YouTube

Got a YouTube account?

New: enable viewer-created translations and captions on your YouTube channel!

Portuguese, Brazilian subtitles

← A Vida Destemida de Ching Shih #MulheresComuns

Get Embed Code
8 Languages

Showing Revision 6 created 07/06/2019 by Fernando Bufalari.

  1. Quando a maioria pensa em piratas
  2. imagina homens brutos e terríveis
  3. com nomes como Barba Negra
    e Long John Silver.
  4. Apesar de muitos piratas
  5. históricos serem homens,
  6. uma das piratas mais famosas e temidas
  7. que já viveu foi
  8. Ching Shih,
  9. uma jovem cantonesa que se tornou a líder
  10. de uma das maiores frotas
    de piratas da história
  11. e a comandante de um
  12. império flutuante e criminoso tão poderoso
  13. que nem mesmo o exército chinês
    conseguiu detê-lo.
  14. Não sabemos muito sobre sua juventude,
  15. exceto que em dado momento
  16. ela trabalhou num bordel em Cantão.
  17. Em 1801, Ching Shih se casou com um
    comandante pirata
  18. chamado Ching I e
  19. passou a liderar ao seu lado
  20. conforme ele expandia seu império,
  21. unificando inúmeras tripulações pequenas
    e dispersas
  22. em uma coalizão organizada
  23. e cada vez mais poderosa.
  24. Quando seu marido morreu subitamente
    em 1807,
  25. Ching Shih soube exatamente o que fazer.
  26. Ela reivindicou a liderança para si,
  27. tomando o controle de algo entre
  28. 40.000 e 60.000 piratas.
  29. O fato de terem aceitado uma
    mulher como comandante
  30. continua sendo um testemunho notável
  31. de sua destreza política e do respeito
  32. que ela deve ter conquistado da
    tripulação.
  33. Ela logo nomeou seu filho adotivo,
  34. Chang Pao,
  35. comandante de sua frota mais poderosa e
  36. eventualmente se casou com ele.
  37. É meio estranho,
  38. mas os dois formavam uma equipe formidável
  39. cujas incursões eram temidas
  40. por todo o Mar da China Meridional.
  41. Não sabemos da aparência de Ching,
  42. mas alguns historiadores creem
  43. que ela chamou a atenção
    do marido
  44. com sua aparência, e não
  45. com sua considerável inteligência.
  46. Embora existam relatos extravagantes,
  47. porém duvidosos, de escritores
    ocidentais
  48. sobre uma deusa esplendida
  49. empunhando espadas, com roupas cintilantes
  50. estampadas com dragões dourados,
  51. textos mais confiáveis descrevem
    Ching Shih
  52. como uma boa estrategista militar,
  53. uma disciplinadora severa
  54. e uma excelente gestora.
  55. Mesmo rejeitando várias
    ideias tradicionais
  56. sobre o que mulheres podem ou não fazer,
  57. outras regras eram extremamente
    importantes:
  58. aquelas impostas em seus navios.
  59. Com o auxílio do código de conduta
  60. elaborado por Ching Pao,
  61. ela estabeleceu regras claras
    de comportamento,
  62. finanças e sobre a estrutura de
    poder de sua frota,
  63. assim como a punição draconiana aplicada a
  64. qualquer um que ousasse desobedecê-la
    ou enganá-la.
  65. Seu comando era inquestionavelmente
    rigoroso:
  66. não apenas para as vítimas
    da tripulação
  67. mas para qualquer um da frota que
  68. ousasse pisar fora da linha.
  69. Toda pilhagem tinha que ser registrada,
  70. com 80% do saque pago a um fundo geral.
  71. Ironicamente, roubar do fundo era um dos
  72. piores crimes que um pirata podia cometer,
  73. e a punição era a morte.
  74. Como um observador constatou,
  75. o rigor e as reações letais de Ching Shih
  76. à má conduta mantinham a
    tripulação honesta.
  77. E os piratas sob seu comando
  78. tomavam muito cuidado para se comportar.
  79. Por meio de uma gestão meticulosa
    e implacável,
  80. Ching Shih transformou o
    trabalho sanguinolento
  81. e caótico da pirataria em um negócio
    organizado.
  82. E os negócios iam bem,
  83. fazendo dela uma mulher muito rica.
  84. Como ocorre com muitos líderes,
  85. conquistadores e generais
  86. ao longo da história,
  87. sua prosperidade e sucesso
  88. vieram ao custo de vidas inocentes.
  89. Sua notável história é um lembrete de que,
  90. independentemente das limitações impostas,
  91. mulheres podem ser tudo que homens
    podem ser:
  92. brilhantes e brutais,
  93. corajosas e cruéis,
  94. poderosas e terríveis.
  95. O governo chinês se esforçou
  96. consideravelmente para aniquilar
    os piratas,
  97. mas graças às
  98. estratégias de Ching Shih
  99. suas frotas se tornaram tão poderosas
  100. que o governo eventualmente
  101. parou de tentar destruí-las e
  102. passou a tentar negociar com elas.
  103. Ching Shih sabia que a pirataria não era
  104. uma carreira sábia a longo prazo,
  105. especialmente quando o plano
  106. de aposentadoria mais comum era a morte.
  107. Então, em 1810,
  108. ela saiu de uma embarcação,
  109. cercada pelas esposas e pelos
  110. filhos de seus piratas, e
  111. caminhou desarmada rumo ao escritório
  112. do Governador Geral
  113. local para discutir sua anistia.
  114. Com um exército flutuante temível às
    suas costas,
  115. Ching Shih negociou um ótimo acordo.
  116. Não só ela e qualquer outro pirata que
  117. se rendesse seria completamente perdoado
  118. pelo governo por seus muitos, muitos
    crimes,
  119. como eles poderiam
    manter suas pilhagens e até
  120. ganhar empregos do governo
  121. se quisessem.
  122. Seu marido foi nomeado tenente
  123. da marinha chinesa,
  124. onde ele comandava uma frota
  125. particular: composta por ex-piratas,
    claro.
  126. Graças à sua bravura e astúcia
    excepcionais,
  127. Ching Shih encerrou sua vida como pirata
  128. não como uma criminosa presa,
  129. ou como uma baixa numa
    incursão malfadada,
  130. mas sim reunindo suas riquezas e se
  131. aposentando confortavelmente, como uma
    cidadã obediente à lei.
  132. Bem, obediente à lei na maior parte
    do tempo.
  133. Ela passou seus últimos
  134. anos administrando uma casa de apostas
    em Cantão,
  135. onde dizem que levava uma
    vida tranquila,
  136. ou tão tranquila quanto podia
  137. enquanto presidindo um antro notório
    de apostas.
  138. Quando ela finalmente morreu em 1884,
  139. com 60 anos,
  140. ela não era mais uma jovem
  141. relativamente impotente, mas a pirata
  142. mais poderosa da história e
  143. algo quase tão raro quanto:
  144. uma pirata que morreu de velhice.