Return to Video

O elo entre os gatos-pescadores e a conservação dos manguezais

  • 0:01 - 0:03
    (Imita um gato-pescador)
  • 0:05 - 0:08
    Essa é minha imitação de um gato-pescador,
  • 0:08 - 0:12
    cujo som é, na verdade,
    mais parecido com isso.
  • 0:13 - 0:15
    (Sons pré-gravados do gato-pescador)
  • 0:17 - 0:21
    É um gato que adora água,
  • 0:21 - 0:22
    adora pescar,
  • 0:22 - 0:28
    e vive em um dos ecossistemas
    mais exclusivos e preciosos do planeta:
  • 0:28 - 0:32
    os pântanos e manguezais
    do sul e do sudeste asiáticos.
  • 0:32 - 0:33
    Eles não são "apeixonantes"?
  • 0:33 - 0:36
    (Risos)
  • 0:36 - 0:39
    Gatos-pescadores são uma das
    cerca de 40 espécies de gatos selvagens,
  • 0:39 - 0:42
    como os tigres e os leões,
    porém muito menores.
  • 0:42 - 0:46
    Eles têm provavelmente o dobro
    do tamanho de nossos gatos domésticos.
  • 0:46 - 0:50
    Na Indonésia, as pessoas
    os chamam de "kucing bakau",
  • 0:50 - 0:53
    que literalmente significa
    "gato dos manguezais".
  • 0:53 - 0:57
    Mas eu prefiro chamá-los
    de tigres dos manguezais.
  • 0:57 - 1:00
    Bem, nós não sabemos tanto
    sobre gatos-pescadores
  • 1:00 - 1:01
    como sabemos sobre tigres,
  • 1:01 - 1:05
    mas aprendemos que esses gatos
    podem ser uma espécie emblemática
  • 1:05 - 1:08
    de um ecossistema de importância global,
  • 1:08 - 1:13
    e um chamariz visual vinculado
    a uma forte linha de conservação.
  • 1:14 - 1:15
    Vocês já estão fisgados?
  • 1:15 - 1:16
    (Risos)
  • 1:17 - 1:19
    Assim como várias espécies em risco,
  • 1:19 - 1:22
    gatos-pescadores estão ameaçados
    pela perda do habitat,
  • 1:22 - 1:24
    em grande parte por causa
    da demanda internacional
  • 1:24 - 1:26
    de peixes e camarões de viveiro,
  • 1:26 - 1:30
    e do desmatamento de quase metade
    da área histórica de manguezais
  • 1:30 - 1:32
    no sul e sudeste asiáticos.
  • 1:33 - 1:34
    Os manguezais, por outro lado,
  • 1:34 - 1:37
    são muito mais do que somente
    habitat para o gato pescador.
  • 1:37 - 1:41
    São o lar de uma variedade
    fantástica de espécies,
  • 1:41 - 1:42
    como chacais,
  • 1:42 - 1:44
    tartarugas,
  • 1:44 - 1:46
    aves costeiras
  • 1:46 - 1:48
    entre "lountras".
  • 1:48 - 1:49
    (Risos)
  • 1:50 - 1:52
    Os manguezais também
    evitam a erosão do solo,
  • 1:52 - 1:57
    e podem ser a primeira linha de defesa
    entre ondas gigantes, tsunamis,
  • 1:57 - 2:00
    e os milhões de pessoas
    que vivem próximo a essas áreas
  • 2:00 - 2:02
    buscando sua sobrevivência diária.
  • 2:03 - 2:05
    O fato que é a cereja no topo do sundae,
  • 2:05 - 2:07
    ou devo dizer da terra,
  • 2:07 - 2:09
    é que manguezais podem armazenar
  • 2:09 - 2:12
    de cinco a dez vezes
    mais dióxido de carbono
  • 2:12 - 2:14
    do que florestas tropicais.
  • 2:15 - 2:17
    Então proteger um acre de manguezais
  • 2:17 - 2:19
    pode ser bem equivalente a proteger
  • 2:19 - 2:22
    cinco ou mais acres
    de florestas tropicais.
  • 2:23 - 2:27
    Vocês gostariam de eliminar
    toda a pegada de carbono de suas vidas?
  • 2:27 - 2:29
    Bem, os manguezais podem oferecer
  • 2:29 - 2:33
    um dos melhores custos-benefícios
    em termos de conservação.
  • 2:34 - 2:37
    Desmatamento, extinção
    e mudanças climáticas
  • 2:37 - 2:40
    são todos problemas globais
    que podemos resolver
  • 2:40 - 2:43
    valorizando nossas espécies
    e nossos ecossistemas
  • 2:43 - 2:46
    e trabalhando em conjunto
    com a gente local
  • 2:46 - 2:47
    que vive perto deles.
  • 2:48 - 2:52
    Este é um dos três deltas fluviais
    na costa sul da Índia,
  • 2:52 - 2:54
    onde comunidades se reuniram
  • 2:54 - 2:58
    para mudar a face e potencialmente
    o destino deste planeta.
  • 2:59 - 3:00
    Em menos de uma década,
  • 3:00 - 3:02
    com apoio internacional,
  • 3:02 - 3:06
    os órgãos florestais estatais
    e as comunidades locais
  • 3:06 - 3:08
    colaboraram para reverter
  • 3:08 - 3:13
    mais de 20 mil acres de fazendas
    improdutivas de peixes e camarões
  • 3:13 - 3:15
    de volta a manguezais.
  • 3:16 - 3:18
    Cerca de cinco anos atrás,
  • 3:18 - 3:22
    adivinhem quem encontramos
    nos manguezais recuperados?
  • 3:25 - 3:29
    Quando mostramos ao povo local
    imagens desses gatos-pescadores,
  • 3:29 - 3:32
    conseguimos fazê-los se orgulhar
  • 3:32 - 3:35
    de uma espécie e um ecossistema
    em risco, e globalmente respeitados,
  • 3:35 - 3:37
    em seus quintais.
  • 3:37 - 3:40
    Também conseguimos ganhar
    a confiança de algumas pessoas
  • 3:40 - 3:43
    para ajudá-las a passar
    para subsistências alternativas.
  • 3:43 - 3:45
    Conheçam Santosh, um rapaz de 19 anos
  • 3:45 - 3:48
    que não só se tornou
    um profissional da conservação
  • 3:48 - 3:50
    depois de trabalhar conosco
    por apenas um ano,
  • 3:50 - 3:53
    mas também conseguiu engajar
    muitos pescadores locais
  • 3:53 - 3:56
    para ajudar no estudo e na proteção
    dos gatos-pescadores.
  • 3:57 - 4:00
    Conheçam Moshi, um caçador tribal,
  • 4:00 - 4:01
    que não só deixou de caçar
  • 4:01 - 4:04
    e se tornou o nosso
    conservacionista mais valioso,
  • 4:04 - 4:06
    mas também usou
    seu conhecimento tradicional
  • 4:06 - 4:09
    para educar sua comunidade inteira
  • 4:09 - 4:11
    a deixar de caçar
    gatos-pescadores, lontras
  • 4:11 - 4:13
    e muitas outras espécies em risco
  • 4:13 - 4:16
    que vivem nos manguezais em seu quintal.
  • 4:16 - 4:19
    Criadores de peixes
    e camarões, como Venkat,
  • 4:19 - 4:22
    agora estão dispostos a trabalhar
    conosco, conservacionistas,
  • 4:22 - 4:24
    para testar a extração sustentável
  • 4:24 - 4:27
    de produtos do ecossistema,
    como caranguejos,
  • 4:27 - 4:29
    e possivelmente até mel
    para os manguezais.
  • 4:29 - 4:34
    Incentivos que poderiam levá-los
    a proteger e plantar manguezais
  • 4:34 - 4:35
    onde já foram destruídos.
  • 4:36 - 4:38
    Todos saem ganhando:
  • 4:38 - 4:43
    os gatos-pescadores, o povo local
    e a comunidade global.
  • 4:43 - 4:47
    Essas histórias nos mostram
    que todos podemos ser parte de um futuro
  • 4:47 - 4:50
    em que gatos-pescadores
    e os manguezais perdidos
  • 4:50 - 4:54
    são protegidos e recuperados
    pelos próprios pescadores,
  • 4:54 - 4:56
    criando sumidouros de carbono
  • 4:56 - 5:00
    que podem ajudar a contrabalancear
    nossas pegadas ecológicas.
  • 5:00 - 5:03
    Pois, embora o gato-pescador seja pequeno,
  • 5:03 - 5:07
    espero que tenhamos conseguido
    dar a ele uma grande importância,
  • 5:07 - 5:09
    e possamos investir neles
  • 5:09 - 5:13
    para ajudar a manter nossas vidas
    no planeta por mais um tempinho.
  • 5:14 - 5:16
    Ou, como diria nosso amigo aqui ...
  • 5:17 - 5:20
    (Sons pré-gravados do gato-pescador)
  • 5:20 - 5:21
    Obrigado.
  • 5:21 - 5:24
    (Aplausos) (Vivas)
Title:
O elo entre os gatos-pescadores e a conservação dos manguezais
Speaker:
Ashwin Naidu
Description:

Os manguezais são cruciais para a saúde do planeta, devorando CO2 da atmosfera e servindo de lar para uma grande variedade de espécies. Mas esses habitats abundantes estão sob a ameaça contínua do desmatamento e da indústria. Em uma palestra empoderadora, o conservacionista e bolsista TED Ashwin Naidu compartilha como esforços empreendidos pela comunidade no sul e sudeste asiáticos estão trabalhando para proteger os manguezais. Tudo com uma ajudinha do misterioso e ameaçado gato-pescador.

more » « less
Video Language:
English
Team:
TED
Project:
TEDTalks
Duration:
05:39

Portuguese, Brazilian subtitles

Revisions