Portuguese, Brazilian Untertitel

← vimeo.com/.../436888534

Einbettcode generieren
8 Sprachen

Zeige Revision 16 erzeugt am 07/09/2021 von Carol Garcia.

  1. Sou Art Blaser
  2. De Orange, California
    Sul de Los Angeles
  3. E a primeira questão tinha a ver com
  4. minha história e como eu conheci
  5. ADA, uma associação para deficientes.
  6. No meu caso, embora eu já
    conhecesse um pouco deles,
  7. não bem menos que a maioria das pessoas,
  8. até que fiquei deficiente.
  9. Isto foi em 1983, quando tive
    um acidente vascular cerebral
  10. e hoje estou deficiente

  11. e cadeirante.
  12. E diria que
  13. as questões de adaptação
    à deficiência
  14. eu superei.
  15. A maior delas foi o acesso
    a minha casa
  16. e a menor ao meu trabalho.
  17. Embora, em teoria, as
    guias rebaixadas

  18. eram para estar no lugar
    desde 1995,
  19. na prática, não estavam.
  20. Hoje elas estão e eu penso que
  21. é devido ao impacto da ADA.
  22. Agora conseguimos coisas
  23. em tempo, mas
  24. o espírito da ADA
  25. era a confrontação das
  26. pessoas indo ao público
    sobre suas necessidades.
  27. E eventualmente, em Orange, onde eu vivo,
  28. tinha guias rebaixadas,
  29. o que permitiu que eu morasse
  30. a cerca de cinco quadras do campus.
  31. Eu tive melhorias também e
    acomodações
  32. que incluía uma voz computadorizada,
  33. que me permitia dar aulas.
  34. O tipo de coisas que
  35. não existiam décadas atrás.
  36. Felizmente, como professor
    na California,
  37. Tive a vantagem de
  38. usufruir de boas leis estaduais.
  39. Mas acredito que elas foram forçadas
  40. pelo espírito da ADA.
  41. Nós vemos o efeito da ADA com um bom espírito
  42. e para coisas que não funcionam,
  43. apenas como cada dia eles
  44. tentam obter acesso a diferentes prédios.
  45. e com frequência, na experiência
  46. de outras pessoas dizerem
  47. que isto não deveria estar acontecendo
  48. mas, de fato está.
  49. Mas a grande diferença é
  50. que devido a pessoas motivadas,
  51. eventualmente as coisas mudam e adaptam-se.
  52. Eu notei isto principalmente
  53. na educação
  54. que eu ensino
  55. na Universidade de Chapman desde 1981,
  56. bem antes da ADA.
  57. E quando eu não era deficiente, eu ensino
  58. Hoje, notei muito dos efeitos por meio do
  59. ensino de deficiência, pelo menos.
  60. e eu tive alunos
  61. que realmente cresceram conhecendo
  62. a existência da ADA
  63. e eles são chamados "Geração ADA"
  64. o que faz uma grande diferença
  65. As pessoas estão discutindo sobre deficiências e
  66. tentando tornar o mundo um lugar melhor.
  67. E, em muitos casos, tem tido sucesso
  68. e em alguns casos, não.
  69. Mas há razões para isso
  70. e eu acho que há um desejo
  71. de entender as razões.
  72. Acredito que eles querem que
  73. entendam A associação como
  74. lugar e como as pessoas vivem
  75. e o contraste entre casas de idosos
  76. e as faltas da comunidade
  77. Ou definir parâmetros
  78. E estamos vivenciando pelo COVID-19,
  79. a crise atual de
  80. muitas mortes em casas de idosos no mundo.
  81. E nós também temos a coordenação
  82. nos Estados Unidos
  83. A interpretação disso,
  84. que vai cuidar do direito das pessoas
  85. de viver na comunidade
  86. garantida pela Lei dos Americanos
  87. com Deficiências. Eu acho que um dos
  88. infortúnios que temos visto
  89. são pela falta de movimentos a favor
  90. de reformas na casa de idosos
  91. ou propriedades
  92. não podemos continuar vivendo em ambientes
  93. congregados e um número ativo de
  94. pessoas de que a grande coisa são
  95. os centros de vivência independentes
  96. e o movimento de vida independentes
  97. algo que eu me sinto privilegiado
  98. de estar envolvido de várias maneiras
  99. com um centro de vivência independente
  100. para o distrito de Orange e LA
  101. e a maior questão está sendo
  102. a transição de casas para idosos
  103. e que vai continuar sendo uma grande
  104. questão incluindo a interpretação de princípios.
  105. que acho bem importante
  106. não apenas nos Estados Unidos
  107. como também acontece
  108. na Inglaterra que notou a mesma coisa acontecendo
  109. que a metade das mortes
  110. são de pessoas em casas de repouso

  111. eles conseguiram perceber que havia algo
  112. e agora estamos vendo muitas
  113. pessoas que tiveram COVID 19
  114. testaram positivo e se recuperaram
  115. mas há muitas indicações que eles
  116. não se recuperaram perfeitamente
  117. que muitas delas, como eu, tiveram um infarto
  118. algumas similares à esclerose múltipla
  119. e muitas pessoas nunca pensaram nelas
  120. como deficientes, mas de fato
  121. muitas possuem as condições de deficiência.
  122. e um importante fator para os próximos anos
  123. acredito que as pessoas aceitaram a deficiência
  124. e descobriram que, na verdade, parte
  125. de uma maneira que muitos de nós vivemos
  126. e é algo que está
  127. indo embora, por conta de
  128. pessoas como eu
  129. que podemos tornar o mundo bem melhor
  130. reconhecendo os direitos
  131. que deveriam vir junto com a deficiência
  132. o passo mais importante que
  133. nós, como membros da comunidade, devemos tomar
  134. é a educação para podermos ver que
  135. todos nós estamos envolvidos através do
  136. ciclo da vida para podermos enxergar por dentro
  137. e considerando pessoas de ambas
  138. dimensões de deficiência
  139. algumas com orgulho e atitudes positivas
  140. perante as diferenças humanas continua
  141. durante suas vidas e
  142. conhecer organizações religiosas
  143. primeiro, pode achar dificuldade em
  144. lidar com deficiência através de políticas
  145. como a Lei dos Americanos com Deficiências
  146. e "Vocabularies Right"
  147. mas é bem necessário
  148. nas faculdades e universidades
  149. sei que temos que graduar deficiências
  150. para este programa
  151. mas, como comunidade, acredito que tudo afeta a mídia.
  152. As vezes, vemos as coisas de uma forma diferente
  153. mas um aumento na deficiência
  154. é importante
  155. Felizmente, temos projetos como
  156. projetos de deficiência e visibilidade,
  157. um série de exemplos
  158. de envolvimento com a mídia
  159. Fundações como a "Fundação
    Rotherham".
  160. Mas há várias indicações de que
  161. no futuro, a deficiência será algo
  162. sobre o que as pessoas conversarão
  163. e lidarão de forma positiva.