Return to Video

LC CAP02 01 O QUE E COMUNICACAO V01

  • 0:03 - 0:06
    Essa aula é para que possamos
    refletir muito
  • 0:06 - 0:10
    a respeito de um tema
    dos mais relevantes para nós,
  • 0:10 - 0:12
    como pessoas,
    como seres humanos,
  • 0:12 - 0:14
    que é a nossa capacidade
    de comunicação.
  • 0:14 - 0:19
    Esse tema é absolutamente
    essencial e decisivo
  • 0:19 - 0:23
    tanto para você inovar quanto para você
    construir uma carreira de sucesso,
  • 0:23 - 0:27
    quanto para viver e desenvolver
    relações saudáveis e harmônicas.
  • 0:27 - 0:30
    Então, em qualquer dimensão
    da sua vida pessoal ou profissional,
  • 0:30 - 0:34
    aquilo que você mais vai precisar
    é uma boa comunicação.
  • 0:34 - 0:36
    Então, é isso que nós
    vamos explorar hoje.
  • 0:36 - 0:39
    Eu sou Artur Taclas,
    sou professor da FIAP,
  • 0:39 - 0:42
    do MBA
    de Business Innovation.
  • 0:42 - 0:45
    Eu também sou
    psicólogo e terapeuta,
  • 0:45 - 0:50
    trabalhei muitos anos em atendimento
    de doenças psicossomáticas, casais e família.
  • 0:50 - 0:53
    Trabalho há mais
    de trinta anos em consultoria
  • 0:53 - 0:56
    com transformação social
    e organizacional,
  • 0:56 - 0:59
    e estou hoje em um ecossistema
    de sessenta startups,
  • 0:59 - 1:02
    também ajudando no fomento
    de novos negócios.
  • 1:02 - 1:05
    Nesse nosso tema
    muito relevante de hoje,
  • 1:05 - 1:07
    eu gostaria de começar
    explorando com você
  • 1:07 - 1:12
    a noção do que chamamos
    de modelos mentais, ou, mindsets.
  • 1:12 - 1:16
    A comunicação foi entendida
    inicialmente a partir de uma perspectiva,
  • 1:16 - 1:19
    de um mindset
    que chamamos mecânico.
  • 1:19 - 1:24
    Ou seja, ele entendia que existia
    uma fonte e existia um receptor,
  • 1:24 - 1:29
    e que a comunicação era alguma coisa
    que a fonte transmitia para o receptor,
  • 1:29 - 1:32
    e se houvesse uma falha,
    essa falha estaria
  • 1:32 - 1:36
    no entendimento cognitivo
    do seu receptor.
  • 1:36 - 1:39
    Hoje, nós temos
    uma outra perspectiva,
  • 1:39 - 1:42
    um outro modelo mental
    para entender a comunicação.
  • 1:42 - 1:47
    E a ideia fundamental é
    que a comunicação não é transmitida,
  • 1:47 - 1:52
    mas através de um ato
    de interação entre os agentes,
  • 1:52 - 1:55
    que podem ser
    um indivíduo e outro indivíduo,
  • 1:55 - 1:59
    um indivíduo e um grupo, um indivíduo
    e toda a organização numa comunidade.
  • 1:59 - 2:03
    Nós estamos
    co-construindo significado
  • 2:03 - 2:06
    e coordenando
    as nossas ações.
  • 2:06 - 2:08
    Então, fundamentalmente,
    o processo de comunicação
  • 2:08 - 2:10
    não é informação.
  • 2:10 - 2:13
    Essa é a parte mais
    simples e elementar.
  • 2:13 - 2:17
    Mas a parte essencial
    é a construção do significado,
  • 2:17 - 2:21
    e as pessoas vão agir a partir
    ou em função desse significado,
  • 2:21 - 2:25
    que foi construído
    socialmente e conjuntamente.
  • 2:25 - 2:30
    Isso é um aspecto muito importante
    que nós vamos explorar daqui a pouco.
  • 2:30 - 2:34
    Então, o nosso grande
    entendimento é traduzir,
  • 2:34 - 2:37
    ajudar você
    a compreender nessa aula
  • 2:37 - 2:41
    o que é o processo
    de construção de significado.
  • 2:41 - 2:46
    Em relação às organizações,
    essa mesma diferença de perspectiva
  • 2:46 - 2:47
    é muito importante.
  • 2:47 - 2:51
    Antigamente, naquele modelo,
    você entendia que a comunicação
  • 2:51 - 2:55
    era feita pela alta liderança,
    pelo CEO ou pelo presidente,
  • 2:55 - 2:59
    e ela descia verticalmente,
    e nós chamamos isso de topdown,
  • 2:59 - 3:02
    para informar
    toda a liderança.
  • 3:02 - 3:05
    Hoje, nós sabemos que,
    com as grandes transformações
  • 3:05 - 3:10
    que estamos vivendo socialmente,
    as pessoas precisam, antes de mais nada,
  • 3:10 - 3:15
    ter uma clareza do propósito,
    das grandes causas da empresa.
  • 3:15 - 3:18
    As pessoas precisam ter
    muita clareza sobre a direção,
  • 3:18 - 3:21
    o desenvolvimento
    estratégico.
  • 3:21 - 3:25
    Tudo isso só é possível
    se nós conseguirmos construir
  • 3:25 - 3:27
    um bom processo
    de comunicação,
  • 3:27 - 3:31
    aonde o que antigamente
    chamávamos de fonte e receptor,
  • 3:31 - 3:34
    na verdade, vamos chamar
    todos os agentes
  • 3:34 - 3:39
    para que estejam participando
    e interagindo fortemente,
  • 3:39 - 3:42
    para que eles possam
    oferecer as suas perspectivas
  • 3:42 - 3:46
    e a sua compreensão sobre a direção
    para que possamos, nesse processo,
  • 3:46 - 3:52
    ajudar a construir a coerência da cultura,
    ou seja, qual é o nosso jeito de fazer.
  • 3:52 - 3:56
    E a comunicação é a principal
    fonte para ajudar as pessoas
  • 3:56 - 4:01
    a compreenderem a coerência e também
    compreenderem quais são os valores,
  • 4:01 - 4:07
    ou seja, quais são os grandes
    princípios que são essenciais para nós.
  • 4:07 - 4:11
    E esses valores, traduzidos
    em formas de comportamento,
  • 4:11 - 4:16
    como vai ser o nosso jeito aqui
    de fazer e de conviver.
  • 4:16 - 4:18
    Este vai ser
    fundamental.
  • 4:18 - 4:23
    Outro papel muito relevante
    da comunicação empresarial,
  • 4:23 - 4:27
    da comunicação de liderança,
    é que ela também tem o papel
  • 4:27 - 4:32
    de convidar, ativar e mobilizar
    pessoas e redes de pessoas
  • 4:32 - 4:36
    para que elas possam participar
    tanto da compreensão
  • 4:36 - 4:40
    quanto da construção,
    da direção estratégica,
  • 4:40 - 4:43
    da inovação,
    da melhoria dos processos,
  • 4:43 - 4:47
    enfim, da realização
    e compreensão dos desafios
  • 4:47 - 4:50
    e dos grandes dilemas
    que a organização vai vivendo.
  • 4:50 - 4:56
    Essa também vai ser uma outra parte
    fundamental da comunicação de liderança.
  • 4:56 - 5:00
    Outro aspecto que eu também
    gostaria muito de enfatizar
  • 5:00 - 5:04
    é que é a partir da maneira
    como interagimos,
  • 5:04 - 5:10
    como conversamos, que faz a boa
    parte dos processos de comunicação.
  • 5:10 - 5:14
    É essa forma de interagir,
    essa forma de conversar,
  • 5:14 - 5:17
    de escutar, ver
    e reconhecer as pessoas,
  • 5:17 - 5:22
    que vai aumentar ou diminuir
    a confiança na relação interpessoal.
  • 5:22 - 5:26
    Então, se você quiser fazer
    e quiser ter uma iniciativa
  • 5:26 - 5:29
    que ajude a aumentar
    demais a confiança,
  • 5:29 - 5:31
    a primeira coisa
    que você vai fazer
  • 5:31 - 5:35
    é aprimorar a sua
    capacidade de comunicação.
  • 5:35 - 5:37
    O contrário também
    é verdadeiro.
  • 5:37 - 5:40
    Não existe nada
    que destrua mais
  • 5:40 - 5:43
    a confiança nas pessoas
    e nos relacionamentos
  • 5:43 - 5:45
    do que uma comunicação
    malfeita,
  • 5:45 - 5:49
    um processo de interação
    e de diálogo ruim
  • 5:49 - 5:51
    com as pessoas
    e entre as pessoas.
  • 5:51 - 5:56
    Outro aspecto fundamental
    dessa comunicação empresarial,
  • 5:56 - 6:01
    que difere porque ela precisa
    muito desta ênfase,
  • 6:01 - 6:06
    à medida que a organização
    é um sistema de performance e de tarefa,
  • 6:06 - 6:09
    onde nós temos objetivos
    muito específicos,
  • 6:09 - 6:14
    uma das coisas fundamentais
    que uma boa comunicação de liderança faz
  • 6:14 - 6:17
    é o reconhecimento
    das pessoas.
  • 6:17 - 6:19
    E reconhecimento aqui
    não é dinheiro.
  • 6:19 - 6:23
    O reconhecimento é a capacidade
    de valorizar, validar as pessoas,
  • 6:23 - 6:26
    atribuir valor a elas,
    as suas perspectivas,
  • 6:26 - 6:31
    os seus conhecimentos e a sua
    capacidade de criatividade e aprendizagem.
  • 6:31 - 6:36
    Só uma boa comunicação
    é capaz de atribuir valor às pessoas.
  • 6:36 - 6:42
    O outro aspecto-chave e fundamental
    da comunicação da liderança,
  • 6:42 - 6:46
    que é muito importante na medida
    que é um sistema de performance
  • 6:46 - 6:49
    muito fundamental
    para todas as pessoas
  • 6:49 - 6:52
    para que elas possam
    participar e contribuir na realidade,
  • 6:52 - 6:56
    é elas poderem perceber
    que a comunicação
  • 6:56 - 7:01
    está a serviço de uma causa
    e de um propósito.
  • 7:01 - 7:04
    Todas as pessoas
    se movimentam.
  • 7:04 - 7:08
    E isso também é uma diferença muito
    importante nos processos de comunicação,
  • 7:08 - 7:11
    como entendemos
    nesse novo paradigma,
  • 7:11 - 7:16
    nesse novo modo mental, que as pessoas
    são capazes de ter inteligência
  • 7:16 - 7:19
    e altíssima
    criatividade.
  • 7:19 - 7:23
    Então, a comunicação é um jeito
    de explorar esse potencial das pessoas.
  • 7:23 - 7:28
    Não é uma forma de abrir a cabeça
    e ditar o que elas não sabem
  • 7:28 - 7:30
    ou o que elas
    não entendem.
  • 7:30 - 7:34
    É uma forma de ajudá-las a compreender
    como elas podem contribuir,
  • 7:34 - 7:39
    colaborar melhor
    na construção da realidade.
  • 7:39 - 7:43
    E ajudá-las a perceberem que tudo
    aquilo que elas estão fazendo
  • 7:43 - 7:46
    pode estar à serviço
    de um significado,
  • 7:46 - 7:52
    de uma causa, de um propósito maior,
    e que tem sentido a contribuição dela
  • 7:52 - 7:55
    para que ela possa fazer
    uma intervenção relevante
  • 7:55 - 7:57
    na organização
    e na sociedade.
  • 7:57 - 8:00
    Esse também é
    um elemento muito importante.
  • 8:00 - 8:05
    Nesse sentido, a sua atitude para construir
    uma comunicação de liderança
  • 8:05 - 8:08
    bastante diferenciada,
    muito positiva,
  • 8:08 - 8:10
    depende
    de algumas coisas.
  • 8:10 - 8:13
    E eu gostaria de destacar algumas
    que eu considero fundamental.
  • 8:13 - 8:15
    A primeira é
    a abertura,
  • 8:15 - 8:19
    é a sua capacidade de ficar
    disponível para o outro.
  • 8:19 - 8:24
    Outro elemento fundamental
    é a sua capacidade de autenticidade,
  • 8:24 - 8:29
    de honestidade, de comunicar aquilo
    que você sabe e o que você não sabe.
  • 8:29 - 8:32
    Você também poder
    dizer para as pessoas,
  • 8:32 - 8:35
    quando perguntado, quando desafiado,
    que você não sabe algo,
  • 8:35 - 8:38
    é extremamente relevante,
    é muito positivo.
  • 8:38 - 8:41
    Então, você poder dizer
    para as pessoas que você não sabe,
  • 8:41 - 8:44
    mas que, juntos, vocês podem
    conversar e pensar a respeito,
  • 8:44 - 8:47
    tem um efeito poderoso
    de aumentar a confiança,
  • 8:47 - 8:51
    de aumentar o engajamento,
    fortalecer o reconhecimento das pessoas
  • 8:51 - 8:57
    e ajudá-las para que possam continuar
    se movendo com clareza nos desafios.
  • 8:57 - 8:58
    É nesse
    sentido que,
  • 8:58 - 9:03
    esse aspecto de você poder
    se colocar de uma forma honesta,
  • 9:03 - 9:06
    depende então do seu
    terceiro elemento,
  • 9:06 - 9:09
    dessa sua atitude
    de vulnerabilidade,
  • 9:09 - 9:12
    que é essa sua capacidade
    de oferecer para as pessoas
  • 9:12 - 9:16
    e traduzir o seu estado,
    a sua perspectiva,
  • 9:16 - 9:19
    a sua condição em cada
    momento da interação
  • 9:19 - 9:21
    e do processo
    de comunicação.
  • 9:21 - 9:26
    Muitas vezes, fomos treinados
    a disfarçar, a guardar,
  • 9:26 - 9:30
    reprimir dúvidas,
    incertezas, inseguranças.
  • 9:30 - 9:34
    E hoje nós sabemos que isso tem
    um papel fundamental e primordial,
  • 9:34 - 9:38
    tanto na construção da confiança
    quanto do significado.
  • 9:38 - 9:42
    Então, sinta-se muito à vontade
    para ficar vulnerável.
  • 9:42 - 9:47
    E, por fim, o elemento-chave
    junto com a vulnerabilidade
  • 9:47 - 9:50
    é a sua capacidade
    de se manter curioso.
  • 9:50 - 9:55
    Para que você consiga construir
    uma excelente comunicação de liderança,
  • 9:55 - 10:00
    é fundamental você operar
    a partir de um lugar de curiosidade.
  • 10:00 - 10:05
    O budismo descreve esse lugar
    como olhos e ouvidos de primeira vez.
  • 10:05 - 10:08
    É assim que a criança
    interage com toda a realidade.
  • 10:08 - 10:13
    Ela consegue suspender o julgamento
    e explorar a realidade,
  • 10:13 - 10:16
    os estímulos
    e as condições à sua volta,
  • 10:16 - 10:19
    para que ela possa compreender
    e aprender rapidamente.
  • 10:19 - 10:24
    Então, nesse sentido, a capacidade
    de você se manter curioso
  • 10:24 - 10:26
    no processo
    de comunicação e interação,
  • 10:26 - 10:29
    é fundamental
    para que você consiga então,
  • 10:29 - 10:33
    consolidar uma excelente
    comunicação de liderança.
Title:
LC CAP02 01 O QUE E COMUNICACAO V01
Video Language:
Portuguese, Brazilian
Duration:
10:39

Portuguese, Brazilian subtitles

Incomplete

Revisions Compare revisions