Portuguese, Brazilian subtítols

← Inside Out: vidas não documentadas

JR lançou o projeto artístico participativo INSIDE OUT para enfatizar nossa humanidade compartilhada. Viaje com um grupo de pessoas que arrumou a vida delas e subiu a bordo do ônibus INSIDE OUT, cruzando os Estados Unidos para capturar os retratos de pessoas não documentadas e aqueles que os apoiam.

Obtén el codi d'incrustació
15 llengües

Showing Revision 12 created 02/03/2020 by Maricene Crus.

  1. JR: A arte não tem que mudar o mundo,
  2. mas ela pode mudar como vemos o mundo.
  3. (Música)

  4. Então meu desejo é...

  5. que você lute por aquilo que te importa,
  6. participando de um projeto
    artístico mundial.
  7. E juntos, vamos revirar o mundo.
  8. [Great big story em parceria com TED]

  9. Narradora: Eles tinham uma ideia
    para mudar o mundo.

  10. Mas não podiam fazer isso sozinhos.
  11. (Vozes se sobrepondo)
    Então, meu desejo... Eu desejo...

  12. E agora, aqui vai meu desejo.

  13. [Torchbearers]

  14. [Ideas in Action]
  15. (Câmera clicando)

  16. JR: Meu nome é JR,
    gosto de dizer que sou artista.

  17. Existem duas maneiras
    de pensar no meu trabalho.
  18. A mais fácil é que estou colando
    imagens P&B nas paredes.
  19. Mas acredito que meu trabalho
    tenha a ver com conectar as pessoas.
  20. Para mim, é o poder de unir as pessoas.
  21. Fui fazer trabalhos artísticos
    com a comunidade.
  22. Agora percebo que a comunidade
    queria fazer trabalhos artísticos
  23. até mais do que eu.
  24. E eu comecei a pensar:
  25. porque não saio da equação
    e deixo que eles façam sozinhos?
  26. Então o desejo era bem simples:

  27. nós fazemos um site
    e vocês podem nos enviar sua foto
  28. por qualquer coisa que você acredita
    ou pelo que queira lutar;
  29. nós enviaremos sua foto de volta
    em tamanho grande,
  30. onde quer que você esteja no mundo.
  31. Todo dia, eu vejo rolos
    sendo enviados para o mundo todo.
  32. O projeto foi muito além
    dos lugares onde já estive,
  33. e isso mostra o poder da arte.
  34. E a van cabine fotográfica
    é a magia disso.
  35. (Música)

  36. Luana: Somos um time de quatro
    pessoas viajando na van:

  37. Josh, Basel, Jamie e Eu.
  38. Jamie: Pra posar eles tem que fazer assim.

  39. (Risos)

  40. Usamos duas dessas vans
    para percorrer 30 cidades nos EUA.

  41. Luana: Somos apenas uma ferramenta para
    quem quer enviar uma mensagem positiva.

  42. Jamie: Entre e sente-se ali.

  43. Quando a van está pronta e funcionando,
  44. qualquer um pode entrar.
  45. Espere pelo flash.
  46. (Música)

  47. (Câmera clicando)

  48. Toque na tela, tire sua foto,
    insira seu texto.
  49. Em torno de um minuto,
  50. nós imprimimos ao lado, 90 x 120cm.
  51. Ninguém está acostumado
    a ver seu rosto tão grande.
  52. Mulher: Aqui meu rosto engraçado pra você.

  53. Jamie: A van tem a magia

  54. de trazer a fotografia
    de volta à impressão.
  55. Depois os posters vão para a parede.
  56. Usamos cola de papel de parede,
    colocamos lá em cima e é isso.
  57. Nós já imprimimos mais de 300 mil rostos.
  58. E os enviamos pra mais de 130 países.
  59. (Música)

  60. Luana: É o projeto artístico das pessoas.

  61. Nós não decidimos a mensagem.
  62. Pode ser política,
    pra atrair atenção a questões.
  63. Jamie: Adoro a ideia de usar a fotografia
    para promover mudança.

  64. Esse projeto em específico
    é para conscientizar
  65. sobre a situação dos DREAMers.
  66. Karina Ruiz: Inside Out está trazendo
    a oportunidade para sonhadores como eu,

  67. uma pessoa que chegou aqui pequena
    para ter um futuro melhor,
  68. de sair e dar um rosto a essa questão.
  69. Vianey Perez: Quando as pessoas
    passam e veem vários rostos,

  70. elas vão ficar curiosas
    e vão se perguntar quem são.
  71. Essa é a face do problema.
  72. Humanizá-la.
  73. (Música)

  74. JR: Você acha que apenas colar uma imagem
    lá em cima pode não ter impacto, mas tem.

  75. Você pode não saber quando ou como,
    mas vale a pena tentar.
  76. Jamie: Tudo começa acreditando.

  77. Então, se você não acredita
    que pode fazer uma mudança,
  78. ela nunca vai acontecer.
  79. Mesmo que seja uma mudança pequena
    em uma pessoa, já é uma mudança positiva.
  80. Isso não tem mais a ver com o JR,
  81. e sim com qualquer um que acredita
    que a arte pode mudar o mundo.
  82. JR: Penso que definitivamente a arte pode
    mudar a percepção que temos do mundo.

  83. E se começarmos a ver
    o mundo de forma diferente,
  84. talvez seja um bom caminho
    pra começar a mudá-lo.
  85. [Seja parte do Inside Out
    InsideOutProject.net]