YouTube

Got a YouTube account?

New: enable viewer-created translations and captions on your YouTube channel!

Portuguese, Brazilian subtitles

← Visões Múltiplas de Meriem Bennani |Art21 "New York Close Up"

Get Embed Code
5 Languages

Showing Revision 9 created 11/18/2017 by Flavia Carvalho.

  1. [ BARULHO DO MOUSE]
  2. ["New York Close Up "]
  3. [Espirro]
  4. Eu acho difícil me conectar com
  5. coisas que não tem humor
  6. porque pra mim, humor é sobrevivência
  7. Eu não imagino viver sem senso de humor
  8. [Visões Múltiplas de Meriem Bennani]
  9. Eu cresci em Rabat, Marrocos
  10. e morei em Nova York por nove anos.
  11. Eu fiz minha primeira exibição no museu PS1 no último verão
  12. Eu mal podia acreditar, mas mantive a calma.
  13. Eu estava muito anciosa.
  14. Eu tive um mês e meio para preparar.
  15. eu tinha minhas passagens para ir para Marrocos na semana seguinte.
  16. e eu estava decidida que iria observar e filmar tudo
  17. e fazer uma espécie de diário
  18. das minhas duas semanas lá.
  19. Eu queria enfrentar esse desafio
  20. e usá-lo de uma forma que eu ainda não tinha visto
  21. [Musica tocando]
  22. [FLY SINGS RIHANNA'S "KISS IT BETTER"]
    ♪ Kiss it, kiss it better, baby ♪
  23. Eu fiz um besouro em 3D.
  24. E ele vai te acompanhar nessa tour.
  25. Ele é tipo o contador de histórias.
  26. Uma característica do besouro é
  27. que sua visão composta pode ser comparada
  28. a uma analogia direta à sala com doze telas
  29. e vários diferentes ângulos de vídeo.
  30. Vídeo pra mim é novo.
  31. O que eu sempre fiz foi desenhar.
  32. O que eu gosto é, com o vídeo,
  33. em menos de um segundo , você sabe onde está.
  34. Eu uso as filmagens apenas como material,
  35. e não para conteúdo realístico,
  36. uso como um material
  37. direcionado para o que não é conectado com a realidade
  38. Eu começei a fazer esses vídeos curtos
  39. onde eu veria algo e imaginaria o que poderia ser adicionado
  40. ou removido ou manipulado.
  41. Seria rápido, tipo quinze segundos de vídeo--
  42. era o tempo no Instagram antes de mudar pra um minuto--
  43. havia uma liberdade e prazer naquilo.
  44. [Música tocando]
  45. Nessa última primavera, eu fui contratada pela Dubai Art
  46. para fazer uma instalação.
  47. E então eu fiz essas quatro esculturas
  48. que na verdade eram cabines.
  49. Elas foram desenhadas de uma forma que faz você querer se sentar--
  50. elas são muito confortáveis,
  51. quando você se senta é surpreendido
  52. sua cabeça é direcionada para cima e você vê uma tela com vídeo
  53. [MULHER] Ação
  54. -- Tem um casal Egípicio e o rapaz homem diz:
  55. -- " Você viu as estrelas querida ? "
  56. -- E a moça diz : " Oh querido , sim !"
  57. [Essa residencia não é linda ?]
  58. [Eu?]
  59. Quando eu vou à Marrocos,
  60. Eu fico rodeada de mulheres que são poderosas ou muito carismáticas.
  61. Eu filmei quatro mulheres da mesma família.
  62. Mas, ao mesmo tempo, elas estão sempre entre
  63. serem membros da mesma familia e serem personagens.
  64. [MULHER EM FRANCES] -- Eu trabalho como representante médica comercial.
  65. -- Sou divorciada, sem crianças.
  66. Há dois extremos, sabe.
  67. Por um lado, emocionalmente eu me sinto como um monstro
  68. que coloca os membros da família numa armadilha desse mundo digital.
  69. E o outro extremo é como
  70. [CAMERA CLICKS]
  71. Amar e celebrar a família totalmente.
  72. Eu acho que os dois são necessários
  73. e da diferença entre ambos
  74. é criado um potencial para uma narrativa.
  75. Se você acha que o tempo gasto em um vídeo
  76. é de cem horas,
  77. Eu gasto talvez uma hora com elas
  78. e noventa e nove horas editando--
  79. olhando para seus rostos e analisando cena por cena.
  80. Elas nem tem idéia que eu passo tanto tempo com elas
  81. enquanto eu estou em Nova York.
  82. Eu gosto disso.
  83. Eu fui convidada pelo Fundo de Arte Pública
  84. e eu fiz um vídeo para a Barclays Center óculos 3D
  85. O vídeo retrata bem
  86. figuras unidimensionais de Muçulmanas.
  87. Como eu sabia que esse vídeo seria exibido publicamente,
  88. Eu achei necessário ser mais sério
  89. e abordar as mulheres que vestem hijab.
  90. O nome do vídeo foi " Seu Ano "
  91. e mostrava uma linha de tempo secular
    de feriados muçulmanos na América.
  92. Eu não queria que o vídeo fosse piada,
  93. mas sim para dar suporte à
  94. mulheres vestindo hijab nos locais onde elas assistiriam esse vídeo.
  95. Eu fiz uma abordagem diferente,
  96. que foi na verdade fazer mais pesquisas,
  97. conversar com mulheres que vestem hijab--
  98. que pensam sobre isso, que escrevem sobre isso--
  99. na América atual.
  100. Estar em Nova York,
  101. com Trump, depois dessa eleição--
  102. está de fato me afetando profundamente,
  103. Crescendo em Marrocos, eu nunca pensei em mim mesma
  104. por exemplo, como uma Árabe.
  105. Apesar de eu ser, sabe ?
  106. Eu nunca pensei dessa forma.
  107. E estando aqui
  108. com a proibição de entrada que coloca sete países
    nesta situação
  109. pela primeira vez eu senti isso.
  110. Eu não quero ser uma artista marroquina ou muçulmana.
  111. Eu só quero ser uma artista
  112. que está fazendo projeto sobre árvores.
  113. --Posso tocá-la ?
  114. -- Ela é amigável ?
  115. --Ela não morde ?
  116. O que esse clima político faz
  117. é que ele te faz pensar constantemente sobre sua identidade.
  118. E a minha reação à isso
  119. tem sido fazer trabalhos que
  120. em si não adere a um gênero ou a uma identidade.
  121. Tem haver comigo não querer
  122. me definir em um estereotipo.