YouTube

Got a YouTube account?

Νέο: ενεργοποιείστε μεταφράσεις και λεζάντες που δημιουργήθηκαν από θεατές στο κανάλι σας στο YouTube!

Portuguese, Brazilian υπότιτλους

← (h) TROM - 2.23 UFOs and extraterrestrial life

Πάρτε τον Κωδικό ενσωμάτωσης
9 Γλώσσες

Showing Revision 6 created 11/13/2014 by cauamoreira.

  1. [ OVNIs e vida extraterrestre]
  2. Aqui está uma ideia que demonstra a falta
    de educação em nossa sociedade.
  3. A sociedade que clama por educar a
    população.
  4. Devido ao pobre ou deliberadamente mau
    gerenciamento,
  5. o sistema monetário colocou mais ênfase no
    no cinema,
  6. tragédia e drama,
  7. conduzindo os cidadãos a um estado de
    alucinação.
  8. No filme "Alien"
  9. um ser humano é hospedeiro dum alienígina
    parasita
  10. até que esteja pronto para nascer.
  11. Isto tem incomodado o biologista Jack
    Cohen por muito tempo
  12. Alien não tem a ver a com a biologia
  13. Você não pode ter uma criatura maior do
    que o seu coração vivendo dentro de seu
  14. peito, sem você saber que está lá e sem o
    seu sistema imunológico ser acionado.
  15. Particularmente que nunca tenha visto um
    ser humano antes.
  16. Não funciona biologicamente
  17. mas funciona como filme.
  18. Por que você vê a coisa saindo do peito e
    você grita "Ahhhh"!
  19. E é exatamente o que eles querem - é um
    filme de terror.
  20. Outra clássica imagem de extraterrestres
    os mostra como insetos gigantes.
  21. A escolha de alienígena para o filme "Star
    Ship Trooper"
  22. Mas de acordo com as leis da física
  23. este tipo de anatomia é impossível.
  24. É como fazer um rato ficar do tamanho de
    um elefante
  25. Suas perninhas finas não suportariam o
    peso e se quebrariam.
  26. Você tem que redesenhar.
  27. É mais fácil fazer um filme aterrorizante
    com uma formiga gigante.
  28. Mesmo sendo anti-científicos, os insetos
    gigantes de Star Ship Trooper
  29. pelo menos não parecem com gente.
  30. A maioria dos filmes, mesmo os com
    orçamentos de grandes efeitos especiais,
  31. apresentam alienígenas que parecem ter
    se desenvolvido na Terra.
  32. Por que eles tem rostos que lembram os
    nossos
  33. Quase todos os seres terrenos que vemos em
    nossa volta
  34. humanos incluídos,
  35. têm rostos , com dois olhos, duas narinas
    e uma boca em baixo
  36. Esta configuração vem de um ancestral
    comum que viveu há centenas de milhares
  37. de anos atrás. Agora, quando olhamos esses
    alienígenas
  38. e eles têm rostos com dois olhos, o nariz, a boca,
  39. eles não podem ser alienígenas.
  40. Eles só podem ter sido desenvolvidos na Terra.
  41. Eles devem compartilhar do mesmo ancestral, ou então não teriam rostos assim.
  42. Esperamos que as criaturas - o cão, o gato, ou mesmo um peixe,
  43. tenham um rosto.
  44. Então inventamos algo para o filme
  45. damos a ele uma face.
  46. E isso realmente faz com que as pessoas que assistem
  47. se emocionem com ele.
  48. Seres alienígenas verdadeiros não podem ser desse jeito.
  49. Se eu acredito em OVNIs?
  50. Ou visitantes extraterrestres?
  51. Não estou autorizado a responder a essa pergunta.
  52. Onde devo começar...
  53. OVNI.
  54. Primeiro, lembre-se do que NI significa em OVNI.
  55. Agora, tem um entusiasmo fascinante da mente humana,
  56. que psicólogos sabem muito bem.
  57. E é chamado argumento da ignorância.
  58. e é assim
  59. Prontos?
  60. Alguém vê luzes piscando no céu.
  61. Eles nunca tinham visto isso antes.
  62. Eles não entendem o que são.
  63. Eles dizem: Oh, um OVNI!
  64. O NI quer dizer Não Identificado
  65. Então eles dizem, eu não sei o que é.
  66. Devem ser alienígenas do espaço visitando de um outro planeta.
  67. Bem, se você não sabe o que é
  68. é onde a conversa deve parar!
  69. Você sabe, eles dizem que pode ser qualquer coisa.
  70. ok?
  71. Isto é que é argumento de ignorância.
  72. É comum, não estou culpando ninguém.
  73. Psicólogos sabem tudo a respeito
    e pode ter a ver com nosso desejo ardente
  74. de ter que saber das coisas,
  75. por que estamos desconfortáveis mergulhados na ignorância.
  76. Você não pode ser um cientista se você está desconfortável com a ignorância,
  77. por que vivemos na fronteira entre o que é conhecido e o que é desconhecido no universo.
  78. Ao contrário do que escrevem os jornalistas...
  79. Vocês viram jornalistas... algum jornalista aqui?
  80. Vocês sabem, jornalistas...
  81. Vocês sabem, jornalistas...
  82. todos os artigos sobre cientistas... começam:
  83. Cientistas agora vão de volta à mesa de trabalho.
  84. Como se estivéssemos no nosso escritório, sabe,
  85. mestres do universo, como se, opa...
  86. alguém descobriu alguma coisa.
  87. Não, estamos sempre na mesa de trabalho.
  88. Se você não está na mesa de trabalho você não está fazendo descobertas.
  89. Você é outra coisa.
  90. Então,
  91. o público parece ter aquela necessidade ardente
  92. de ter uma resposta para o que é desconhecido.
  93. E então você vai de um objeto afirmação de ignorância
  94. para um objeto afirmação de certeza.
  95. Então, isso está operando dentro de nós.
  96. Vamos começar por lá.
  97. Segundo,
  98. nós sabemos não só através de pesquisa e psicologia,
  99. mas simples evidência empírica da história da ciência,
  100. que a menor forma de evidência,
  101. que existe no mundo, é testemunha ocular.
  102. O que amedronta por ser uma das maiores formas de evidência no tribunal da lei.
  103. Mas nós sabemos desde o segundo ano
  104. com meu companheiro de segundo ano...
  105. pegue o microfone por um minuto...
  106. Pegue o microfone! Pegue o microfone!
  107. Nas suas aulas você já fez a famosa experiência em que se brinca de telefone
  108. e você coloca os alunos em fila e uma pessoa começa com uma história
  109. e você ouve e repete a história para a pessoa seguinte e a seguinte...
  110. Você já fez isso em classe?
  111. Sim.
  112. O que acontece quando você chega na última pessoa
  113. e eles recontam a história o que acontee?
  114. É completamente diferente.
  115. Completamente diferente, completamente diferente. ok?
  116. Por que a transferência de informação
  117. foi baseada em testemunho ocular
  118. que no caso é testemunho ocular do carro.
  119. E então, vamos admitir, então ele sabe disso.
  120. Então ele sabe e ele está no segundo ano!
  121. Certo, então,
  122. Na verdade deveria estar no terceiro do segundo grau...
  123. Então...
  124. E agora, e agora
  125. não importa se você viu um disco voador.
  126. Na ciência, mesmo se você tem algo tão controverso quanto um disco voador,
  127. se você vier no meu laboratório e disser: Você tem que acreditar, eu vi!,
  128. e você é um dos cientistas companheiros, eu diria: Vai pra casa!
  129. Volte e colha alguma outra evidência que não seja que você apenas viu.
  130. Ok? Por que a percepção humana é viva
  131. estamos sempre nos enganando, certo.
  132. Mas nós não queremos pensar assim de nós mesmos.
  133. Nós temos opiniões elevadas sobre nossa biologia humana
  134. quando na verdade não devíamos
  135. Eu vou dar um exemplo de como isto se apresenta.
  136. Nós todos já compramos e curtimos livros chamados ilusões óticas, certo?
  137. Nós todos gostamos de ilusões óticas, mas não é assim exatamente que o livro deveria se chamar.
  138. Deveriam chamá-lo de "Falhas Cerebrais".
  139. Por que é isso que eles são.
  140. É uma completa falha da percepção humana, com certeza.
  141. Só precisa de alguns desenhos feitos com inteligência e seu cérebro não consegue entender.
  142. Tudo certo?
  143. Então, nós somos aparelhos de baixo armazenamento de dados,
  144. por isso temos tanta fé na ciência.
  145. Por que temos máquinas
  146. que não se importam com que lado da cama acordaram de manhã.
  147. Não se importam com o que disseram para seu companheiro aquele dia,
  148. Não se importam se tomaram café de manhã para estar com os dados corretos, ok.
  149. Então talvez você tenha visto visitantes de outra parte da galáxia.
  150. Eu preciso de mais do que seu testemunho ocular.
  151. E nos tempos modernos eu preciso mais do que sua fotografia,
  152. que Photoshop tem um botão OVNI
  153. hoje em dia já embutido
  154. Então, seu computador!
  155. então o que você faz: Eu não estou dizendo que não tenhamos sido visitados.
  156. Estou dizendo que a evidência apresentada até agora
  157. não satisfaz os padrões de exigências que qualquer cientista
  158. exigiria para qualquer assunto que for trazido ao laboratório.
  159. Aí você está pronto, você volta e diz: Veja o que eu tenho!
  160. Como eu roubei o cinzeiro da prateleira do disco voador
  161. e aí você traz isso para o laboratório.
  162. Já não é mais um testemunho ocular
  163. por que você tem então algo fabricado por alienígenas.
  164. E qualquer coisa que você tirar do disco voador que cruza a galáxia
  165. vai ser interessante, certo?
  166. Por que até objetos dentro de nossa própria cultura...
  167. Eu tenho esse aparelho aqui, certo?
  168. o IPhone
  169. Dez anos atrás iriam ressuscitar as leis das bruxas
  170. se você mostrasse algo assim.
  171. certo?
  172. E isso dentro de nossa cultura.
  173. Nossa própria cultura produziu isso mais de dez anos atrás.
  174. Então, se isso foi alguma tecnologia que cruzou a galáxia,
  175. será algo sério a ser analisado no laboratório.
  176. Aí podemos ter uma conversa.
  177. Até lá - Não posso, sinto muito.
  178. Siga em frente, continue tentando descobrir, eu não vou impedir.
  179. Mas se prepare para quando for abduzido,
  180. por que estarei procurando pela sua evidência quando acontecer.
  181. e...
  182. E o último ponto sobre isso é
  183. existem pessoas que estão olhando para cima o tempo todo,
  184. como por exemplo a comunidade de astrônomos amadores no mundo.
  185. Eu fui um astrônomo amador. Saíamos de um prédio e olhávamos para cima.
  186. Olhávamos para cima.
  187. Avistamentos de OVNIs não são mais frequentes entre astrônomos amadores do que o público em geral.
  188. Na verdade, são menos. Você diria, por que isso?
  189. Bem, por que nós sabemos o que estamos olhando.
  190. Por que nós estudamos a matéria!
  191. Você sabe que houve um avistamento registrado por um policial
  192. por que você sabe que se você tem um crachá, ou se você é um piloto ou algo assim,
  193. então seu testemunho será de alguma forma melhor do que o da pessoa comum.
  194. é tudo mal por que somos humanos, certo?
  195. Então, havia um policial que estava seguindo um OVNI
  196. que estava voando de um lado para o outro no céu.
  197. registrando no... como falou o policial?
  198. no carro seguindo um OVNI e o OVNI movia de um lado para o outro assim.
  199. certo? Mais tarde acabou
  200. que o guarda seguia Vênus
  201. e ele dirigia numa estrada cheia de curvas.
  202. mas estava tão distraido por Vênus que achou que Vênus é que estava se movendo
  203. e ele mesmo pensava por que estava fazendo isso
  204. Eu tive uma conversa com um leigo sobre discos voadores
  205. por que sou um cientista e sei tudo sobre discos voadores!
  206. Eu disse " Eu não acho que existem discos voadores",
  207. Então meu antagonista disse,
  208. "É impossível existirem discos voadores?
  209. Você pode provar que é impossível?"
  210. "Não", eu disse " não posso provar que é impossível. É só muito improvável".
  211. O que ele respondeu " Você é muito anti-científico.
  212. Se não pode provar ser impossível
  213. então como pode dizer ser improvável?"
  214. é assim que é científico.
  215. É científico dizer o que é mais provável ou menos provável,
  216. e não ficar provando todo o tempo o possível e o impossível
  217. Para definir o que quero dizer, acho que disse a ele,
  218. "Ouça, eu digo isso de acordo com meu conhecimento do mundo que vejo à minha volta,
  219. Eu acho mais provável
  220. Eu acho mais provável que o registro de discos voadores sejam o resultado das conhecidas características irracionais da inteligência terrestre
  221. do que os esforços racionais desconhecidos de inteligência extraterrestre."
  222. Se você olha para os parentes genéticos mais próximos
  223. aos seres humanos - os chimpanzés-
  224. nós compartilhamos como 98% de DNA idêntico,
  225. nós somos mais inteligentes do que um chimpanzé,
  226. Vamos inventar uma medida de inteligência que faça os humanos únicos.
  227. Digamos que é nossa habilidade de compor poesia,
  228. sinfonia, fazer arte, matemática e ciência, vamos dizer.
  229. certo?
  230. Vamos tornar esta a definição arbitrária por agora.
  231. Chimpanzés não podem fazer nada disso
  232. ainda assim compartilhamos de 98 a 99 de DNA
  233. Ok?
  234. O chimpanzé mais brilhante que já existiu
  235. talvez possa fazer um pouco de linguagem de sinais
  236. ... podem fazer isso
  237. Bem, nossas criancinhas podem fazer isso. Criancinhas
  238. Então
  239. aqui está o que me preocupa muito profundamente
  240. Tudo o que somos, que nos distingue dos chimpanzés
  241. emerge daquele 1% de diferença no DNA
  242. Tem que ser, pois esta é a diferença.
  243. O tescópio Hubble, o grande... este está no 1%.
  244. Talvez...
  245. tudo o que nós somos que não é o chimpanzé
  246. não é tão inteligente comparado ao chimpanzé como nós dizemos a nós mesmos
  247. talvez a diferença entre construir e lançar um telescópio Hubble
  248. e um chimpanzé combinando o movimento de dois dedos como linguagem de sinal
  249. talvez essa diferença não seja tão grande afinal
  250. nós dizemos a nós mesmos que sim
  251. assim como rotulamos nossos livros
  252. ilusões de ótica
  253. Dizemos a nós mesmos que é muito. Talvez seja quase nada.
  254. Como decidiríamos isso? Imagine uma outra forma de vida!
  255. Que seja 1% diferente de nós!
  256. Na direçâo que somos diferentes dos chimpanzés
  257. Pense nisso.
  258. Nós temos 1% de diferença e construimos o telescópio Hubble.
  259. Avance outro 1%.
  260. O que somos para eles?
  261. Seríamos completos idiotas em sua presença.
  262. É assim que seria.
  263. Eles pegariam Stephen Hawking e o levariam em frente de seus
  264. melhores pesquisadores e diriam, bem
  265. este aqui é o mais brilhante entre eles
  266. por que ele pode fazer um tipo de astrofísica em sua cabeça
  267. Oh que bonitinho! Joâozinho também faz isso
  268. Oh!!
  269. Deixe eu pegar, está na porta da geladeira, aqui está
  270. ele fez isso na escola fundamental.
  271. Pense como seriam inteligentes!
  272. Mecânica quântica seria intuitiva para os pequeninos.
  273. Sinfonias inteiras seriam escritas por suas crianças, e como eu disse,
  274. ponha na porta da geladeira - assim como os imãs de geladeira que temos.
  275. Então a noção de que vamos encontrar alguma vida inteligente
  276. e ter uma conversa com ela!?
  277. Quando foi a última vez que você parou para ter uma conversa com uma minhoca?
  278. Ou um pássaro?
  279. Bem, você pode ter tido uma conversa mas não penso que você esperava uma resposta, certo?
  280. Certo? Então...
  281. Não temos conversas com todas as espécies na terra
  282. com as quais temos DNA em comum.
  283. Para acreditar que alguma outra espécie inteligente
  284. vai estar interessado em nós? bastante para ter uma conversa?
  285. eles olhariam para o telescópio Hubble e diriam, "que interessante... veja o que estão fazendo."
  286. Então fico acordado à noite pensando se nós simplesmente como espécie
  287. somos tão estúpidos para entender o universo que investigamos
  288. e talvez precisemos de outra espécie 1% mais inteligente que nós
  289. para qual a teoria de cadeia seria intuitiva,
  290. para qual todos os grandes mistérios do universo, da matéria escura, energia escura, as origens da vida
  291. e todas as fronteiras do pensamento
  292. seriam algo que eles cnheceriam de intuição.
  293. Sinto inveja dessa possibilidade
  294. por que quero estar vivo para essas descobertas.
  295. [ Soluções alternativas ]
  296. OVNI associados com vida extra terrestre
  297. apresenta, muito bem, o enfoque aberrante do sistema monetário.
  298. Entretanto, a solução é própria educação
  299. e a reorganização do nosso sistema
  300. para que nossas prioridades sejam alinhadas com as necessidades naturais.
  301. O sistema monetário não está apto a alcançar isto
  302. por que suas principais preocupações são lucro e consumo.
  303. É preocupante que os humanos considerem a curiosidade por filmes e discussões
  304. mais importantes do que a ciência.
  305. O que faz essa organização chamada sistema monetário
  306. é amparar e perpetuar essa situção.
  307. Não estão dando a devida atenção à ciência
  308. e ao invés disso estão se focando em consumo e lucro.