Portuguese, Brazilian subtitles

← "Raúl de Nieves é um Artista Americano"

Get Embed Code
5 Languages

Showing Revision 5 created 05/02/2017 by Luciana Colodete.

  1. Estar na Whitney Biennial é
    muito interessante neste momento
  2. por conta da minha experiência
    como artista queer latino.
  3. Essencialmente, estou expondo
    "no museu de arte americana"
  4. e sou um descendente de mexicanos,
  5. mas, sabe, o que isso significa hoje?
  6. e o que isso vai significar no futuro...
  7. Não sei.
  8. [Raúl de Nieves é um Artista Americano]
  9. Tenho ouvido muito techno no momento.
  10. Assim eu consigo manter a energia.
  11. Nunca tentei ser um perfeccionista
    com meu trabalho.
  12. Sempre quis fazer vitrais,
  13. mas sentia que era um pouco pesado, sabe?
  14. Dessa forma, as coisas ficam mais leves
  15. e posso trabalhar em qualquer lugar.
  16. Às vezes meus amigos aparecem
    e a gente fica conversando
  17. [RISOS]
  18. E eles ficam me vendo cortar
    um monte de papel.
  19. [RISOS]
  20. Eu cresci em Morelia, Michoacán.
  21. Crescer no México foi realmente mágico.
  22. Porque eu pude ver
  23. muitas formas de celebração.
  24. E tive contato com a morte
    quando era ainda bem novo.
  25. É sobre isso que é meu trabalho:
  26. é como ver facetas de felicidade e tristeza
  27. juntas em um só lugar.
  28. A cor sempre impregnou
    minha vida de tal maneira
  29. que sempre vi as coisas
    tão brilhantes quanto elas poderiam ser.
  30. A parte mais interessante disso pra mim
  31. é que você pode criar algo
    a partir das coisas mais simples
  32. e isso pode se traduzir
    numa realidade diferente.
  33. Não saber no que aquilo vai se transformar
  34. é extremamente emocionante.
  35. Porque eu estou só antecipando...
  36. hmm...
  37. o dia em que vou concluir isso
  38. e ver como fica.
  39. - Caramba!
  40. [GRITOS]
  41. -- Oi, gente
  42. [TODOS] Oi!
  43. -- Tudo bem?
  44. Meu Deus, isso é tão louco!
  45. [RESPIRA FUNDO]
  46. Ele realmente reflete na parede!
  47. Meu Deus,
  48. Isso é tão legal.
  49. [TODOS RIEM]
  50. Isso é tão legal!
  51. [DE NIEVES GRITA]
  52. -- Vamos começar a mover essas coisas?
  53. Ok, legal!
  54. Então, estou pensando no laranja...
  55. Minha mãe já estava vivendo
    nos Estados Unidos
  56. há mais ou menos dois meses.
  57. Um dia, minha tia veio
    buscar a gente na escola
  58. e disse: "vocês estão indo
    pra América, vamos."
  59. E a gente entrou no avião sem uma mala.
  60. -- Esta mulher deve entrar aqui.
  61. -- Ela vai ficar tipo...
  62. -- Isso, desse jeito.
  63. [MIA LOCKS] Em que postura
    você gostaria que ficasse?
  64. [DE NIEVES] Eu queria que ficasse
    um pouco mais animado,
  65. -- porque aquilo parece tão real
    com essas mãos pra cima.
  66. -- Mas to pensando que isso podia
    apenas ficar como...
  67. Naquele dia que eu entre no avião,
  68. Sabendo que eu não tinha nada de meu,
  69. muitas coisas passaram pela minha cabeça.
  70. Claro que eu estava assustado,
  71. porque eu tinha nove anos
    e não falava inglês.
  72. [Mia Locks, curadora]
  73. Mas eu sabia que eu ia conseguir
  74. sobreviver.
  75. Eu tinha só que confiar
  76. no que a vida ia me trazer em seguida.
  77. -- Mas,
  78. -- o expectador por vir até aqui?
  79. -- Isso é ilegal?
  80. -- Quer dizer...
  81. Criar essa narrativa
  82. com essas figuras e símbolos --
  83. apenas usando minhas experiências
  84. e conseguindo colocar tudo
    em uma imagem única
  85. é muito importante pra mim neste momento.
  86. O primeiro painel do mural de vitral
  87. é de uma pessoa doente.
  88. Ele está desafiando sua mentalidade
  89. pra ir do mal para o bem--
  90. ou está pedindo ajuda.
  91. E acaba desencadeando
  92. uma luta pessoal.
  93. Derrota é realmente importante.
  94. Deveria ser, de alguma forma,
    um tanto difícil continuar.
  95. Acho que a mosca é, na verdade,
    o cerne da vida.
  96. Está constantemente observando--
  97. é como um segredo.
  98. No final, eu quero que isso seja
    uma celebração da vida.
  99. [ESPERANÇA]
  100. [ENTREVISTADOR] Você tem 33?
  101. [DE NIEVES] Tenho 33!
  102. É.
  103. Meu pai morreu quando ele tinha 33.
  104. Meu pai morreu quando eu tinha dois anos
  105. mas sinto que ele está mais
    próximo de mim agora do que...
  106. nunca.
  107. Quer dizer, não sei,
  108. Mas a lembrança dele me permite
  109. continuar.
  110. Sinto como se fosse um presente.
  111. Pra mim, isso simboliza
    o espírito do meu pai.
  112. Do meu avô.
  113. Da minha avó.
  114. Meu próprio espírito.
  115. É uma celebração da coragem da minha mãe
  116. de me trazer pra este país.
  117. Ela teve de fazer isso por ela
    e três crianças.
  118. Eu sempre acreditei que os Estados Unidos
  119. era a terra de todas as nações,
  120. e eu acho que estou começando a perceber
  121. que isso não é completamente verdade.
  122. O mural fala sobre esta experiência--
  123. esta jornada.
  124. Me sinto muito feliz por
    ter conseguido dar tanta ênfase
  125. nesta ideia de "um amanhã melhor"
    no meu trabalho.
  126. O fato de que existem tantos grupos
    diversos nesta exposição
  127. é muito importante.
  128. Espero que ela lembre as pessoas
    de que estamos em 2017.
  129. [VERDADE]
  130. Não queremos voltar no tempo--
  131. queremos seguir adiante.