YouTube

Got a YouTube account?

New: enable viewer-created translations and captions on your YouTube channel!

Portuguese, Brazilian subtitles

← Ciência Hoje: Vivendo com Artrópodes | Academia de Ciências da Califórnia

Get Embed Code
6 Languages

Showing Revision 2 created 08/09/2017 by Fabricio Fraga.

  1. [Moscas Domésticas (e outros artrópodes
    em nossas casas)]

  2. ♪ (música) ♪
  3. Gosto de pensar
    nestes artrópodes
  4. Como benignos
    companheiros de quarto.
  5. Eles realmente não tem
    um grande efeito negativo em nossas casas.
  6. Na verdade, não houve realmente
    muita pesquisa feita
  7. sobre a diversidade de artrópodes em casas
  8. A maioria dos estudos foca
    em espécies nocivas
  9. como baratas ou cupins
  10. e realmente não temos apenas
    uma pesquisa geral
  11. sobre as coisas
    que vivem nas casas,
  12. então eu decidi fazer uma.
  13. Nosso projeto começou em Raleigh,
    Carolina do Norte.
  14. Nós passamos um verão
    pesquisando cerca de 50 casas,
  15. Dentro de 30 milhas
    do centro de Raleigh
  16. assim, elas eram uma mistura
    de casas urbanas e rurais.
  17. Tirar amostras destas casas,
    era como
  18. Uma expedição interna bastante intensa.
  19. Eu tinha uma equipe de entomologistas
  20. e nós todos nos equipamos
    com lanternas e aspiradores,
  21. que são estes aparelhos
    para sugar insetos.
  22. Nós tínhamos redes e coletes
    cheios de frascos e pinças.
  23. Basicamente, estas expedições internas
  24. levavam cerca de
    duas a quatro horas.
  25. Então elas eram bem intensas.
  26. Nós rastejávamos por cada andar da casa,
  27. pegando insetos e artrópodes
  28. Dos rodapés, tetos e cantos.
  29. Uma das coisas empolgantes
    é que nós encontramos
  30. muita diversidade.
  31. Geralmente encontramos
    mais de 100 espécies por casa.
  32. Nas centenas de cômodos
    que nós amostramos,
  33. nós nunca encontramos um sem artrópodes.
  34. Há algumas coisas interessantes
  35. que achamos em todas as casas
    e não esperávamos.
  36. cem por cento das casas amostradas
  37. tinham besouros de tapete
  38. Em geral achamos suas larvas,
  39. que tem um visual maluco.
  40. Tem espinhos por todo o corpo.
  41. Eles gostam de comer tapetes ou lã
    ou qualquer tipo de matéria orgânica
  42. Embora eles também comam
    quase qualquer outra coisa.
  43. E nós os encontramos em casas
  44. onde havia dedetizações trimestrais.
  45. Casas onde as pessoas realmente
    tentavam se livrar dos artrópodes
  46. mas os besouros sobrevivem
    não importa o que aconteça. (risos)
  47. Eles estavam em toda parte.
  48. Nós também encontramos piolhos
    em todas as casas.
  49. Não o tipo de piolho que você imagina
    quando pensa em piolhos da cabeça,
  50. Mas um parente,
    o piolho de livros,
  51. que são pequeninos
    piolhos adoráveis (risos)
  52. e nós os encontramos em 98% das casas.
  53. Conhecem as moscas dos banheiros?
  54. Não? Olhem em seus ralos,
    e as encontrarão.
  55. Elas são belas pequenas moscas
    que parecem mariposas.
  56. Tem forma de coração
  57. e nós as encontramos
    em cerca de 75% das casas
  58. então não se alarmem
    se vocês tiverem nas suas.
  59. Realmente espero que
    este seja um projeto global
  60. e que possamos saber como
    artrópodes viveram e evoluíram
  61. com humanos por todo o mundo
  62. em muitos tipos diferentes
    de condições de vida.
  63. E para tentar isto, nós amostramos
    o teto de palha de uma cabana
  64. na Amazônia peruana neste verão
  65. e foi uma experiência realmente incrível.
  66. Era uma pequena cabana
    com teto de palha na margem do rio.
  67. Ao contrário de casas aqui,
    esta era bem aberta
  68. então eu estava curiosa se haveria
  69. mais tipos de artrópodes nesta casa
  70. porque eles tem fácil acesso para entrar
  71. ou se haveria menos por terem
    também fácil acesso para sair.
  72. Mas no fim, havia este grupo central
  73. que realmente gosta de ficar
    e viver com humanos.
  74. E este grupo parece ser vagamente similar
    no Peru e em Raleigh.
  75. Uma das grandes diferenças era
  76. que as aranhas na Amazônia eram grandes
  77. ao passo que a aranha típica em Raleigh
    era muito menor.
  78. Isto foi bastante chocante
  79. mas ótimo de ver.
  80. Eu quero aprender mais sobre
    esta antiga história de evolução
  81. entre artrópodes e humanos
  82. e como ela mudou com o tempo,
  83. Com construção de casas
  84. Encanamento interno,
    e outros aspectos
  85. do nosso estilo de vida moderno.
  86. Nós temos vivido e evoluído
  87. com artrópodes por toda
    a história humana em algum grau,
  88. para o bem ou para o mal,
  89. é algo que nós não podemos controlar.
  90. Artrópodes encontrarão um jeito.