Return to Video

Dicas dos adolescentes que enfrentam informações falsas sobre o coronavírus

  • 0:00 - 0:03
    Viver durante uma pandemia
    tem sido muito estranho.
  • 0:03 - 0:06
    Sou uma veterana e definitivamente
    não era assim que eu esperava
  • 0:06 - 0:08
    passar os últimos meses do ensino médio.
  • 0:08 - 0:12
    A minha quarentena tem sido caótica,
  • 0:12 - 0:14
    pois tenho três irmãos mais novos.
  • 0:14 - 0:17
    Minha vida durante a pandemia
    tem sido muito entediante.
  • 0:17 - 0:18
    Não tenho feito muito.
  • 0:18 - 0:21
    Tento ficar em casa
    e praticar distanciamento social.
  • 0:21 - 0:23
    Tenho ficado em casa há mais de um mês,
  • 0:23 - 0:26
    e definitivamente estou pronto
    para que as coisas voltem ao normal.
  • 0:27 - 0:30
    Viver durante a pandemia do coronavírus
    tem sido difícil para todos,
  • 0:30 - 0:34
    mas praticar distanciamento social
    quando se é adolescente
  • 0:34 - 0:36
    deve ser muito mais difícil.
  • 0:36 - 0:39
    Você fica em casa o dia inteiro,
    tem aulas on-line
  • 0:39 - 0:43
    e grandes eventos, como formaturas,
  • 0:43 - 0:46
    são completamente diferentes
    do que o que você imaginava.
  • 0:46 - 0:51
    Mas alguns adolescentes têm usado
    esse tempo on-line para nos ajudar,
  • 0:51 - 0:56
    verificando as publicações
    que aparecem em suas redes sociais.
  • 0:56 - 1:00
    MediaWise é um programa educacional
    criado pelo Poynter Institute.
  • 1:00 - 1:02
    Seu objetivo é ensinar
    estudantes do ensino médio
  • 1:02 - 1:05
    como verificar as informações
    encontradas na internet.
  • 1:05 - 1:09
    Eu sou um dos jornalistas
    embaixadores desse programa.
  • 1:10 - 1:14
    Temos cerca de vinte estudantes
    que trabalham conosco como jornalistas,
  • 1:14 - 1:16
    espalhados por todo os EUA.
  • 1:16 - 1:19
    Eles nos ajudam a desvendar
    falsas informações que eles encontram
  • 1:19 - 1:22
    nas suas próprias redes sociais
    através delas mesmas.
  • 1:22 - 1:27
    Assim, esses adolescentes estão ensinando
    como eles conseguiram checar uma alegação.
  • 1:27 - 1:30
    Eles não apenas dizem
    se ela é verdadeira ou não.
  • 1:30 - 1:32
    Eles mostram quais são as ferramentas
  • 1:32 - 1:34
    usadas pelos jornalistas
    e verificadores de fatos,
  • 1:34 - 1:37
    de uma forma divertida.
  • 1:37 - 1:41
    Falamos com Angie Li, uma estudante
    do segundo ano do ensino médio da Flórida.
  • 1:41 - 1:46
    Ela nos mostrou como verificou
    uma informação de um vídeo no Tik Tok.
  • 1:46 - 1:49
    Eu não tinha ideia de que havia
    ttanta informação falsa no mundo.
  • 1:49 - 1:53
    Sempre tive a impressão de que as pessoas
    compartilhariam coisas certas.
  • 1:53 - 1:55
    Por que elas compartilhariam algo falso?
  • 1:55 - 1:58
    Mas realmente, às vezes
    as pessoas não sabem
  • 1:58 - 2:00
    que estão espalhando informações falsas.
  • 2:00 - 2:01
    Então o que você fez?
  • 2:01 - 2:04
    Qual foi o processo usado
    para descobrir isso?
  • 2:04 - 2:08
    Esse é o vídeo doTik Tok que afirma
    que o uso do ciigarro eletrônico,
  • 2:08 - 2:12
    o " vaping", reduz as chances
    de contrair o coronavírus.
  • 2:12 - 2:15
    Uma das coisas mais fáceis
    que você pode fazer
  • 2:15 - 2:16
    é abrir uma nova aba
  • 2:16 - 2:19
    e fazer uma pesquisa rápida
    com as palavras-chave,
  • 2:19 - 2:21
    com as palavras mais importantes.
  • 2:21 - 2:23
    Aqui temos "vaping" "reduz" "coronavírus".
  • 2:24 - 2:31
    Imediatamente vemos que muitos títulos
    parecem dizer o exato oposto disso.
  • 2:31 - 2:35
    O primeiro site diz que o relato
    de sintomas respiratórios
  • 2:35 - 2:38
    por usuários de cigarros eletrônicos
  • 2:38 - 2:42
    sugere maior suscetibilidade e/ou atraso
    na recuperação de infecções respiratórias.
  • 2:42 - 2:46
    Parece que vaping não ajuda em nada,
    já que é um tipo de cigarro eletrônico
  • 2:46 - 2:50
    e o coronavírus é uma forma
    de infecção respiratória.
  • 2:50 - 2:52
    Então, olhei o segundo link.
  • 2:52 - 2:56
    Esse artigo é do National Institute
    on Drug Abuse.
  • 2:56 - 3:00
    Temos que ter certeza de que estamos
    pegando informações de sites confiáveis.
  • 3:00 - 3:05
    Essa fonte diz que provas emergentes
    sugerem que a exposição
  • 3:05 - 3:08
    a aerossóis de cigarros eletrônicos
    causa danos às células dos pulmões
  • 3:08 - 3:11
    e diminui a habilidade do corpo
    de responder à infecção.
  • 3:11 - 3:15
    Novamente, parece que vaping
    tornaria o coronavírus pior.
  • 3:15 - 3:19
    Então, na verdade, parece
    que esse Tik Tok é falso.
  • 3:20 - 3:24
    Esse vídeo provavelmente
    foi visto por muitas pessoas.
  • 3:24 - 3:27
    Muitas pessoas podem ter acreditado nele.
  • 3:27 - 3:29
    Esse é o preço da informação falsa.
  • 3:29 - 3:33
    Às vezes as pessoas começam a acreditar
    nas coisas erradas e a agir de acordo.
  • 3:33 - 3:36
    Como acreditam que o vaping reduz
    as chances de contaminação,
  • 3:36 - 3:38
    talvez criem esse hábito.
  • 3:38 - 3:40
    Informação falsa pode custar uma vida.
  • 3:40 - 3:45
    Se algo parece meio duvidoso,
    é melhor não compartilhar.
  • 3:45 - 3:47
    Não espalhe informação falsa.
  • 3:47 - 3:51
    Nos últimos anos, essa rede de verificação
    de fatos formada por adolescentes
  • 3:51 - 3:55
    certificou mais de 200 postagens
    como verdadeiras ou não.
  • 3:55 - 3:59
    Se você não sabe por onde começar,
    eles têm ótimos conselhos.
  • 3:59 - 4:02
    Um conselho para alguém
    que nunca checou uma informação...
  • 4:03 - 4:06
    A primeira coisa a se fazer
    é ver se a fonte é confiável.
  • 4:06 - 4:11
    E se a pessoa está usando uma linguagem
    extrema pra conseguir uma resposta sua.
  • 4:11 - 4:14
    Não confie em apenas uma fonte.
    Fazê-lo é uma má ideia.
  • 4:14 - 4:16
    Você precisa se certificar
    de checar outras fontes.
  • 4:16 - 4:19
    Eu comecei a ir devagar
    e não acreditar em tudo que leio.
  • 4:19 - 4:23
    O que lemos molda a nossa visão de mundo
    e como interagimos com os outros.
  • 4:23 - 4:26
    Assegurar que a informação que consumimos
    e compartilhamos é correta,
  • 4:26 - 4:30
    não beneficia apenas a nós mesmos,
    mas também o mundo todo.
  • 4:30 - 4:34
    Esses adolescentes são constantemente
    bombardeados com informações falsas
  • 4:34 - 4:37
    e quase sempre eliminam
    a pior parte da internet.
  • 4:37 - 4:40
    E muitos o fazem com um sorriso.
  • 4:40 - 4:42
    Tem sido muito legal ver isso.
  • 4:43 - 4:47
    Os adolescentes estão crescendo
    com mais tecnologias e redes sociais.
  • 4:47 - 4:50
    E pessoas mais velhas, como eu,
    não conseguem realmente entender
  • 4:50 - 4:52
    o que não quer dizer
    que não estejam usando
  • 4:52 - 4:55
    tecnologia inteligentemente
    e com consciência.
  • 4:55 - 4:57
    Nós temos ambições e aspirações,
  • 4:57 - 5:00
    mas tendemos a ser subestimados
    e diminuídos.
  • 5:00 - 5:02
    Não estamos no celular toda hora.
  • 5:02 - 5:04
    Quer dizer, geralmente estamos,
  • 5:04 - 5:07
    mas é relevante porque estamos
    verificando os fatos para os outros.
  • 5:07 - 5:10
    Passar muito tempo on-line,
    isso não nos consome.
  • 5:10 - 5:13
    Eu gostaria que as pessoas soubessem
    que nos importamos com o mundo.
  • 5:13 - 5:16
    Seria bom que soubessem
    que isso é importante para nós.
  • 5:16 - 5:20
    Talvez não passemos essa impressão
    por crescermos usando tecnologias,
  • 5:20 - 5:23
    mas nós realmente
    nos importamos com esse mundo
  • 5:23 - 5:25
    e em torná-lo melhor para todos.
  • 5:25 - 5:29
    Então, vamos aprender algo
    com essa nova geração.
  • 5:29 - 5:30
    Não espalhe notícias falsas.
  • 5:30 - 5:31
    Fique com a verdade!
  • 5:31 - 5:32
    Até a próxima.
  • 5:32 - 5:35
    Eu sou Hari Sreenivasan
    e esse é o Take on Fake
  • 5:38 - 5:41
    [Pesquisa revela que o coronavírus
    pode alcançar 8,2 m.]
  • 5:52 - 5:53
    [Dê dois passos pra trás.]
  • 5:53 - 5:55
    [Eu li que essa notícia é falsa.]
  • 5:55 - 5:56
    [Pesquise as palavras-chave!
  • 5:56 - 5:58
    O CDC ainda diz que o correto é 1,8 m.]
Title:
Dicas dos adolescentes que enfrentam informações falsas sobre o coronavírus
Description:

As escolas estão fechadas e os estudantes estão em casa. O que adolescentes fazem durante uma pandemia? Alguns estão se tornando verificadores de fatos profissionais através de um programa chamado Teen Fact-Checking Network. Esse programa ensina habilidades de educação digital aos estudantes a fim de ajudá-los a identificar informações falsas na internet. Angie Li, uma estudante do programa, nos mostra seu processo de verificação de um vídeo do Tik Tok que viralizou.

O Teen Fact-Checking Network faz parte do MediaWise, do qual o nosso apresentador, Hari Sreenivasan, é embaixador.

Teen Fact-Checking Network: https://www.poynter.org/teen-fact-checking-network/
MediaWise: https://www.poynter.org/mediawise

Não se esqueça de curtir e se inscrever: https://bit.ly/3dziPoH

Take on Fake desvenda afirmações que você viu ou compartilhou on-line para mostrar como se manter informado. O anfitrião Hari Sreenivasan percorre o labirinto da informação falsa na Internet e, lendo além de uma única manchete, encontra fontes confiáveis para descobrir a verdade.

#TakeOnFake

more » « less
Video Language:
English
Team:
Amplifying Voices of Change
Project:
Misinformation and Disinformation
Duration:
05:59

Portuguese, Brazilian subtitles

Revisions Compare revisions