YouTube

Got a YouTube account?

New: enable viewer-created translations and captions on your YouTube channel!

Portuguese, Brazilian subtitles

← Ocanos Saudáveis: Soluções para os Impactos Humanos | Academia de Ciências da Califórnia

Get Embed Code
9 Languages

Showing Revision 4 created 08/05/2017 by Fabricio Fraga.

  1. ♪ (musica de introdução) ♪
  2. Oceanos Saudáveis: Soluções para
    os Impactos Humanos
  3. Ouvimos muito sobre a pesca
    excessiva nos oceanos
  4. mas às vezes a pesca é a solução
    para os problemas enfrentados pelos mares.
  5. Este é o cientista acadêmico Luiz Rocha
  6. capturando peixes leão no Caribe.
  7. O peixe leão é um invasor na região
    e está devorando os peixes nativos,
  8. ameaçando várias espécies.
  9. Espécies invasoras é um termo
  10. que os cientistas usam
    para descrever espécies
  11. que não estão onde deveriam estar.
  12. Eles foram transportados
    de um local para outro, por humanos,
  13. e então introduzidos em um ambiente
    ao qual não pertencem.
  14. Peixes leão são predadores
    e não são nativos do Caribe
  15. Então as espécies no Caribe
    não os reconhecem como um predador
  16. assim muitas espécies
    no Caribe estão sofrendo
  17. e muitas das espécies
    que os peixe leão estão comendo
  18. tem papéis críticos no ecossistema.
  19. O que nós podemos fazer, é controlar.
    Nós podemos manter seus números baixos
  20. e dar aos peixes nativos do Caribe
    uma chance de sobreviver.
  21. O peixes do Caribe irão se adaptar a eles
  22. eles aprenderão que eles são um predador.
    Em muitos locais eles são capturados
  23. para tentar manter seus números baixos
    por algum tempo
  24. e isto está tendo um impacto
    porque pessoas estão cada vez mais
  25. tentando arpoá-los e
    vendê-los para locais
  26. onde eles são distribuídos
    para todo o país
  27. e vendidos em grandes números.
  28. Eu gostaria de um sushi
    de peixe leão, por favor.
  29. Passe os tacos de peixe leão, por favor.
  30. Peixes leão não são as únicas espécies
    causando problemas no oceano.
  31. Algumas espécies de peixes, moluscos,
    plantas e outras
  32. causam estragos
    nos ecossistemas marinhos do mundo.
  33. A maioria destes organismos
    chegam aos novos locais de navio.
  34. Não em uma cabine confortável,
    mas na água de lastro dos navios
  35. carregada nos seus cascos
    para manter o navio estável.
  36. Navios coletam esta água
    trazendo formas de vida para bordo
  37. e as descarregam em diferentes portos
    junto com o líquido.
  38. Na verdade,
    muitas organizações governamentais
  39. tem agora regras restritas
    sobre a troca da água de lastro.
  40. Algumas normas dizem
    que os navios devem trocar a água
  41. no meio do oceano,
  42. onde a vida
    seria mais difícil de se estabelecer.
  43. Alguns estão trabalhando
    para tratar a água de lastro
  44. para garantir que invasores
    não possam pegar carona
  45. Outras regiões estão monitorando
    suas vias navegáveis
  46. de forma que se espécies
    não nativas chegarem
  47. elas não possam controlar
    o ecossistema com sucesso.
  48. Aqui está outra solução
    para espécies invasoras
  49. e outras ameaças aos oceanos:
    Áreas de Proteção Marinha.
  50. Áreas de Proteção Marinha, ou APMs,
    como são chamadas
  51. podem proteger partes do oceano
    para peixes, aves, outros animais
  52. e até mesmo humanos.
  53. Algumas são estabelecidas
    e administradas por países.
  54. Outras, por estados.
  55. E algumas são protegidas até mesmo
    por comunidades locais.
  56. Como esta APM nas Filipinas,
  57. onde as pessoas locais
    estão protegendo seu litoral
  58. da pesca excessiva,
    inclusive pesca com dinamite.
  59. Eu posso ir a uma APM e nadar?
    Ou elas são apenas para os peixes?
  60. Depende da localização.
  61. Em alguns locais, você não pode
    nadar ou pescar de maneira alguma.
  62. Outras são mais abertas para pesca,
    e até mesmo ecoturismo.
  63. Áreas de Proteção Marinha
    são muito diversificadas pelo mundo todo.
  64. Elas podem ser uma área de preservação
    total, ou podem ser uma área
  65. que é uma Área de Proteção Marinha
    manejada na qual você ainda pode pescar
  66. mas é manejada, então
  67. há tanta sustentabilidade incorporada
    quanto for possível.
  68. Desta forma, ela pode se manter
    um ecosistema funcional e saudável.
  69. Nos Estados Unidos, 41% das águas do país
  70. Estão sob algum tipo de proteção.
  71. O problema com Áreas Protegidas Marinhas
  72. é que simplesmente
    não são suficientes.
  73. Elas protegem apenas por volta
    de 4% dos oceanos do mundo.
  74. E cientistas estimam
    que para proteger a vida marinha
  75. nós precisaremos de muito mais.
  76. Olhe para mim!
    Estou salvando o oceano neste momento.
  77. Bem, você certamente está
    alegrando seus vizinhos
  78. pegando isto (risos)
  79. Mas não estou certo de estar
    ajudando a salvar o oceano.
  80. Na verdade, ela está certa.
  81. Uma das maiores ameaças à saúde do oceano
    é a poluição por nutrientes
  82. causada por fertilizantes, esgoto, e até
    dejetos de animais de estimação.
  83. Mas nutrientes parecem uma coisa boa.
  84. Eles são até um certo ponto.
  85. Mas um excesso de nitrogênio e fósforo
    carregados para o oceano
  86. pode causar áreas chamadas
    de zonas mortas.
  87. Quando a água carrega estes nutrientes
    de fazendas ou povoamentos urbanos
  88. para galerias pluviais
    que desaguam no oceano
  89. o nitrogênio e o fósforo
    podem causar uma proliferação de algas.
  90. Muitos pequenos animais do oceano
    comem estas algas
  91. mas quando há muito delas,
    os animais não conseguem dar conta.
  92. À medida que as algas morrem e afundam
    para o leito do mar, elas se decompõe
  93. O que usa a maior parte
    ou todo o oxigênio da água
  94. causando zonas mortas.
  95. Com 18.000 km² de área,
    aproximadamente o tamanho de New Jersey,
  96. uma das maiores zonas mortas é
  97. onde o rio Mississippi deságua
    no Golfo do México.
  98. Excesso de fertilizantes em fazendas
    por toda a extensão do rio Mississippi
  99. contribui para esta zona morta.
  100. Se os fazendeiros usarem fertilizantes
    de forma mais eficiente
  101. seria um grande passo para ajudar
    a resolver este problema.
  102. Eu não posso acreditar
    que usar algo aqui afeta o oceano lá.
  103. É por isto que, não importa onde vivemos,
  104. nós deveríamos ter certeza
    de que esta coisas não acabem no oceano.
  105. Todos nós podemos fazer nossa parte.
    Ações locais tem impactos globais.