 - 6:35
    Há quem diga "soda"
    e quem diga "Coca-cola".
  • 6:35 - 6:38
    Por isso, temos quem diga "nextersol"
    e quem diga "solorrow".
  • 6:39 - 6:40
    Uma coisa em que reparei,
  • 6:41 - 6:44
    uns anos depois
    de trabalhar nestas missões,
  • 6:44 - 6:49
    foi que as pessoas que trabalham
    com os veículos, dizemos "tosol".
  • 6:48 - 6:52
    As pessoas que trabalham nas missões
    em que não os veículos estão parados
  • 6:52 - 6:54
    dizem "tosoul".
  • 6:54 - 6:59
    Por isso, posso dizer em que missão
    alguém trabalhou, pelo sotaque marciano.
  • 6:59 - 7:02
    (Risos)
  • 7:02 - 7:06
    Temos os relógios e a língua,
    e estamos a detetar um tema, não é?
  • 7:06 - 7:08
    Para não ficarmos confusos.
  • 7:09 - 7:13
    Até a luz do dia na Terra
    nos pode confundir.
  • 7:13 - 7:16
    Se pensarem que, neste momento,
    começam a trabalhar
  • 7:15 - 7:17
    e estamos a meio da noite marciana
  • 7:17 - 7:21
    e a luz entra a jorros pela janela,
  • 7:21 - 7:23
    isso também é muito confuso.
  • 7:23 - 7:26
    Assim, vemos nesta imagem
    da sala de controlo
  • 7:26 - 7:28
    que os estores estão todos fechados,
  • 7:28 - 7:31
    para não haver luz que nos distraia.
  • 7:31 - 7:33
    Todos os estores do edifício
    estavam fechados
  • 7:33 - 7:35
    uma semana antes da aterragem
  • 7:35 - 7:39
    e só foram abertos
    quando saímos do tempo de Marte.
  • 7:39 - 7:43
    Isto também funciona lá em casa.
  • 7:43 - 7:46
    Já estive nas horas de Marte três vezes,
    e o meu marido também.
  • 7:46 - 7:48
    Vamos lá preparar-nos
    para as horas de Marte.
  • 7:48 - 7:53
    Pusemos película em todas as janelas
    e cortinas e sombras escuras
  • 7:53 - 7:56
    porque isto também afeta
    as nossas famílias.
  • 7:56 - 8:01
    Eu estava a viver num ambiente
    escurecido, e ele também.
  • 8:02 - 8:03
    Mas ele habituou-se a isso.
  • 8:03 - 8:07
    Depois, recebia uns emails lamentosos
    quando ele estava a trabalhar:
  • 8:07 - 8:10
    "Posso ir para casa? Estás acordada?"
  • 8:11 - 8:14
    "Que horas são em Marte?"
  • 8:14 - 8:16
    E eu decidi:
    "Ok, ele precisa de um relógio de Marte".
  • 8:16 - 8:18
    (Risos)
  • 8:18 - 8:22
    Ma, claro, estamos em 2016,
    há uma aplicação para isso.
  • 8:22 - 8:24
    (Risos)
  • 8:24 - 8:28
    Agora, em vez de relógios,
    podemos usar os telemóveis.
  • 8:29 - 8:33
    Mas o impacto nas famílias
    era bastante mais amplo.
  • 8:33 - 8:37
    Não se tratava apenas dos que
    estavam a trabalhar com os veículos,
  • 8:37 - 8:39
    tratava-se também das nossas famílias.
  • 8:39 - 8:41
    Este é David Oh,
    um dos diretores de voo.
  • 8:41 - 8:46
    Está na praia, em Los Angeles,
    com a família, à 1;00 da manhã.
  • 8:46 - 8:47
    (Risos)
  • 8:47 - 8:50
    Como aterrámos em agosto
  • 8:50 - 8:55
    e os filhos dele só têm que ir
    para a escola em setembro,
  • 8:55 - 8:59
    andaram na hora de Marte com o pai
    durante um mês.
  • 9:00 - 9:04
    Levantavam-se 40 minutos
    mais tarde, todos os dias,
  • 9:04 - 9:07
    e viviam segundo o horário
    de trabalho do pai.
  • 9:07 - 9:10
    Viveram na hora de Marte durante um mês
    e tiveram grandes aventuras,
  • 9:10 - 9:12
    como irem jogar "bowling"
    a meio da noite
  • 9:13 - 9:14
    ou irem para a praia.
  • 9:14 - 9:17
    Uma das coisas
    que todos nós descobrimos,
  • 9:18 - 9:22
    é que podemos ir a qualquer lado
    em Los Angeles
  • 9:22 - 9:25
    às 3:00 da manhã,
    quando não há trânsito.
  • 9:25 - 9:27
    (Risos)
  • 9:27 - 9:28
    Nós saíamos do trabalho
  • 9:28 - 9:31
    e não queríamos ir para casa,
    perturbar as nossas famílias.
  • 9:31 - 9:34
    Tínhamos fome mas, em vez
    de ir comer qualquer coisa ali perto,
  • 9:34 - 9:38
    dizíamos: "Há um ótimo restaurante
    aberto toda a noite, em Long Beach.
  • 9:38 - 9:41
    "Chegamos lá em 10 minutos".
  • 9:40 - 9:44
    Metíamo-nos nos carros
    — era como nos anos 60, sem trânsito.
  • 9:43 - 9:47
    Chegávamos lá e o dono
    do restaurante dizia:
  • 9:47 - 9:49
    "Quem é que vocês são?
  • 9:50 - 9:54
    "Porque é que vêm ao meu restaurante
    às 3:00 da manhã?"
  • 9:54 - 9:59
    Acabavam por perceber
    que eram grupos de marcianos,
  • 10:00 - 10:04
    vagueando pela estradas de LA,
    a meio da noite
  • 10:05 - 10:07
    — a meio da noite da Terra.
  • 10:08 - 10:12
    Na verdade, começámos
    a chamar-nos marcianos.
  • 10:13 - 10:18
    Os que vivíamos na hora de Marte
    referíamo-nos uns as outros como marcianos
  • 10:18 - 10:21
    e aos restantes como terráqueos.
  • 10:21 - 10:22
    (Risos)
  • 10:23 - 10:29
    Isto porque, quando avançamos
    um fuso horário por dia,
  • 10:28 - 10:34
    começamos a sentir-nos separados
    das outras pessoas todas.
  • 10:35 - 10:38
    Estamos, literalmente, no nosso mundo.
  • 10:39 - 10:42
    Por isso, tenho este botão que diz:
  • 10:42 - 10:46
    "Sobrevivi à hora de Marte.
    Sol 0-90".
  • 10:46 - 10:48
    Há uma imagem no ecrã.
  • 10:49 - 10:54
    Temos estes botões
    porque trabalhamos na hora de Marte
  • 10:54 - 10:59
    para sermos tão eficazes quanto possível
    com os veículos em Marte,
  • 10:59 - 11:02
    para usarmos o nosso tempo
    o melhor possível.
  • 11:02 - 11:05
    Mas não ficamos na hora de Marte
    mais de três ou quatro meses.
  • 11:06 - 11:08
    Por fim, mudámos para uma hora
    de Marte modificada,
  • 11:08 - 11:11
    que é aquela em que estamos
    agora a trabalhar.
  • 11:11 - 11:15
    Porque é duro para o nosso corpo,
    é duro para as nossas famílias.
  • 11:15 - 11:21
    Tínhamos investigadores do sono
    que nos estavam a estudar
  • 11:20 - 11:25
    porque é invulgar que os seres humanos
    tentem aumentar o dia.
  • 11:25 - 11:30
    Faziam experiências
    de privação de sono, em 30 de nós.
  • 11:30 - 11:34
    Eu chegava, fazia o teste
    e adormecia sempre,
  • 11:35 - 11:41
    porque, repito, isso acabava
    por ser duro para o nosso corpo.
  • 11:41 - 11:44
    Apesar de ser uma coisa fantástica.
  • 11:45 - 11:48
    Foi uma enorme experiência de união
    com os outros membros da equipa
  • 11:49 - 11:51
    mas muito difícil de aguentar.
  • 11:52 - 11:56
    Estas missões são
    os nossos primeiros passos
  • 11:56 - 11:58
    no sistema solar.
  • 11:59 - 12:04
    Estamos a aprender como viver
    em mais de um planeta.
  • 12:04 - 12:09
    Estamos a mudar a nossa perspetiva
    para sermos multiplanetários.
  • 12:09 - 12:12
    Da próxima vez que virem
    um filme da Star Wars
  • 12:12 - 12:16
    e haja pessoas a passar
    do sistema Dagoban para o Tatooine,
  • 12:16 - 12:21
    pensem o que significa
    ter pessoas espalhadas por tão longe.
  • 12:21 - 12:24
    No que isso significa, em termos
    das distâncias entre elas,
  • 12:24 - 12:28
    como se vão sentir separadas
    umas das outras
  • 12:28 - 12:31
    e na logística das horas.
  • 12:33 - 12:36
    Ainda não enviámos pessoas
    para Marte, mas esperamos fazê-lo.
  • 12:37 - 12:40
    Entre empresas, como a Spacex e a NASA
  • 12:40 - 12:44
    e toda as agências espaciais
    internacionais do mundo,
  • 12:44 - 12:48
    esperamos fazer isso
    nas próximas décadas.
  • 12:48 - 12:54
    Em breve teremos pessoas em Marte
    e seremos multiplanetários.
  • 12:54 - 12:56
    O jovem ou a jovem
  • 12:57 - 13:04
    que forem para Marte poderão estar
    aqui neste público ou estar hoje a ouvir.
  • 13:04 - 13:10
    Eu queria trabalhar no JPL,
    nestas missões, desde os meus 14 anos
  • 13:10 - 13:12
    e tenho o privilégio de o fazer.
  • 13:12 - 13:16
    Esta é uma época memorável
    no programa espacial.
  • 13:16 - 13:19
    Estamos todos juntos nesta jornada.
  • 13:20 - 13:25
    Da próxima vez que pensarem
    que não têm tempo que chegue no vosso dia,
  • 13:25 - 13:29
    lembrem-se, é apenas uma questão
    da vossa perspetiva terráquea.
  • 13:29 - 13:31
    Obrigada.
  • 13:31 - 13:34
    (Aplausos)
Title:
Que horas são em Marte?
Speaker:
Nagin Cox
Description:

Nagin Cox é uma marciana de primeira geração. Enquanto engenheira espacial no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, Cox trabalha na equipa que gere os veículos dos EUA em Marte. Mas trabalhar das 9 às 5, noutro planeta — cujo dia é 40 minutos mais comprido do que o da Terra — tem desafios especiais e, muitas veze, cómicos.

more » « less
Video Language:
English
Team:
TED
Project:
TEDTalks
Duration:
13:47
Margarida Ferreira approved Portuguese subtitles for What time is it on Mars?
Margarida Ferreira edited Portuguese subtitles for What time is it on Mars?
Mafalda Ferreira accepted Portuguese subtitles for What time is it on Mars?
Mafalda Ferreira edited Portuguese subtitles for What time is it on Mars?
Margarida Ferreira edited Portuguese subtitles for What time is it on Mars?
Margarida Ferreira edited Portuguese subtitles for What time is it on Mars?
Margarida Ferreira edited Portuguese subtitles for What time is it on Mars?
Rita Belo edited Portuguese subtitles for What time is it on Mars?
Show all

Portuguese subtitles

Revisions