Return to Video

Filosofia Open Source.

  • 0:00 - 0:03
    Problemas Tangíveis.
  • 0:03 - 0:06
    Sempre senti, desde que consigo me lembrar, que o poder da Ciência
  • 0:06 - 0:09
    poderia ser usado para resolver as questões mais urgentes; os nosso problemas.
  • 0:09 - 0:13
    Quando estudei Química em Princeton aprendi muita teoria impraticável.
  • 0:13 - 0:16
    E pensei, oh ok, talvez se for para a física melhore.
  • 0:16 - 0:19
    Então fui, e fiquei profundamente desapontado.
  • 0:19 - 0:24
    Quando estudávamos propagação de onda, não conseguia entender um problema, uma única equação.
  • 0:24 - 0:29
    Então fui ao professor e perguntei sobre o que se tratava, onde ela existia?
  • 0:29 - 0:32
    E ele disse: bem, na verdade, não existe, eu apenas inventei.
  • 0:32 - 0:35
    Foi como, oh ótimo, então é isso que fazemos por aqui.
  • 0:35 - 0:39
    Aquele foi um dos momentos decisivos quando me perguntei o que realmente estava fazendo ali.
  • 0:39 - 0:43
    Em uma absoluta abundância de recursos, força,
  • 0:43 - 0:46
    desenvolvimento humano e cultura e tudo o mais,
  • 0:46 - 0:51
    ainda existem muitos problemas. Principalmente conflitos de recursos. Pobreza, guerra, abusos.
  • 0:52 - 0:56
    Sobrevivência com a incrível tecnologia que temos hoje?
  • 0:56 - 0:59
    Sobrevivência é algo que não deveria tomar muito do nosso tempo.
  • 1:00 - 1:05
    Quando você pensa, vê que toda a riqueza que temos hoje no nosso padrão de vida moderno
  • 1:05 - 1:10
    depende de pedras, solo, luz solar, plantas, água.
  • 1:10 - 1:12
    Isto tudo é abundante.
  • 1:12 - 1:17
    Porém, o mecanismo produtivo da sociedade os torna escassos, artificialmente.
  • 1:17 - 1:23
    E se pudéssemos sobreviver e prosperar em um padrão de vida moderno,
  • 1:23 - 1:28
    e não apenas isso, mas com 2 horas de trabalho por dia, e através de recursos locais.
  • 1:28 - 1:30
    Como isso seria?
  • 1:30 - 1:33
    A parte mais importante do Open Source Ecology é a ideia de que
  • 1:33 - 1:37
    com uma pequena quantidade de recursos e um pouco de dinheiro,
  • 1:37 - 1:42
    qualquer pessoa é capaz de criar um alto padrão de vida para si mesma,
  • 1:42 - 1:46
    e de uma forma que não exija muito tempo, ou muito dinheiro.
  • 1:46 - 1:50
    As pessoas podem se beneficiar da tecnologia que estamos criando aqui,
  • 1:50 - 1:54
    então ao invés de uma grande corporação decidir o que as máquinas fazem por nós,
  • 1:54 - 1:58
    nós podemos decidir como queremos as máquinas trabalhando para nós.
  • 1:58 - 2:02
    Em vez de depender de outras pessoas para fazer coisas que precisamos,
  • 2:02 - 2:05
    nós podemos fazer tudo que precisamos.
  • 2:05 - 2:07
    E podemos fazer melhor do que o Walmart pode,
  • 2:07 - 2:11
    melhor do que o trabalho escravo chinês pode.
  • 2:11 - 2:15
    Podemos criar a capacidade produtiva de que precisamos para viver a vida que queremos
  • 2:15 - 2:19
    nos nossos jardins, e de forma sustentável.
  • 2:19 - 2:23
    Podemos fazer máquinas para serem usadas na criação de abundância material para nós mesmos,
  • 2:23 - 2:26
    e depois podemos mostrar às outras pessoas como fazê-lo.
  • 2:27 - 2:29
    Se você conseguir juntar 200 pessoas
  • 2:29 - 2:32
    que queiram montar uma comunidade auto-sustentável,
  • 2:32 - 2:38
    elas não tem muitas opções que não seja a invenção de equipamentos e máquinas que permitam isso.
  • 2:38 - 2:42
    É aí onde o Open Source Ecology entra.
  • 2:42 - 2:48
    O custo de construção dessas máquinas é aproximadamente dez porcento do custo comercial.
  • 2:48 - 2:51
    Se você olha para um trator da John Deer,
  • 2:51 - 2:55
    é quase impossível para alguém tentar construir um desses para si próprio.
  • 2:55 - 2:58
    É uma máquina muito personalizada.
  • 2:58 - 3:02
    Mas se você é capaz de pegar um desses motores convencionais e
  • 3:02 - 3:07
    junto com um pouco de aço construir um para você, como o Lifetrac,
  • 3:07 - 3:10
    isso seria algo muito mais realista.
  • 3:10 - 3:12
    Os benefícios de uma economia regional
  • 3:12 - 3:14
    é que a força permanece na comunidade.
  • 3:14 - 3:19
    Em vez de enviar seu dinheiro, seu lucro, para outro lugar,
  • 3:19 - 3:21
    que tal internalizá-lo?
  • 3:21 - 3:22
    Mantenha essa riqueza por perto
  • 3:22 - 3:25
    tendo todos os mecanismos produtivos ao seu alcance.
  • 3:25 - 3:29
    Você produz o mesmo, a riqueza é sua, você não precisa de trabalhar tão duramente.
  • 3:29 - 3:33
    Aí você poderá ter tempo para sua família e crianças, ou qualquer coisa que seja importante para você.
  • 3:35 - 3:43
    Então é muito mais fácil e você pode ajustar sua produção com um módulo super compatível.
  • 3:43 - 3:48
    O Powercube trabalha com ambos o Lifetrac e a Prensa CEB,
  • 3:48 - 3:52
    e algumas outras máquinas que temos, como o Ironworker e o Coldsaw.
  • 3:52 - 3:58
    E fornece uma ecologia de produção muito mais simples
  • 3:58 - 4:02
    porque uma unidade de força trabalha com muitas máquinas.
  • 4:02 - 4:08
    E uma coisa é olhar para todas estas máquinas que desenvolvemos aqui,
  • 4:08 - 4:13
    e outra é entender como o processo de desenvolvimento aconteceu
  • 4:13 - 4:16
    e qual o tipo de documentação existe para estas máquinas,
  • 4:16 - 4:19
    de forma que possam ser replicadas e melhoradas.
  • 4:19 - 4:26
    Felizmente temos a habilidade de ter estas informações em formato digital,
  • 4:26 - 4:30
    e agora temos a telecom, a Internet, para transmitir estas informações e
  • 4:30 - 4:33
    qualquer um pode simplesmente copiar os arquivos,
  • 4:33 - 4:37
    e acessar os modelos nos computadores deles.
  • 4:37 - 4:40
    Então o Open Source Ecology tenta resgatar a natureza open source do desenvolvimento
  • 4:40 - 4:45
    e o fato de que estamos conectados à Natureza, a outras pessoas, a instituições sociais.
  • 4:45 - 4:49
    E tudo isso tem que ser considerado se estamos falando sobre o paradigma de fazer do mundo um lugar melhor.
  • 4:49 - 4:56
    Open source é claramente a peça central que está emergindo e é tão poderosa.
  • 4:56 - 5:00
    Algo demonstrado com o software open source Linux.
  • 5:00 - 5:03
    Quando um suficiente números de pessoas se juntam para desenvolver um projeto,
  • 5:03 - 5:05
    esse projeto simplesmente se torna melhor do que qualquer outra coisa.
  • 5:05 - 5:09
    E agora nós estamos transitando para o espaço dos hardwares.
  • 5:09 - 5:13
    O que aconteceria se as pessoas de fato colaborassem para fazer hardwares open source?
  • 5:13 - 5:16
    Nós temos tecnologia de sobra.
  • 5:16 - 5:19
    Entretanto, organizar a tecnologia de forma a torná-la acessível,
  • 5:19 - 5:24
    sem barreiras às pessoas, esse é um grande passo em frente.
  • 5:24 - 5:29
    E agora chegou a oportunidade dos indivíduos se organizarem,
  • 5:29 - 5:35
    e cavarem mais fundo, até quase algo como um nível espiritual.
  • 5:35 - 5:39
    Realmente mudarem suas atitudes, e aproveitar o que já existe,
  • 5:39 - 5:43
    e levar nossa civilização adiante.
  • 5:43 - 5:47
    Tenho a esperança que a humanidade vai despertar para esta oportunidade e
  • 5:47 - 5:51
    tomar para si o potencial desse desenvolvimento.
  • 5:51 - 5:57
    Open Source Ecology se trata da criação da próxima economia: a economia open source.
  • 5:57 - 6:02
    E o que isso significa? É uma economia que optimiza não somente a produção,
  • 6:02 - 6:04
    cuja presente economia é muito boa a realizar,
  • 6:04 - 6:08
    é eficiente na produção, mas na distribuição, nem tanto.
  • 6:08 - 6:11
    E como fazemos isso? Seria pela abertura...
  • 6:11 - 6:15
    o que chamamos de contar os segredos de produção gratuitamente,
  • 6:15 - 6:19
    ou desenvolver produtos open source para tudo o que utilizamos.
  • 6:19 - 6:25
    Então imagine um cenário onde ao invés de corporações competindo, reinventando a roda e tudo o mais,
  • 6:25 - 6:30
    um monte de lixo competitivo, e que tal se todos se juntassem para fazer os melhores produtos,
  • 6:30 - 6:33
    os mais robustos, open source, que todos teriam acesso à possibilidade de produção.
  • 6:33 - 6:36
    Então teríamos uma economia colaborativa,
  • 6:36 - 6:39
    em vez de uma de desperdícios competitivos.
  • 6:45 - 6:49
    Um filme de Tristan Copley Smith
Title:
Filosofia Open Source.
Description:

Fundador do Open Source Ecology Dr. Marcin Jakubowski e o time OSE explicando a filosofia por trás do seu trabalho. Agradecimentos especiais aos nossos colaboradores remotos Tom Griffing, Zach Dwiel e William Neal.

Junte-se a nós na construção do futuro.

www.opensourceecology.com

more » « less
Video Language:
English
Team:
Volunteer
Duration:
06:59
paulo edited Portuguese subtitles for Open Source Philosophy.
Pedro Palhoto edited Portuguese subtitles for Open Source Philosophy.
Fabio Queiroz added a translation

Portuguese subtitles

Revisions