Return to Video

Tolkien's Great War

  • 0:10 - 0:13
    John Ronald Reuel Tolkien
    nasceu em 3 de Janeiro de 1892.
  • 0:13 - 0:15
    Ele e seu irmão Hilary tiveram
    uma infância difícil.
  • 0:16 - 0:18
    Quando Tolkien tinha quatro anos,
    perderam o pai, Arthur
  • 0:18 - 0:20
    para a febre reumática.
  • 0:20 - 0:22
    Sendo uma viúva de
    baixa renda, sua mãe, Mabel
  • 0:22 - 0:24
    os ensinou em casa e teve um papel
    vital no começo da educação
  • 0:25 - 0:26
    e desenvolvimento deles.
  • 0:26 - 0:29
    Tolkien era um garoto inteligente e gentil,
    com um fascínio e sede por línguas.
  • 0:29 - 0:32
    Tolkien prestou o exame de admissão
    para a Escola King Edward e passou.
  • 0:32 - 0:33
    No outono de 1900, por uma taxa
    de 12 libras ao ano,
  • 0:33 - 0:35
    Tolkien seria educado
    em um ambiente
  • 0:35 - 0:37
    que o ajudaria
    a atingir seu potencial acadêmico.
  • 0:37 - 0:38
    [John Garth] Ingressar na King Edward foi
  • 0:38 - 0:40
    extremamente importante para Tolkien;
    ele era um garoto
  • 0:40 - 0:42
    excepcionalmente talentoso. A King Edward
    lhe ofereceuum vasto escopo
  • 0:42 - 0:45
    e também a companhia de outros garotos
    igualmente talentosos.
  • 0:45 - 0:47
    O que provavelmente era
    muito difícil para Tolkien encontrar.
  • 0:47 - 0:49
    [Simon Stacey]
    Ele não só jogava rugby
    mas era o líder
  • 0:49 - 0:52
    na sociedade de debate
    e na sociedade literária;
  • 0:52 - 0:54
    ele realmente era a vida e alma
  • 0:56 - 0:57
    e a escola perdeu muito quando
    ele finalmente saiu.
  • 0:57 - 0:59
    [NR] Aos 11 anos, Tolkien
    e seu irmão, Hilary
  • 0:59 - 1:02
    perderam sua mãe, Mabel, para o diabetes.
  • 1:02 - 1:05
    Acometido pela mágoa,
    ele mergulha nos estudos
  • 1:05 - 1:07
    com mais entusiasmo que antes.
    Ele se sobressai academicamente,
  • 1:08 - 1:10
    mas em 1905 ele conhece seu rival intelectual,
    Christopher Wiseman.
  • 1:11 - 1:12
    [John Garth] Tolkien conheceu seu
    melhor amigo na King Edward,
  • 1:12 - 1:14
    Christopher Wiseman, em uma partida de rugby.
  • 1:16 - 1:17
    Músico, matemático;
    muito diferente de Tolkien.
  • 1:17 - 1:21
    Eles desenvolveram
    uma forte ligação no campo de rugby,
  • 1:21 - 1:24
    que se autodenominavam
    "Os grandes irmãos gêmeos",
  • 1:24 - 1:28
    que era uma frase de "Baladas da Roma Antiga"
    de Lorde Macaulay.
  • 1:28 - 1:29
    [Simon Stacey] Eram também amigáveis
    rivais na escola,
  • 1:29 - 1:30
    ambos sendo garotos muito estudiosos.
    Wiseman possuía um intelecto formidável
  • 1:31 - 1:33
    e se interessava por muitas coisas
  • 1:33 - 1:35
    em que Tolkien começava a se interessar;
  • 1:36 - 1:37
    línguas, acho que ele estudava
    egípcio e hieróglifos.
  • 1:37 - 1:39
    [John Garth] Tolkien e Wiseman
    devem ter se ajudado a se definirem
  • 1:39 - 1:41
    durante o período da adolescência,
    porque eles discutiam;
  • 1:41 - 1:45
    discutiam intensamente
    sobre suas crenças.
  • 1:45 - 1:47
    [Simon Stacey] Wiseman era
    um músico muito talentoso;
  • 2:35 - 2:37
    Tolkien supostamente não tinha aptidão musical
    mas isso não os impedia de serem amigos!
  • 2:37 - 2:40
    [NR] Tolkien também se torna amigo
    do filho do diretor, Rob Gilson.
  • 2:45 - 2:47
    Tolkien, Wiseman e Gilson
    desenvolvem um forte vínculo
  • 2:47 - 2:51
    que permanece além da época de escola.
  • 2:51 - 2:54
    Fora da King Edward, a vida de Tolkien
    está para mudar, novamente.
  • 2:58 - 3:00
    [John Garth] Tolkien estava morando
    em um alojamento com seu irmão, Hilary,
  • 3:00 - 3:01
    e aos 16 anos conheceu a também locatária,
    Edith Bratt, de 19 anos.
  • 3:03 - 3:05
    Ela era uma garota bela;
    pianista talentosa e também orfã.
  • 3:10 - 3:13
    E os dois se uniram em tristeza mútua
  • 3:13 - 3:18
    mas também em sonhos e esperanças.
  • 3:18 - 3:20
    A dificuldade para Ronald,
    como ela o chamava, e Edith
  • 3:20 - 3:23
    era por ele ser Católico Romano
    e ela Anglicana.
  • 3:28 - 3:31
    [NR] O guardião de Tolkien,
    o Padre Francis Morgan, um padre católico
  • 3:31 - 3:33
    sente que esse é um grande divisor,
    e também que Edith desviará Tolkien
  • 3:34 - 3:36
    de suas tentativas de entrar
    na Universidade de Oxford.
  • 3:41 - 3:43
    [John Garth] O Padre Franscis Morgan
    os proibiu de se verem,
  • 3:45 - 3:46
    e até mesmo de se falarem.
  • 3:46 - 3:48
    Ele retomou suas amizades na King Edward
  • 3:48 - 3:50
    e foi em sua fase final ali
    que ele começou a desabrochar
  • 3:50 - 3:53
    e tomar o local como seu;
    ele e seus amigos mandavam no poleiro.
  • 3:56 - 3:59
    [NR] Aproveitando ao máximo seu último ano
    em King Edward
  • 3:59 - 4:03
    e as amizades que formou,
  • 4:04 - 4:07
    Tolkien e seus amigos
    criaram uma sociedade informal.
  • 4:10 - 4:11
    Esses jovens intelectuais se reuniam
    na biblioteca da escola
  • 4:12 - 4:14
    e faziam o que lhes era proibido:
    preparar chá.
  • 4:14 - 4:16
    Fora da escola
    eles se encontravam no café
    na Barrow Stores em Birmingham
  • 4:22 - 4:24
    e divertidamente se chamavam de
    "Clube do Chá e Sociedade Barroviana"
  • 4:28 - 4:30
    ou CCSB, se abreviado.
  • 4:31 - 4:34
    (música nostáligica)
  • 4:34 - 4:36
    [John Garth] O núcleo do CCSB provavelmente
  • 4:36 - 4:39
    eram Tolkien e Wiseman, e os outros
  • 4:39 - 4:40
    se reuniam em torno deles.
  • 4:40 - 4:42
    Havia Robert Quilter Gilson,
    o filho do diretor
  • 4:42 - 4:44
    Rob era um sujeito culto e sociável,
  • 4:44 - 4:48
    talvez ele fosse a cola social do grupo;
  • 4:48 - 4:50
    ele recepcionava a todos
    e encontrava algo
  • 4:50 - 4:54
    em comum com eles. Um companheiro artístico e gentil
  • 4:54 - 4:56
    que adorava desenhar.
  • 4:57 - 4:59
    [Simon Stacey] Ele era um artista talentoso
  • 5:00 - 5:03
    e tinha ambição de ser um arquiteto.
  • 5:03 - 5:05
    Houve uma adição tardia,
    Geoffrey Bache Smith,
  • 5:05 - 5:09
    que era fascinado por mitologia,
    mitologia Celta;
  • 5:09 - 5:10
    Isso deu a ele algo em comum
    com Tolkien;
  • 5:11 - 5:14
    Essa era outra das paixões
  • 5:21 - 5:23
    de Tolkien.
  • 5:23 - 5:24
    [Simon Stacey] Smith era um poeta brilhante
  • 5:25 - 5:29
    e avançado que recomendava
  • 5:29 - 5:32
    poesia contemporânea a Tolkien.
    Quando começou a escrever poesia,
  • 5:32 - 5:34
    Tolkien, até certo ponto
  • 5:37 - 5:38
    era inspirado por Smith e um grupo maior.
  • 5:38 - 5:38
    E esse realmente foi o ínício
  • 5:38 - 5:39
    de Tolkien como escritor.
  • 5:39 - 5:40
    [John Garth] No início era
  • 5:40 - 5:41
    mais por diversão, mais tarde,
    durante os anos de guerra
  • 5:41 - 5:44
    isso se transformou em uma fraternidade
  • 5:44 - 5:47
    da qual cada um extraia força
  • 5:47 - 5:51
    e conforto tremendos.
  • 5:51 - 5:54
    Mais tarde naquele ano, o tempo de Tolkien
  • 5:54 - 5:54
    na King Edward chega ao fim e ele começa
  • 5:55 - 5:58
    seu primeiro ano em Oxford,
  • 5:58 - 6:00
    tendo sido admitido com êxito.
  • 6:00 - 6:02
    No dia de seu 21° aniversário
  • 6:02 - 6:04
    e de sua independência
    do Padre Francis Morgan,
  • 6:06 - 6:08
    Tolkien escreve para Edith,
  • 6:08 - 6:10
    e uma semana depois,
    eles se reencontram.
  • 6:10 - 6:13
    Edith está prestes a se casar
    com outro homem,
  • 6:13 - 6:16
    mas apesar de certa ridicularização
  • 6:16 - 6:18
    ela aceita terminar o noivado
  • 6:18 - 6:20
    para ficar com Ronald.
  • 6:20 - 6:22
    Nos meses seguintes, um senso crescente
  • 6:22 - 6:24
    de problemas se espalha
    pela Europa em 28
  • 6:25 - 6:27
    de Junho, 1914, tudo muda.
  • 6:27 - 6:29
    [som de tiro]
  • 6:29 - 6:34
    [música solene]
  • 6:35 - 6:38
    Gavrillo Princip é preso
  • 6:39 - 6:40
    pelo assassinato
    do Arquiduque Franz Ferdinand.
  • 6:41 - 6:43
    Surge uma crise diplomática
    e dentro de semanas
  • 6:43 - 6:45
    as maiores potências europeias
    estão em guerra.
  • 6:45 - 6:50
    A Alemanha invade a Bélgica e a Bretanha
  • 6:50 - 6:53
    declara guerra a Alemanha.
    O Parlamento emite uma convocação
  • 6:55 - 6:57
    para as tropas britânicas.
  • 6:57 - 7:01
    [Paul Golightly] Não há pressa
  • 7:01 - 7:03
    para isso imediatamente. Se torna muito mais
  • 7:04 - 7:05
    óbvio que as pessoas estão dispostas
  • 7:05 - 7:08
    a se alistar quando as atrocidades
    começam a emergir,
  • 7:08 - 7:10
    e surge uma pressa mais concertada
  • 7:10 - 7:12
    de se alistar.
  • 7:13 - 7:15
    [John Garth] Havia uma espécie de empolgação
  • 7:15 - 7:16
    sobre a guerra, havia um senso inocente
  • 7:16 - 7:18
    de que isso permitiria que jovens homens
  • 7:18 - 7:20
    alcançassem seu potencial de uma forma
    que não era possível
  • 7:21 - 7:23
    em tempos de paz. Havia um senso tremendo
  • 7:23 - 7:25
    de patriotismo e dever em relação
  • 7:26 - 7:28
    ao que a a Inglaterra
    ou a Grã Bretanha apoiavam.
  • 7:28 - 7:30
    [Paul Golightly] Eles eram atraídos
  • 7:30 - 7:33
    pela ideia de acertar as contas
    com os Alemães
  • 7:34 - 7:36
    ou pelos menos alguns deles seriam.
  • 7:36 - 7:38
    Eles achavam que dariam
  • 7:38 - 7:40
    uma boa surra nos Alemães.
  • 7:40 - 7:41
    [John Garth] "Os Alemães foram covardes"
  • 7:41 - 7:43
    E foi necessário que lidássemos com eles
    e lhes mostrasse seu lugar.
  • 7:43 - 7:45
    [Paul Golightly] Homens se uniam por necessidade
    econômica,
  • 7:45 - 7:48
    e isso é encontrado em qualquer guerra.
  • 7:49 - 7:50
    A vida não é tão excitante e o romance
  • 7:52 - 7:53
    e cor de se alistar no exército
  • 7:54 - 7:57
    e ser parte de algo grande, com certeza
  • 7:57 - 8:00
    tem algum atrativo.
  • 8:01 - 8:03
    [música solene] E eles veem coisas
  • 8:03 - 8:04
    de forma romântica, e claro que isso
  • 8:05 - 8:07
    está destinado a falhar;
    todos sabemos no que
  • 8:07 - 8:09
    a Primeira Guerra Mundial se tornou.
    Não é uma guerra
  • 8:09 - 8:12
    de movimento, ímpeto e entusiamo;
    não são cargas
  • 8:12 - 8:14
    de cavalarias e trompetes distantes;
    temo que
  • 8:15 - 8:17
    seja o ruído dos tiros da metralhadora
  • 8:17 - 8:20
    e o estouro da artilharia que irá
  • 8:21 - 8:23
    dominar.
  • 8:23 - 8:25
    Então acho que eles têm expectativas
  • 8:25 - 8:26
    sobre como a guerra será,
    e que a principal
  • 8:30 - 8:32
    emoção era, que terminará antes
  • 8:32 - 8:34
    que eu possa ir a França.
  • 8:34 - 8:36
    [John Garth] Tolkien, que estava lendo
  • 8:36 - 8:37
    literatura heroica antiga,
    que é surpreendentemente
  • 8:39 - 8:42
    franca sobre o que acontece
    na guerra, foi
  • 8:42 - 8:46
    com os olhos muito mais abertos.
    Ele se descreveu
  • 8:46 - 8:51
    como "um jovem com muita imaginação"
  • 8:51 - 8:55
    e que não desfrutou da batalha
  • 8:55 - 8:57
    de modo algum.
  • 8:57 - 9:00
    [Paul Golightly] Acho que isso se aplica
  • 9:00 - 9:01
    não só para homens como Tolkien,
    que lutaram nela,
  • 9:02 - 9:03
    mas também a políticos e generais
  • 9:03 - 9:05
    que as comandaram, acho que
    muitas pessoas
  • 9:05 - 9:08
    compreenderam que essa guerra
    poderia ser terrível.
  • 9:08 - 9:10
    [Simon Stacey] O que se nota nas cartas
  • 9:10 - 9:12
    entre Gilson. Tolkien e Wiseman e
  • 9:14 - 9:15
    na poesia de Smith, é uma séria
  • 9:16 - 9:18
    determinação a suas obrigações e que eles
  • 9:18 - 9:21
    deveriam estar preparados
    para darem suas vidas.
  • 9:21 - 9:25
    Um apreço realista de que esse
    é um tempo escuro
  • 9:25 - 9:27
    e que eles tem que passar por ele.
  • 9:28 - 9:31
    [Narrador] G.B. Smith e Rob Gilson se alistam
  • 9:31 - 9:33
    no exército em 1914,
    o irmão de Tolkien, Hilary,
  • 9:35 - 9:37
    se inscreveu como um corneteiro
    e Christopher Wiseman
  • 9:37 - 9:40
    se alista na marinha. Tolkien, porém,
  • 9:41 - 9:44
    se vê diante de um dilema.
  • 9:44 - 9:48
    [Simon Stacey] Tolkien estava em uma
  • 9:48 - 9:50
    situação difícil quando a guerra começou,
    ele teve um ano
  • 9:51 - 9:53
    de sua graduação em Oxford para concluir e Tolkien
  • 9:53 - 9:55
    precisava muito de uma graduação porque ele queria
  • 9:55 - 9:58
    seguir uma carreira acadêmica;
    ele não tinha
  • 9:58 - 10:01
    nenhum dinheiro em sua família, diferente de Gilson e
  • 10:01 - 10:04
    portanto, tendo dedicado 3 anos
  • 10:04 - 10:08
    à esse curso,
    era muito importante que ele
  • 10:08 - 10:12
    o completasse.
    Então ele descobriu um esquema
  • 10:12 - 10:13
    no qual ele pudesse passar
    por um treinamento
  • 10:14 - 10:16
    no Escritório Central de Treinamento
    enquanto
  • 10:16 - 10:19
    completava sua graduação,
    que ele conseguiu
  • 10:19 - 10:21
    triunfantemente em
    primeiro lugar na Oxford.
  • 10:21 - 10:24
    [Narrador] Ele segue o bom amigo,
    G.B. Smith,
  • 10:24 - 10:25
    nos Fuzileiros de Lancashire
    na esperança de ser
  • 10:26 - 10:28
    colocado no mesmo batalhão.
  • 10:28 - 10:31
    [John Garth] Tolkien estava procurando por algo
  • 10:31 - 10:32
    no exército em que ele pudesse usar
  • 10:34 - 10:35
    seus talentos, e seus talentos
  • 10:35 - 10:39
    eram idiomas e sistemas de escrita; ele era
  • 10:39 - 10:40
    fascinados por códigos e afins. Então era
  • 10:41 - 10:44
    natural que ele fosse treinar como um
  • 10:44 - 10:46
    sinaleiro.
  • 10:46 - 10:49
    [Paul Golightly] Isso significa que
  • 10:49 - 10:50
    Tolkien foi exposto à tecnologia
  • 10:50 - 10:51
    disponível naquela época
    e isso dever ter
  • 10:52 - 10:53
    interessado a ele; então o uso do rádio,
  • 10:53 - 10:55
    o uso de sinais, de semáfora.
  • 10:55 - 10:59
    [Simon Stacey] Ele aprendeu código morse,
  • 10:59 - 11:02
    aprendeu a usar lâmpadas sinalizadoras,
  • 11:03 - 11:05
    telefones de campo, que claramente eram
  • 11:05 - 11:08
    ineficazes ou não funcionavam.
  • 11:08 - 11:10
    [John Garth] Ele se tornou oficial do Batalhão de Sinalização.
  • 11:10 - 11:13
    Tolkien teve que
  • 11:13 - 11:14
    supervisionar as comunicações
    de um Batalhão
  • 11:15 - 11:18
    de 600 a 1.000 homens dependendo
  • 11:18 - 11:21
    do pessoal no momento.
  • 11:21 - 11:24
    Paul Golightly: Sua função básica,
    é claro,
  • 11:24 - 11:26
    era servir de ligação entre os vários
  • 11:27 - 11:28
    níveis de comando, que ele seria
  • 11:28 - 11:30
    responsável pelas ordens recebidas
  • 11:30 - 11:33
    e se certificaria que as pessoas certas
    as recebessem
  • 11:33 - 11:36
    e seria responsável
    por passar para seus superiores
  • 11:36 - 11:37
    a situação em seu setor.
  • 11:37 - 11:41
    [John Garth] Então ele era
    absolutamente importante
  • 11:41 - 11:43
    numa guerra que dependia
    absolutamente em quanta
  • 11:44 - 11:46
    informação você possuía sobre a posição
  • 11:46 - 11:49
    dos seus inimigos.
  • 11:49 - 11:52
    [VO]: Em março de 1916, sua formação
    está perto
  • 11:52 - 11:52
    da conclusão, ambos, Tolkien e Edith
  • 11:53 - 11:55
    estão cientes que ele logo
    será mandado
  • 11:55 - 11:58
    ao fronte. Eles se casam e
    apenas depois de dois
  • 11:58 - 12:00
    meses, Tolkien parte para França.
  • 12:00 - 12:04
    Os dois partem, sem saber se eles
  • 12:04 - 12:06
    se encontrarão novamente.
  • 12:07 - 12:10
    (Sons altos de batalha, armas atirando,
    gritos)
  • 12:10 - 12:11
    (música sinistra)
  • 12:20 - 12:36
    (NR): Quando Tolkien chega ao fronte, a
  • 12:37 - 12:40
    guerra era travada por quase dois anos.
  • 12:40 - 12:42
    O custo da guerra é claro;
  • 12:42 - 12:44
    o campo está marcado e as perdas
  • 12:45 - 12:46
    são muitas.
  • 12:46 - 12:49
    Depois de um impasse virtual de
    guerra de trincheiras
  • 12:49 - 12:51
    ao longo de 1915, e com uma nova onda de
  • 12:52 - 12:53
    milhares de recrutas treinados, está
  • 12:53 - 12:57
    claro que o Grande Impulso é iminente.
  • 12:58 - 13:00
    (pés marchando)
  • 13:00 - 13:03
    O batalhão de Tolkien permanece reservado,
  • 13:03 - 13:05
    mas ele teme pela vida de seus
    velhos
  • 13:05 - 13:07
    amigos da escola que estão no fronte.
  • 13:08 - 13:10
    Dentro de um mês da sua chegada na França
  • 13:10 - 13:11
    os Aliados lançam a Ofensiva do Somme.
  • 13:13 - 13:15
    Às 7:30, no Sábado de 1º de Julho,
  • 13:15 - 13:17
    as tropas nas linhas de frente britânicas,
  • 13:19 - 13:22
    sobem as trincheiras.
  • 13:22 - 13:24
    (som de apito ecoando)
  • 13:24 - 13:26
    Apenas no primeiro dia da Ofensiva,
  • 13:27 - 13:30
    20.000 homens são mortos, 35.000 são feridos
  • 13:46 - 13:48
    e mais de 2.000 são alegados
    como desaparecidos.
  • 13:48 - 13:52
    [Paul Golightly] A primeira baixa foi o plano.
  • 13:52 - 13:55
    Que começou a desmoronar muito rápido.
  • 13:59 - 14:01
    Tragicamente para os homens em campo aberto,
    era setença de morte.
  • 14:01 - 14:03
    1 em 5 homens que entraram em combate
    no dia 1º form mortos.
  • 14:04 - 14:06
    [John Garth] Foi o dia mais desastroso
  • 14:07 - 14:09
    na história do Exército Britânico, e
  • 14:09 - 14:12
    uma tragédia para todo o país. Houveram
  • 14:12 - 14:13
    vilas que perderam todos
    os homens jovens.
  • 14:14 - 14:16
    [Paul Golightly] É marcado como uma perda da
  • 14:16 - 14:19
    inocência, que os 20.000 mortos
  • 14:20 - 14:24
    representaram um momento decisivo na
  • 14:24 - 14:28
    consciência britânica e o relacionamento, talvez
  • 14:30 - 14:31
    entre aquele que tomam decisões e aqueles
  • 14:31 - 14:35
    que são forçados a carregá-los.
  • 14:35 - 14:38
    (música de piano suave)
  • 14:38 - 14:41
    [NR] Dentre os muitos homens
    que morreram, naquele
  • 14:41 - 14:43
    dia, seu querido amigo e membro do CCSB
  • 14:43 - 14:45
    Robert Gilson.
  • 14:51 - 14:52
    [John Garth] Ele guiou seu pelotão na subida
  • 14:54 - 14:55
    assumiu sua Companhia, mas foi baleado
  • 14:56 - 15:00
    no meio da Terra de Ninguém.
  • 15:00 - 15:02
    [Paul Golightly] Ele estava na quarta onda.
  • 15:04 - 15:06
    Ele viu a primeira onda ir e falhar,
  • 15:06 - 15:11
    a segunda onda ir e falhar,
  • 15:11 - 15:13
    .a terceira onda ir e falhar
  • 15:17 - 15:19
    E ele, parte da quarta onda, tinha
  • 15:19 - 15:21
    que ir; e eles foram. E isso
  • 15:22 - 15:24
    eu acho é a mais pungente e provavelmente
  • 15:25 - 15:27
    a coisa mais trágica sobre o 1º de julho
  • 15:28 - 15:31
    de 1916. Que essa geração, tinha tanta fé
  • 15:31 - 15:35
    no seus superiores, provavelmente
    possuíam tanto
  • 15:35 - 15:37
    comprometimento com seus companheiro
    que estavam
  • 15:37 - 15:39
    preparados para ir, mesmo que significasse
  • 15:39 - 15:45
    morte certa.
  • 15:45 - 15:48
    [John Garth] Tolkien ouviu sobre isso
  • 15:48 - 15:51
    depois de sua primeira ação no Somme duas
  • 15:51 - 15:53
    semanas depois; e ele ficou devastado.
  • 15:53 - 15:53
    Isso mexeu com as fundações de
  • 15:58 - 15:59
    suas crenças. Ele tinha, como todos os membros
  • 15:59 - 16:02
    do CCBS, construído o grupo como uma
  • 16:02 - 16:05
    sociedade, com ideias e um espírito que tinha
  • 16:06 - 16:08
    algo para dar ao mundo. No qual
  • 16:08 - 16:11
    todos os quatro eram partes vitais, e agora
  • 16:11 - 16:15
    um deles estava morto. Então o quê significava aquilo
  • 16:15 - 16:19
    sobre o propósito geral deles? E também seu
  • 16:19 - 16:22
    próprio propósito.
  • 16:22 - 16:26
    [Simon Stacey] Geoffrey Smith escreveu uma carta
  • 16:26 - 16:28
    na qual, Smith claramente vivenciou
  • 16:28 - 16:31
    sentimentos de devastação e um sensação de
  • 16:31 - 16:32
    que a sociedade havia acabado. Rob nunca
  • 16:33 - 16:34
    se tornou um arquiteto, ele nunca realizou
  • 16:34 - 16:39
    sua parte no que haviam sonhado.
  • 16:39 - 16:43
    [John Garthm] E eu acho que isso levou
  • 16:43 - 16:48
    algum tempo para ele se recuperar.
    Os outros
  • 16:48 - 16:52
    dois membros, Wiseman e Smith, estavam
  • 16:52 - 16:55
    determinados a convencê-lo de que, o
  • 16:57 - 16:57
    propósito do CCSB continuava e eu acho,
    eventualmente
  • 16:58 - 17:02
    Tolkien sentiu-se encorajado.
  • 17:02 - 17:05
    [NR] Tolkien escreve para o pai de Rob, diretor
  • 17:05 - 17:08
    da Escola King Edward para oferecer
  • 17:08 - 17:10
    suas condolências. O CCSB perdeu um jovem brilhante,
  • 17:11 - 17:12
    talentoso artista e mais doloroso
  • 17:14 - 17:16
    de tudo: um amigo querido.
  • 17:16 - 17:20
    A guerra de Tolkien verdadeiramente começou e
  • 17:20 - 17:23
    nos meses seguintes ele é sujeito de
  • 17:23 - 17:26
    muitas dificuldades da guerra de trincheiras.
  • 17:26 - 17:29
    Ele passou seu tempo saindo e entrando
  • 17:34 - 17:37
    das trincheiras. Batalhões seriam
    alternados
  • 17:37 - 17:39
    da linha de frente para as
    trincheiras de reserva
  • 17:39 - 17:41
    para descansar, como eles
    ridiculamente a chamavam, mas
  • 17:42 - 17:44
    não era realmente descanso,
    era treinamento.
  • 17:44 - 17:47
    Tolkien falou sobre o cansaço universal
  • 17:47 - 17:50
    dessa guerra. Mas durante este período ele
  • 17:51 - 17:54
    estava envolvido em 3 ataques, ele foi
  • 17:54 - 17:56
    muito sortudo por não ir para
  • 17:57 - 17:58
    o primeiro dia do Somme; ele estava
    algumas milhas
  • 17:59 - 18:02
    atrás da linha de frente naquele momento.
  • 18:02 - 18:05
    Seu batalhão seguiu em frente para a segunda
  • 18:05 - 18:07
    onda de ataques, eles foram mandado contra uma
  • 18:07 - 18:10
    vila chamada Ovillers; que tinha sido
  • 18:10 - 18:12
    linha de frente britânica.
    Um das primeiras coisas que
  • 18:13 - 18:14
    ele encontrou foi, caos completo no
  • 18:14 - 18:16
    sistema de comunicação do campo de batalha.
    Era muito
  • 18:16 - 18:19
    primitivo. Estava parcialmente construído;
    estragado
  • 18:19 - 18:22
    pelo fado da batalha. Ele tinha sinalizadores
  • 18:22 - 18:25
    percorrendo a "Terra de ninguém"
    carregando tochas
  • 18:25 - 18:28
    para dizer, nós chegamos. Tochas adiante -
  • 18:28 - 18:31
    "nós temos prisioneiros", eles carregavam
  • 18:31 - 18:34
    pombos; pombos eram o mais confiável
  • 18:34 - 18:39
    método de comunicação. Um dos sinalizadores de
  • 18:39 - 18:42
    Tolkien ganhou uma medalha militar por conseguir
  • 18:42 - 18:44
    levar seus pombos pela Terra de ninguém e
  • 18:44 - 18:46
    fazer o trabalho corretamente.
  • 18:47 - 18:49
    [NR] O ataque é um sucesso e muitos
  • 18:50 - 18:53
    prisioneiros foram capturados. De todos os combates
  • 18:53 - 18:56
    que Tolkien encontrou, uma dos mais significantes
  • 18:56 - 18:57
    batalhas é também sua última; um ataque
  • 18:58 - 19:00
    na trincheira Regina.
  • 19:00 - 19:02
    [John Garth] Foi em Outubro, momento
  • 19:02 - 19:05
    em que o campo de batalha tinha sido
    reduzido a lama.
  • 19:05 - 19:08
    O ataque foi atrasado por uma chuva forte
  • 19:08 - 19:11
    mas em 21 de outubro houve uma onda de frio
  • 19:11 - 19:13
    e o solo estava congelado e o
  • 19:13 - 19:15
    ataque foi possível de acontecer.
  • 19:15 - 19:19
    (Boom profundo. Tiros de artilharia alto)
  • 19:19 - 19:22
    (Tiro de arma, passando)
  • 19:22 - 19:25
    (música solene)
  • 19:26 - 19:27
    [John Garth] Ele viu mortes violentas, e também
  • 19:28 - 19:34
    viu e sentiu extremo terror.
  • 19:34 - 19:42
    Ele nunca, até onde sei, descreveu em
  • 19:42 - 19:47
    profundidade o que a guerra de trincheiras
    foi, mas ele
  • 19:48 - 19:52
    resumiu em duas palavras,
    numa de suas
  • 19:52 - 19:54
    cartas, que foi: "horror animal".
  • 19:57 - 20:00
    Ela reduzirá você da sua humanidade e
  • 20:00 - 20:04
    transformá-lo numa fera desesperada apenas
  • 20:04 - 20:06
    em se esconder e sobreviver. E isso é muito
  • 20:06 - 20:08
    interessante se você olha O Senhor dos Anéis
  • 20:10 - 20:13
    sempre que as personagens estão em situação de
  • 20:14 - 20:17
    medo extremo, elas são sempre descritas
  • 20:17 - 20:20
    curvadas ou atordoadas, deprimidas pelo terror.
  • 20:20 - 20:22
    [Paul Golightly] Muitas trincheiras britânicas
  • 20:22 - 20:25
    eram deliberadamente desconfortáveis porque
  • 20:25 - 20:27
    os generais queriam que os homens acreditassem
  • 20:28 - 20:35
    que era apenas temporário, que eles
  • 20:36 - 20:37
    avançariam além, que esta
  • 20:37 - 20:39
    não era a casa deles.
  • 20:39 - 20:41
    [NR] No oeste da fronteira, Tolkien se sentiu
  • 20:41 - 20:43
    isolado de casa e as cartas para, e de,
  • 20:43 - 20:45
    Edith eram um salva-vidas. Por motivos de
  • 20:45 - 20:46
    importância estratégica Tolkien é proibido
  • 20:48 - 20:50
    de compartilhar sua localização nas cartas, então
  • 20:50 - 20:53
    ele cria um código de pontos para manter Edith
  • 20:53 - 20:56
    informado de onde ele está.
  • 20:56 - 20:59
    [John Garth] Ele simplesmente encontrou letras
  • 20:59 - 21:02
    no alfabeto no que ele escreveu para ela
  • 21:02 - 21:05
    e colocou pontos sobre as letras relevantes
  • 21:05 - 21:06
    para soletrar o nome do lugar onde
  • 21:07 - 21:09
    estava atualmente. E Edith manteve um mapa
  • 21:09 - 21:12
    na parede e alfinetes para mostrar
    onde ele estava
  • 21:12 - 21:14
    no momento.
  • 21:15 - 21:17
    [NR] Depois do ataque bem-sucedido na
  • 21:17 - 21:21
    trincheira Regina, o batalhão é retirado
  • 21:21 - 21:24
    do fronte e desfilou no topo de bronze.
  • 21:24 - 21:26
    Tolkien entretanto, adoece.
  • 21:28 - 21:30
    [John Garth] Era a febre das trincheiras. E era
  • 21:30 - 21:32
    uma doença do piolho devido má higiene
  • 21:32 - 21:35
    das trincheiras.
  • 21:36 - 21:38
    [Paul Golightly] É transmitida pelo contato
  • 21:39 - 21:40
    com piolhos e os sintomas não
    são agradavéis
  • 21:40 - 21:44
    Dá uma dor de cabeça, pode haver dores
  • 21:44 - 21:45
    de estômago, dores nas articulações
  • 21:45 - 21:47
    e nos ossos, lesões na
  • 21:47 - 21:50
    pele, não é fatal, mas pode se tornar
  • 21:50 - 21:54
    muito debilitante. Tão debilitante que você
  • 21:54 - 21:56
    não pode ser um soldado eficiente. Tolkien pegou
  • 21:57 - 21:59
    um caso grave, tão grave que precisou
  • 21:59 - 22:02
    "voltar para pátria" como eles chamavam.
  • 22:03 - 22:05
    E de fato, foi o fim da seu guerra.
  • 22:05 - 22:08
    [John Garth] Isso salvou a vida de Tolkien,
    o tirou
  • 22:08 - 22:11
    do campo de batalha e de volta a Grã-Bretanha.
  • 22:11 - 22:13
    Ele foi mandado para casa
    para Birmingham, para
  • 22:13 - 22:15
    o Primeiro Hospital Geral do Sul
    como era
  • 22:15 - 22:16
    chamado na época, que ficava
    na verdade
  • 22:17 - 22:20
    nas terras da Universidade de Birmingham.
  • 22:20 - 22:23
    E foi lá que Tolkien foi incorporado
  • 22:24 - 22:26
    com sua esposa, Edith e onde ele começou
  • 22:26 - 22:28
    a escrever as primeiras histórias
    da Terra Média.
  • 22:28 - 22:30
    Sua reunião com Edith foi
    profundamente emocional
  • 22:31 - 22:33
    e foi uma inspiração para
    vários pedaços de
  • 22:33 - 22:37
    sua mitologia, notavelmente a
  • 22:37 - 22:40
    história de Lúthien e Beren; que
    são apresentados
  • 22:42 - 22:44
    no Silmarillion e é mencionada no
  • 22:44 - 22:48
    O Senhor dos Anéis, Um história
    de amor entre
  • 22:48 - 22:50
    um homem mortal e uma elfo imortal.
  • 22:50 - 22:53
    (Música delicada de piano)
  • 22:53 - 22:55
    [NR] Contudo, o descanso de Tolkien é curto.
  • 22:55 - 22:57
    Um pouco depois de voltar para
    Birmingham, Tolkien
  • 22:57 - 23:01
    é informado por Christopher Wiseman, que
  • 23:02 - 23:03
    o bom amigo G.B Smith foi morto.
  • 23:04 - 23:06
    [John Garth] A batalha de Somme tinha
  • 23:06 - 23:09
    acabado, e Smith estava organizando uma
  • 23:09 - 23:11
    partida de futebol para seus homens
    que estavam 4 milhas
  • 23:11 - 23:14
    atrás da linha de frente, quando uma
    granada perdida
  • 23:19 - 23:20
    explodiu próximo deles.
  • 23:20 - 23:23
    Ele foi atingido por estilhaços e
    desenvolveu o que
  • 23:23 - 23:26
    chamavam de gangrena gasosa, que o matou
  • 23:26 - 23:29
    em poucos dias. Inicialmente em 1916, enquanto
  • 23:29 - 23:30
    Tolkien ainda estava treinando,
    ele tinha uma carta
  • 23:32 - 23:36
    de G.B Smith, que na época estava nas trincheiras
  • 23:36 - 23:38
    na França.
  • 23:38 - 23:42
    [NR] Smith estava prestes em sair
    na Patrulha Noturna.
  • 23:42 - 23:44
    O oficial que levara a patrulha na
    noite anterior
  • 23:44 - 23:48
    foi capturado e provavelmente morto.
  • 23:48 - 23:50
    [John Garth] Foi sobre a mais perigosa
  • 23:50 - 23:52
    atividade que você poderia fazer
    no Fronte Ocidental
  • 23:52 - 23:54
    e Smith estava prestes a ir
    e ele aproveitou
  • 23:54 - 23:57
    a oportunidade de escrever para Tolkien, e
  • 23:59 - 24:00
    contar: "Eu vou para a Patrulha Noturna,
  • 24:00 - 24:03
    eu sou um admirador selvagem e sincero
  • 24:03 - 24:05
    do que você tem escrito e irá escrever".
  • 24:05 - 24:08
    Ele contou a Tolkien, "tenho certeza que
    você é escolhido,
  • 24:08 - 24:14
    e deve publicar".
  • 24:14 - 24:19
    Smith foi essencialmente o primeiro fã
  • 24:19 - 24:22
    da Terra Média.
  • 24:23 - 24:25
    [Simon Stacey] Smith diz na carta que a
  • 24:25 - 24:30
    morte não pode terminar com CCSB, com
  • 24:34 - 24:36
    os "Quatro Imortais" como ele dizia,
    que Tolkien
  • 24:36 - 24:37
    pode dizer as coisas que ele quiser,
  • 24:38 - 24:40
    muito antes de estar lá para dizer.
  • 24:40 - 24:45
    Isso é muito comovente pois
    Tolkien, embora
  • 24:45 - 24:49
    muito do seu eu artístico individual,
  • 24:49 - 24:53
    eu acho, viu sua carreira tardia como
  • 24:53 - 24:56
    uma tentativa de cumprir os
    sonhos artísticos que
  • 24:56 - 25:01
    eles compartilharam.
  • 25:01 - 25:05
    [John Garth] Ele conseguiu reunir suas forças
  • 25:05 - 25:09
    e talvez ver Smith como um ideal
    para ser vivido.
  • 25:09 - 25:11
    [NR] No verão de 1918, Tolkien e
  • 25:11 - 25:13
    Wiseman reunem alguns poemas de Smith e
  • 25:14 - 25:17
    publicam em um pequeno volume,
  • 25:17 - 25:24
    intitulado: " A Spring Harvest".
  • 25:26 - 25:28
    A guerra de Tolkien terminou,
    mas o impacto de suas
  • 25:28 - 25:31
    experiências ficarão com ele para sempre, e
  • 25:31 - 25:33
    aparecerão nas suas futuras escritas.
  • 25:33 - 25:36
    [John Garth] Toda experiência da guerra
  • 25:38 - 25:40
    teve um efeito contínuo
    em muito da mitologia
  • 25:41 - 25:43
    de Tolkien.
  • 25:44 - 25:46
  • 25:47 - 25:48
  • 25:48 - 25:52
  • 25:52 - 25:55
  • 25:55 - 25:56
  • 25:56 - 25:59
  • 25:59 - 26:01
  • 26:03 - 26:05
  • 26:05 - 26:08
  • 26:08 - 26:11
  • 26:11 - 26:14
  • 26:15 - 26:17
  • 26:17 - 26:19
  • 26:19 - 26:22
  • 26:23 - 26:25
  • 26:25 - 26:26
  • 26:27 - 26:27
  • 26:28 - 26:31
  • 26:31 - 26:34
  • 26:34 - 26:36
  • 26:36 - 26:37
  • 26:37 - 26:40
  • 26:40 - 26:42
  • 26:42 - 26:46
  • 26:46 - 26:48
  • 26:48 - 26:49
  • 26:51 - 26:53
  • 26:53 - 26:56
  • 26:56 - 27:00
  • 27:00 - 27:02
  • 27:02 - 27:04
  • 27:04 - 27:06
  • 27:06 - 27:10
  • 27:10 - 27:13
  • 27:13 - 27:18
  • 27:18 - 27:21
  • 27:22 - 27:26
  • 27:26 - 27:28
  • 27:28 - 27:31
  • 27:31 - 27:35
  • 27:35 - 27:40
  • 27:40 - 27:43
  • 27:43 - 27:45
  • 27:45 - 27:48
  • 27:48 - 27:52
  • 27:52 - 27:56
  • 27:56 - 27:57
  • 27:58 - 28:00
  • 28:00 - 28:04
  • 28:04 - 28:06
  • 28:06 - 28:09
  • 28:10 - 28:12
  • 28:12 - 28:15
  • 28:15 - 28:18
  • 28:19 - 28:20
  • 28:23 - 28:24
  • 28:25 - 28:27
  • 28:29 - 28:30
  • 28:30 - 28:32
  • 28:33 - 28:35
  • 28:35 - 28:39
  • 28:39 - 28:46
  • 28:46 - 28:49
  • 28:49 - 28:51
  • 28:52 - 28:56
  • 28:57 - 28:59
  • 29:00 - 29:04
  • 29:04 - 29:07
  • 29:07 - 29:08
  • 29:09 - 29:12
  • 29:12 - 29:16
  • 29:16 - 29:18
  • 29:18 - 29:21
  • 29:21 - 29:24
  • 29:25 - 29:27
  • 29:27 - 29:29
  • 29:29 - 29:30
  • 29:32 - 29:34
  • 29:34 - 29:38
  • 29:38 - 29:43
  • 29:43 - 29:46
  • 29:46 - 29:48
  • 29:48 - 29:51
  • 29:51 - 29:55
  • 29:55 - 29:57
  • 29:57 - 29:58
  • 30:00 - 30:01
  • 30:01 - 30:04
  • 30:04 - 30:06
  • 30:06 - 30:08
  • 30:09 - 30:11
  • 30:11 - 30:13
  • 30:13 - 30:15
  • 30:15 - 30:17
  • 30:18 - 30:19
  • 30:19 - 30:21
  • 30:21 - 30:24
  • 30:24 - 30:27
  • 30:27 - 30:29
  • 30:29 - 30:33
  • 30:33 - 30:35
  • 30:35 - 30:38
  • 30:39 - 30:43
  • 30:45 - 30:48
  • 30:48 - 30:53
  • 30:53 - 30:57
  • 30:58 - 30:59
  • 30:59 - 31:02
  • 31:02 - 31:04
  • 31:05 - 31:08
  • 31:08 - 31:10
  • 31:10 - 31:12
  • 31:13 - 31:15
  • 31:15 - 31:17
  • 31:17 - 31:21
  • 31:21 - 31:25
  • 31:25 - 31:27
  • 31:27 - 31:30
  • 31:30 - 31:33
  • 31:34 - 31:36
  • 31:38 - 31:39
  • 31:39 - 31:42
  • 31:42 - 31:46
  • 31:46 - 31:48
  • 31:48 - 31:51
  • 31:51 - 31:57
  • 31:57 - 32:01
  • 32:01 - 32:04
Títol:
Tolkien's Great War
Descripció:

more » « less
Video Language:
English
Duration:
32:58

Portuguese, Brazilian subtitles

Incomplet

Revisions Compare revisions